III CURSO NACIONAL DE VENTILAÇÃO MECÂNICA DA
SBPT
Como manusear fuga aérea na
ventilação não invasiva
Denis Sakurai
29-03-08
Como manusear fuga aérea na ventilação não invasiva
Histórico da VNI
- Primeira utilização : metade do séc XX
- Período de maior estudo/utilização : últimas 2 décadas
Como manusear fuga aérea na ventilação não invasiva
Ventilação não invasiva (VNI) :
• ↓ necessidade de IOT e re-IOT
• ↓ mortalidade
• ↓ custos de tratamento
Uso cada vez mais freqüente
Como manusear fuga aérea na ventilação não invasiva
Aparelhos que podem ser utilizados:
- Ventiladores específicos para VNI
- Ventiladores de UTI (modalidade VNI)
COMPENSAÇÃO DE FUGA AÉREA
Como manusear fuga aérea na ventilação não invasiva
Procedimento de instalação da VNI :
- Explicar o procedimento
- Posicionar corretamente o paciente
- Instalar protetores em áreas de maior fragilidade
- Escolha da interface
- Iniciar com pressões baixas
- A instalação não é um momento único!!!
Como manusear fuga aérea na ventilação não invasiva
VNI
↓
Interface máscara
(nasal/facial/facial total)
↓
VAZAMENTO
Como manusear fuga aérea na ventilação não invasiva
< VAZAMENTO
Pressões inspiratórias
(= adequadas)
Correção mais rápida das trocas gasosas
e
Diminuição do trabalho respiratório
Como manusear fuga aérea na ventilação não invasiva
Principais causas de fuga aérea:
Máscara
(modelo/ tamanho/ fixação)
Causas corrigíveis
Pressões
(agitação / assincronia)
Presença de sondas
Paciente muito magro
Causas não corrigíveis
Prótese dentária
Tamanho do nariz
Como manusear fuga aérea na ventilação não invasiva
Como identificar fuga aérea:
- Observando o paciente :
do tempo inspiratório
- Monitorização pelo aparelho: Medição de vazamento (L/min)
Alteração das curvas de fluxo
Como manusear fuga aérea na ventilação não invasiva
Como manusear fuga aérea na ventilação não invasiva
Ajuste do final do ciclo inspiratório
Fluxo (L/min)
100
25
Tempo (s)
T insp
Como manusear fuga aérea na ventilação não invasiva
O que fazer para melhorar a VNI na presença de fuga
aérea?
1. Adequar modelo da máscara, tamanho da máscara,
tipo de cabresto
2. Adequar nível pressórico
3. Cuidados com sondas e catéteres
4. Posição do sensor pressão
5. Ajuste da rampa de subida do fluxo
6. Ajuste da % de ciclagem
Como manusear fuga aérea na ventilação não invasiva
5. Rampa de subida do fluxo
Como manusear fuga aérea na ventilação não invasiva
6. Ajuste da % de ciclagem
Fluxo (L/min)
Pressão de pico
70%
50%
25%
1%
Tempo (s)
Como manusear fuga aérea na ventilação não invasiva
Ajuste da % de ciclagem
Fluxo (L/min)
100
70
Tempo (s)
T insp
Como manusear fuga aérea na ventilação não invasiva
Ajuste da % de ciclagem
Fluxo (L/min)
100
70%
25%
1%
Tempo (s)
T insp
Obrigado !!!
dts2901@yahoo.com.br
Download

Como manusear fuga aérea na ventilação não invasiva VNI