A GS1 Portugal e o Sistema GS1
SEMINÁRIO GS1
INSTITUTO POLITÉCNICO DE LEIRIA
7 ABRIL 2009
The global language of business
www.gs1pt.org
Agenda
• GS1 Portugal
• A importância de ferramentas no desenvolvimento das
organizações
• O Sistema GS1
• Serviços GS1
Seminário GS1 - IPL - 7 Abril 2009
www.gs1pt.org
© 2009 GS1 Portugal
GS1 Portugal
• Associação Portuguesa de Identificação de Codificação de
Produtos
• Fundada em 1985
• Entidade privada, sem fins lucrativos
• Constituída por 6.153 empresas da área da produção,
distribuição e Serviços
• Representante em Portugal da GS1
Seminário GS1 - IPL - 7 Abril 2009
www.gs1pt.org
© 2009 GS1 Portugal
Quem Somos
• GS1
• É uma organização global com mais de 30 anos de experiência na
Normalização para a eficiência da cadeias de valor multi-sectorias
• Formada por 108 Organizações Membro Nacionais
• Representando mais de um milhão de organizações que operam em mais
de 140 países
• Gestora do Sistema GS1
Seminário GS1 - IPL - 7 Abril 2009
www.gs1pt.org
© 2009 GS1 Portugal
Quem Somos
• Missão
Liderar a implementação de um sistema global de comunicação e
identificação de produtos, serviços e localizações, baseado em
normas internacionalmente aceites.
• Objecto
Gestão do Sistema GS1, bem como o acompanhamento, investigação,
estudo, formação, implementação e desenvolvimento de outros sistemas
que conduzam à normalização e simplificação de procedimentos no
âmbito da Indústria, Comércio e Serviços.
Seminário GS1 - IPL - 7 Abril 2009
www.gs1pt.org
© 2009 GS1 Portugal
A importância de ferramentas normalizadas
no desenvolvimento das organizações
Porquê?
•
•
•
•
•
•
•
Anarquia
Burocracia
Perda de tempo
Eficiência
Fiabilidade
Produtividade
Rentabilidade
Seminário GS1 - IPL - 7 Abril 2009
www.gs1pt.org
© 2009 GS1 Portugal
1º Exemplo
Sabe o que isto quer dizer?
Αναφορά – Grego
Referenz – Alemão
Reference – Inglês
‫ االشارة‬- Árabe
參考 – Chinês
pois é tudo isto quer dizer ...
リファレンス – Japonês
Referência - Português
Ссылка – Russo
Qual é o problema aqui?
Seminário GS1 - IPL - 7 Abril 2009
www.gs1pt.org
© 2009 GS1 Portugal
2º Exemplo
Que produto é ?
Mas o que é que provavelmente todos têm em comum?
Seminário GS1 - IPL - 7 Abril 2009
www.gs1pt.org
© 2009 GS1 Portugal
Têm ...
Uma Identificação única e inequívoca traduzida num código de barras
Seminário GS1 - IPL - 7 Abril 2009
www.gs1pt.org
© 2009 GS1 Portugal
Porquê?
Porque é uma ferramenta normalizada, reconhecida internacionalmente, que
identifica inequivocamente o produto, permitindo a captura automática da
informação sobre esse produto e a sua utilização tem impactos directos:
• Custos
• Eficiência
• Produtividade
• Rentabilidade
• Satisfação do Cliente
Seminário GS1 - IPL - 7 Abril 2009
www.gs1pt.org
© 2009 GS1 Portugal
3º Exemplo
Descubra as diferenças ...
Seminário GS1 - IPL - 7 Abril 2009
www.gs1pt.org
© 2009 GS1 Portugal
Isto é o que acontece...
quando as facturas são emitidas em papel, isto é:
 Não existem critérios para o seu layout
 O tratamento destes documentos tem que ser manual
 Impactos no tempo de execução de tarefas, nos custos e na qualidade da
informação
www.gs1pt.org
Seminário GS1 - IPL - 7 Abril 2009
© 2009 GS1 Portugal
SOLUÇÃO
Utilização de ferramentas normalizadas de comércio electrónico, nomeadamente,
para a transferência electrónica de documentos (EDI), porque permitem obter:
Integração directa da informação no ERP =>
=> Eliminação de Erros => Qualidade da Informação e Informação em Tempo Real
=> Redução do Trabalho Administrativo => Diminuição dos Custos com a
expedição, envio, recepção e arquivo dos documentos
logo tem impactos directos:
Custos
Eficiência
Produtividade
Rentabilidade
Satisfação do Cliente
Seminário GS1 - IPL - 7 Abril 2009
www.gs1pt.org
© 2009 GS1 Portugal
Sistema GS1
The global language of business
ou seja,...
The global language of business
Seminário GS1 - IPL - 7 Abril 2009
www.gs1pt.org
© 2009 GS1 Portugal
Sistema GS1
The global language of business
Sistema Integrado de Normas Globais
O Sistema GS1 é um conjunto de Normas integradas abertas e
globais, reconhecidas internacionalmente, para a gestão eficiente
das cadeias de valor multi-sectoriais, baseado numa identificação
única e inequívoca de produtos, unidades de expedição, activos,
localizações, pessoas e serviços que agiliza todos os processos
negociais, incluindo o comércio electrónico e a rastreabilidade.
Entre estas inserem-se as Normas GS1 BarCodes, GS1 eCom,
GS1 GDSN e GS1 EPCglobal
Seminário GS1 - IPL - 7 Abril 2009
www.gs1pt.org
© 2009 GS1 Portugal
Sistema GS1
The global language of business
• Identifica inequivocamente bens, produtos, serviços e
locais.
• Reduz os custos operacionais de qualquer cadeia de valor,
aumentando a sua produtividade e eficiência.
• Cobre 90% da economia mundial = 1 milhão de utilizadores
Seminário GS1 - IPL - 7 Abril 2009
www.gs1pt.org
© 2009 GS1 Portugal
Sistema GS1
The global language of business
Seminário GS1 - IPL - 7 Abril 2009
www.gs1pt.org
© 2009 GS1 Portugal
Sistema GS1
The global language of business
DADOS PRIMÁRIOS
GTIN – Global Trade Item Number (Número Global de Item Comercial)
 GTIN – 13
 GTIN – 8
 GTIN – 14
Seminário GS1 - IPL - 7 Abril 2009
www.gs1pt.org
© 2009 GS1 Portugal
Sistema GS1
The global language of business
DADOS PRIMÁRIOS
• GLN – Global Location Number
Código de Localização
• SSCC – Serial Shipping Container Code
Código de Série de Unidade de Expedição
• GRAI – Global Returnable Asset Identifier
Identificador Global de Activo Retornáveis
• GIAI – Global Individual Asset Identifier
Identificador Global de Activo Individual
• EPCTM – Electronic Product Code
Código Electrónico de Produto
Seminário GS1 - IPL - 7 Abril 2009
www.gs1pt.org
© 2009 GS1 Portugal
Sistema GS1
The global language of business
DADOS ADICIONAIS
Os Dados Adicionais são aqueles que interagem nos processos de
produção, armazenagem e distribuição dos produtos, nomeadamente,
números de lote, datas de validade, números de série, localizações,
entre muitos outros, cuja chave de acesso é dada pelos
Identificadores de Aplicação (AIs) GS1.
Seminário GS1 - IPL - 7 Abril 2009
www.gs1pt.org
© 2009 GS1 Portugal
Sistema GS1
The global language of business
Normas Globais para a Identificação Automática
Servem para identificar fisicamente o Item, Activo, Localização ou
Serviço, pela codificação dos Identificadores-Chave GS1.
 EAN – 13
 EAN – 8
 ITF – 14
12 x 560123400001C
1 560 1234 00001 C
Seminário GS1 - IPL - 7 Abril 2009
www.gs1pt.org
© 2009 GS1 Portugal
Sistema GS1
The global language of business
 GS1 DataBar
 GS1 DataMatrix
 GS1-128
Seminário GS1 - IPL - 7 Abril 2009
www.gs1pt.org
© 2009 GS1 Portugal
Sistema GS1
The global language of business
Normas Globais para a
Identificação baseada na RFID
Os Identificadores-Chave GS1 e o EPC™-Electronic Product
Code combinados com a tecnologia RFID – Radio Frequency
IDentification numa infra-estrutura de rede comunicacional
permitem identificar e localizar de forma imediata e
automática o objecto ao longo da cadeia de valor
Seminário GS1 - IPL - 7 Abril 2009
www.gs1pt.org
© 2009 GS1 Portugal
Sistema GS1
The global language of business
Normas Globais para as Mensagens
Electrónicas Comerciais
Permitem uma rápida, eficiente e inequívoca troca electrónica
automática de dados comerciais entre os parceiros de negócio
• GS1 EANCOM®
• GS1 XML
É uma ferramenta global normalizada
que permite uma sincronização e
distribuição de dados dos
fornecedores e clientes segura,
contínua e em tempo real, através de
uma rede de Data Pools.
Seminário GS1 - IPL - 7 Abril 2009
www.gs1pt.org
© 2009 GS1 Portugal
Contacto
OBRIGADA...
Leonor Vale
Marketing & Communication Manager
E. l.vale@gs1pt.org
CODIPOR – Associação Portuguesa de
Identificação e Codificação de Produtos
R. Prof. Fernando da Fonseca, 16 – Esc.II
1600-618 Lisboa
T.
+351 21 752 07 40
F.
+351 21 752 07 41
E.
info@gs1pt.org
W.
Seminário GS1 - IPL - 7 Abril 2009
www.gs1pt.org
www.gs1pt.org
© 2009 GS1 Portugal
Download

A GS1 Portugal e o Sistema GS1