10ª Bienal do Mercosul cria Conselho Consultivo de Professores
Primeiro encontro aconteceu nos dias 13 e 14 de maio na Secretaria Municipal de Educação
O Programa Educativo da 10ª Bienal do Mercosul Mensagens de Uma Nova América realizou as
primeiras reuniões do Conselho Consultivo de Professores nos dias 13 e 14 de maio, na sede da
Secretaria Municipal de Educação – SMED. O objetivo desse conselho é envolver representantes
do corpo docente das redes Municipal e Estadual na criação e no desenvolvimento dos materiais
para professores desta edição da mostra de arte.
Os encontros foram dedicados à apresentação e definição das ações do grupo e também à
análise dos materiais para professores das edições anteriores da mostra. Dessa maneira, buscase gerar pontos de intercâmbio com os docentes que tiveram experiências prévias em visitas
com estudantes ou com o material desenvolvido anteriormente. “Não se trata de avaliar a
qualidade desses materiais, que certamente têm atendido às demandas e necessidades dos
professores, mas de aprender com suas experiências na aplicação desse recurso com os
estudantes para que assim possamos perceber o que devemos potencializar e fortalecer em
relação ao que já foi realizado, ao mesmo passo em que buscaremos criar de forma conjunta
outras formas e possibilidades de acordo com a realidade dos educadores e das escolas”, explica
Cristián G. Gallegos, coordenador geral do Programa Educativo da 10ª Bienal do Mercosul.
A criação do Conselho Consultivo de Professores contou com o apoio do Diretor Pedagógico da
Secretaria Municipal de Educação Sílvio Luís da Silveira Capaverde. Além dele, integraram o
grupo de trabalho os professores Paulo Mauro da Silva, Patrícia Brasil, Rosane Gonzalez, Valeska
Brum e Vanderlei de Paula Gomes.
Os próximos encontros estão previstos para o mês de julho. Professores das redes Estadual e
Municipal interessados em integrar o Conselho Consultivo podem entrar em contato pelo e-mail
[email protected] Para participar é necessário ser professor de
qualquer área de conhecimento, já ter participado de visitas com estudantes em edições
anteriores da mostra, conhecer e já ter utilizado pelo menos um material educativo da Bienal
do Mercosul e ter disponibilidade para participar das reuniões que serão previamente
agendadas.
Possibilidades o Impossível
Possibilidades do Impossível é o título que conduzirá as ações do Programa Educativo da 10ª
Bienal do Mercosul Mensagens de Uma Nova América. O nome é um convite para questionar as
barreiras físicas e/ou mentais que somos capazes criar quando nos encontramos no campo da
arte e da educação – principalmente quando se entende o primeiro como um lugar
desconhecido e o segundo, provavelmente, em vias de se conhecer. O programa se caracteriza
como um espaço de experimentação no qual se busca, a partir de experiências particulares, a
construção de uma memória coletiva capaz de dar visibilidade a uma série de reflexões, opiniões
e críticas abertas em relação aos distintos processos que os públicos da exposição serão
convidados a vivenciar. As ações educativas estarão organizadas em duas linhas. A Raiz será
composta por atividades já existentes nas edições anteriores da mostra de arte como a formação
de mediadores e professores, publicações, material pedagógico e ensino à distância. Já a linha
Impossibilidades, abrange ações específicas desta edição, com uma espécie de extensão da Raiz
com intervenções, trabalho nas escolas e nas comunidades, workshops e ações pedagógicas com
artistas para o espaço público.
10ª Bienal do Mercosul
Com o título Mensagens de Uma Nova América a 10ª Bienal do Mercosul retoma sua vocação
histórica ao priorizar novamente a arte produzida nos países da América Latina. A exposição,
que acontecerá de setembro a novembro de 2015, em Porto Alegre, terá o historiador de arte
Gaudêncio Fidelis (Brasil) como curador-chefe. A equipe curatorial é formada pelo curadoradjunto Márcio Tavares (Brasil) e pelos curadores-assistentes Ana Zavadil (Brasil), Fernando
Davis (Argentina), Raphael Fonseca (Brasil) e Ramón Castillo Inostroza (Chile). A exposição
buscará promover a visibilidade, a legibilidade e a recepção da produção artística dos países
latino-americanos através de uma exposição de grande envergadura que irá se construir em
torno da produção mais relevante desta região. A exposição pretende dar conta de um
considerável número de “pontos cegos” deixados pela crítica e pela historiografia, trazendo à
superfície obras cuja contribuição artística ainda não recebeu a merecida consideração crítica.
Quatro grandes campos conceituais compõem 10ª Bienal: A Jornada da Adversidade, A
Insurgência dos Sentidos, O Desapagamento dos Trópicos e A Jornada Continua. Ao todo serão
oito mostras, além de atividades voltadas para a formação profissional no campo curatorial e o
desenvolvimento de um Programa Educativo.
PATROCINADORES 10ª BIENAL DO MERCOUSUL
Patrocnínio
Itau
BNDES
Santander
Patrocínio do Programa Educativo da 10a Bienal do Mercosul
Petrobras
Apoio do Programa Educativo
Banrisul
Gerdau
Dufrio
Vonpar
Lojas Renner
Incentivador do Programa Educativo
Randon
Vallouerec
Download

10ª Bienal do Mercosul cria Conselho Consultivo de Professores