SEMINÁRIO
VALORIZAÇÃO DO PESCADO DOS AÇORES
Turismo e Gastronomia
Pescado Embaixador dos Açores
7 e 8 Maio‘12 – Portas do Mar
Turismo | Imagem & Comunicação| Produto & Serviço
| Gastronomia & Restauração | Produtos Açorianos |
Valorização do Pescado dos Açores | Dignificação do
Destino Açores
ENQUADRAMENTO DA ACTIVIDADE TURISTICA EM SI
Revolução Turística – 1996
 Anteriormente
o turismo não era encarado como um dos vetores principais de
desenvolvimento da Região.
 A partir 1996
Identificação/reconhecimento do Turismo como um dos pilares fundamentais
para o desenvolvimento da económica açoriana, dando-se inicio à Revolução
Turística na Região a vários níveis:
- Oferta
- Dormidas
- Transportes
- Diversificação de Produtos
ENQUADRAMENTO DA ACTIVIDADE TURISTICA EM SI
OFERTA
 Sistemas de Incentivos que despoletou:
- A Construção de infra-estruturas de apoio ao turismo
- Duplicou-se o nº de camas
1996 – 4.500
até 2015 – 15.000
ENQUADRAMENTO DA ACTIVIDADE TURÍSTICA EM SI
DORMIDAS
 De 88 a 96: os Açores cresceram apenas 20%
 De 1996 a 2004 os Açores cresceram 124%
 Até 2008, os crescimentos foram na ordem dos 20%
 Atualmente , estamos a consolidar os nossos pontos fortes , estando atentos a
janelas de oportunidade devido à atividade turística estar em constante mutação.
 Está provado que os Açores têm estado à altura desses desafios
ENQUADRAMENTO DA ACTIVIDADE TURÍSTICA EM SI
TRANSPORTES
1996: 3 mercados
- Continente
- EUA
- Canadá
2012: 15 mercados
- Suécia
- Dinamarca
- Noruega
- Finlândia
- Alemanha
- Reino Unido
- França
- Espanha
- Holanda
- EUA
- Canadá
- Itália
- Irlanda
- Suíça
- Áustria
ENQUADRAMENTO DA ACTIVIDADE TURÍSTICA EM SI
DIVERSIFICAÇÃO DOS PRODUTOS
 Produto Natureza e Turismo Activo – enfoque principal
Desenvolvendo-se, com as novas infraestruturas, outros produtos:
 Cruzeiros
 Golfe
 Meeting Insdustry
Apenas na última década fruto da politica de incentivos do Governo
Regional, por um lado, e iniciativa privada, por outro, que a actividade
turística ganhou dimensão e relevância económica, tendo sido o principal
sector económico responsável pelo crescimento do produto e do emprego
regionais.
NOVA ERA DO TURISMO
Turismo dos Açores
 Atingiu maturidade
 Identificou mercados chave
Iniciou assim um novo paradigma
TURISMO PARA NICHOS NESSES MERCADOS
Turismo | Imagem & Comunicação| Produto &
Serviço | Gastronomia & Restauração | Produtos
Açorianos | Valorização do Pescado dos Açores |
Dignificação do Destino Açores
Imagem
Vivemos num mundo em que a IMAGEM é quase tudo:
Ela ocupa 90 e tal % da comunicação contemporânea e possui a
fantástica característica de ser o nosso “cartão de visita” e a nossa
primeira impressão, como pessoas e como sociedade.
Imagem
A IMAGEM permite a uma organização distinguir-se das restantes de forma
original à medida que proporciona experiências unícas e posiciona na
mente dos seus públicos um conceito singular que lhes permite
estabelecer a diferença entre as demais, até mesmo quando os seus
produtos/serviços são similares.
Comunicação
Não é só os produtos/serviços que cada empresa possui por si só,
mas a relação que a imagem, determinada pelos actos e discursos
assumidos pela própria empresa, possui com todo o universo que
gira à sua volta, ou seja o relaciomento com a sociedade, ou num
sentido mais restrito, com os seus públicos.
Produto/Serviço
O que cada empresa possui por si só, o que a destaca, o que a diferencia.
Serviço – não é só a capacidade de gerir a expectativa do cliente.
Pequenos pormenores podem deitar tudo a perder
Foto: João
Meloda
– Direcção
do Ambiente.
São preocupações recentes mas que fazem
parte
nossaRegional
história
Voltemos um pouco no tempo...
...falemos da nossa Gastronomia,
da nossa Restauração
Foto: João Melo – Direcção Regional do Ambiente.
- O arquipélago dos Açores, pela sua posição geográfica em pleno Atlântico, foi
desde o seu povoamento no séc. XV influênciado por contactos externos. A
plataforma de escala de todas as caravelas que cruzaram o oceano de e em
direcção à Índia;
- A insularidade não signfica isolamento, e de facto, os Açores foram a primeira
Região do País a ter o previlégio de entrar em contacto com as primeiras
novidades e estabelecer as primeiras trocas comerciais, a receber o ouro e a
prata da América, a sentir o aroma das especiarias do oriente;
- A riqueza da gastronomia tradicional (em paladar e condimentos) é o reflexo
desta abertura para um mundo de sabores;
Tal como a natureza que se descobre nas características de cada ilha,
assim também se adivinha a tradição gastronómica das nossas ilhas,
cada qual com as suas especificidades e tradições.
Produtos Açorianos
Os Açores são conhecidos pela grande variedade de produtos de grande
qualidade desde a carne, passando pelo seu leite e derivados, como o queijo,
destacando-se o seu pescado fresco, de alta qualidade, de saber único,
altamente saudável, nutritivo e que cativa todos os que têm oportunidade de o
saborear.
Foto: João Melo – Direcção Regional do Ambiente.
Valorização do Pescado dos Açores
Foto: João Melo – Direcção Regional do Ambiente.
Valorização do Pescado dos Açores
• Utilização e dignificação deste produto
• Valorizando o pescado nas ementas da restauração, bem como de
outros produtos regionais
• Nova imagem, novos sabores, novas texturas sem nunca
comprometer a sua alta qualidade.
Foto: João Melo – Direcção Regional do Ambiente.
Valorização do Pescado dos Açores
• Com a finalidade de criar mais rendimento
• Guia do Consumidor dos Peixes Açorianos
• Atividades de valorização como ex: a pesca turismo
• Roteiros Gastronómicos
• Concursos Gastronómicos
Havendo, cada vez mais, uma maior procura deste tipo de produto.
Criando-se assim novas linhas de expansão em novos mercados.
Foto: João Melo – Direcção Regional do Ambiente.
Há que continuar a promover a Gastronomia e a dignificá-la
COMO?
- Preservando e divulgando o acervo gastronómico da Região;
- Fomentando a criação de novas receitas confeccionadas com produtos
tradicionais;
- Sensibilizando os empresários do sector das vantagens de incluirem nas
suas receitas de cozinha tradicional a utilização de produtos tradicionais de
qualidade;
- Investirem na melhoria dos seus estabelecimentos;
- Promoverem a formação de pessoal.
Foto: João Melo – Direcção Regional do Ambiente.
Gastronomia
constitui um produto turístico por excelência, e, nos Açores, assume um
papel cada vez mais importante neste sector em franca expansão, e é cada
vez mais motivo de deslocação de turistas, pelo que se pretende promover
e divulgar a componente gastronómica da oferta turística com valorização
dos pacotes turísticos tradicionais e contribuir para o enriquecimento da
imagem dos Açores no mercado nacional e internacional;
Foto: João Melo – Direcção Regional do Ambiente.
Reconhecemos na Gastronomia uma componente imprescindível de atracção
turística da nossa Região, tendo havido um esforço na preservação da sua
autenticidade, conferindo-lhe a visibilidade como elemento dinamizador do
Turismo.
Exemplo disso são as ações promovidas pelo Governo Regional,
como a parceria com a AHRESP na implementação do Programa Seleção na
Região.
Foto: João Melo – Direcção Regional do Ambiente.
Trabalho Continuo e em
conjunto com todos os
agentes do setor.
Foto: João Melo – Direcção Regional do Ambiente.
QUE CAMINHO….
•
Valorizar o nosso destino turistico …
 … pela restauração
 ... pela inovação e sofisticação
 ...pelo serviço/produto (pescado)
•
… Como é que o fazêmos?





Preservando e divulgando
Inovando
Tendo a sensibilidade de utilizar os nossos produtos
Investindo na melhoria dos nossos estabelecimentos
Promovendo a formação dos nossos activos
DIGNIFICAR E MELHORAR O NOSSO SERVIÇO
TENDO ORGULHO NO QUE FAZEMOS
O Sucesso do Turismo passa por aqui e com a colaboração de todos.
Obrigada pela Vossa Atenção
E-mail: veronica.dm.bettencourt@azores.gov.pt
Download

Turismo - Serviço de Lotas dos Açores