GESTÃO DE ORGANIZAÇÕES DE
ENSINO SUPERIOR A DISTÂNCIA
Profa. Dra. Rosangela Maria Cunha
Dimensões avaliadas em Credenciamento de cursos (MEC):
Dimensão 1
Dimensão 2
• Organização
Institucional
• Corpo Social
Dimensão 3
• Infraestrutura
Transição (IES):
GLS
CHA
Giz
Competência
Lousa
Habilidade
Saliva
Atitude
Dimensão 4
• Requisitos
legais
Gestão de Competências para EaD
Avaliação
Institucional
Infra
estrutura
Programas com
aplicabilidade e
capacitação
Mantenedor
Reitoria
Ouvidoria
Marketing
Secretaria
Acadêmica
Suporte Acadêmico
Suporte Técnico
Pró-reitores
Coordenadores
Professores
Alunos
Desafios da gestão para oferta de EaD
Resistência dos professores e cultura de de negação
Mapeamento de competências técnicas e acadêmicas pré-existentes
Rompimento de paradigmas
Capacitação do pessoal
Integração de pessoas, tecnologia e processos
Abertura de novos polos de apoio presencial
Definição de Plano de Carreira específica
• IES = empresa prestadora de serviços
• Preço atrativo para provocar alto consumo
• Modelo de negócio que garanta lucro
• Indicadores de performance
• Captação e retenção de alunos
LUCRO
• Marcos Regulatórios
• Diretrizes Curriculares
• Missão e Visão da IES
• PDI e PPP
• Avaliação Institucional
QUALIDADE
Estratégias que resultarão em melhorias
do desempenho da IES
•
•
•
•
•
•
•
Elaborar diagnósticos (visão macro do negócio): informações acadêmicas,
administrativas, financeira
Romper paradigmas, modificar estruturas, envolver departamentos
Pesquisar empresas que estão se saindo bem no mercado:
• examinar a oferta de competências complementares
• observar as tendências de mercado
• necessidades regionais de cursos
Padrão de qualidade que incorpore na missão e na cultura institucionais as áreas
prioritárias e a melhoria dos serviços
Repensar formas de relacionamento entre as equipes (gerações X, Y)
Capacitar e otimizar recursos humanos e tecnológicos
Explicar o significado e a importância dos processos de avaliação
Gestão de programa de EaD
• Quais profissionais/tempo serão envolvidos nos projeto: administradores, tutores e
técnicos
• Capacitação e avaliação acadêmica e administrativa (departamentos e secretárias);
• Decidir quais os cursos a serem ofertados com base em pesquisa (mercado/polos
parceiros)
• Coordenar todo o processo de criação, implementação e avaliação de cursos (base em
pesquisas)
• Apoio, marketing e avaliação junto aos alunos e coordenadores de pólos constantes;
• Instalação e manutenção de bibliotecas nos pólos parceiros;
• Constante capacitação e avaliação acadêmica e administrativa (departamentos e
secretarias);
Alguns pontos que auxiliam na reflexão:
• Qual é o nosso negócio?
• Por que existimos?
• Quem são nossos clientes?
• Quais são nossos concorrentes?
• O que efetivamente nos distinguem das demais IES?
• Qual a proposta de valor de nossos cursos?
• Como nossos egressos são reconhecidos pelo mercado de trabalho?
• Como queremos que seja esse reconhecimento?
• Como podemos utilizar as novas tics para agregar valor aos nossos serviços?
Obrigada
Rosangela Maria Cunha
profarosangela@yahoo.com.br
http://metodoead.blogspot.com
Download

gestão de organizações de ensino superior a distância