Cultivares de Café Arábica
Desenvolvidas pela Epamig/UFV/UFLA
38º Congresso Brasileiro de Pesquisas Cafeeiras
Antonio Alves Pereira - Epamig/UREZM
Antonio Carlos Baião de Oliveira - Embrapa Café
Felipe Lopes da Silva - Epamig/UREZM
CONTRIBUIÇÕES DO MELHORAMENTO
GENÉTICO DO CAFEEIRO
1. Aumento de produtividade
Kg de café beneficiado/ha/ano
2500
380 %
2000
1500
1000
500
0
Típica
M. Novo
Adaptado de Carvalho, 1981
CONTRIBUIÇÕES DO MELHORAMENTO
GENÉTICO DO CAFEEIRO
2. Redução de porte das plantas
3. Resistência à doenças e pragas
4. Época e uniformidade maturação
5. Qualidade de bebida
6. Adaptação à colheita mecânica
IMPORTÂNCIA DA RESISTÊNCIA À FERRUGEM
Cultivar Suscetível
Cultivar Resistente
IMPORTÂNCIA DA RESISTÊNCIA À FERRUGEM
Cultivar Suscetível
Cultivar Resistente
IMPORTÂNCIA DA RESISTÊNCIA À FERRUGEM
Cultivar Resistente
Cultivar Suscetível
IMPORTÂNCIA DA FERRUGEM
 Prejuízos na Produção
 Longevidade da Lavoura
 Dificuldade de controle:
- Topografia
- Chuvas
- Mão-de-obra
- Lavouras Adensadas
- Surgimento de Novas Raças
- Problemas Ambientais
- Sustentabilidade
GENEALOGIA DAS CULTIVARES
Bourbon (1859) x Sumatra (1896)
Caturra
x
Mundo Novo / Acaiá
Catuaí x Mundo Novo
Rubi - Topázio - Travessia
Acaiá Cerrado
GENEALOGIA DAS CULTIVARES
Caturra x
Híbrido de Timor
x
Catuaí
Paraíso MG 1
Catimor
Araponga MG 1
Catiguá MG 1
Catiguá MG 2
Oeiras
Catiguá MG 3
Pau Brasil MG 1
Sacramento MG 1
Novos Lançamentos
CARACTERÍSTICAS DAS CULTIVARES
Acaiá Cerrado MG 1474
• Origem: Seleção do Acaiá IAC 474-1 adaptado ao cerrado
• Porte alto - ligeiramente inferior ao M. Novo
• Diâmetro de copa reduzido
• Opção para sistema adensado
• Frutos graúdos e de coloração vermelha
• Maturação semi- precoce e bastante uniforme
• Bem Adaptada à Colheita Mecânica
• Suscetível à ferrugem
• Produtividade Semelhante a Mundo Novo
CARACTERÍSTICAS DAS CULTIVARES
Rubi MG 1192
• Origem: Cruzamento de Catuaí com M.Novo
• Porte baixo - semelhante ao Catuaí
• Diâmetro de copa semelhante ao Catuaí
• Frutos coloração vermelha
• Maturação média e ligeiramente mais uniforme que Catuaí
• Suscetível à ferrugem
• Produtividade Semelhante a Catuaí
• Apresenta moderada interação com o ambiente
CARACTERÍSTICAS DAS CULTIVARES
Topázio MG 1190
• Origem: Cruzamento de Catuaí com M.Novo
• Porte baixo - semelhante ao Catuaí
• Diâmetro de copa semelhante ao Catuaí
• Elevado vigor vegetativo
• Frutos coloração amarela
• Maturação média e ligeiramente mais uniforme que Catuaí
• Suscetível à ferrugem
• Produtividade comparável ao Catuaí
• Apresenta ampla adaptação
CARACTERÍSTICAS DAS CULTIVARES
MGS Travessia
• Origem: Cruzamento de Catuaí com M.Novo
• Porte baixo - semelhante ao Catuaí
• Diâmetro de copa semelhante ao Catuaí
• Elevado vigor vegetativo
• Frutos coloração amarela
• Maturação média e ligeiramente mais uniforme que Catuaí
• Suscetível à ferrugem
• Produtividade comparável ao Catuaí
• Muito responsivo à poda – opção para sistema “safra zero”
CARACTERÍSTICAS DAS CULTIVARES
Oeiras MG 6851
• Origem: Caturra Vermelho x Híbrido de Timor CIFC 832/1
• Porte Baixo
• Excelente arquitetura de plantas
• Adequada p/ plantio adensados e superadensados,
principalmente na linha (0,25 a 0,60).
• Frutos graúdos e de coloração vermelha
• Maturação precoce e muito uniforme
• Indicada para regiões de altitudes elevadas
• Peneira Alta
• Moderada resistência à ferrugem
CARACTERÍSTICAS DAS CULTIVARES
Paraíso MG H419-1
• Origem: Catuaí Amarelo IAC 30 x Híbrido de Timor UFV 445-46
• Porte e arquitetura ligeiramente inferior a Catuaí
• Frutos graúdos e de coloração amarela
• Sementes alongadas
• Indicada para sistema de plantio adensado e convencional
• Bordas do limbo foliar ligeiramente onduladas
• Alta capacidade produtiva, porém com início mais tardia
• Maturação dos frutos intermediária
• Apresenta elevada interação com o ambiente
• Resistente à ferrugem
CARACTERÍSTICAS DAS CULTIVARES
Catiguá MG1 - MG2 - MG3
• Origem: Catuaí Amarelo IAC 86 x Híbrido de Timor UFV 440-10
• Porte baixo, frutos vermelhos
• Imunes à ferrugem. Muito vigorosas.
• Aparentemente pouco exigentes em nutrição
• Elevada capacidade produtiva
• Maturação intermediária dos frutos
• MG1: peneira mais alta; folhas de verde intenso e brotação
nova bronze-escuro.
• MG2: peneira mais baixa; destaca-se pela qualidade da bebida
• MG3: resistência a M. exigua e CBD
CARACTERÍSTICAS DAS CULTIVARES
Pau-Brasil MG1
• Origem: Catuaí Vermelho IAC 141 x Híbrido de Timor UFV 442-34
• Resistente à ferrugem
• Porte baixo, boa arquitetura de plantas
• Frutos de coloração vermelha
• Elevado vigor vegetativo
• Maturação média e uniforme
• 20 a 25% de grãos tipo moca
• Excelente qualidade de bebida (93-94 pontos BSCA)
CARACTERÍSTICAS DAS CULTIVARES
Araponga MG1
• Origem: Catuaí Amarelo IAC 86 x Híbrido de Timor UFV 446-08
• Porte baixo e muito uniforme
• Frutos de coloração vermelha
• Elevado vigor vegetativo, com intenso palmeamento
• Maturação média, ligeiramente mais uniforme que Catuaí
• Cultivar responsiva a elevado nível tecnológico
• Muito produtiva
• Tem apresentado ampla adaptação
CARACTERÍSTICAS DAS CULTIVARES
Sacramento MG1
• Origem: Catuaí Vermelho IAC 81 x Híbrido de Timor UFV 438-52
• Porte médio e arquitetura mais aberta que Catuaí
• Formato cônico, com ramificações secundárias abundantes
• Resistente à ferrugem
• Frutos de coloração vermelha
• Maturação dos frutos semelhante ao Catuaí
• Crescimento vegetativo inicial exuberante
Tabela 1. Produtividade de cultivares de café arábica resistentes e suscetíveis à
ferrugem na Fazenda Experimental de São Sebastião do Paraíso-EPAMIG
Produtividade (Sacas de café beneficiado/ha)
Cultivar
2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009
2010
Média
Nº
Colh.
Paraíso MG1
45.7
36.4
85.0
68.8
83.0
23.8
98.0
18.2
91
61.1
9
Catuaí IAC 99
35.3
25.8
63.0
34.5
91.6
19.8
95.0
15.3
70.8
50.1
9
Pau-Brasil MG1
-
42.8
46.0
58.1
62.8
37.6
65.0
10.2
76
49.8
8
Araponga MG1
-
-
36.6
61.0
48.1
18.6
40.1
18
-
37
6
Catiguá MG3
-
-
29.8
71.4
85.6
23.8
55.0
21
-
52.5
6
Topázio MG 1190
-
-
48.8
49.5
85.2
17.0
68.4
26.2
63
51.2
7
Tabela 2. Produtividade de cultivares de café arábica resistentes e suscetíveis à
ferrugem na Fazenda Experimental de São Sebastião do Paraíso-EPAMIG
Produtividade em sacas de café beneficiado/ha
2007
2008
2009
2010
Média
Nº
Colheitas
Paraíso MG H 419-1
18
45.5
58.1
81.8
50.9
4
Catucaí Amarelo 2SL
22.3
41.3
40.2
80.5
46.1
4
Catuaí Vermelho IAC 99
20.2
39.0
57.6
67
46
4
Catuaí Vermelho IAC 144
21.8
37.8
40.3
65
41.2
4
Catiguá MG 1
25.2
58.5
28.1
81.6
48.3
4
Catiguá MG 2
26.4
62.2
35
76.8
50.1
4
Catiguá MG 1
-
16.7
76
72.5
55.1
3
Catiguá MG 3
-
16.2
62
58
45.3
3
MGS Travessia
-
17.8
55.7
64
45.8
3
Cultivar
Produtividade (sc/ha) média de duas safras de cultivares e
. irrigado por pivô central
progênies, no município de Buritis,
Cultivar ou Progênie
Produtividade (sc/ha)
Safra 1
Safra 2
Média
H 419-10-6-2-1-8 (Paraíso)
103,5
96,72
100,1
Catucaí Amarelo 24/137
95,8
87,8
91,8
Araponga MG 1
97,3
79,7
88,5
H 419-3-3-7-16-4-1(Paraíso MG2)
92,6
78,5
85,5
Obatã Vermelho IAC 1669-20
108,2
62
85,1
UFV 971-99-313(Sarchimor MG 8840)
103,7
58,4
81,1
Topázio MG 1190
81,0
75,5
78,2
CatucaíAmarelo 2 SL
62,6
NC
?
Catuaí Vermelho IAC 15
79,3
NC
?
Análise sensorial de bebida de dez cultivares em três
ambientes, segundo critérios da BSCA Safra 2011/2012.
Cultivares
Oeiras MG 6851
Catiguá MG1
Sacramento MG1
Catiguá MG2
Araponga MG1
Paraíso MG H419-1
Pau Brasil MG1
Bourbon Am. IAC J10
Topázio MG 1190
Catiguá MG 3
Média
Lavras
82,3 a
82,7 a
83,3 a
81,3 b
84,7 a
84,0 a
80,7 b
85,7a
82,3 a
78,3 b
82,5 A
Patrocínio Turmalina Média
83,3 a
83,3 a
83,0 a
80,0 b
80,7 a
81,1 b
81,3 b
82,0 a
82,2 a
85,0 a
84,3 a
83,6 a
85,0 a
82,0 a
83,9 a
83,3 a
80,0 a
82,4 a
80,3 b
82,7 a
81,2 b
81,7 b
81,7 a
83,0 a
80,7 b
80,0 a
81,0 b
85,0 a
74,0 b
79,1 b
82,5 A
81,0 B
82,0
Médias seguidas de mesmas letras minúsculas na coluna e maiúsculas na linha não
diferem entre si pelo teste de Scott Knott, com 1% de significância.
EQUIPE DO PROGRAMA DE MELHORAMENTO
Antonio Alves Pereira - EPAMIG/UREZM
Antonio Carlos Baião de Oliveira - Embrapa Café/Epamig
Felipe Lopes da Silva - EPAMIG/UREZM
César Elias Botelho - EPAMIG/URESM
Gladyston Rodrigues Carvalho - EPAMIG/URESM
Juliana Costa de Rezende - EPAMIG/URESM
Mário Aparecido Amaral - EPAMIG/FESP
Alexandrino Lopes de Oliveira - EPAMIG/FEPC
Ronaldo Nogueira de Medeiros - EPAMIG/FETP
Gilmar José Cereda – EPAMIG/FEMA
Jaime Aparecida da Silva - EPAMIG/FEPC
Hélio de Almeida Pereira - EPAMIG/FETP
Miguel Arcanjo de Freitas Soares - EPAMIG/UREZM
OBRIGADO!
antonio.baiao@embrapa.br
felipe@epamig.ufv.br
pereira@epamig.ufv.br
Universidade Federal
de Viçosa
Download

características das cultivares