Lesões palpáveis com características morfológicas de categoria 3 (Bi-rads)- Avaliação dos
resultados histopatológicos de biópsias percutâneas orientadas por ultrassonografia.
JPR - 2009
CEPEM- Centro de Estudos e Pesquisas da Mulher.
Rio de Janeiro, Brasil
Autores: Sondermann, V.R.M.; Leitão, Y.P.; Gusman, L.; Zaiden, L.; Fernandes, M.; Soares-Pereira, P.M.; Pasqualette, H.A.P,
.Caldoncelli, V.; Castro, R.S.R.; Machado, D.; Schueler, K.; Gama, M.; Feld, L.; Conde, J.; Miceli, L.;
Lesões palpáveis com características morfológicas de categoria 3 (Bi-rads)- Avaliação dos
resultados histopatológicos de biópsias percutâneas orientadas por ultrassonografia.
JPR – 2009 – MAMA / PAINEL IMPRESSO / PA.07.033
Dra Vânia Ravizzini Manoel Sondermann – vania@sondermann.com.br
CEPEM- Centro de Estudos e Pesquisas da Mulher.
Rio de Janeiro, Brasil
Autores: Sondermann, V.R.M.; Leitão, Y.P.; Gusman, L.; Zaiden, L.; Fernandes, M.; Soares-Pereira, P.M.; Pasqualette, H.A.P,
.Caldoncelli, V.; Castro, R.S.R.; Machado, D.; Schueler, K.; Gama, M.; Feld, L.; Conde, J.; Miceli, L.;
Lesões palpáveis com características morfológicas de categoria 3 (Bi-rads)- Avaliação dos
resultados histopatológicos de biópsias percutâneas orientadas por ultrassonografia.
1)Introdução:
A ultra-sonografia (US) tem se tornado importante método complementar à
mamografia e ao exame clínico no diagnóstico de lesões benignas e malignas
da mama. A criteriosa avaliação dos critérios morfológicos das lesões e a
utilização do sistema BI-RADS de classificação nos permite uma adequada
categorização das mesmas e consequentemente correta orientação de
conduta para cada caso.
Lesões palpáveis com características morfológicas de categoria 3 (Bi-rads)- Avaliação dos
resultados histopatológicos de biópsias percutâneas orientadas por ultrassonografia.
2) Objetivo:
Avaliar os resultados de biópsias percutâneas em lesões com características
ecográficas de categoria 3 , porem palpáveis.
Lesões palpáveis com características morfológicas de categoria 3 (Bi-rads)- Avaliação dos
resultados histopatológicos de biópsias percutâneas orientadas por ultrassonografia.
3) Material e método:
De Março a Agosto de 2007, foram realizadas 879 biópsias
percutâneas orientadas por US incluindo core biópsia e mamotomia,
utilizando pistolas Bard,com agulhas de 14 gauge, pistola Vacora ou
dispositivo Mammotome , ambas com agulhas de 11 gauge.
Os procedimentos foram realizados a partir da solicitação
dos médicos das pacientes, e todas as lesões foram classificadas no
momento da biópsia de acordo com o sistema BI-RADS® de
ultrassonografia. Foram utilizados equipamentos Logic 7 com sonda
linear matricial (7,5 a 13 mhz).
Lesões palpáveis com características morfológicas de categoria 3 (Bi-rads)- Avaliação dos
resultados histopatológicos de biópsias percutâneas orientadas por ultrassonografia.
3) Material e método:
58 lesões apresentavam características de categoria 3 (BI-RADS), porém
eram palpáveis, sendo então classificada como categoria 4. A média de idade
das pacientes foi de 38,7 anos ( variando de 16 a 57 anos).
45 lesões continuam em seguimento ecográfico.
13 lesões foram perdidas do controle.
Lesões palpáveis com características morfológicas de categoria 3 (Bi-rads)- Avaliação dos
resultados histopatológicos de biópsias percutâneas orientadas por ultrassonografia.
4)Resultados:
Das 879 biópsias percutâneas mamárias orientadas por
ultrassonografia realizadas , 58 tinham características de categoria 3 ,porem
eram palpáveis.
Nenhum caso de carcinoma foi encontrado em nossa casuística.
As pacientes serão mantidas em controle ecográfico até o período de
3 anos.
Lesões palpáveis com características morfológicas de categoria 3 (Bi-rads)- Avaliação dos
resultados histopatológicos de biópsias percutâneas orientadas por ultrassonografia.
5) Conclusão:
O achado de nódulo palpável na mama corresponde a fator de impacto
emocional para a maioria das pacientes. Apesar da indicação de investigação
tecidual destas lesões, observa-se que a grande maioria daquelas que não
apresentam qualquer sinal de suspeição, tem resultado benigno ao estudo
histopatológico.
Os resultados iniciais de benignidade em lesões palpáveis de
características benignas nos encorajam a manter apenas controle ecográfico
semestral destas pacientes, até a confirmação da estabilidade das lesões,
evitando biópsias desnecessárias.
Apesar de não haver casos de cancer em nossa amostragem, estudo mais
vultuosos são necessários para afirmar a não necessidade de biopsiar tais
lesões.
Lesões palpáveis com características morfológicas de categoria 3 (Bi-rads)- Avaliação dos
resultados histopatológicos de biópsias percutâneas orientadas por ultrassonografia.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:
1) American College of Radiology. Breast imaging reporting and data system,
breast imaging atlas – ultrasound.1 ed,Reston, VA, American College of
Radiology, 2003
2) Specificity of Mamography and US in the evaluationof a palpable
abnormality: retrospective review. Moy L. Et al. Radiology 2002;225:176-181
3) BIRADS 3,4 AND 5 lesions: Value of US in Management - Follow-up and
outcome. Raza S. et al. Radiology 2008;248 number 3:773-781
4)Probably benign breast masses at US: Is follow-up na acceptable alternative
to biopsy? Graf O.et al. Radiology 2007;244:87-93
Lesões palpáveis com características morfológicas de categoria 3 (Bi-rads)
Avaliação dos resultados histopatológicos de biópsias percutâneas orientadas por ultrassonografia.
Autores: Sondermann, V.R.M.; Leitão, Y.P.; Gusman, L.; Zaiden, L.; Fernandes, M.; Soares-Pereira, P.M.; Pasqualette, H.A.P.Caldoncelli, V.;
Castro, R.S.R.; Machado, D.; Schueler, K.; Gama, M.; Feld, L.; Conde, J.; Miceli, L.;
1)Introdução:
PASQUALETTE
LAZARUS
BI-RADS
A ultra-sonografia (US) tem se tornado importante método complementar à
mamografia e ao exame clínico no diagnóstico de lesões benignas e malignas
da mama. A criteriosa avaliação dos critérios morfológicos das lesões e a
utilização do sistema BI-RADS de classificação nos permite uma adequada
categorização das mesmas e consequentemente correta orientação de
conduta para cada caso.
2) Objetivo
Avaliar os resultados de biópsias percutâneas em
características ecográficas de categoria 3 , porem palpáveis.
lesões
com
5) Conclusão:
3) Material e método:
De Março a Agosto de 2007, foram realizadas 879 biópsias percutâneas
orientadas por US incluindo core biópsia e mamotomia, utilizando pistolas
Bard,com agulhas de 14 gauge, pistola Vacora ou dispositivo Mammotome ,
ambas com agulhas de 11 gauge. Os procedimentos foram realizados a partir
da solicitação dos médicos das pacientes, e todas as lesões foram
classificadas no momento da biópsia de acordo com o sistema BI-RADS® de
ultrassonografia. Foram utilizados equipamentos Logic 7 com sonda linear
matricial (7,5 a 13 mhz).
- 58 lesões apresentavam características de categoria 3 (BI-RADS), porém
eram palpáveis, sendo então classificada como categoria 4.
- 45 lesões continuam em seguimento ecográfico.
- 13 lesões foram perdidas do controle.
4)Resultados:
Das 879 biópsias percutâneas mamárias orientadas por
ultrassonografia realizadas , 58 tinham características de categoria
3 ,porem eram palpáveis.
Nenhum caso de carcinoma foi encontrado em nossa casuística.
As pacientes serão mantidas em controle ecográfico até
anos.
o
período de 3
O achado de nódulo palpável na mama corresponde a fator
de impacto emocional para a maioria das pacientes. Apesar da
indicação de investigação tecidual destas lesões, observa-se
que a grande maioria daquelas que não apresentam qualquer
sinal de suspeição, tem resultado benigno ao estudo
histopatológico.
Os resultados iniciais de benignidade em lesões palpáveis
de características benignas nos encorajam a manter apenas
controle ecográfico semestral destas pacientes, até a
confirmação da estabilidade das lesões, evitando biópsias
desnecessárias.
Apesar de não haver casos de cancer em nossa
amostragem, estudo mais vultuosos são necessários para
afirmar a não necessidade de biopsiar tais lesões.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:
1)American College of Radiology. Breast imaging reporting and data system,
breast imaging atlas – ultrasound.1 ed,Reston, VA, American College of Radiology,
2003
2) Specificity of Mamography and US in the evaluationof a palpable abnormality:
retrospective review. Moy L. Et al. Radiology 2002;225:176-181
3) BIRADS 3,4 AND 5 lesions: Value of US in Management - Follow-up and
outcome. Raza S. et al. Radiology 2008;248 number 3:773-78
4)Probably benign breast masses at US: Is follow-up na acceptable alternative to
biopsy? Graf O.et al. Radiology 2007;244:87-93
Download

Avaliação dos resultados histopatológicos de biópsias