Lembretes:
• Dias 16 e 17 de julho – 2º etapa do
treinamento dos monitores e
operadores locais dos Telepostos
na Caju.
• Não esqueçam de trazer a ficha de
avaliação;
• Continue mandando a foto do seu
Teleposto;
Lembretes:
• Continuem fazendo as tarefas da
disciplina de Psicologia;
• Acessem a nossa Página na Internet:
• www.ead.pucrs.br/teleformar
• Dúvidas e sugestões fale conosco
através do e-mail:
• Teleformar@maristas.org.br
Prof. José Antônio Meister
meister@pucrs.br
PROGRAMA
1) Valores e a
realidade do
mundo
2) Os valores na educação
3) Os valores na educação e
no educador marista
VALOR
É tudo o que:
elegemos
e
preferimos
Escolhemos
sempre o que
consideramos
mais valioso.
Ao escolher o ser
humano se faz, se
constitui,
humaniza-se.
Valorar uma
situação ou
acontecimento
É inserí-los numa relação de
forças, linhas de sentido.
Os valores se realizam a
cada encontro
Para realizar
um valor é
preciso uma
série de
exigências:
* Ações
* Conhecimento
* Sentimentos
* Relações, etc.
Despertar e assumir um
valor significa:
Disponibilidade para
buscá-lo com:
Amor,
Sintonia,
Ajuste ao que ele
nos exige.
A BUSCA DE
VALOR PARA O
SER HUMANO É
ESSENCIAL
PORQUE ELE É:
OS VALORES SÃO UM GUIA.
Quando aceito
um valor de forma
livre, não o faço
somente porque
quero, mas
porque estou
persuadido do que
é justo.
A participação
num mesmo
valor cria uma
unidade de
espírito.
O ser humano é
um ser
diferenciado
porque se constitui
se aperfeiçoa.
Daí a importância
dos valores
DESCOBERTA
QUALIDADES
A descoberta de
valores
nos permite detectar
as diferentes
possibilidades que a
realidade nos
oferece.
Nossas relações
podem ser:
SUPERFICIAIS
com as coisas,
seres inanimados,
quando
vistos somente
como objetos.
EDIFICANTES
Porque resultantes
de um encontro, do
crescimento, da
maturidade, da
reciprocidade que
pode ser plena.
Quanto mais
íntima
uma relação,
mais valores
terá.
A intimidade nos leva a ver
que tudo na vida tem valor.
Termos valores
iguais não é
estarmos uns
diante dos
outros, mas
olharmos na
mesmo
direção.
Quando se
assume um
valor tem-se
uma abertura
criadora,
vinculada,
comprometida.
O olhar
valioso é o
olhar de
relação.
Aceitar um
valor é:
1) Acender uma
fonte de luz
2) Provocar vibração
3) Ter entusiasmo criador
Os valores se
apresentam em
nossa vida, de
modo único:
pela forma
como vemos o
mundo
Ao perceber que o que
se busca não realiza,
surge a tristeza,
a frustração  angústia
O sentimento de desespero
des + espero = não esperar
Desespero,
angústia,
tristeza,
conduzem à
destruição
própria e dos
outros.
A acolhida a
um valor,
impulsiona,
energiza
Quando há
felicidade há
festa,
alegria, paz.
sentimentos que
vêm de dentro
se exteriorizam
em símbolos e
gestos
O valor provoca
uma sã inquietude,
uma tensão interna
impulsiona aquilo
que leva a agir e à
realização pessoal.
Devemos darnos conta:
quando se
invertem os
valores
ocorre a
manipulação
Manipular é
inverter os
valores. Em
vez de gerar
vida, a destrói,
pondo-a em
segundo plano.
É o que se vê muito hoje,
onde os valores mais
apregoados são:
poder, drogas, embriaguês,
jogos de azar, erotismo...
Em detrimento do amor, da
paz, relações edificantes,
afetos, etc.
Diante do valioso,
sentimos:
Emoção
Transcendência,
Inquietude
Exultação festiva.
O
sentimento é
intencional
pois nos
remete a
resultados
criadores,
melhores.
Os valores
são
fenômenos
originários,
porque
despertam o
sentimento.
Não se tem o
máximo de um
valor porque
se diminui a
distância, mas
porque se
realiza
uma ação
criadora
Para chegar ao
máximo, é preciso
cultivo,
despojamento,
para que
sobressaia a força,
a admiração do
valor e sua
capacidade
criadora.
Os valores
devem estar
em estreita
relação com o
sentido.
Ter sentido é ordenar os
valores, a vida ludicamente
para a plenitude.
A plenitude só é alcançada
quando desenvolvemos
nossa capacidade de escutar
o apelo do valor.
O contrário de
uma vida com
sentido, é a vida:
Absurda, desarticulada,
desmoronada existencialmente,
sem criatividade,
sem capacidade relacional
A ação valiosa
eleva o fato,
acima dos atos
vulgares
É PRECISO
DISTINGUIR O
DESEJO DO
DESEJÁVEL.
O desejo nos
instiga a sair de
nós.
É preciso buscar
o desejável, a
plenitude.
Na busca dos valores o ser
humano busca o valor
absoluto:
SANTO
AGOSTINHO
”Meu coração está
inquieto enquanto não
repousa em ti”.
CLASSIFICAÇÃO
HÁ MUITAS
Intelectuais
EXIGÊNCIAS DA
CLASSIFICAÇÃO
CRITÉRIOS
Pessoal
Social
Hierarquia é um
modo de unidade
onde uma
realidade se
configura com
outras,
orientando-as.
Valores só
podem ser
considerados
positivos
quando
conduzem o ser
humano ao
encontro de
pessoas e de
seres.
Download

Slide da Primeira Videoconferência