Desenvolvimento de um sistema para Planejamento de
Produção em Indústrias de Panificação.
Aluno de Mestrado: Aline Regina Noronha Costa, [email protected]
Orientador(a): Arinei Carlos Lindbeck da Silva, [email protected]@gmail.com
co-Orientador(a): Celso Carnieri, [email protected]
Programa de Pós-graduação em Métodos Numéricos em Engenharia - UFPR
Universidade Federal do Paraná -Centro Politécnico
CEP: 81.531–990 Curitiba – PR
Resumo: Diversos sistemas de planejamento e controle de produção estão disponíveis no
mercado e podem ser adequados a diversos tipos de indústria, inclusive em indústrias de
alimentos onde o planejamento é a longo prazo ou a linha de produção pode ser interrompida.
Para indústrias de alimentos com planejamento a curto prazo, sob demanda ou com processos
contínuos a adaptação dos sistemas existentes é mais complexa. O processo de produção de
pães não pode ser interrompido. A partir do momento em que a água e o fermento são
adicionados ao restante dos ingredientes da formulação, o lote deverá respeitar os tempos de
processo até ser finalizado, logo não é possível deixar o lote “esperando” para entrar em uma
etapa ou equipamento. Os equipamentos de uma indústria de panificação são compartilhados
entre os produtos, porém nem todos os equipamentos utilizam a mesma linha de produção ou
a linha inteira de produção. O trabalho que está em desenvolvimento visa automatizar parte do
fluxo de informações, planejando o processo produtivo baseado em pedidos diários. Pretendese desenvolver um modelo matemático linear que represente as restrições reais do processo e
otimize a capacidade produtiva, reduzindo o tempo de espera dos produtos acabados e
garantindo a entrega dentro do prazo estipulado. Cada produto será representado por dois
padrões que determinam, em ordem, quanto tempo este produto permanecerá em cada
equipamento e quantos equipamentos são necessários para processar este padrão. Cada
padrão representará o processamento de uma quantidade de produto (em peso), um para lote
mínimo e outro para lote máximo, informações baseadas na capacidade produtiva dos
equipamentos da linha de produção. O modelo utilizará variáveis do tipo Xij onde i representa o
nº do padrão e j representa o horário de início deste padrão. As variáveis Xij para serão inteiras
para evitar o processamento de lotes inferiores ao mínimo.
Palavras-chave: Modelagem matemática, programação linear, indústria de panificação,
planejamento de produção, processo contínuo.
Download

Aline Costa - Universidade Federal do Paraná