Antônio César
Cláudio Magno
Anderson Braz
TSA – TECNOLOGIA DE
SISTEMAS DE AUTOMAÇÃO
PI NA GESTÃO DA
PRODUÇÃO
CONFORME ISA-95
A TSA
Parceria
 Pacotes Turn-key
 Gerenciamento
 Automação
Soluções
 Processo
 Instrumentação
Tecnologia
Integração
 Elétrica
 Controle Avançado
 Sistemas de informação
Soluções inovadoras em busca dos melhores resultados
TSA - Principais Clientes
HISTÓRICO DA TSA –PI System
Histórico do relacionamento com a OSIsoft
• Em 2002 , A TSA estrutura um grupo para estudo das soluções PIMS no mercado
• Em 2003 identificamos o PI como ferramenta com maior potencial no mercado
• Entre 2003/2004 fechamos um acordo com a anuência da OSIsoft, habilitando a
TSA através de treinamentos básicos e avançados.
•
•
•
•
•
Em 2005 a TSA participa do projeto de implantação do PI nos 7 sites da
Votorantim Metais
Em 2006 ,outro marco importante, o projeto da ACESITA ( atual
ARCELORMITTAL INOX) , e outros projetos
Em 2007 a TSA assina a parceria de VAR( Value Added Reseller) com a OSIsoft
Em 2007 é estruturada uma área para desenvolvimento de soluções avançadas
utilizando PI ( Independente de projetos)
Em 2008 a TSA conta vasta experiência em projetos de PI
Projetos de PI/exemplos
Dentre os projetos realizados pela TSA utilizando o PI , destacamos :
1) Petrobrás – RLAM
2) Bahia Pulp - Celulose
3) Votorantim Vazante- Zinco
4) AES Uruguaiana - Termoelétrica
5) Votorantim Juíz de Fora – Zinco
6) Votorantim Niquelândia – Níquel
7) ARCELORMITTAL INOX
8) Vale – Mina Fábrica
9) Votorantim Morro Agudo – Zinco
10)Votorantim Siderúgica Barra Mansa
11) Outros
PI SYSTEM E A ISA95
• Sistemas PIMS – Coleta de dados e infraestrutura
• Com o passar do tempo e com a evolução dos sistemas PIMS, além de
melhorar ainda mais as características de coleta e infraestrutura, várias
funcionalidades foram agregadas , ampliando as possibilidades de uso.
• Os sistemas PIMS evoluiram então , possibilitando a execução não apenas
da coleta , mas também passaram a atender outros requisitos dispostos na
norma ISA95 , que define as características dos Sistema de Nível 3
• A entidade internacional MESA , que busca a padronização e melhores
práticas de sistemas de nível 3 / MES , realiza pesquisas de âmbito mundial
, tipicamente anuais, procurando classificar os fornecedores e identificar
tendências, tendo como parâmetro os requisitos da norma.
• O PI System é um dos sistemas relacionados na pesquisa 2008 , apesar de
ser um sistema PIMS , pois atende a diversos requisitos da ISA-95.
• Isto significa que diversas funcões , típicas de nível 3 , que dependem de
base temporal com algumas características relacionais, podem ser
executadas dentro do PIMS
PESQUISA DE REQUISITOS – ISA95 –
MESA 2008 PI System
QUALIDADE
PRODUÇÃO
Quality test definition Management
0/6
Production Definition Management
8/10
Quality Test Resource Management
0/10
Product resource management
10/10
Detailed Quality Test Scheduling
0/3
Detailed Production schedule
5/5
Quality Test Dispatching
0/2
Production Dispatching
9/9
Quality Test Execution Management
0/7
Production Execution Management
8/8
Quality Test Data Collection
2/2
Production Data Collection
7/7
Quality Test tracking
3/3
Production Tracking
7/7
Quality Test Analysis
5/7
MANUTENÇÃO
Maintenance Definition Management
0/9
Maintenance Resource Management
0/6
Detailed Maintenance Schedule
0/5
Maintenance Dispatching
0/2
Maintenance Execution Management
0/7
Maintenance Data Colection
1/1
Maintenance Tracking
3/3
Maintenance Analysis
5/5
Production Performance Analysis
OUTROS
Management of security
Management of information
Management of configuration
Management of documents
Management of incidents and deviations
Management of Regulatory compliants
11/11
CENÁRIO 1
PI – APENAS COLETA/INFRAESTRUTURA
Estratégico
ERP/LEGADOS
Inventário
Programação
Qualidade
Controle
Paradas
Análise
Qualidade
Tático
Programação
Manutenção
Análise
Manutenção
Operacional
PIMS
Supervisão e controle
Instrumentação/campo
Outros
Desempenho
Processo
CENÁRIO 1
•
•
Vantagens
– Sistema único para fornecimento de dados para o nível 3.
Observações
– Sistema PI subutilizado
– Necessidade de várias licenças para suprir os sistemas de nível 3
– Dificuldade de manutenção de acordo com a solução escolhida para suprir os
sistemas de nível 3
– Manutenção de vários sistemas e visualização dos dados dispersa em
diferentes sistemas
CENÁRIO 2
PI –COLETA/INFRAESTRUTURA + GESTÃO
Estratégico P
O
R
T
A
L
Tático
P
O
R
T
Operacional A
L
N
E
G
Ó
C
I
O
P
R
O
D
U
Ç
Ã
O
ERP/LEGADOS
Inventário
Controle
Paradas
Programação Programação
Qualidade Manutenção
Outros
Qualidade Manutenção Desempenho
Tempo real Tempo real Processo
PIMS
Supervisão e controle
Instrumentação/campo
CENÁRIO 2
•
•
Vantagens
– Melhor aproveitamento do sistema PI , utilização plena.
– Eliminação de sistemas diversos de nível 3 , gerando redução de custos de
investimento .
– Diminuição de interfaces entre diferentes sistemas , agilizando a informação e
contribuindo com a “única versão da verdade “ .
Observações
– O limite de bateria entre o PI e os demais sistemas de nível 3 deve estar claro,
visando evitar duplicidade de funções.
– Portais de produção e negócio ainda separados
CENÁRIO 3
PI –COLETA/INFRAESTRUTURA + GESTÃO
Estratégico
Tático
Operacional
P
O
R
T
A
L
B
A
R
R
A
M
E
N
T
O
S
O
A
ERP/LEGADOS
Inventário
Controle
Paradas
Programação Programação
Qualidade Manutenção
Outros
Qualidade Manutenção Desempenho
Tempo real Tempo real Processo
PIMS
Supervisão e controle
Instrumentação/campo
CENÁRIO 3
•
•
Vantagens
– Melhor aproveitamento do sistema PI , utilização plena.
– Eliminação de sistemas diversos de nível 3 , gerando redução de custos de
investimento .
– Diminuição de interfaces entre diferentes sistemas , agilizando a informação e
contribuindo com a “única versão da verdade “ .
Observações
– Portais de produção e negócio unificados
– Administração de culturas distintas : Produção x Negócio , TA/TI ,
Engenheiro/Analista
Conclusões
– Infraestrutura
Base para o retorno do investimento
– Democratização da informação + Análise
Retorno do investimento
– Automação da análise + Gestão
Eficiência - ISA 95
OBRIGADO!
TSA - Tecnologia de Sistemas de Automação Ltda.
MATRIZ: Av. Barão Homem de Melo, 4324 – 4º Andar – B. Estoril
30450-250 – Belo Horizonte MG – BRASIL
Tel: +55 (31) 3055-5000 Fax: +55 31 3055-5001
cesar@tsamg.com.br
voltar
Download

Apresentação da empresa