UFBA - FACOM
Mestrado em Comunicação e Culturas Contemporâneas
Linha de pesquisa: Ciberculturas
Projeto
“CUANDO EL PARTIDO CONTINÚA DESPUÉS DE LOS 90
MINUTOS”: UN ANÁLISIS DE LA CONVIVENCIA ENTRE LOS
BLOGS FUTBOLÍSTICOS DE LA BLOGOSFERA Y LA MEDIAESFERA
ARGENTINA DURANTE LA COPA DEL MUNDO DE 2006.
Orientador: Dr. Marcos Palacios
Alumno: Lic. Gonzalo Prudkin
E-mail: licprudkin@hotmail.com
BLOGS E JORNALISMO
Contexto – surgimento dos weblogs
CIBERCULTURA
1. Como a forma sociocultural que emerge da relação simbiótica entre a sociedade,
a cultura e as novas tecnologías de base micro-electrónica que surgiram com a
convergência das telecomunicações e com a informática na década do ` 70.
2. A VIDA na Cibercultura, vai-se caracterizar pela utilização das redes digitais para o
envió, a recepção e o procesamento de informação e dados (seja texto, imagens,
sons)
3. Mediante a apropiação das tecnologías as pessoas forman comunidades virtuais e
construyen identidades.
1
CUAL VAI SER UNS DOS RASGOS MAIS
REPRESENTATIVO DA CIBERCULTURA?
A LIBERAÇÃO DO POLO DA EMISSÃO
1. A MIDIA TRADICIONAL deixa de ser a única fonte primaria de informação. O campo jornalístico se
verá ENSANCHADO pela producção e difussão de grandes volumens de contudos elaborados pelos
cidadãos de todo o mundo.
2. O grande problema que representou pelas pessoas comuns difundir seus conteudos hoje vê-se
solucionado em parte. Internet é o meio de generação e distribuição de conteudos mais econômico e
“accesível”.
3. É potencialmente factível chegar a uma massa de usuarios similar á de sitios digitais como o
Clarín.com (Argentina) ou a BBC de Londres.
4. Disponibilização da informação e da opinião de os usuarios na Red Internet, pode llevarse mediante a
a construcção e a elaboração de:
BLOGS – WIKIS- PODCATS- VIDEOCAST- FOTOBLOG
2
Mudanzas
3
Blogs - Wikis - Posdcast – Videocasts- Fotoblog
Surgimento de 2 conceitos
USER GENERATED CONTENT (Conteudo
Gerado pelo Usuario)
É o conteudo publicado online e produzido pelos
usuarios de websites em oposição aos produtos de
meios de comunicação tradicionais.
É feito por amateurs que contan com diferentes
recursos técnicos, competencias, habilidades e
intereses compartilhados.
USER GENERATED CONTEXT (Contexto
Gerado pelo Usuario)
• “Parte” da audiencia deixa de ser passiva.
Cria sua propia media e conta suas propias
historias.
• Crea-se Comunidades, grupos de interesse
em común (relaciones novas e mais fortes).
• Estamos vivendo uma Realidade Social e
Cultural (contexto social) que COMPLEMENTASE com outras práticas de comunicação e
informação (broacasting).
4
Wiki é uma forma de sitio web em
onde acepta-se que os usuarios
criem, editem borrem o modifiquem
o conteudo de uma página, de
maneira interativa, fácil e rápida.
Ej: Wikipedia
Podcast –
criação de arquivos de
som, generalmente em formato
MP3. Seu conteudo é diverso:
música, “programas radiales”.
Videocast –
criação de arquivos
de video. Ej. Youtube - 100 millones
de videos son vistos diariamente, otros
65.000 se incorporan cada 24 horas y
tienen 20 millones de visitantes por mês.
•PRODUCÇÃO E EDIÇÃO
COLABORATIVA
•NOVAS RELAÇÕES
SOCIAIS ELECTRÔNICAS
E PRÁTICAS
COMUNICACIONAIS EM A
RED INTERNET
(Foros – Listas – Chat –
Skype - E-mail)
5
Qué es un weblog?
1. É uma página web que permite a publicação sencilla de conteudos na la Red (texto,
imagen ou audio).
2. A facilidade debe-se graças á disponibilição de ferramentas (software) de gestão e de
edição. Denominado como Content Manegement System (CMS).
3. Posibilita estabelecer um ritmo de atualização constante da escritura.
4. O surgimento de empresas em Internet como Blogger, Live Journal, Pitas, Movible Type,
Typepad, brindaram gratuitamente o software de gestão de conteudos e o espaço de
alojamiento.
5. No Brasil: www.clickblog.com.br, www.weblogger.terra.com.br, blig.ig.com.br,
www.theblog.com.br, www.pop.com.br/popblog, www.my1blog.com
Fotoblog: www.photolog.com.br
6
Características técnicas que faz do blog
sua “marca registrada”
1. O elemento principal ou unidade básica de todo weblog é o desarrollo duma idea
(post) o historia.
2. Los pots ubican-se ordenadamente em cronología inversa, ou seja, ubicando as
entradas mais recientes acima, acompañadas com seu correspondente título e enlace
permanente.
3. Se destaca tambén a incorporação dum listado de enlaces onde agrupan-se alguns
weblogs recomendados pelo autor (blogroll). Isto facilita a socialização e “a
visibilidade” entre os blogueros.
4. Outro elemento importante é un sistema de comentarios que permite a participação.
Uma historia pode producir muitas opiniões, sugerencias e críticas. As mismas vão
acompañadas com a “assinatura” do autor, seja ubicando seu nome ou seudónimo
(nick).
Produz interacções
7
“O primeiro Blog”
O primer weblog que circulou na Internet foi o sitio What´s new in
´92 de Tim-Berners Lee, quen o utilizou pra divulgar as novedades
do projeto World Wide Web.
O vocablo “weblog” aparecerá recién no ano 1997, cuando Jorn
Barger o introduz em Robot Wisdom, sua recononhecida publicação
em Internet.
8
El Weblog: “algo mais que uma simple bitácora”
Sostiene-se que considerar o blog só como una BITÁCORA o registro de
navegacão como fazian os capitanes dos barcos é uma limitação.
Podemos entender o blog desde otro punto de vista para explicar ALGUMAS PRÁTICAS SOCIAIS
que este soporte vehiculiza:
1. Como recurso técnico capaz de produzir novas formas de sociabilidade dentro do Ciberespaço.
2. Como um formato que permite desenvolver lazos de socialização comunitarios e de expresão
Individual. Isto podería gerar ou reforzar identidades sociais.
3. Como uma ferramenta de participação coletiva que promove a democratização da palavra
e a escritura em contraposição ao modelo tradicional dos mass-media.
9
Que é Blogosfera?
a Blogosfera não só representa uma idea de universo, onde transcurre a cultura de os
blogs. Asimismo, pode entenderse como um “sistema vivo” onde se construye um
espaço de comunicação a partir das relações que se estabelecen entre os individuos.
Dentro do ciberespacio, com os weblogs as pessoas conversam entre sí, ja seja
fazendo links, citando outras fontes ou colaborando e criando textos coletivamente.
É um ecosistema no cual se constituyen pequenas comunidades virtuais mediadas por
computador.
Web 2.0
Pensar ol uso da Rede como ponto de encontro, de interacção, uma rede social
donde las personas participan creando, editando y difundiendo contenidos.
El coceito original de comunidades virtuais pertenece a Howard Rheingold, quien em
seu livro The Virtual Community define como “coletivos culturais que emergen
cuando suficientes pessoass se encuentran no ciberespacio de forma frecuente,
10
intercambian palabras e ideas”.
Qué é Blogosfera? (II)
Em seu estudo sob a blogosfera espanhola chamado Formação da comunidade da
blogosfera, estrutura e visualização (J. Merelo, B. Prieto, F. Tricas), destaca-se que:
1) Na blogosfera não há necesidade explícita de ter que registrarse ou inscribirse para
participar o integrar um blog. En este sentido, la creación de un espacio sin barreras de
entradas, donde la información se comparte y se construye entre los blogueros, se
diferencia de la postura de los medios tradicionales
2) Um weblog pessoal pode pertenecer a muitas comunidades a la vez.
3) Al conectarse por medio de links, os weblogs logran relacionarse de maneira semántica.
Isto permite estabelecer uma correspondencia entre os blogs.
“Eso implica que, al menos o minimamente, um tem que ler ao outro, o cual demostra
uma classe de relação em comunidade”
11
O qué é Technorati?
Technorati (www.technorati.com) é o serviço de diretorio e búsqueda de blogs de
referencia no mundo. Inicialmente dedicado aos blogs angloparlantes, no último ano
ha realizado um seguimiento da evolução da blogosfera por idiomas e ha consolidado
sees informes trimestrais sob o “crecimiento da blogosfera”. No correspondiente
mes de abril de 2006, había 35,3 millones de blogs indexados, com um ritmo de
publicação de 1,2 millones de posts al día (aproximadamente 50.000 a la hora). Hoje
em día, cuando escribía estas línhas contaba ter 57.4 millones de blogs.
Alguns buscadores de blogs brasileiros:
www.blogs.com.br
www.blogwise.com/
www.sobresites.com/blog/diretorios.htm
http://photoblogs.org/
www.b-log.net/blogscan/cadastro.htm (Blogscan.net)
http://www.globeofblogs.com/
www.blogblogs.com.br/
http://portal.eatonweb.com/
12
Qué clase de blogs podemos
encontrar na Blogosfera?
Metroblogs
Blogonovelas
Warblogs
Fotoblogs
política
tecnología
Hiper-fragmentación
en la Red.
negocios
arte
Deportes
BLOG JORNALÍSTICOS
13
BLOGS
JORNALÍSTICOS
•É uma ferramenta que ha cobrado importancia neste último tempo sobre todo nas
ediciões digitais dos meios de comunicação tradicionais.
•Básicamente, os blogs jornalísticos ocupan o espaço das “columnas de opinión”.
Generalmente são mantidos pelos jornalistas reconhecidos dentro do medio, e
estabelecen uma interacción con seus leitores por meio do sistema de comentarios.
•Potencialmente, o blog jornalístico pode utilizarse como fonte subsidiaria para la
producción de diferentes géneros periodísticos: noticias, entrevistas, crónicas.
14
BLOGS
JORNALÍSTICOS
•Podemos utilizar tudas as potencialidades da Rede: hipertexto, multimedia, memória,
interactividad, actualização constante.
•Através do blog periodístico, os medios de comunicación poden fragmentar mais ainda sua
audiencia sim custo (pode chegar a audiencias específicas = hiperfragmentação)
•Uma das ventajas dos blogs é que seus conteudos podem ser “difundidos” de outra manera.
Por meio de ferramientas de SINDICACIÓN (XML, RSS, RDF o ATOM). São programas onde se
adhiere o endereço dirección web do sitio e permite que nos informemos ao instante de
producirse uma actualização . “O programa procura as noticias que nos interesan por nós”.
15
Blogosfera e Midiesfera
Com a convivencia entre os blogs das empresas jornalísticas e os de pessoas com
diferentes graus de saberes surge un novo “mapa” jornalístico na Web. Surgem Duas
categorías:
Midiaesfera
Blogosfera
Blogs que forman parte de
medios masivos tradicionais
tais como a imprensa, a
radio e a televisión.
Generalmente estos blogs
se encontran ubicados nas
páginas principais digitales
de dichos medios. A maioría
destos portais, por lo geral,
não presentan links a outros
blogs que constituyen aa
“blogosfera”.
Blogs de pessoas e
jornalistas que não
trabalhan em empresas
jornalísticas. Istos actores
se caracterizan por manter
vínculos duraderos entre sí
por meio da creação de
links e constituyendo listas
de contatos em seus sitios
web (blogrolls).
16
Blogosfera e Midiesfera
A partir destas 2 categorías formuladas podemos preguntarnos:
•¿Qué classe de relaciões se están constituindo entre ambos grupos?
•¿É uma relação simbiótica onde impera a armonía o máis bem é um terreno
onde se suceden fricciones frecuentes?
TIPOS DE RELACIONES PROCURADAS
Simbiosis
Tensión/Crítica
“Parasitaria”
17
Blogosfera e Midiesfera
Simbiótica ou
Retroalimentação
Em determinados contextos de crise, como ser atentados
terroristas o catástrofes naturais, tanto os blogs da blogosfera
como da mediaesfera se benefician recíprocamente entre sí.
Este beneficio se ve representado pelo intercambio de
informação, fontes de consulta, fotos e videos e sob
acontecimentos que repercuten na sociedade.
Os jornalistas dos meios tradicionais suelen consultar
diariamente as informações que se discuten entre os
membros dos blogs. O propósito es ter um marco de
referença para poder detetar cuáis são as principais
temáticas tratadas.
Os blogueros norteamericanos son asiduos consumidores das informaciões de
os meios tradicionais. Neste sentido, as investigadoras Amanda Lenhart y
Susannah Fox, resaltan que un 85% de los dueños de blogs estadounidenses
são ávidos consumidores de jornais, televisión, revistas e radios.
18
Blogosfera e Midiesfera
Tensión/Crítica
Muitas vezes a relación “armónica” puede llegar a
convertirse en un ambiente de tensión entre las partes.
La convivencia puede verse afectada por críticas de lo
que uno u otro comentó, o por descubrir inexactitudes y
falsedades.
Así se constituye un espacio de riguroso control entre
las partes, tal como aconteció recientemente con el
fotógrafo de la agencia de noticias Reuters, Adnan
Hajj
Algunos blogueros descubrieron que las fotografías tomadas por Hajj
durante el conflicto entre el Estado de Israel y el Hezbollah habían sido
manipuladas digitalmente. Como si fuese un “eco”, comentarios de post
sobre post comenzaron a propagarse velozmente. La denuncia del engaño
se hizo tan conocida que llevó a la agencia de noticias a despedir al
cuestionado fotógrafo a pocas horas de haberse confirmado la acusación.
19
Blogosfera e Midiesfera
“Parasitismo”
“Nada de simbioses, apenas apropiação.
Apropiação de forma, do nome, (…) das
informaçãos disponíveis lá fora na
Blogosfera, que nossos colegas da grande
mídia tradicional certamente percorren e
utilizan como fonte”. (Marcos Palacios)
“No se da crédito á Blogosfera, ni se
cita as fontes originais”.
20
Blogosfera e Visibilidad
Si el ciberespacio es el hábitat donde los de
blogs discuten, conversan e interactúan, ¿de
qué manera un bloguero y su blog logran
hacerse visibles ante millones de voces que
circulan a diario?
21
Blogosfera e Visibilidad
O link é um elemento fundamental
Representa a “moeda de troco” entre os blogs e dele depende
a visibilidade e a existencia de uma voz dentro de um coro de
voices.
Os blogs más populares são aqueles que contan com
maior nûmero de links, mientras que os menos
conhecidos estão pouco ou nada “enlazados”.
Os menos visibles tenden a ficar relegados, permanecendo no
anonimato sim ser citados.
Os Blogs mais visibles, ao contar com mais nûmeros de links,
oderán dictar a agenda informativa da maioría al ter uma grande
capacidade para difundir informaciões entre o resto.
22
Conclusiones
A apropiação das tecnologías pelos usuarios ha posibilitado o surgimento dum processo
coletivo e colaborativo de producção da informação no ciberespaço.
Se sostiene que as modalidades de generação individual e coletiva de conteudos
(páginas web y blogs) coexisten y se complementan con os produtos informativos
on-line de meios tradicionais como jornais, radio e televisión
Não se concorda com as posturas que señalan o fim ou a sustituição de outras
estruturas de producção e difusão de conteudos noticiosos a raíz do advenimiento do
jornalismo ciudadão ou jornalismo 3.0
Com a chegada dos blogs, os wikis e os podcats, se produjo um ensanchamiento do
campo da informaçaõ, caraterizado por uma diversidade de conteudos realizados
pelos usuarios comuns. No ciberespaço, miles de pessoas de diversos idiomas e
nacionalidades, participan de forma espontánea.
23
Conclusiones
La geração de conteudo pelos usuarios (Generated User Content) ha crescido
exponencialmente na Rede desde o surgimento de ferramentas digitais de producção e
edição (software, celulares multimeia, cámaras de video digitais, etc).
Se debe entender que así como muitos ciudadanos não querem dedicarse a fazer
literatura ou fazer documentais, há blogueros que tampouco desejan ser jornalistas.
Asimismo, se sostiene que a figura do jornalista professional não ha sido reemplazada
a partir da aparição do jornalismo ciudadano ou social. Sua función continua sendo
central para filtrar o exceso de informação que circula diariamente dentro e fora da
Internet.
O interesante deste processo é que há máis “voces” circulando e produzendo uma
considerable cantidade e variedade de conteudos que amplían nossas
posibilidades de adquirir conhecimento.
24
Download

BLOGS - Faculdade de Comunicação da UFBA