PESAGRO-RIO
EMPRESA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA DO
ESTADO DO RIO DE JANEIRO
SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA,
ABASTECIMENTO, PESCA E
DESENVOLVIMENTO DO INTERIOR
LUIZ ANTONIO ANTUNES DE OLIVEIRA
ENGENHEIRO AGRONÔMO
MÓDULO RURAL

Objetivo Geral:

-Apoiar o estabelecimento
do agronegócio de
oleaginosas visando ao
mercado de energia
renovável, contribuindo para
a geração de emprego, de
renda e para a despoluição
ambiental no território do Rio
de Janeiro.

Objetivos Específicos:

-Realizar zoneamento
pedoclimático de diferentes
oleaginosas para o Estado do
Rio de Janeiro;
-Introduzir, avaliar e recomendar
culturas/cultivares de
oleaginosas para produção de
biodiesel para o Estado do Rio
de Janeiro;
-Avaliar arranjos produtivos de
culturas já estabelecidas no
Estado com as culturas
oleaginosas: rotação, consórcio,
sucessão e renovação;
-Melhorar os sistemas de
produção de oleaginosas;
-Produzir sementes básicas de
cultivares recomendadas.




APOIO FINANCEIRO
Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo a
Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ)
e Ministério de Ciência e Tecnologia - Financiadora
de Estudos e Projetos – (FINEP).
2005
ZONEAMENTO PEDOCLIMÁTICO:
- Julho – Elaboração final do mapa da cultura do dendê;
- Agosto – Elaboração final do mapa das culturas de soja e
mamona;
- Setembro – Elaboração final do mapa das culturas de girassol e
amendoim;
- Outubro – Elaboração final do mapa da cultura de gergelim.
AVALIAÇÕES AGRONÔMICAS E ECONÔMICAS:

Avaliação de cinco cultivares de girassol em quatro épocas de
plantio (duas no outono/seca e duas na primavera/águas);
 Locais: Estações Experimentais da PESAGRO-RIO (Campos,
Itaocara, Silva Jardim e Avelar);

Situação dos experimentos:
 1ª época de outono – no estádio de maturação
 2ª época de outono – em estádio vegetativo.
Experimento de competição de cultivares de GIRASSOL
Estação Experimental de Campos – 1ª Época de plantio de 2005
Experimento de competição de cultivares de GIRASSOL
Campo Experimental de Silva Jardim – 2ª Época de plantio de 2005
Experimento de competição de cultivares de GIRASSOL
Campo Experimental de Avelar – 1ª Época de plantio de 2005
Avaliação de doze cultivares de mamona em quatro épocas de
plantio (duas no outono/seca e duas na primavera/águas);
Locais: Estações Experimentais da PESAGRO-RIO (Campos,
Itaocara, Silva Jardim e Avelar);
Situação dos experimentos:
1ª época de outono – no estádio vegetativo/reprodutivo;
2ª época de outono – no estádio vegetativo.
Experimento de competição de cultivares de MAMONA
Campo Experimental de Silva Jardim – 1ª Época de plantio de 2005
Experimento de competição de cultivares de MAMONA
Campo Experimental de Avelar – 1ª Época de plantio de 2005







Avaliação da cultura do nabo forrageiro na época de
outono;
Local: Estação Experimental de Campos;
Situação do experimento: - em estádio vegetativo.
Avaliação de quatro cultivares de gergelim em duas épocas
de plantio (uma no outono/seca e outra na
primavera/águas);
Local: Estação Experimental de Campos;
Situação do experimento:
1ª época - outono – em estádio vegetativo.



Avaliação da cultura do dendê;
Local: Campo Experimental de Silva Jardim
Situação – plantio do dendê em local definitivo.
Cultura do DENDÊ em pré-viveiro
Campo Experimental de Silva Jardim/2004
UNIDADES DE PRODUÇÃO DE ÓLEO

Aquisição de microusinas de extração de óleo:

Girassol:
-Prensa (40kg/h), filtro prensa e triturador;
Local da instalação – Estação Experimental de
Campos –Junho/2005.





Mamona:
-Descascador (100kg/h), cozinhador, prensa
(50kg/h) e triturador;
Local da instalação – Estação Experimental de
Itaocara – Julho/2005





Cultura do girassol – Outono/2005 – 1 ha
Primavera/2005 - 1 ha
Local: Estação Experimental de Campos.
Cultura da mamona – Primavera/2005 – 1 ha
Verão/2005 – 1 ha
LocaL: Estação Experimental de Itaocara.
Parcerias com as Prefeituras nos municípios do Sul e
Noroeste Fluminense – Primavera e Verão/2005.
EQUIPE TÉCNICA:
PESQUISADORES
OEP
Luiz Antonio Antunes de Oliveira
Sede
Jorge Alves Cruz
Sede
Jose Mario Piratello
Sede
Luiz de Morais Rego Filho
Campos
Gloria Marta Bellon Fernandes
Campos
Benedito Fernandes de Souza Filho
Campos
Maria Luiza de Araújo
Seropédica
Renato Alves da Costa
SIMA
Guilherme Eugênio Lopes
Itaocara
Júlio César Monteiro de Barros
Macaé
Regina Célia Alves Celestino
Macaé
MUITO OBRIGADO
LUIZ ANTONIO ANTUNES DE OLIVEIRA
laoliveira@pesagro.rj.gov.br
Download

- Ministério de Minas e Energia