Mala Direta
Básica
Quando todos
participam
tudo se realiza
Contrato/Ano-DR/XX/YY
Cliente
Órgão de divulgação da Cooperativa dos Cafeicultores da Zona de Três Pontas Ltda.
ANO XXVIII
Nº 348
Fevereiro/2015
TRÊS PONTAS-MG
Engenheira agrônoma da Cocatrel 4º Concurso Municipal de Qualidade
de Café de Nepomuceno
defende tese de doutorado
A engenheira agrônoma da Cocatrel, Thamiris Bandoni Pereira, defendeu,
em fevereiro, sua tese de doutorado na UFLA (Universidade Federal de Lavras).
Após quatro anos de graduação, dois de mestrado e mais três de doutorado, ela
recebeu o título de doutora em Fitotecnia.
Página 3
Prazo para registro no
CAR termina em maio
O Cadastro Ambiental Rural
(CAR) é o registro eletrônico obrigatório
de todas as informações ambientais de
uma propriedade rural, como a Reserva
Legal e as Áreas de Preservação Permanente (APP). Criado pela Lei Federal
nº 12.651/2012 (Código Florestal), o
CAR foi regulamentado no início de maio de 2014 pelo Decreto nº 8.235/2014 e
pela Instrução Normativa do Ministério
do Meio Ambiente nº 02/2014. Com esta regulamentação, passou a vigorar
oficialmente o prazo de um ano para
que todos os proprietários de imóveis
rurais brasileiros informem e registrem
a situação ambiental de seus imóveis
no CAR, para tanto, a data limite é 6 de
maio. Saiba o que você pode estar perdendo em não fazer o CAR.
Página 6
Café na mesa
Nesta edição do
Informativo
Cocatrel, a barista
Rosa Gabriela traz
a receita de um
delicioso filé ao
molho de café e
balsâmico.
Página 10
A EMATER de Nepomuceno,
juntamente com a Prefeitura Municipal, COCATREL e CP Agrícola realizaram o 4º Concurso Municipal de Qualidade de Café de Nepomuceno.
Destacaram-se neste concur-
so 18 amostras que obtiveram notas maiores que 80 pontos, além de 6 cafeicultores que foram selecionados para a
segunda etapa do Concurso Estadual,
pois obtiveram notas superiores a 82
pontos.
Página 5
2
INFORMATIVO COCATREL
Opinião
FEVEREIRO/2015
As necessidades da cafeicultura em 2015
O setor cafeeiro vem passando por uma situação
preocupante desde 2013, acentuada em 2014 pela quebra de safra que, mesmo com preços mais altos, não
ajudou o cafeicultor a cumprir compromissos financeiros e reduzir passivos. Agora, a situação se agrava. Os
cafezais têm mais um problema sério: a seca, que tem
afetado duramente a produção nacional, com prováveis
reflexos na safra de 2016.
Para minimizar os impactos nas regiões cafeeiras de Minas, a Comissão Técnica de Café da FAEMG
reuniu produtores e representantes de sindicatos rurais.
Regiões como Sul, Matas, Cerrado e Chapada apresentaram cenários diferentes - não há região que não
tenha problemas graves - e que por isto mesmo terão
de receber tratamentos distintos, o que mostra a complexidade da situação no estado.
Para enfrentar o cenário adverso, foram levantadas e reunidas as principais demandas do segmento
para que seja buscado, além das soluções emergenciais, um estudo mais amplo das questões estruturais.
Foram identificadas ações que, se executadas
prontamente, poderão equilibrar o setor neste momento
de crise. A liberação dos créditos do Funcafé no período
adequado, uma vez que entre as regiões há um descompasso entre o começo da colheita, custeio e estocagem, e a melhoria do preço mínimo estabelecido pelo
governo federal são as principais. É imprescindível também um estudo sobre os passivos para que possam ser
viabilizadas condições para sair da crise.
Porém, o segmento não precisa apenas se capi-
O "Informativo Cocatrel" é uma publicação mensal da Assessoria de
Comunicação Social da Cocatrel dirigida a seus associados.
Conselho de Administração:
Antônio Miranda Pereira, Aureliano Chaves C. Figueiredo, Dino Romulo Scalione, Ernane
Vilela Lima, Francisco Miranda de Figueiredo Filho, Jorge Luis Piedade Nogueira, Luiz
Antônio Vinhas Oliveira, Nivaldo Mello Tavares, Paulo Luis Rabelo.
Conselho Fiscal:
Juliano Miranda Piedade, Jonas Dell Orto Bonisson, Amauri Mesquita de Brito, Giovani Ferreira Mesquita, Ricardo Antônio Barbosa Lima, Rogério dos Reis Teodoro
Administração: Rua Bento de Brito, 110 - Fone/Fax: (35) 3266-2277
CEP: 37190-000 - Três Pontas - MG
Edição: Café com Idéia - Telefone: (35) 3265-1358
Editor e Jornalista Responsável: Marden da Veiga e Sousa MTb: 2830/MG
Reporter: Ana Luisa Leite
Fotos: Marden, Ana Luisa, Arquivo Cocatrel
Diagramação/Impressão: Correio Trespontano / Telefax: (35) 3265-7922
Tiragem: 5000 exemplares
Representantes: Agromídia: (11) 5092-3305 - Guerreiro Agro Marketing: (44) 3026-4457
Telefones Úteis:
Administração: (035) 3266-2277 - Fax: 3266-2223 - Setor de Apoio e de Campo (Assistência
Técnica): 3265-5175 - Setor de Fabricação (Laticínios): 3266-5094 - Laboratório de Análise de
Solo: 3266-2323 - Setor de Fertilizantes: 3266-2285 - Departamento de Café (Armazém): 32656684 - Loja Três Pontas: 3266-2272 - Filial Carmo da Cachoeira: 3225-1369 - Armazém Carmo
da Cachoeira: 3225-1194 - Filial Coqueiral: 3855-1119 - Filial Nepomuceno: 3861-3590 - Armazém
Nepomuceno: 3861-3438 - Filial Santana da Vargem: 3858-1299 - Filial São Paulo: (11) 33269868 - Filial Santos: (13) 3219-1272 / (13) 219-2736.
Quadro Social (em 28/02/2015)
4.630 associados
Quadro de Pessoal (em 28/02/2015)
383 colaboradores
Home Page: www.cocatrel.com.br
[email protected]
[email protected]
[email protected]
[email protected]
[email protected]
[email protected]
[email protected]
[email protected]
[email protected]
dep-tecnico[email protected]
[email protected]
[email protected]
[email protected]
[email protected]
[email protected]
[email protected]
[email protected]
[email protected]
[email protected]
talizar. A cafeicultura enfrenta também transtornos relativos à broca do café. Os produtores buscam a prorrogação do prazo de emergência fitossanitária e a adoção
de medidas emergenciais para que a praga não volte a
prejudicar as lavouras. Para cada 5% de frutos atacados pela broca, até 1% apresenta defeito, o que interfere diretamente na qualidade da bebida e, consequentemente, reflete no preço recebido pelo cafeicultor.
Outro item importante, levantado pelos cafeicultores do Cerrado é a criação de condições para retenção e infiltração de água nas propriedades. Uma das
alternativas é a construção de estruturas, como bacias
de acumulação de água pluvial, pequenos açudes (barraginhas) para contenção de enxurradas e barramentos
de porte que não afetem cursos d'água. Para tanto, é
necessário apoio do governo estadual, especialmente
da Semad (Secretaria de Estado de Meio Ambiente e
Desenvolvimento Sustentável), para priorizar e incentivar intervenções que geram aumento na disponibilidade
hídrica.
Mesmo diante de tantas dificuldades, o momento não é de perder o entusiasmo e, portanto, investir
menos. Muito pelo contrário. O momento é de sentar,
discutir, buscar soluções e traçar estratégias em prol
desse forte segmento da agricultura. Apenas reforçando os tratos culturais o produtor terá oportunidade de,
pelo menos, recuperar parte das perdas contabilizadas
dos últimos dois anos.
Por: Breno Mesquita: Cafeicultor, diretor da FAEMG e
presidente das Comissões de Café da FAEMG e da CNA.
Fonte: Café Point
FEVEREIRO/2015
3
INFORMATIVO COCATREL
Engenheira agrônoma
da Cocatrel defende tese
de doutorado
A Engenheira agrônoma da Cocatrel, Thamiris Bandoni Pereira, defendeu, em fevereiro, sua tese de doutorado na UFLA (Universidade Federal
de Lavras). Após quatro anos de graduação, dois de mestrado e mais três de
doutorado, ela recebeu o título de doutora em Fitotecnia. O título de sua tese
foi “Identificação de marcadores moleculares associados à resistência a Meloidogyne exigua em cafeeiro”.
Ela explica que o trabalho tratase de um estudo de um pedacinho do
DNA da planta para verificar algumas
características de interesse, que neste
caso foi a resistência a nematoide.
O trabalho foi avaliado por representantes da Embrapa, Epamig e
UFLA. Thamiris passou 6 meses no laboratório de biotecnologia da cidade de
Caldas, fazendo suas pesquisas para
sua dissertação.
A Cocatrel orgulha-se em tê-la
como agrônoma de seu departamento
técnico e a parabeniza por esta grande
conquista.
CENTRO ADMINISTRATIVO: AV. RIO DAS VELHAS, 205 BAIRRO BEATRIZ - PABX: (34) 3242.3717 . www.tdimaquinas.com.br e-mail: [email protected] - ARAGUARÍ/MG
FILIAL: ESTRADA MUNICIPAL CTP 050, 391 BAIRRO QUATIS - TEL: (35) 3265-2176 . www.tdimaquinas.com.br e-mail: [email protected] - TRÊS PONTAS/MG
4
INFORMATIVO COCATREL
FEVEREIRO/2015
Lâmina de tração animal auxilia no
micro-terraceamento em cafezais de montanha
A cafeicultura de montanha, pela
elevada declividade do terreno, apresenta dificuldades para a mecanização dos
tratos, os quais são feitos manualmente, elevando os custos de produção de
café.
Uma das alternativas, que vem se
mostrando viável para possibilitar a mecanização dessas áreas montanhosas,
tem sido a construção de pequenos terraços, nas ruas do cafezal, para viabilizar a entrada de tratores estreitos, com
seus implementos, que passam a transitar sobre esses micro-terraços.
A construção dos terraços com
maquinário tratorizado onera os custos,
oferece riscos operacionais e, assim, se
torna menos adequada às pequenas propriedades.
O sistema que foi adaptado para
a prática de micro-terraceamento de cafezais, usa a tração animal, com um pequeno arado, puxado por um boi ou bur-
ro, no corte/revolvimento da terra que,
em seguida, precisa ser removida. Essa
operação, de acerto do terreno, vinha
sendo feita com o uso de enxadas ou
de vaca de madeira, com dificuldades
de custo e no manuseio do dispositivo.
Para facilitar e reduzir o custo do
trabalho desenvolveu-se uma lâmina,
também de tração animal, para limpar e
acertar/nivelar e alargar o piso do terraço, fazendo a pista de transito. Esta lâmina foi idealizada à semelhança de
modelo existente nas máquinas que
patrolam as estradas.
A lâmina é de aço, côncava, leve,
com 20 cm de altura por 1,2 m de comprimento. Ela foi acoplada a uma estrutura de um arado metálico de tração
animal, no qual foi retirada a aiveca. Foi
mantido o talão do arado e, logo acima,
foi soldada uma chapa, onde foi feito um
orifício, para receber, através de um pino
móvel, o acoplamento da lâmina. Para
esse acoplamento, a lâmina recebeu,
em sua parte posterior, 3 pequenas porções de tubos, ali soldados, um no centro e dois nas extremidades da lâmina,
os quais possibilitam, conforme a necessidade, o posicionamento da lâmina,
quando em trabalho, podendo ficar centralizada ou deslocada, para a direita ou
esquerda, permitindo a angulação ideal
para a remoção da terra, no seu movimento de ida e vinda, sempre posicionada para deslocar a terra para baixo,em
relação ao declive.
A sustentação da lâmina, na posição de trabalho, é feita través de uma
chapa, com vários furos, que permite a
angulação desejada, a qual fica presa,
com pinos móveis, um na extremidade
da lâmina, outro no chassi do arado.
Após o corte da terra, feito através de 4-5 passadas do arado, a lâmina
é usada em 2 passadas, começando de
cima para baixo. Ela pode ser usada,
Na região de Três Pontas, situação da
cafeicultura é bastante séria
A Cocatrel acredita em safra de
40 milhões de sacas ou menos nesse ano de 2015. Chuvas já não revertem os prejuízos e, enquanto isso,
o mercado vê a realidade distorcida
e preços severamente pressionados.
Cafeicultores seguem fora do mercado no Brasil.
No mercado do café, as estimativas são de mais de 49 milhões
de sacas para a safra de 2014, porém esses números não devem ser
concretizados e os preços começam
a ficar pressionados no mercado interno e externo.
"A seca de 2014 comprometeu
a safra deste ano e vai comprometer
a do ano que vem também. Isso já é
uma realidade, notamos pelos frutos
no pé do café que não existe safra
exagerada, estamos esperando a
Procafé lançar os dados reais. Algumas empresas estão estimando uma
safra de 50 milhões de sacas, simplesmente para prejudicar o mercado, jogando os preços para baixo",
afirma Francisco Miranda, presidente da Cocatrel.
Para ele, é preciso mostrar
com clareza como essas instituições
chegaram a esses valores, colocando em evidência os critérios e estados onde as estimativas foram realizadas.
No Brasil o mercado segue desaquecido por conta dos baixos preços. No município de Três Pontas
(MG), os produtores estão segurando
o produto na espera de melhores preços. "Se ele vender nesse preço, com
custos altos, adubo alto, mão de obra
cara, e diesel subindo, ele vai perder
dinheiro. Então se o produtor tiver fôlego é melhor segurar", declara.
Fonte: Notícias Agrícolas
ainda, para acertos futuros do piso dos
micro-terraços, ou, caso necessário, até
para capina/controle do mato que ali venha a crescer no cafezal.
O desenvolvimento e o teste da
lâmina foi feito trabalhando em lavoura
de café no município de Bom Jesus do
Itabapoana, no estado do Rio de Janeiro, em terreno com solo lva, com declividade de cerca de 40%.
Com base nos bons resultados
operacionais obtidos verificou-se que o
dispositivo da lamina pode auxiliar, com
maior rendimento e menores custos, a
prática de micro-terraceamento, em cafezais de montanha, em pequenas propriedades.
Por: José Braz Matiello,da Fundação
Procafé, Hugo V. Siqueira - da FAERJ,
Wallace P. Couto do Programa Bule
Cheio e Francisco Degli Sporticafeicultor
Fonte: Café Point
Atenção
Cooperados,
Os produtores interessados nos serviços das colhedoras automotrizes da Cocatrel deverão fazer suas inscrições, a partir do dia 1º de
março, no Departamento de
Assistência Técnica ou nas
lojas filiais da Cooperativa
em Nepomuceno, Carmo da
Cachoeira, Santana da Vargem e Coqueiral.
Mais informações com
Vanessa, pelo telefone
(35) 3265-5175.
FEVEREIRO/2015
5
INFORMATIVO COCATREL
4º Concurso Municipal e 11º Concurso Estadual de
Qualidade dos Cafés de Minas Gerais
O Concurso de Qualidade dos
Cafés de Minas Gerais tem como objetivo contribuir para a melhoria da qualidade de vida do cafeicultor e da sociedade
mineira por meio da agregação de valor e
melhor distribuição de renda.
O concurso é de caráter educativo, estimulando as demandas por tecnologias, produtos e serviços, aumentando
a visibilidade dos cafés de boa qualidade
do Estado de Minas Gerais, acompanhando a evolução da produção sustentável e a produtividade e qualidade dos
cafés das propriedades certificadas pelo
Programa Certifica Minas Café.
A EMATER de Nepomuceno, juntamente com a Prefeitura Municipal,
COCATREL e CP Agrícola realizaram o
4º Concurso Municipal de Qualidade de
Café de Nepomuceno, que neste ano contou com a presença de 37 produtores do
município que tiveram suas amostras
avaliadas de forma detalhada, sendo emitidos laudos para os extensionistas da
Emater-MG, que fazem um trabalho posterior com cada cafeicultor inscrito no
Concurso, de forma a resultar na melhoria contínua dos cafés produzidos no
Estado.
Destacaram-se neste concurso
18 amostras que obtiveram notas maiores que 80 pontos, que são considerados
cafés especiais, além de 6 cafeicultores
que foram selecionados para a segunda
etapa do Concurso Estadual, pois obtiveram notas superiores a 82 pontos.
Wagner Spuri, secretário, o vice prefeito, José Maria de Oliveira, o
colaborador da Cocatrel, João Guedes, o produtor, Joaquim Teófilo
Sobrinho e o Gerente Regional da Emater de Lavras, Marcos A F Júnior
Este ano o local do
encerramento do Concurso
foi a Pizzaria Chaminé, que
contou com a participação de
130 pessoas, entre produtores, familiares, autoridades,
gerente regional da EMATER
e representantes da
COCATREL e CP agrícola.
Segue lista dos cafés vencedores nas duas categorias contempladas no
município, que foram premiados com troféus:
Produtor José Osvaldo Lima Salgado, Secretário Wagner Spuri, Vice Prefeito
José Maria de Oliveira, João Guedes COCATREL, Produtor Antônio Fernando
Lima Salgado e Gerente Regional EMATER Lavras Marcos Antônio Fabri Júnior
CATEGORIA EMPRESARIAL
1º lugar - Marcos Antônio Fabri - Nota 84,81 pontos
2º lugar - José Osvaldo Lima Salgado / Antônio
Fernando Lima Salgado Nota 83,80 pontos
3º lugar - Humberto de Mendonça Gurgel Nota 83,20 pontos
CATEGORIA FAMILIAR
1º lugar - José Aparecido de Carvalho Nota 83,60 pontos
2º lugar - Armando Spuri Júnior Nota 83,00 pontos
3º lugar - Jacinto Baratti Neto - Nota 82,00 pontos
O município de Nepomuceno destacase pela grande produção de café. Melhorar a qualidade dos cafés é uma forma de garantir bons preços. Já estamos atingindo a pontuação de cafés
campeões e um maior cuidado na lavoura pode
garantir que seu café também seja campeão.
A EMATER, Prefeitura Municipal,
COCATREL e CP Agrícola, sempre ao lado dos
produtores, agradecem a participação e convidam para uma produção de qualidade, esperando melhores notas para 2015. Que nosso ano possa começar com bastante sucesso, obtendo boas
produções, qualidade e bons preços.
Fonte: Emater MG Nepomuceno
6
INFORMATIVO COCATREL
Prazo para registro no CAR
termina em maio
O prazo para cadastrar seu
imóv el rural já está chegando, e
aqueles que não correrem para adiantar a "papelada" poderão sofrer
com alguns prejuízos, que não valem a pena arriscar.
O Cadastro Ambiental Rural
(CAR) é o registro eletrônico obrigatório de todas as informações ambientais de uma propriedade rural,
como a Reserva Legal e as Áreas de
Preservação Permanente (APP). Criado pela Lei Federal nº 12.651/2012
(Código Florestal), o CAR foi regulamentado no início de maio de 2014
pelo Decreto nº 8.235/2014 e pela
Instrução Normativa do Ministério do
Meio Ambiente nº 02/2014. Com esta
regulamentação, passou a vigorar
oficialmente o prazo de um ano para
que todos os proprietários de imóveis rurais brasileiros informem e registrem a situação ambiental de seus
imóveis no CAR, para tanto, a data
limite é 6 de maio.
Você produtor, sabe o que está
perdendo ao NÃO fazer logo o seu
Cadastro Ambiental Rural?
1- I mp ossib il idade d e Crédi to
Agrícola: As instituições financeiras
não concederão crédito agrícola,
em qualquer de suas modalidades,
para proprietários de imóveis rurais
que não estejam inscritos no CAR.
2- Cumprimento de Penalidades:
o proprietário ou possuidor será autuado por infrações cometidas antes de 22 de julho de 2008, relativas à supressão irregular de vegetação em Áreas de Preservação Permanente, de Reserva Legal e de uso
restrito, por não estar inscrito no
PRA em f unção de não estar no
CAR.
3-Impossibilidade de Emissão no
CRA: Não será permitida a emissão
de Cota de Reserva Ambiental às
propriedades ou posses que não
estiveram inseridas no CAR.
A Reserva Legal (cuja averbação na matrícula do imóvel rural deixa de ser necessária), todos os rios,
nascentes, APPs, áreas com vegetação nativa remanescente, áreas
de servidão, entre outros dados ambientais, deverão ser identificados,
mapeados e registrados no CAR. A
obtenção de crédito e seguro agrícola com taxas de juros menores,
bem como a isenção de impostos aos
principais insumos e equipamentos
dependerá do registro do imóvel no
CAR. Imóveis com passivos ambientais na Reserva Legal e em APPs
poderão ser regularizados por meio
de um termo de compromisso e da
adesão do proprietário ao Programa de Regularização Ambiental.
É importante lembrar que tendo a propriedade a área total de até
4 modos fiscais, o equivalente a 104
hectares, o registro poderá ser feito pelo proprietário, apesar de ser
um pouco complicado. Para as propriedades com área a partir de 4
modos f iscais, será necessária a
cont rat ação de um Engenhei ro
Agrônomo, pois no registro deverá
constar a ART (anotação de responsabilidade técnica).
Vale salientar que o Cartório
de Registro de Imóveis de Três Pontas não está mais aceitando transações de escrituras sem o Cadastro
Ambiental Rural (CAR).
Aviso
O Sindicato dos Produtores Rurais de Três Pontas anuncia
que firmou convênio com um advogado e dois engenheiros agrônomos, com descontos especiais, para melhor atender seus
associados.
Então, se você é associado e tem dúvidas jurídicas ou com
questões de engenharia como a reserva legal, registro CAR
(Cadastro Ambiental Rural) ou outras necessidades da área,
estaremos à disposição para atendê-los.
Procure-nos na Av. Oswaldo Cruz, 392 - Centro - Três Pontas, ou nos telefones: (35) 3265-1664 e (35) 8853-4949.
FEVEREIRO/2015
Café bem gelado e
com colarinho
O líquido cor de caramelo sai
da torneira de chope, escorre pelo
copo estilo pint e forma um belo colarinho. Parece cerveja, mas é café
gelado e muito cremoso - extraído a
frio, é servido gelado com nitrogênio
(o gás deixa a textura da bebida cremosa). O nome nitro cold brew exala
aroma de gourmetização, mas o negócio é bom. Nos EUA, baristas
apostam que a bebida vai ser a nova
mania.
"Sente a cremosidade? Parece que tem leite!", diz, entre empolgado e comedido, Taylor Waugh. Ele
é o barista do Plowshares, um pequeno café recém-aberto no Upper
West Side, em Nova York. "Levamos
uns meses testando, para acertar a
concentração do café e a proporção
exata de nitrogênio, mas acho que
já temos um bom produto."
Mesmo em um dos invernos
mais frios de Nova York (o termômetro não costuma passar aos número
positivos) Sadie Drazewski, gerente
do Plowshares, diz que o nitro cold
brew, gelado, já representa quase
10% das vendas. "As pessoas ficam
meio assustadas quando servimos,
acham que é cerveja. Mas até hoje
ninguém achou ruim."
O principal efeito do gás no
café é na textura. O líquido fica mais
espesso. No copo, em uns 20 segundos depois que sai da torneira, uma
ebulição silenciosa acontece por bai-
xo do colarinho bege e o caramelo
vira preto escuro. Na boca é mesmo
mais cremoso e o sabor é menos
ácido e mais suave que o cold brew
sem nitrogênio. O café se esparrama fácil, leitoso, encorpado.
No subsolo do café, numa câmara fria, ficam os cilindros de café
e os de nitrogênio. Acionando uma
válvula, Taylor Waugh conecta os
dois. O nitrogênio é gás insolúvel e sob pressão até a torneira - chega
ao copo no balcão do andar de cima
na forma de microbolhas que dão
corpo, cor e espuma ao café.
Fonte: Peabirus
FEVEREIRO/2015
Artigo Técnico
A erva Corda de Viola (Ipomoea sp) pertence a um grupo de
plantas daninhas trepadeiras.
Com o uso mais frequente de herbicidas de pós emergência, deixou-se de fazer o controle e seu
arranquio através de capinas manuais. O problema é que estas ervas têm aumentado muito. Este
aumento é devido ao fato de que,
sendo planta de folha larga, não é
bem controlada por herbicida à
base de glifosate (graminicida).
Com isso, ela acaba subindo nas
plantas de café, tornando-se prejudicial, cobrindo toda a copa do
cafeeiro, impedindo a realização
da fotossíntese, evitando o aproveitamento de aplicações foliares
e atrapalhando também na colheita.
A batata doce e a corda de
viola são da mesma família, pare-
INFORMATIVO COCATREL
7
Corda de Viola no Café
cendo existir várias espécies nas
áreas cafeeiras como corda de Viola com folhas menores e outras
maiores. Apresenta também vári-
as tonalidades, tais como azul,
rosa, brancas, etc.. A corda de viola, se cortada superficialmente,
tem boa capacidade de rebrota e
produz sementes em grande escala.
A época ideal para o controle
da planta é no inicio das águas,
quando está com porte pequeno e
ainda não subiu no pé de café. Para
seu controle podemos utilizar herbicidas à base de glifosate, em aplicação sequencial.
Temos também herbicidas
como Flumizin, Ally, Clorimuron, ou
usar, com cuidado, herbicidas à
base de 2-4 D.
Muitos produtores têm usado
produtos à base de Glifosate para
seu controle, mas atenção, pois
este controle tem que ser sequencial, ou seja, após mais ou menos
três semanas deve-se fazer nova
aplicação. Junto com a Corda de
Viola, temos outras folhas largas
tais como Trapoeraba, Poaia Branca, Erva de Santa Luzia e etc.
A água e as imbecilidades
O crescimento explosivo das cidades, somado ao descaso dos poderes públicos à falta de consciência da população em geral, e a falta
de dinheiro para investimentos, faz
com que boa parte dos rios urbanos
do Brasil e de muitas cidades no exterior mais pareça uma extensão de
lixeiras e esgotos. A falta de tratamento de esgoto e o descarte de poluentes residenciais e industriais são
os grandes vilões para essa autêntica catástrofe.
Adicionalmente, vindo não se
sabe de onde, aparecem argumentos de que o planeta tem água, sim,
mas é água salgada dos oceanos, e
o que vai faltar é água doce, água
para beber. Por vezes chega-se ao
paroxismo de anunciar que a Amazônia caminha à desertificação.
A premissa dessa questão é o
paradigma de que vai faltar água
potável (água doce) para abastecer
os 7,3 bilhões de pessoas que temos
no planeta, pois apenas 3% da água
existente no planeta é doce, e 97%
é salgada.
1º erro: água não acaba. Não
existe nada na natureza, nem na química ou na física que faça a água
sumir, à exceção da eletrólise, que é
processo laboratorial, para pequenas quantidades, e custa muito caro.
A mesma quantidade de água que
existe hoje, existia há 3 milhões de
anos. E será assim no futuro. A água
se recicla permanentemente, sempre
nos 3 estágios que conhecemos: lí-
quido, sólido ou gasoso. Aliás, o planeta deveria chamar-se "Água", pois
de terra há somente 29% na superfície da nossa casa.
2º erro: as calculadoras dos
ambientalistas ensandecidos partem
da premissa de uma estatística já
antiga feita em países com pouquíssima água (como Israel e Espanha).
Nesses países, o problema da água
é crítico: lá, "descobriram" que 70%
da água consumida eram usadas na
irrigação, 20% pelas indústrias e 10%
por consumo humano. Entenderam
e decidiram que isso levaria ao caos
do planeta. Dever-se-ia economizar
água na agricultura, e, portanto, os
"perdulários" dos produtores rurais
teriam de ser contidos a qualquer
custo.
Desta f orma, chegamos aos
"controles e à gestão da água", eis
que para irrigar a lavoura o agricultor brasileiro deve ter "estudos de
impacto ambiental". Numa boa, os
ambientalistas e especialistas de
água, surgidos do nada, passaram
a faturar uma grana extra em consultoria. Não se financia um pivô de
irrigação sem que haja um "estudo
de impacto ambiental". Fazer uma
barragem ou poço artesiano é "crime ambiental". As firulas do raciocínio ambientalista são hilárias, e tenta-se dar embasamento de "estudo
científico".
Achar que água é vital a gente
concorda com os ambientalistas. O
que se deve ter em mente, é que o
consumo de água, seja agrícola ou
industrial, não "gasta" água, apenas
interfere em seu processo. Quando
usada na agricultura, na forma de irrigação, ou também por chuv as,
como é calculada na métrica neurótica dos ambientalistas, a água não
vai para o "quinto dos infernos". Essa
água revitaliza o solo, dá sustentabilidade à produção de alimentos, evapora-se ou é filtrada em suas impurezas, e vai para o lençol freático.
Dali retorna para os rios, ou vai, temporariamente, para os aquíferos, e
depois chega aos mares. Nos oceanos há evaporação, que forma as
nuvens, e estas, depois de milhares
de quilômetros percorridos, se trans-
formam em chuvas. É o destino de
toda água no planeta, inexorável. A
ciência chama isso de Ciclo Hidrológico, e é uma das primeiras coisas
que uma criança aprende no ensino
fundamental.
Importante é que, seja para irrigação ou qualquer outro destino,
quando a humanidade urbana ou
rural usa água dos rios, usa tão somente, quando muito, apenas 1% do
volume total de água do rio. Ou seja,
no cálculo citado, os ambientalistas
criticam o uso de 70% de água da
parte de apenas 1% do que foi retirada do rio, pois 99% da água tem o
mar como destino...
Fonte: Revista Agro DBO
8
INFORMATIVO COCATREL
FEVEREIRO/2015
FEVEREIRO/2015
INFORMATIVO COCATREL
Café e Saúde
Plantas medicinais
Consumo de café ajuda a evitar
entupimento das artérias
O consumo diário de algumas
xícaras de café pode ajudar a evitar
o entupimento das artérias, um conhecido fator de risco para doenças
cardíacas, disseram pesquisadores
sul-coreanos, o que deve reabrir o
debate sobre os benefícios da bebida para o coração.
O estudo analisou mais de 25
mil funcionários homens e mulheres
que se submeteram a exames de
saúde de rotina no local de trabalho.
Os resultados foram divulgados na
publicação científica Heart.
Aqueles que bebiam uma
quantidade moderada de café - de
três a cinco xícaras por dia - tinham
uma possibilidade menor de apresentar os primeiros sinais de doença cardíaca nos exames médicos.
Efeitos no coração
Os efeitos que o café têm sobre a saúde do coração ainda causam dúvidas. Alguns estudos relacionam o consumo da bebida a fatores de risco cardíaco, como maior
colesterol ou pressão arterial. Já outras pesquisas sugerem, na verdade, alguma proteção cardíaca.
Apesar deste estudo, efeitos
que o café tem sobre a saúde do
coração ainda causam dúvidas. Neste estudo, pesquisadores usaram
exames médicos para avaliar a saú-
de do coração. Eles buscavam, especificamente, qualquer doença nas
artérias que irrigam o coração - as
artérias coronárias.
Nas doenças coronárias, estas
artérias ficam entupidas pelo acúmulo gradual de material gorduroso em
suas paredes. Pesquisadores usaram métodos para visualizar pequenos depósitos de cálcio nas paredes
das artérias coronárias para ter uma
pista inicial sobre a ocorrência deste
processo da doença.
Nenhuma das pessoas incluídas no estudo tinha sinais visíveis de
doença cardíaca, mas mais do que
uma em cada 10 tiveram depósitos
de cálcio visíveis em seus exames.
Os pesquisadores, então,
compararam os resultados dos exames com o consumo de café diário
anotado por cada um dos funcionários, levando em conta outros potenciais fatores de risco cardíaco, como
tabagismo, exercícios físicos e histórico familiar de problemas cardíacos.
Pessoas que beberam algumas xícaras de café por dia apresentaram menos probabilidade de ter
depósitos de cálcio em suas artérias
coronárias do que as que bebiam
mais do que isso ou simplesmente
não bebiam nada.
Curiosidade
Mandioca gigante
Nossos cooperados
têm colaborado bastante com esta sessão
de curiosidades do
Informativo Cocatrel.
Desta vez foi o
Sr. Sebastião Donizetti
Luiz, proprietário do
Sítio Corredor da
Espera, que foi até o
departamento técnico
da cooperativa e levou
esta mandioca gigante,
colhida em seu sítio.
Ela mede simplesmente 1 metro e
25 centímetros.
Fonte: Peabirus
9
Raiz de Ouro
A Raiz de Ouro é uma planta
medicinal, também conhecida como
Raiz-dourada ou Raiz-do-ártico, muito utilizada como remédio natural
para melhorar o funcionamento mental, aliviar o estresse e fortalecer o
organismo.
O seu nome científico é Rhodiola rosea e pode ser comprada em
lojas de produtos naturais, farmácias de manipulação e algumas feiras
livres.
Para que serve: para ajudar
no tratamento de resfriados, anemia,
impotência sexual, ejaculação precoce, falta de memória, depressão, estresse, ansiedade, dores musculares
e fadiga mental.
Propriedades: incluem sua
Fonte: Peabirus
ação afrodisíaca, calmante e estimulante. Por ser uma planta adaptogênica, a raiz de ouro pode estimular
ou acalmar o indivíduo, de acordo
com as necessidades do organismo.
Modo de uso: a parte usada
da raiz de ouro é a sua raiz na forma
de cápsulas ou para fazer chá. A raiz
de ouro deve ser tomada apenas de
manhã ou à tarde, para evitar alterações no padrão de sono.
Infusão de raiz de ouro: colocar 1 colher (de chá) de raiz da
planta dentro de uma xícara de água
fervente, deixar repousar por 4 horas, coar e beber até 2 vezes por dia.
Contraindicações: a raiz de
ouro está contraindicada em estados
de excitação.
Fonte: Tua Saúde
Para refletir
Espere o barro secar
Certa vez uma menina ganhou um brinquedo no dia do seu
aniversário.
Na manhã seguinte, uma amiguinha foi até sua casa para fazerlhe companhia e brincar. Mas a menina não podia ficar com a amiga,
pois tinha que sair com a mãe.
A amiga pediu que a menina
a deixasse ficar brincando com seu
brinquedo novo até que ela voltasse. Ela não gostou muito da ideia,
mas por insistência da mãe, acabou concordando.
Quando retornou para casa,
a amiguinha já não estava lá e tinha deixado o brinquedo fora da
caixa, todo espalhado e quebrado.
Ela ficou muito brava e queria ir até à casa da amiga para brigar no mesmo instante. Mas a mãe
ponderou:
- Você se lembra daquela vez que
um carro jogou lama no seu sapato? Ao chegar em casa você queria limpar imediatamente aquela
sujeira, mas sua avó não deixou.
Ela falou que você deveria primeiro deixar o barro secar. Depois, ficaria mais fácil limpar...
E prosseguiu dizendo:
- Com a raiva é a mesma coisa.
Deixe a raiva secar primeiro, depois ficará bem mais fácil resolver
tudo.
Mais tarde, a campainha tocou: era a amiga trazendo um brinquedo novo... Disse que não tinha
sido culpa dela, e sim de um menino invejoso que, por maldade, havia quebrado o brinquedo quando
ela brincava com ele no jardim.
E a menina respondeu:
- Não faz mal, minha raiva já secou!
10
INFORMATIVO COCATREL
Receitas a base de café com
Rosa Gabriela
Filé ao molho de café e balsâmico
Ingredientes:
400 g de filé mignon
50 ml de café coado forte
40 ml de vinagre balsâmico
½ caldo de carne
4 colheres de manteiga
Cocatrel
1 dente de alho amassado
5 grãos de pimenta do reino
Sal a gosto
Preparo:
• Corte o filé em 2 medalhões de 200g cada.
• Leve ao fogo alto uma frigideira com metade da manteiga e sele todos os
lados do medalhão.
• Retire-os e reserve em local aquecido.
• Na mesma frigideira acrescente o alho, o restante da manteiga, o café o
vinagre balsâmico e os grãos de pimenta.
• Deixe reduzir até dar ponto de calda.
• Coloque o molho sobre os medalhões.
Dicas:
Sirva acompanhado de purê de batatas, risoto ou uma massa simples.
Também vai muito bem com uma salada de folhas verdes. O ponto da carne
fica a gosto, eu, particularmente, prefiro ao ponto para mal passado. Vale a
pena saborear. Bom Apetite!
FEVEREIRO/2015
FEVEREIRO/2015
INFORMATIVO COCATREL
11
Oportunidades
Para anunciar gratuitamente nesta coluna, basta entregar as informações
para Poliana, na Administração. Como
se trata de uma prestação de serviço aos
associados, não publicaremos anúncios
de firmas ou pessoas não vinculadas à
COCATREL.
VENDE-SE
- Ônibus 1980, com motor novo, pneus
novos, bancos de couro, totalmente revisado. Valor R$22.000,00 interessados
ligar: Aurélio (35) 9947-8404
- Propriedade em Nepomuceno 49,6 ha,
com excelente sede, curral novo, abundância de água, 100% mecanizada. A
propriedade está toda formada em pasto, fica a 6 Km de Nepomuceno, a 4 Km
do asfalto. Preço 50 mil reais, o alqueire. Interessados ligar (35)9947-8404
- Toyota Bandeirante, cabine dupla, carroceria de madeira, ano 1995, roda livre de manual, 4 pneus em bom estado, alarme, vidro elétrico, direção hidráulica, 4x4 reduzida, ótimo estado de
conservação, falar com Bruno - (35)
99715615
- Mourões tratados de eucaliptos. Tratar
no tel: 3221-1052
- Caminhão Ford F-12000, motor MWN,
cor branca, ano1996. Carroceria de
madeira em ótimas condições. Tratar
no Tel: (35)9952-7868 ou (35)8855-7868
- O lote nº11, na quadra F, no Bairro
Santa Teresa, com área de 220m², com
frente de 10 metros para a rua 4, lado
direito, 22 metros com o lote 09, pelo
lado esquerdo, 22 metros com o lote 13
e, aos fundos, 10,00 metros com o lote
12. Tratar no 8867-1874
- Colheitadeira de café marca Case de
arrasto ano 2004 em bom estado de
conservação. Tratar (35)8859-0490
- Catador de Café marca Eco Solução/
Dragão Sol em bom estado de conservação. Tratar tel (35)8859-0490
- Carroceria com sobretampa 8,40m,
com 3 anos de uso, ótimo estado de
conservação. Tratar tel: (35)8859-0490
- Um terreno de 376m² localizado no
condomínio Alphaville em Três Pontas.
Tratar pelo telefone (35)9965-2578
- Caminhonete Hilux 3.0 TD Cabine dupla ano 2002, ótimo estado, tel 35 9952
9697 (Paulinho)
- Siena 1.0 completo ano 2001, ótimo
estado, tel 35 9952 9697 (Paulinho)
- Implementos agrícolas funcionando,
como arado reversível, 2 discos, lâmina
traseira
- Debulhador de milho, sulcador traseiro para reformar roçadeira lateral, esparramador calcáreo. Falar com Guilherme. Tel: 9822-9690
- Sitio, 11 alqueires de terra, cultura,
com muita água (mina e ribeirão). Localizada a 7 Km de Santana da vargem
e a 500m do Restaurante Samambaia.
Tratar com João. Tel 9945-3668
- Triturador Nogueira número 2, em
ótimo estado de conservação. Tratar
Tel:9818-3225 ou 9981-1886
- Casa Trav. Francisco Vieira Campos
34, Catumbi . Casa com 170m2 de construção. Tel: 934-4948
- Sitio em Coqueiral, 4 km da cidade,
4,5 alqueires com 15 mil pés de café.
Tel: 8827-2010
- Caminhão Dooger B700, carroceria
nova, modelo 4080. Pneu e motor em
ótimo estado, ano 1975. Único dono.
Tratar : 9928-7190 ou 3864-9242
- Trator Valmet 68 cafeeiro, embreagem
dupla. Tratar no telefone 35 9836 7299
- Arado Santa Isabel, 3 discos. Tratar no
telefone 35 9994 9034
- Carretinha de adubar e esparramar
esterco, marca Minami 2012, semi nova.
Tratar no Telefone 9825 9954
-Toldo de fibra exclusivo para camionete pampa. Tratar com Paulo no telefone 35 9818-0647
- Palio Economic 4 Portas, Direção, Air
Bag, Abs, Trava elétrica, roda, som cor
Prata. Ano 2011/2012. Valor: R$
20.000,00. Tratar 9154-0881 ou 91369436
- Mourão de Eucalipto tratado, interessados ligar 35 9861 1308
- Astra Sedan 2004/2005. Tratar com
Dra Lucia Piedade, no telefone 35 3265
2258 ou 35 3265 3990
- Rodo vassourão novo, para terreiro.
Tratar no telefone 35 8401 0126
- Motorodo em perfeitas condições. Tratar 32657292
- Derriçadeira de café marca HITACHI
com 3 meses de uso com garantia Tratar 3265 7292
- Galpão pré fabricado de concreto. Entregamos montado. Tratar no telefone
(35) 9802.0042, com Luiz Antônio
- 30 dúzias de mourão de eucalipto vermelho. Tratar no telefone 9979-1796 à
partir das 20 horas
- Uma moto Yamaha YBR 125 CC, ano
2005, com 39.000km rodados. Tratar
no telefone 9906-2609, preferencialmente à noite
- Roçadeira 2007, semi-nova (1,60m de
corte). Tratar no telefone 9728-7286 Mauro
- Adubadeira Miname, 2001, semi-nova.
Tratar no telefone 9728-7286 - Mauro.
- Máquina de beneficiar café Nogueira,
para 50 sacas, BC, seminova. Tratar no
telefone 9825-9954.
- Casa na Rua João Vieira Campos, 194,
Jd das Acácias. 2quartos, sala, cozinha,
banheiro, área de serviço e garagem
cobertas. Tratar no telefone 9834-7161
ou 8889-0148
- Colheitadeira de café Kase 2010, em
bom estado de conservação com 2500
horas trabalhadas. Tratar no telefone
9994-9034
- Trator cafeeiro, modelo 275, Massey ,
ano 2008, semi novo, com capota, para
choque, comandos duplos, super redutor. Valor R$ 48.000,00. Interessados ligar 35 9947-8404
- Trator cafeeiro, modelo 265, ano 88,
com pá carregadeira Marispan, possui
capota, comandos. Valor R$ 36.000,00.
Interessados ligar 35 9947-8404
- Trator cafeeiro, modelo 235, ano 84,
com comandos hidráulicos. Valor R$
12.000,00. Interessados ligar 35 99478404
- Sitio na região do Congonhal com 30
hectares, sendo 20 hec em café e o
restante em pastagem. Com 2 casas de
colono e uma sede com área de lazer, 2
terreiros cimentados, curral, tulha, 10
KWA de energia, água de queda natural. Maiores informações Lucio 35 99716534
- Plantadeira - Jumil Exacta 2680 - 4
linhas, em ótimo estado. Tratar no telefone 35 9971 6087
- Enciladeira Z 1092, em ótimo estado.
Tratar no telefone 35 9971 6087
- 2 hectares de terra em Córrego do Ouro
- Água Funda, vista para fama. Área
total em café com 4500 pés ,poste no
terreno. Tratar no telefone 8807-7687.
Falar com Vaguinho preferencialmente
à noite
- Casa 3 quartos sendo 1suite, sala,
copa, cozinha, banheiro, área de serviço. Localizada a Rua Sete de Setembro 358. Trata no telefone 3265 2075
- Motor de polpa marca Jonhsson à
R$5.000,00. Tratar com Rose 3265-1106
- Toldo de fibra da pampa 1.8, tratar no
telefone 9826-5361
- Ovos de codorna, tratar com Gabriel
9992-7633
- Sementes de Braquiaria. Tratar no telefone 9902-6706
- Fazenda de 26 alqueires no município de Carmo da Cachoeira. Tratar com
Airton Vilela de Rezende no telelefone
9989-7617 / 3225-1443
- Colheitadeira TDI de arrasto bica e
ensaque, ano 2009, ótima. Tratar no
telefone 19 99794 3883
- Recolhedoura de café Miac Master, 1
ano, 2010. Tratar no telefone 19 99794
3883
- Trator cafeeiro 235. Capota e pneus
novos. Tratar no telefone 19 99794
3883
- Soprador agrícola de café, marca DMI,
turbina dupla, TDP a 540rpm com vazão de ar de 580 m/seg. Tratar no telefone 9914-2183
- Vitrô e 4 janelas venezianas de ferro
semi-novos já com vidros e também grades opcionais. Tratar no telefone 99020807.
- Trator 785 cafeeiro ano 99 com super
redutor R$ 55.000,00. Tratar no telefone 9947-8404
- Trator 275 agricola ano 89 R$
24.000,00. Tratar no telefone 99478404
- Trator 235 Massey Ferguson ano 87
R$ 17.000,00. Tratar no telefone 99478404
- Varredor duplo Miac, semi novo R$
28.000,00. Tratar no telefone 99478404
- Colheitadeira KTR reformada ano
2011, R$ 140.000,00. Tratar no telefone 9947-8404
- Recolhedor de Café Dragão ano 2001
R$ 30.000,00. Tratar no telefone 99478404
- Colheitadeira de café Matão de arrasto, com bico e ensaque ano 2002. Tratar com Mário 9989-5173
- Trator Valmet 62. Tratar no telefone
9955-4098.
- S10 Cabine Dupla, 2.8 - Turbo, completa, ano 2003. Tratar no Telefone 35
9971-5364.
- Colheitadeira de café. Colhe, sopra, e
ensaca. Seminova, produção 150 a 250
sacos de café cereja por dia. Tratar no
telefone 35 9802 5131
- Engate de carretinha marca Enforth,
para carro Siena, em ótimo estado. Tratar
no telefone 9914-2183
- Fiorino furgão, ano 2007, motor flex,
super novo. Tratar com Danilo Mansur
8859-0425
- Uma carreta de madeira usada, tratar
no telefone 3265-4543
- Três (3) derriçadeiras (mãozinha) DCM10 (Brudden), semi-novas, acompanhadas de várias peças de reposição e ótimo estado de conservação. Preço: 1/3
do valor de uma nova (cada). Tratar no
telefone: 9914-2183
- F1000, ano 1998. Reformada, carroceria moderna, motor novo. Tratar pelo
telefone: (35) 9924-2412
- Uma F250 ano 2000 completa, preta.
Tratar pelo telefone 8837 1657
- Sítio de 5 hectares com 7 mil pés de
café, com tulha, casa, 10 kw de força.
Lugar denominado Boa Vista dos Campos. Tratar pelo telefone: 9937-1657
- Mudas de café em geral (encomenda
ou pronta entrega) tratar com Luiz do
Taxi 3265 6693 ou 9971/5245
- Um tanque de 2000 litros para trator
semi novo completo ( com cesto de carregar bomba, registro...) único dono. Tratar com Mauro ou Marcos no telefone
9728-7286 ou 9967-5494
- Implementos cafeeiros, um arado 2
discos reversível, um cultivador, um sulcador 2 linhas, uma carreta e um guincho, para trator Agrale ou cafeeiro. Tratar com Mauro ou Marcos 9728-7286
ou 9967-5494
- 1 a 4 alqueires de terra nua ou café a
2 km de Santana da Vargem. Tratar com
Gilson (35) 9821-1574 / 9832-6302
A repetição dos anúncios deverá ser confirmada a cada edição.
Os anúncios não confirmados serão retirados.
ALUGA-SE
- Casa Nova no Bairro Ouro Verde. Falar com Sandra no tel:9966-5645
- Baracão com 1000 m² e escritório à
Rua Vicente Celestino 169, Centro. Falar com Francisco (35)9939-2814
- Armazém com área de 300m tendo
quarto cozinha e 2 banheiros, localizado à R. João Carvalho Brito, 18 Ponte Alta, tratar no telefone 3265
5567
- Terreiro de café durante safra. Área
de 1.100m², todo cimentado, fácil acesso, localizado perto da Fazenda floresta (município de Santana da Vargem),
a 3km do asfalto, no km 10 da rodovia
Três Pontas-Santana da Vargem. Tratar no telefone: (35) 9914-2183
- Máquina TDI automotriz. Tratar com
Antônio Alfredo 35 9971 5577
- Pasto ou sítio no lugar denominado
Brejão. Tratar 35 9144 4130 ou 9166
0097 contato no período da manhã
SERVIÇOS
- TOPOARQ - topografia e arquitetura.
Medição de fazendas e lotes urbanos,
retificação, unificação, desmembramento, licenciamento ambiental, projetos arquitetônicos. Gabriel Araújo - 9817-3003
- Para região de Três Pontas e Córrego
do Ouro presto serviço de trincha, roçadeira, foliar e adubação com trator econômico. Tratar com João Paulo S. Tiso
tel: 8848-5639 ou 9911-5639
- Gavea Terra Planagem - Serviço de
trator de esteira, carregadeira, retroescavadeira, caminhão vasculante e escavadeira hidraulica. Ligar Paulinho
9953-4870 ou 3265-5053
- Nova Consultoria - Meio Ambiente e
Topografia: certificação, licença ambiental, gerenciamento de resíduos, medição, divisão de terras, registro de motosserra. Contato: Otávio Ferreira - Gestor Ambiental e Agrimensor. Tel.: (35)
9950 1602
[email protected]
- Colheitadeira de Milho New Holland
TC57 Hidro Plus Peneira Auto Nivelante / Colhedeira de feijão /ceiflex e implementos. Telefones: (35) 9818-9241
e 9916-5918
- Consultoria e Perícia Ambiental - Engenheiro Agrônomo Eduardo Henrique
V. Ferreira - (35) 9920-7034 / Biólogo
Edson Vasconcelos Souza - (35) 99077316
- Consultoria ambiental e segurança no
trabalho, Projeto e fabricação de galpões e estruturas metálicas. Engenheiro Mecânico e Segurança do Trabalho
Marcelo Duarte Resende Paiva. 35 8881
0050
- Cadastramento CPR e Custeio agrícola para o Banco do Brasil - Pindorama
Planejamento Agrícola Ltda. 35 9971
5825
- Levantamentos topográficos; Topografia em geral; Partilhas; Terraplenagens;
Loteamentos; Desmembramentos. Contato Gabriel Fonseca - Técnico Agrimensor 35 8849 6402 ou 35 3067 2209
VENDE-SE OU ALUGA-SE
- Uma Casa Bairro Antônio de Brito na
Rua Amadeu Aliprande, 70. Tratar com
Mauro tel: 9728-7286
ARRENDA-SE
- 50 alqueires de pasto na Rodovia entre Santana da Vargem e Três Pontas.
Tratar tel: 8809-3142 ou 3265-3142.
- Casa localizada na rua Bofilho Vicentini nº 1146 Bairro Aristide Vieira, em
Três Pontas. Valor: R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais) Tratar com João no
tel. 9847-3646
- Um sítio com 16.000 pés de café, 350m
terreiro cimentado e tulha. Situado no
Município de Nepomuceno a 9 km da
cidade (sendo 7km de asfalto e 2km de
terra), tratar no telefone 35 9804-3638
- Sementes de aveia para pasteijo, tratar no telefone (35) 8859-0459
COMPRA-SE
- Uma abanadeira de café movida pelo
trator, trata no telefone 9906-5863
- Um terreno área mais central de Três
Pontas. Tratar no telefone 35 9828-4548
- F1000 ano 98. Tratar com Miller
(35)9986-2227
- Esparramadeira de esterco, com bicas
laterais e capacidade de 2,5 toneladas
ou troca-se por roçadeira. Agropecuária
Jacutinga - Contato Sr. Armando, fone
(35) 9199-7039. Inscrição 6051
Índice de Chuvas
Dados comparativos (em mm³)
Ano
2012
2013
2014
2015
Jan
321
529
30,6
114,9
Dados pluviométricos de Três Pontas
Fev Mar Abr Mai Jun
Jul Ago Set Out Nov
76,5 110 85
56 151
16
0
53,5 68
217
197,4 159 32,4 70,6 23,6 12,2 2,8 70,2 95
156
48
101 141,4 27,4 8,8 38,0 14,2 23,6 35,7 224,8
158
Dez
152,5
210,8
237,3
Dados pluviométricos de Nepomuceno
Ano Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul
Ago Set Out Nov Dez
2012 287 68
122
38
44 96,5 20
0
36 35,5 156 206
2013 510 97
207 60,5 95
7
28
0
109 97 251 153,5
2014 78 175 110
64
2
5
55
0
18 47,5 298,5 150
2015 139 251,5
Dados pluviométricos de Santana da Vargem
Ano Jan Fev Mar Abr Mai Jun
Jul
Ago Set
Out Nov Dez
2012 352,5 112,5 149 42,5 55,5 125 14
0
48,5 39,5 145 132,5
2013 596 200 190
57 79,5 19,5 14
2,5 73,5 102 235 150
2014
25 45,5 112,5 132,5 12,5 5
50
2,5 21,50 51,0 244 168,5
2015 107 109
Ano Jan Fev Mar
2012 357,5 87,5 90
2013 447 180 145
2014 80
35 47,5
2015 101,5 112,5
Ano Jan
2012 238
2013 554
2014 99
2015 124,5
Dados pluviométricos de Coqueiral
Abr Mai Jun
Jul Ago Set Out Nov Dez
87,5 45
85
27,5 0
50
50 172,5 126
92,5 85
25
30 7,5 82,5
95 240 177,5
97,5 4,3 6,2 28,6
5
45,5
80 213 134
Dados pluviométricos de Carmo da Cachoeira
Fev Mar Abr Mai Jun
Jul Ago Set Out Nov Dez
59 130,5 43
51 139,5 7
0
25
60 157,5 242
158,5 167 59
56
14
37
0
59,5 79,5 250,5 122,5
27,5 114 82,5 21
5
55
15 24,5 43
273 251
199
Fonte: Depto. de Assistência Técnica Cocatrel
12
FEVEREIRO/2015
INFORMATIVO COCATREL
PRATO
CAFÉ
MUSSARELA
DRINKS
CAFETERIA
CONFIANÇA TRADIÇÃO
NOZINHO
DELICIOSOS
COCATREL
IOGURTE LEITE
QUEIJOS DOCE
CÁPSULA
LATICÍNIOS PARMESÃO
QUALIDADE
MANTEIGA
ESPECIAL
Produtos
A loja de laticínios e cafés da Cocatrel está em novo endereço e com uma novidade,
uma cafeteria em espaço aconchegante para recebê-los com todo conforto.
Em breve, carta de cafés especialmente elaborada pela barista Rosa Gabriela.
Venha nos fazer uma visita!
Laticínios
Av. Ipiranga, 1745
Cafés
Cafeteria
Telefone: (35) 3266-2283
Download

Informativo Cocatrel