conexão
170 mai | jun 2014 | RTM, uma empresa ANBIMA e CETIP.
RTM anuncia implantação de backbone
próprio no Ciab Febraban 2014
Mais de 1.200 pessoas visitaram o estande
temático da RTM no decorrer do evento
Mais de 1.200 pessoas visitaram
o estande da RTM durante o
Ciab Febraban 2014 – Congresso
e Exposição de Tecnologia da
Informação das Instituições
Financeiras, maior evento da
América Latina, tanto para o setor
financeiro quanto para a área de
Tecnologia. Realizado entre os dias
4 e 6 de junho, no Transamérica
Expo Center, em São Paulo, o
Congresso, em sua 24ª edição,
teve como tema central Estratégia
Digital no Mundo Hiperconectado.
Durante o evento, a RTM anunciou
a implantação de backbone
próprio com tecnologia IP/MPLS,
atendendo a demanda do mercado
por contingência. Com a iniciativa,
os clientes podem ter acesso a duas
redes distintas, beneficiando-se
de uma maior disponibilidade
de serviço. Em caso de queda de
uma das redes, a outra assume
automaticamente a operação, sem
que o cliente perceba qualquer
paralisação. Além disso, ambas
estão interligadas, garantindo as
mesmas funcionalidades. ■
Comitê Estratégico de Tecnologia
recebe analista político
Fotos: Patricia Caggegi
Durante o evento, Amorim apresentou
o cenário politico para 2015
Em reunião-almoço realizada em 21
de maio, no Restaurante Praça São
Lourenço, em São Paulo, o Comitê
Estratégico de Tecnologia da RTM, que
reúne 18 executivos das instituições
usuárias, assistiu à palestra do
professor e analista político Wellington
Dantas de Amorim sobre o cenário
político atual e as perspectivas diante
das eleições de 2014. ■
Foto: Divulgação
geral
Rossana Huerta Cado (Darmouth Research & Consulting/DRC México), Álvaro Camunas (BNP
Paribas); Gerardo Gamboa Camunas (Indeval , CCV, Asigna, Valmer & InterGloval); e Don
Linford (Deutsche Bank) participaram do painel A colaboração em ação na América Latina
SWIFT promove larc
na Cidade do México
Na qualidade de Service Bureau
da SWIFT, a RTM foi representada
pelo diretor de Operações, Carlos
Roberto Soares Teixeira, durante a
Conferência Regional da América
Latina 2014 (LARC), realizada pela
SWIFT nos dias 28 e 29 de maio na
Cidade do México.
Tendo como tema central
Desencadeando o Poder da
colaboração, o evento
reuniu mais de 200 participantes
da comunidade financeira,
entre representantes de bancos,
custodiantes, corretoras, gestores
de investimento, provedores
de infraestrutura, empresas e
fornecedores da América Latina e
de outras regiões.
Foram debatidos assuntos de
regulamentação, exigências
normativas, fiscalização e
facilidades para pagamentos e
transferências de dinheiro. A LARC
também abordou a estratégia da
SWIFT em reforçar sua presença
no mercado local (América Latina),
a expectativa de crescimento no
mercado corporativo, a redução do
custo por mensagem e o foco em
novos serviços, como BI e digital
mobile.
Durante o evento, temáticas
específicas trataram de iniciativas
SWIFT para as instituições
financeiras e infraestruturas de
mercado em serviços bancários e
pagamentos. ■
Novo escritório: A SWIFT anunciou a abertura de seu novo
escritório na Cidade do México. A expansão suporta o crescimento das
operações da empresa na América Latina e permite que os clientes se
beneficiem da experiência e pessoal de apoios locais e vendas, que são
críticos para as operações de pagamento.
Comitês de
representação
A RTM foi apresentada a mais
dois comitês da ANBIMA:
Produtos de Tesouraria e
Assuntos de Tesouraria,
nos dias 10 e 11 de junho,
respectivamente. O objetivo
é ampliar o conhecimento
da Rede entre os executivos
ligados à área de negócios das
instituições financeiras. ■
Happy hour
com usuários
Dando continuidade ao
programa Happy Hour com os
usuários, iniciado em 2012, que
visa a estreitar contato com
pequeno grupo de clientes,
a RTM realizou o primeiro
encontro em São Paulo no
dia 15 de maio, reunindo 21
convidados. No Rio, o evento
está programado para o início
do segundo semestre. Usuários
interessados em participar dos
encontros podem enviar e-mail
para m[email protected] ■
Informativo mensal da Rede de Telecomunicações para o Mercado
conexão
2
RTM, uma empresa ANBIMA e CETIP.
Editado pela Assessoria de Comunicação • rtm.net.br • /rtm.net.br • /company/rtm
Relações com Cliente: (21/11) 2102-7828 • NOC: 0800 704 1021
SP: Rua Líbero Badaró, 377 - 11º, 24º, 25º e 26º andares • Tel.: (11) 2102-7860
RJ: Av. República do Chile, 230 - 7º andar • Tel.: (21) 2102-7860
maio registra
recorde de
operações no
sistema reune
O REUNE ANBIMA registrou,
no mês de maio, o recorde de
operações no sistema. No mês,
três ativos apresentaram mais
de 200 negócios e 20 séries tiveram negócios em mais da
metade dos dias, refletindo incremento na liquidez no mercado secundário de debêntures.
As informações constam do
Relatório Indicadores REUNE
de maio, disponível no site da
Associação, opção Informações técnicas, REUNE - Preços
pós-negociação de debêntures.
Acessado via RTM, o Sistema
REUNE ANBIMA é uma plataforma de registro das negociações,
realizadas no mercado secundário de debêntures, antes que
a liquidação seja efetuada. ■
anbima & cetip
RTM participa de
conferência da CETIP
Foto: Divulgação
O evento reuniu mais de 300
representantes do setor financeiro
A RTM foi uma das patrocinadoras
da Conferência Cetip de Renda
Fixa, realizada no dia 14 de maio,
no hotel Unique, em São Paulo.
Reunindo mais de 300 pessoas entre
expositores e congressistas, o evento
contou com três painéis de debates
intermediados pela jornalista Ana
Paula Padrão, além de palestras
com grandes nomes do mercado
financeiro global. Executivos e
autoridades compartilharam suas
experiências em um encontro que
teve o objetivo de contribuir para o
desenvolvimento do setor
no Brasil. ■
amplo, de varejo. Os investidores,
por sua vez, passarão a ter mais
opções para compor sua carteira.
Já as corretoras se beneficiarão
por poder ter em sua prateleira
uma variedade maior de ativos
de Renda Fixa, diversificando
receitas de intermediação. Além
disso, os clientes finais podem se
beneficiar com melhores taxas de
retorno para seus investimentos.
Por isso, a novidade conta com o
apoio da Associação Brasileira de
Bancos (ABBC) e da Associação
Nacional das Corretoras e
Distribuidoras de Títulos e
Valores Mobiliários, Câmbio e
Mercadorias (Ancord).
Cetip lança CETIP | Trader – Captação
Integrar, numa mesma
plataforma de negócios, bancos
de pequeno e médio portes a
corretoras e distribuidoras que
acessam o investidor final é o que
faz o Cetip | Trader – Captação,
lançado em fevereiro pela Cetip,
com acesso via RTM.
Dessa forma, a ferramenta
torna possível a negociação,
em um único, padronizado
e transparente ambiente
eletrônico, dos diferentes tipos
de papéis emitidos por bancos e
financeiras para captar recursos.
Para os emissores, a principal
vantagem é passar a contar com
uma plataforma que permitirá
oferecer seus títulos, de forma
pulverizada, a um público mais
A solução, desenvolvida pela
integradora do mercado
financeiro em parceria com a
ICE (Intercontinental Exchange),
uma das maiores bolsas de
futuros e derivativos de balcão
do mundo, está alinhada às
melhores práticas internacionais
e plenamente adaptada às
necessidades locais.
Um dos diferenciais do
Cetip | Trader - Captação é a
utilização do Cetip | Certifica,
que representa um selo que
assegura que o registro de
determinado ativo foi realizado
em nome do investidor final,
identificando seu CPF ou CNPJ.
Além disso, permite que as
corretoras entreguem a seus
clientes um extrato mensal com
a posição de seus investimentos,
o que agrega segurança e
transparência ao mercado. ■
RTM, uma empresa ANBIMA e CETIP.
3
RTM APRESENTA: DUAS NUVENS, NENHUM PROBLEMA
Sabe o que uma
nuvem redundante
disse pra outra?
BACKBONE PRÓPRIO:
A ESTRUTURA ROBUSTA
T
DA RTM ACABA
DE SER AMPLIADA
A RTM agora conta com backbone próprio,
além da parceria com a Embratel.
São duas nuvens independentes e integradas.
Assim, mesmo no caso de uma rede inteira
cair, a outra é capaz de manter os serviços
ativos, assumindo automaticamente as funções.
www.rtm.net.br • 11 ou 21 2102-7860
Estou cheia dos
seus dados.
CONHEÇA ALGUMAS VAN
V TA
T GENS
DA ESTRUTURA AMPLIADA:
D
• Estrutura ainda mais robusta e estável
• Maior disponibilidade
• Alocação otimizada de recursos
• Flexibilidade total: de acessos e de backbone
• Contingência além da última milha, com
nuvens redundantes
• Negociação facilitada
Download

Conexão nº 170 - Mai/Jun 2014