MENINGITE
STREPTOCÓCICA SUÍNA;
IMPLICAÇÕES EM SAÚDE PÚBLICA
Material adicional:
Manual de ESTUDO DE SURTOS
Manual de USO PRUDENTE DE
ANTIBIÓTICOS
O caso: uma pequena região, situada num país em
vias de desenvolvimento, onde se tenta desenvolver
a produção suína como atividade econômica
importante.
Primeiro caso da doença em seres humanos no dia 15 de
junho de 2005
Em uma semana são descritos 12 casos com:
- Manifestações cutâneas leves nas mãos e nos braços
- Inflamação e enrijecimento da área.
- Às vezes erosões cutâneas
No dia 21 de junho morre uma das pessoas com um
quadro septicêmico: hemorragias subcutâneas, choque
tóxico e meningite
• Suspeita-se que é uma enfermidade infecciosa
de tipo bacteriano e por isso:
• Instaura-se um tratamento antibiótico com
penicilinas de amplo espectro
• Não se tem bom resultado e após três dias se
troca por uma quinolona
• Também não há efeito desta e se pensa em buscar
antibióticos de última geração
• Entretanto, no dia 27 de junho morre outra
pessoa das que têm sintomas e apresenta de novo
um quadro septicémico visto anteriormente
Como conhecedor em Saúde Pública Veterinária,
você acredita que foi atuado corretamente nos
casos dos seres humanos?
Se a resposta é NÃO:
Quais erros acredita que foram cometidos e o
que deveria ter sido feito?
Realizam-se estudos microbiológicos a partir das
pessoas mortas e se detectam em ambos casos a
presença de STREPTOCOCCUS SUIS e no
antibograma resulta ser MULTIRRESISTENTE
• Nesta situação de alarme, cria-se um grupo
de trabalho que integra médicos, médicos
veterinários e responsáveis pelos setores de
saúde com o finalidade de tomar decisões. O
grupo de Médicos Veterinários propõe estudar
a possível origem animal desse micro-
Como você apresentará o ESTUDO DO
SURTO e quais aspectos você
acredita que serão importantes
considerar?
Informação obtida em estudo do surto
• Anteriormente ao dia 15 de junho surgiram uns 20
casos humanos muito leves que aliviaram em
12 a
15 dias
• Em duas criações de suínos, nos dois últimos meses,
ocorreu aumento da mortalidade. Os suínos tiveram
morte com um quadro de meningite, embora não foi
realizado estudo dos casos, já que os suinocultores
atribuíram ao estresse e ao calor da época do ano.
Informação obtida no estudo de surto (cont.)
• Uma das pessoas mortas trabalha numa dessas
granjas e a outra em um matadouro da zona. O resto
das pessoas com sintomas leves tem participado
recentemente em matanças domésticas de suíno
(popular na região) ou trabalhavam no matadouro ou
eram familiares diretos de outros enfermos.
• Parece que em anos anteriores apareceram casos
semelhantes, tanto no homem como nos suínos, mas em
menor dimensão .
Quais conclusões você terá a partir destes
dados?
O diagnóstico em suínos da região determina
que em 70% das granjas se detecta
STREPTOCOCCUS SUIS tipo 2
• O estudo de fenótipo e genótipo do micro-organismo determina
que é o mesmo isolado nos casos dos seres humanos
• Os padrões de resistência a antibióticos são idênticos nos
isolados do homem e dos suínos.
• Volta-se a encarar um padrão MULTIRRESISTENTE.
• Estuda-se a presença de micro-organismo em pessoas
relacionadas com a produção e manejo de suínos e 40%
apresentam a bactéria
Você mantém, a partir desta
informação, as suas conclusões
anteriores?
Você pode explicar com estes dados
alguma nova conclusão?
Na análise das condições de manejo das
criações de suínos observa-se:
• Não existe um assessoramento veterinário específico nas
granjas
• Movimentam-se e mesclam-se constantemente suínos
entre as diferentes granjas
• Administram-se antibióticos sistematicamente com
caráter preventivo por parte dos próprios suinocultores:
– Os antibióticos são administrados no alimento
– É dado metade das doses indicadas nas instruções de uso
– Nos dois últimos anos está sendo feito, sistematicamente, um
cocktel de penicilina e tetraciclina
…Cont.
• A limpeza das criações é realizada uma vez ao mês
somente com água corrente
• Os cadáveres de animais mortos estão sendo eliminados
no lixo da criação sem nenhum tratamento
A partir de todas as informações que
foram obtidas:
Você considera adequadas as medidas que estão
sendo
aplicadas nas criações?
Em algum momento estas medidas podem ter
repercussões em SAÚDE PÚBLICA?
Em caso afirmativo explique quais e por quê?
Como você propõe atuar para conseguir
corrigir o problema da resistência aos
antibióticos que foi apresentada tanto em
animais como nos seres humanos?
Caso de estudo desenvolvido pelo integrante SAPUVETNET II - Universidad de
Zaragoza, Fac_Med_Vet. (contato: Carmelo Ortega epidemio@unizar.es)
Download

Meningite EstreptocÃ..