I LEVANTAMENTO NACIONAL
SOBRE PADRÕES DE CONSUMO DE
ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS
ENTRE POPULAÇÕES INDÍGENAS
OBJETIVO
Conhecer a realidade do consumo
de álcool e outras drogas e seu
impacto na vida das comunidades
indígenas, visando a implementação
do “Projeto de Prevenção do Uso de
Álcool entre as Populações
Indígenas”.
POPULAÇÃO PESQUISADA
 11 comunidades indígenas
 07 (sete) etnias diferentes
 1.455 índios, de ambos os sexos,
moradores em aldeias
 18 a 64 anos, inclusive
REALIZAÇÃO
SENAD - FUNAI - UNIFESP
 Coordenação Geral – SENAD
 Coordenação dos trabalhos em campo –
FUNAI
 Equipe UNIFESP:
 um (01) Médico Psiquiatra
 três (03) Antropólogos
 um (01) Geógrafo
 um (01) Psicólogo
EQUIPE
SENAD - FUNAI - UNIFESP
SENSIBILIZAÇÃO
TERAPIA COMUNITÁRIA - UFCE
 Técnica de trabalho em grupo;
 Abordado o tema “álcool e outras drogas”
através das discussões dos problemas, das
dificuldades vivenciadas pela comunidade,
da partilha de experiências, valorizando a
cultura, a articulação e o fortalecimento das
redes locais na busca de alternativas aos
seus próprios problemas.
LEVANTAMENTO DE DADOS
 Dados sócio-demográficos, de saúde, de
educação, de trabalho e de moradia;
 Diversidade cultural x uso de álcool e outras
drogas;
 Prevalência do uso de álcool e outras drogas;
 Padrão de consumo de álcool e outras
drogas;
 Associação entre o uso de álcool e outras
drogas e suicídio.
ALDEIAS PESQUISADAS
REGIÕES
ETNIAS
Centro-Oeste
Kaiowá, Terena
Mato Grosso do Sul
e Guarani
ALDEIAS
POPULAÇÃO
ENTREVISTAS
VALIDADAS
Jaguapiru e Bororó
12.000
313
Nordeste
Bahia
Pataxó
Coroa Vermelha e
Barra Velha
7.500
299
Norte
Amazonas
Ticuna
Umariaçu I e II
4.218
303
Sudeste
Minas Gerais
Xacriabá
Barreiro Preto e
Brejo Mata Fome
7.554
294
Sul
Paraná
Kaingang
Mangueirinha,
Palmeirinha e Trevo
7.975
246
39247
1455
TOTAL
CONSUMO DE ÁLCOOL
 38,4% dos entrevistados consomem
bebidas alcoólicas;
 Por gênero:
 50% homens
 21% mulheres
INTERESSE DE PARAR DE BEBER
 49,7% gostaria de parar de beber
TENTATIVA DE PARAR DE BEBER
 46,7% dos entrevistados tentaram
parar de beber (8% procurou ajuda);
 Ajuda: 29% família, 22% médico,
18% igreja, 7% amigos)
BEBIDAS MAIS CONSUMIDAS
 Total - 67,6% cerveja
Por gênero: 69,8% homens
63,2% mulheres
 Total - 41,9% cachaça
Por gênero: 51,7% homens
21,4% mulheres
 Total - 14,8% vinho
Por gênero: 13% homens
18,7% mulheres
FREQUÊNCIA DO CONSUMO
DE BEBIDAS ALCÓOLICAS
Das Pessoas que bebem:
 30,8% bebem em um ou dois dias
por mês;
 28,4% bebem em três ou mais dias
por mês (38,4% homens e 13,2% mulheres).
IDADE DE INÍCIO DE CONSUMO DE ÁLCOOL
ESTADO
MÉDIA
AM
17,9
BA
17,2
MG
17,0
MS
18,2
PR
19,0
GERAL
17,8
 População geral de adolescentes
(12 a 17 anos): 13,9 anos
 População geral de adultos jovens
(18 a 25 anos):15,3 anos
FAIXA-ETÁRIA DE MAIOR CONSUMO
 18 e 24 anos – 39,3%
 25 e 34 anos - 40,4%
LOCAIS ONDE BEBEM
 35,6% bebem dentro das terras indígenas;
LOCAIS DE COMPRA DE BEBIDAS
 57% adquirem a bebida fora das terras
indígenas - nos centros urbanos e nas
rodovias. Embora seja proibido por lei a
venda de bebidas alcoólicas aos índios,
Lei Federal nº 6.001 de 1973, Estatuto do
Índio.
ABUSO E DEPENDÊNCIA GÊNERO
 44,1% referem uso abusivo de
bebidas alcoólicas
(homens 41,1% e mulheres 49,8%);
 22,9% referem dependência de
álcool
(homens 28,7% e mulheres 11,9%).
IDÉIAS SUICIDAS
 10,5% dos entrevistados pensou em suicídio
nos últimos doze meses;
 Dentre os que pensaram em suicídio, a maior
parte (43,1%) é de pessoas que bebem.
TENTATIVA DE SUICÍDIO
 Dentre os que pensaram em suicídio,
81,7% tentaram efetivamente;
 Destes que tentaram o suicídio nos últimos
doze meses 41,6% eram usuários de álcool.
EXPERIÊNCIAS DECORRENTES DO USO
DE ÁLCOOL POR OUTRAS PESSOAS
 43,41% teve problemas na família devido ao beber
de outro
 40,5% sofreu insultos verbais por alguém
alcoolizado
 21,5% foi empurrado/agredido por alguém
alcoolizado
 12,2% foi passageiro de motorista que bebeu em
excesso
 11,2% teve a propriedade destruída por alguém
alcoolizado
EXPERIÊNCIAS DECORRENTES DO USO
DE ÁLCOOL POR OUTRAS PESSOAS
 53,7% sugeriu que o outro
buscasse ajuda
OUTRAS DROGAS CONSUMIDAS
 Bahia: maior prevalência de consumo
de maconha - 12%
 Na população geral: 8,8% reportam o
uso na vida de maconha
 Amazonas: maior prevalência do
consumo de cocaína - 3%
 Na população geral - 2,9% reportam o
uso na vida de cocaina
DECRETO nº 6.117
ANEXO II
5. Referente à redução da demanda de
álcool por populações vulneráveis:
5.3. Implementar o “Projeto de Prevenção do
Uso de Álcool entre as Populações
Indígenas”, visando à capacitação de agentes
de saúde e de educação, assim como das
lideranças das comunidades indígenas, para
a articulação e o fortalecimento das redes de
assistência existentes nas comunidades e
nos municípios vizinhos.
Muito Obrigada !
Paulina do Carmo Arruda Vieira Duarte
Secretária-Adjunta
Secretaria Nacional Antidrogas
dpt@planalto.gov.br
www.obid.senad.gov.br
Download

Consumo de álcool nas comunidades indígenas – apresentação