Tratamento de Pacientes Especiais



Dr. Celso Antonio Rodrigues da Silva
Associação Médica Brasileira
Coordenador do Programa de Controle de Tabagismo/SES-DF
objetivo
situações especiais
multifatorial
metabolismo
particularidades orgânicas
Mulher,gestante, coronariopatas, d.psiquiátricas,
crianças e adolescentes. Idoso, hospitalizados, médico
tabagista e transtornos que sofrem agravos pelo
tabagismo
Mulher
Prevalencia crescente
Pecularidades: humor, metabolismo,estetica
Metabolismo: nicotina lento
- liberação : fluido mamário, mucocervical,
colo uterino, liquido amniótico,
cordão umbilical e sangue fetal.
Mulher
Fatores dificultadores
- Metabolismo lento
- Menos sensives à reposição nicotínica
- controlam o peso com o cigarro
- mais propensas às recaídas: humor
-dificuldade de abstinencia na fase lutea
Mulher
Função ovariana
Riscos associados: anticoncepcional hormonal
Câncer de mama
Outros: vulva,endométrio,ovários
Gestantes - riscos
-Fetos de baixo peso
-Prematuridade
-Descolamento de placenta
- Morte súbita na infância
Abordagem: recomendações para tratar a mulher
- Monitorizar sintomas (depressão)
- Medidas para evitar ganho de peso
- Diferenciar abordagem medicamentosa
- Controle do uso de anticoncepcional oral
- Avaliar fatores de risco cardiovasculares
- Impacto da cessação na fertilidade
- Alertar riscos materno e fetais
Gestantes - abordagem
-Fase de maiores índices de cessação
- intervenções intensivas e grupos especiais
- TRN: único fármaco com restrições
- Bupropiona e vareniclina: NÃO
Acidentes Vasculares
Fumo: efeitos trombogênicos
disfunção endotelial
ruptura da placa endotelial
Tratamento : segue as recomendações gerais
Crianças e Adolescentes
- Abordagem mínima
- Diagnóstico do tabagismo
- Grau de motivação
- Estratégia motivacional
- fármacos: não determinados
Doenças psiquiátricas mais freqüentes
- Depressão
- Esquizofrenia
- Dependência do álcool e drogas pesadas
-Tratamento recomendado para a
população geral
Idosos
- Prevalência alta: 26% (H40% M12%)
- Abordagem de grupos : preferência
- Grupos apenas de idosos : não recomendado
-Tratamento medicamentoso no saudável: igual
ao da população geral
- Observar contra-indicações
Pacientes Hospitalizados
-Reflete mais no seu estado clínico
-Abordagem pela equipe da saúde
-Programa acompanhamento ambulatorial
-Uso de fármacos: o da população geral,
observando-se contra-indicações da
comorbidade que originou a internação
Médico Tabagista
-Doença tabagismo
-Precisa de auxílio médico
-Problema da exposição pública
-Conhecimento x conflito pessoal
-estresse, traços da personalidade
-Pouca aderência, estilo de vida,
auto-suficiência
OBRIGADO!!!
controletabagismo@yahoo.com.df
3346.5770 //3214.3801//3214.3813
Download

Tratamento de Pacientes Especiais