Agências de Viagens e suas Evoluções
1841- Thomas Cook –
Freta um trem para os
participantes
de
um
Congresso anti alcoolismo;
1846 – Tour com guia de
viagem;
1851 – Cerca de 165.000
pessoas fazem uso de
seus serviços para assistir
1867 – Cria um
a 1ª Exposição Universal –
Cupom de Hotel –
Londres
Voucher
1871 – Primeira volta ao
Mundo - com 9 pessoas –
durante 222 dias;
1872 – Criação da 1º Agência
de Viagens fora da Europa Thomas Cook and Son;
1892 – Morre Thomas Cook,
sendo ainda sua agência a
mais importante no mundo.
Registro de quase 500
Agências de Viagens no
Mundo;
Final do século XIX primeiras
Agências
registradas oficialmente
no
Brasil
como
prestadora de serviços
específicos;
Década
de
1930especializadas em tours
de grupos em automóveis
e ônibus – classes
burguesa e média;
1943 – Foi fundada a 1º
Agência
de
Viagens
Brasileira – Agência Geral
do Turismo , em São
Paulo.
Década de 50 – visitas organizadas e tours –
clientela de poder aquisitivo regular.
1953 – Criação da ABAV por 14 Agências de
Viagens do rio de Janeiro;
A partir da década de 70: influência da Economia
Mundial - desenvolvimento da aviação comercial;
turismo doméstico e internacional, legislação
aeroportuária, desenvolvimento de tecnologia,
globalização.
Final do Século XX e início do século XXI:
redução das comissões, e-commerce, concorrência;
desregulamentação do transporte aéreo.
AGÊNCIAS DE VIAGENS E AGÊNCIAS DE VIAGENS
E TURISMO
 AGÊNCIA
DE
VIAGEM
E
TURISMO
ou
OPERADORA
TURÍSTICA – Planeja, organiza e
coordena viagens por meio da
contratação
de
diferentes
fornecedores de produto turísticos.
 AGÊNCIA DE VIAGEM – seu
papel é atuar como um canal de
distribuição dos produtos e serviços
do
turismo
com
o
público
consumidor.
Agências Receptivas: se
responsabilizam
pelos
clientes
procurando
atendê-los
em
suas
necessidades como transfer, city tour,
guiamento, entre outros.
Agências Emissivas: se responsabiliza
em programar desde a saída do cliente
do local emissivo até seu retorno
negociando sua estada durante o
período determinado.
Generalistas: atuam na comercialização de
produtos turísticos em geral, como de lazer
negócios ou qualquer outra modalidade. Sua
atuação é pautada no atendimento da
necessidade do cliente.
Especializadas: atuam especificamente
com um nicho de mercado específico de
destino ou de turismo. Como por exemplo as
especializadas em Disney World ou turismo
religioso.
Agencias de Viagens e Turismo
Consolidadora: tem como função repassar
os bilhetes aéreos (TKTS) as agências que
não estão credenciadas para tal fim.
Agências de Viagens e Turismo Escola:
empresas laboratórios de instituições
educacionais,
tem
como
funções
desenvolver ações didático-pedagógicas e
operacionais com intuito de atender as
necessidades de ensino dos alunos.
AGENTE DE VIAGENS: QUEM É ESSE
PROFISSIONAL?
 Antigamente
dedicavam-se ao agenciamento de
viagens voltado aos provedores, hoje buscam o
gerenciamento de orçamentos e serviços dos
clientes pela cobrança de seus serviços.
 Planejam, desenvolvem, promovem e vendem
os produtos turísticos que não podem ser
experimentados antes da compra;
 Os profissionais que atuam no setor são
obrigados a reinventar seus métodos de
trabalho, para conseguir satisfazer os desejos e
necessidades de seus clientes e de preferência
(superar as expectativas do mesmo);
 Novas
tecnologias e o e-commerce, obrigam os
profissionais a constantes atualizações, criando a
necessidade da modificação de seu perfil;
 O agente tem que saber usar a tecnologia de
informação disponível a serviço do turismo;
 O mundo dos negócios passou a privilegiar as
qualidades pessoais: cortesia, gentileza, boa
educação, ética, criatividade, sentimento de
equipe e espírito empreendedor e não somente
meramente o técnico.
O consultor – agente que não é somente o operador,
que deve estar capacitado para agir como especialista
do turista, abordando com clareza e riqueza de detalhes
o destino da viagem e demais detalhes sobre o roteiro.
Especialista que não passa somente informações, é um
estudioso, atualizado, precisa manter uma rede de
informações e relacionamentos;
 A agência poderá ter em seu quadro vários consultores,
cada um especialista em determinado destino ou
produto.
 Atendimento Personalizado ou Customatizado ao seu
passageiro;
 Disponibilidade de horários;
 Conhecer bem seus clientes para melhor atender seus
desejos e necessidades;

Os consultores de viagens passam a
oferecer um serviço de tal forma
especializado, que o passageiro sente a
necessidade de procurá-lo a fim de
aproveitar mais sua viagem e
reconhecer o valor de seus conselhos e
dicas- consultoria - por meio do
pagamento pelo seu serviço.
( MONTANARIN, 2002. p.56)
ESTRUTURA DAS AGÊNCIAS DE VIAGENS
NOVAS TECNOLOGIAS
NO
AGENCIAMENTO
“ Um cliente é o visitante mais importante de
nossa casa.
Ele não depende de nós; nós somos
dependentes dele.
Ele não é uma interrupção do nosso
trabalho;ele é o propósito do mesmo.
Nós não estamos fazendo um favor em serví-lo.
Ele está fazendo um favor em nos dar essa
oportunidade.” (GANDHI)
Muito Obrigada!
Profa. Esp. Anne Castro
profa.annecastro@gmail.com
Download

Apresentação. 1 AULA. Agente de viagem