SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO
Programa de Bolsas
Universitárias de Santa Catarina
REUNIÃO TÉCNICA COM AS IES
SOBRE O PROGRAMA DE BOLSAS
UNIVERSITÁRIAS DE SANTA
CATARINA
DIES/10.12.2014
SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO
Programa de Bolsas
Universitárias de Santa Catarina
Bolsas subsidiadas com recursos previstos no ART. 170/CE
 Legislação:
LC 281/2005;
LC 296/2005;
LC 420/2008;
LC 509/2010;
LC 546/2011;
Decreto 3.334/2005
Portaria 14/2014;
Portaria 37/2014
SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO
Programa de Bolsas
Universitárias de Santa Catarina
Bolsas subsidiadas com recursos previstos no ART. 170/CE
Bolsas de Estudo e Pesquisa:
Cursos presenciais e EaD;
Percentuais de 25% a 100% sobre a mensalidade;
Primeira graduação, exceto licenciatura curta;
Participação em projetos de extensão da IES, com visão
socioeducativa (estudo);
O projeto da bolsa de pesquisa é da IES, no qual o estudante
selecionado é inserido;
Validade do benefício semestral ou anual (estudo), ou anual
(pesquisa);
Estudantes matriculados em IES cadastradas na SED, carentes,
residentes em Santa Catarina e cadastrados no UNIEDU.
SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO
Programa de Bolsas
Universitárias de Santa Catarina
Bolsas subsidiadas com recursos previstos no Art.
170/CE/PROESDE
Bolsas de Estudo/Extensão:
Cursos presenciais;
Percentual da bolsa de estudo 70% da mensalidade não
podendo ultrapassar dois salários mínimos do ano anterior;
Curso de extensão subsidiado integralmente pelo Estado;
Validade do benefício por um ano;
Estudantes matriculados em IES cadastradas na SED,
residentes em Santa Catarina e cadastrados no UNIEDU.
SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO
Programa de Bolsas
Universitárias de Santa Catarina
Bolsas subsidiadas com recursos previstos no Art.
170/CE/LICENCIATURA
Bolsas de Estudo/Intervenção para cursos de Segunda
Licenciatura:
Cursos presenciais com bolsa integral;
Bolsa para desenvolvimento da intervenção;
Validade do benefício para o curso;
Prioritariamente para professores da rede pública.
SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO
Programa de Bolsas
Universitárias de Santa Catarina
Bolsas subsidiadas com recursos previstos no Art.
171/CE
Legislação:
LC – 407/2008;
LC – 583/2012;
Decreto 2450/2009;
Decreto 2672/2009.
SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO
Programa de Bolsas
Universitárias de Santa Catarina
Bolsas subsidiadas com recursos previstos no Art.
171/CE
Bolsa de Estudo:
Curso presencial;
Percentual de 100% sobre a mensalidade não podendo ultrapassar
dois salários mínimos do ano anterior;
Estudante oriundo de ensino médio cursado em escola pública ou
escola privada com bolsa integral;
Residente em Santa Catarina há dois anos;
Validade do benefício durante o curso, não havendo reprovação;
Estudante carente, matriculado em IES cadastrada na SED, e
cadastrado no UNIEDU.
SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO
Programa de Bolsas
Universitárias de Santa Catarina
Bolsas subsidiadas com recursos previstos no Art.
171/CE
Bolsa de Pesquisa e extensão:
Cursos presenciais;
Valor da bolsa um salário mínimo do ano anterior, independente
do valor da mensalidade;
Primeira graduação;
Renda per capita até 1,5 salário mínimo;
Estudantes oriundos de ensino médio cursado em escola pública
ou escola privada com bolsa integral ou parcial;
SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO
Programa de Bolsas
Universitárias de Santa Catarina
Bolsas subsidiadas com recursos previstos no Art.
171/CE
Bolsa de Pesquisa e extensão:
Estudantes residentes em Santa Catarina há dois anos;
Validade do benefício por dois anos podendo ser prorrogado por
mais um ano, desde que informado na planilha de previsão para o
ano seguinte;
Estudantes matriculados em IES cadastradas na SED, e
cadastrados no UNIEDU.
SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO
Programa de Bolsas
Universitárias de Santa Catarina
Bolsas subsidiadas com recursos previstos no Art.
171/CE
Licenciatura:
Curso presencial, podendo ser em regime especial, com bolsa
integral;
Estudantes oriundos do ensino médio cursado em escola pública
ou escola privada com bolsa integral;
Residentes em Santa Catarina há dois anos;
Validade do benefício até a conclusão do curso (em caso de
reprovação o estudante assumirá o custo da disciplina no
próximo semestre);
Prioritariamente para professores da rede pública.
SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO
Programa de Bolsas
Universitárias de Santa Catarina
 ATIVIDADES QUE DEVEM SER OBSERVADAS PELAS
IES
 Manifestação aceitando os valores publicados;
 Processo seletivo dos candidatos aos Programas de Bolsas Estudo
e Pesquisa conforme Edital de Cadastramento SED/UNIEDU;
 Devolução dos convênios e documentação pertinente à SED,
impresso em duas vias, devidamente assinados em todos os
campos referentes ao diretor/reitor;
 Cumprir as cláusulas do Termo de Convênio, especialmente a
Cláusula Primeira (Do Objeto) e a CláusulaTerceira( da
Liberação dos Recursos)
SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO
Programa de Bolsas
Universitárias de Santa Catarina
 ATIVIDADES QUE DEVEM SER OBSERVADAS PELAS
IES
 Inserção dos estudantes beneficiados, no Sistema ,observando as
datas e prazos estipulados e as especificações de cada
Programa e Convênio assinado;
 A medida que houver qualquer alteração de dados (mudança de
dirigente, de coordenação convênios, de e-mail...) enviar à SED
Cadastro da IES atualizado;
 De posse da confirmação da ordem bancária, a IES deve
providenciar a Prestação de Contas imediatamente;
SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO
Programa de Bolsas
Universitárias de Santa Catarina
 ATIVIDADES QUE DEVEM SER OBSERVADAS PELAS
IES
 Incluir recibos, contendo a assinatura dos alunos beneficiados,
separando Bolsa de Estudo e Bolsa de Pesquisa de cada
Programa (conforme sistema);
 Anexar cópia da transferência (TED que não pode
ultrapassar o prazo para prestação de contas, ou seja 60
dias) e o extrato de cada conta específica, não podendo ser
utilizada a emissão de cheque para este fim;
 Anexar cópia do convênio em todas as prestações de contas
SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO
Programa de Bolsas
Universitárias de Santa Catarina
 ATIVIDADES QUE DEVEM SER OBSERVADAS PELAS
IES
 quando houver devolução de valores das parcelas liberadas, o
comprovante original do DEPÓSITO IDENTIFICADO
deverá ser anexado à prestação de contas;
 para devolução referente ao Art. 170 e FUNDOSOCIAL ,
deve ser observado o órgão Secretaria de Educação e conta
bancária nº 914001-8, e devolução refere ao Art. 171/CE
órgão Fundo de Apoio à Manutenção do Ensino Superior e
conta bancária nº 914.610-5, a operação deve ser efetuada no
endereço eletrônico, http://www.sef.sc.gov.br, com os
seguintes passos:
SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO
Programa de Bolsas
Universitárias de Santa Catarina
INSERÇÃO
DOS
BENEFICIADOS
DADOS
Acessar o endereço:
serieweb.sed.sc.gov.br/cadloginies.aspx
DOS
ALUNOS
SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO
Programa de Bolsas
Universitárias de Santa Catarina
Para celebração de convênios e efetuação de pagamentos
a IES deve estar em dia com a vida fiscal junto aos órgãos, cujas
CNDs foram solicitadas no Edital Nº 036/SED/2014, além das
CNDs para convênios (DART).
Para tanto deve-se verificar a situação da IES na página da
Secretaria de Estado da Fazenda www.sef.sc.gov.br
SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO
Programa de Bolsas
Universitárias de Santa Catarina
IMPORTANTE:
Quando a IES receber mais de uma parcela em uma única
liberação a Prestação de Contas (PC) deve conter apenas
uma capa, um balancete e recibos referentes ao número
de parcelas que foi liberado.
SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO
Programa de Bolsas
Universitárias de Santa Catarina
ENDEREÇOS PARA ENVIO DE CORRESPONDÊNCIAS
• ENVIO DE CONVÊNIOS, PLANO DE TRABALHO, PLANO DE
APLICAÇÃO, TERMOS ADITIVOS:
Secretaria de Estado da Educação
Diretoria de Educação Superior
Rua Antônio Luz, 111 – Sala 605– Centro - Florianópolis - SC
- CEP 88010-410
ENVIO DE DOCUMENTOS PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS :
Secretaria de Estado da Educação
SEPCO- Setor de Prestação de Contas – 11 andar
Rua Antônio Luz, 111 – Sala xxx– Centro - Florianópolis - SC
- CEP 88010-410
SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO
Programa de Bolsas
Universitárias de Santa Catarina
PORTARIA Nº 37/SED/2014
ESTABELECE CÁLCULO DO ÍNDICE DE CARÊNCIA NO
CADASTRO
DO PROGRAMA DE BOLSAS UNIVERSITÁRIAS DE
SANTA CATARINA UNIEDU
www.uniedu.sed.sc.gov.br
SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO
Programa de Bolsas
Universitárias de Santa Catarina
Art. 4º - A fórmula a ser utilizada para o cálculo do IC,
considerando os itens e pesos previstos no artigo anterior desta
portaria, será:
IC =RF.ME.DE.TC.DDC
GF.100
SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO
Programa de Bolsas
Universitárias de Santa Catarina
I - Renda
Familiar – RF (Valor em reais);
II - Moradia do estudante – ME (alugada ou financiada / própria
ou cedida);
III- Possui despesa familiar mensal, com educação paga, para
outro membro do grupo familiar – DE (Sim/Não);
IV - Possui despesa familiar mensal com transporte coletivo –
TC (Sim/Não);
V - Possui despesa com tratamento de doença crônica – DDC
(Sim/Não);
VI - Número de pessoas do Grupo Familiar – GF.
SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO
Programa de Bolsas
Universitárias de Santa Catarina
Art. 5º - O IC gerado pelo Sistema de Cadastro do UNIEDU
será um dos elementos que as Instituições de Ensino Superior
(IES) considerarão para efetuar a classificação dos estudantes.
SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO
Programa de Bolsas
Universitárias de Santa Catarina
BOLSAS UNIEDU/FUMDES
ESTUDO
PESQUISA E EXTENSÃO
LICENCIATURA
(Continuidade/2015)
SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO
Programa de Bolsas
Universitárias de Santa Catarina
UNIEDU/FUMDES/2015 – CONTINUIDADE
Os dados devem ser enviados em um único arquivo
(Excel), com as planilhas para Estudo, Pesquisa e
Extensão e Licenciatura, no endeço eletrônico
[email protected] Posteriormente, enviar cópia
física via correio, devidamente assinado pelo dirigente ou
responsável.
O valor máximo da Bolsa de Estudo será de até
R$ 1.448,00 (número de mensalidades:12/ano). Com
exceção dos cursos que terão somente um semestre (6
mensalidades) para terminalidade.
SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO
Programa de Bolsas
Universitárias de Santa Catarina
UNIEDU/FUMDES/2015 – CONTINUIDADE
O valor da Bolsa de Pesquisa e Extensão será de
R$ 724,00 (número de mensalidades será de acordo com o
previsto no projeto, sendo no máximo 12/ano).
A IES poderá substituir estudante reprovado ou concluinte,
caso tenha estudantes cadastrados no UNIEDU e
classificados no ano de 2014.
SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO
Programa de Bolsas
Universitárias de Santa Catarina
INSTITUIÇÃO:
RELAÇÃO DOS BENEFICIADOS COM BOLSA – FUMDES – 2015CONTINUIDADE
BOLSA DE ESTUDO
Nº
NOME DO
ESTUDANTE
CURSO
ANO DO
INICIO DA
BOLSA
PERÍODO
PERÍODOS
VALOR DA
/FASE
/FASES A
MENSALIDA
CURSANDO CURSAR a
DE 2015
em 2015/1 partir 2015/2
1
2
3
4
5
26
SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO
Programa de Bolsas
Universitárias de Santa Catarina
INSTITUIÇÃO:
RELAÇÃO DOS BENEFICIADOS COM BOLSA – FUMDES – 2015
CONTINUIDADE
BOLSA DE PESQUISA OU EXTENSÃO
Nº
NOME DO
ESTUDANTE
CURSO
ANO DO
INICIO DA TÍTULO DO
BOLSA PROJETO
DATA
DATA DE
INICIO
TÉRMINO
MÊS/ANO MÊS/ANO
1
2
3
27
SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO
Programa de Bolsas
Universitárias de Santa Catarina
INSTITUIÇÃO:
RELAÇÃO DOS BENEFICIADOS COM BOLSA – FUMDES – 2015
LICENCIATURA
BOLSA DE ESTUDO
Nº
NOME DO
ESTUDANTE
CURSO
ANO DO PERÍODO
INICIO DA
/FASE
BOLSA CURSANDO
em 2015/1
PERÍODOS/
FASES A
CURSAR a
partir 2015/2
VALOR DA
MENSALIDADE
2015
1
2
3
28
SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO
Programa de Bolsas
Universitárias de Santa Catarina
DIRETORIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR
Diretor: Gilberto Luiz Agnolin
[email protected]
GERÊNCIA DE PROGRAMAS E POLÍTICAS DE
EDUCAÇÃO SUPERIOR
Gerente: Edir Seemund
[email protected]
[email protected]
[email protected]
[email protected]
Download

Apresentação Reunião Técnica UNIEDU 10/12/14