1
PUBLICAÇÃO MENSAL DA COOPERATIVA CASTROLANDA – AGOSTO 2013
o
t
í
c
i
a
s
Distribuição gratuita
João Paulo Cobbe
N
N° 86
ANO 9
Agroleite de
OPORTUNIDADES
Plataforma de lançamento de produtos, tecnologias e até raças leiteiras; fonte de
informação por meio de fóruns, seminário internacional e painéis; vitrine de máquinas
e tendências de mercado; campo de debate, estudo e troca de idéias; área de vendas,
lugar de trabalho e de busca de conhecimento.
Geral
Expediente
Diretor Presidente
Frans Borg
Editorial
Diretor Vice-Presidente
Willem Berend Bouwman
Diretor Secretário
Richard Hendrik Borg
Frans Borg - Diretor Presidente
Gestão
Diretores Vogais
Jan Ate de Jager
Jan Loman
Hendrikus Salomons
Roelof Rabbers – 1958
Profissionalizada
Diretor Industrial
Popke Ferdinand van der Vinne
Comunicação (informação) para a transparência
Diretor de Operações
Marco Antonio Prado
Conselho Fiscal
Paulo Roberto Trentin
Jan Haasjes
Jan Jitze Salomons
Claudio Henrique Kugler
Roelof Kiers
Peter Greidanus
Nesta edição do Castrolanda Notícias trazemos os primeiros resultados e um balanço geral do Agroleite 2013. Agradecemos o empenho dos organizadores, produtores, expositores, patrocinadores,
parceiros e entidades oficiais. A Castrolanda como agente de promoção deste importante evento
do setor procura cada vez mais profissionalizar e fortalecer no sentido de contribuir com as oportunidades que este evento gera para todos os envolvidos.
Em agosto também realizamos as Pré-Assembleias de Balanço onde apresentamos os números
deste primeiro semestre, com resultados dentro das expectativas.
O desafio da gestão é manter o crescimento e a expressão que a Cooperativa tem alcançado
especialmente nos últimos anos. A sintonia entre as áreas de atuação e o quadro social foi reforçada durante a Assembleia com o objetivo de fortalecer a visão do nosso negócio de sermos uma
Cooperativa inovadora dedicada ao agronegócio, sólida, ágil, que aplica as melhores técnicas de
gestão, satisfaz as expectativas dos seus clientes internos e externos, busca a melhoria contínua da
qualidade de vida dos seus associados e colaboradores e que produz resultados consistentes, comparáveis às líderes de mercado e também a nossa missão - gerar valor ao cooperado mantendo o
desenvolvimento sustentável da Cooperativa, relembrando os nossos valores como transparência,
valorização das pessoas, comprometimento entre outros.
A clareza e a liberdade de expressão nesta sociedade são fundamentais para o bom desempenho.
Para tanto colocamos aos nossos cooperados novamente os canais de comunicação da Castrolanda para que fiquem a disposição de todos e assim contribuirmos diariamente com a evolução
dos nossos negócios. Sempre com a visão e o pensamento com foco coletivo para que possamos
atingir objetivos comuns.
Comitê de Agricultores
Florian Bernhard Schudt
Luiz Roberto Moulatlet
Celso Luiz Dall Agnoll
Claudio Henrique Kugler
Alexander Augustus Mittelstedt
João Cristiano Kiers
Jean Leonard Bouwman
Comitê de Bovinocultores
Ronald Rabbers
Jan Loman
Lucas Rabbers
Nelci J. P. Mainardes
Sandro Aurélio Hey
Roberto Meindert Borg
Comitê de Suinocultores
Armando Rabbers
Elizete Telles Petter
Leonard Loman
Marcelo de Jager
Peter Greidanus
Jan Ate de Jager
Comitê de Bataticultores
Jan Ate de Jager
Bert Loman
Omar Tadashi Okubo
Batata Frita
Frederik de Jager
Osmar Tadashi Okubo
Jean Leonard Bouwman
A transparência é um valor essencial na gestão da sociedade de forma democrática para que assim tenhamos a sustentabilidade necessária e a competitividade
dos associados e da Cooperativa.
Comitê de Feijão
Lambert Petter
Alexander Augustus Mittelstedt
Eduardo Medeiros Gomes
Albert Reinder Barkema
Roelof Kiers
Comitê Unidades Lácteas UBL/Frísia
Pool de Leite
Hendrikus Salomons
Jan Loman
Teunis Jan Groenwold
Superintendente de Operações Lácteas
Edmilton Aguiar Lemos
ENQUETE
Gerentes de Negócios
José Carlos Rodrigues – Corporativo
Márcio Copacheski – Agrícola
Mauro Cesar de Faria – Carnes
Cleudiney Iank – Batata
Henrique Costales Junqueira – Leite
Ivonei Durigon – Frigorífico
Everson Orlando Lugarezi - Feijão
Na sua opinião os atuais políticos brasileiros
no Governo vão melhorar depois dos protestos?
Sim
18
Impressão
Gráfica Positiva
%
Diagramação
Amauri Castro
Jornalista Responsável
Leila Gomes - MTB 6584
Tiragem
1200 exemplares
Periodicidade: Mensal
Não
82
Contato Comercial: Agromídia 11 5092.3305
Guerreiro Agromarketing: 44 3026.4457
%
*É permitida a reprodução desde que citada a fonte.
Escreva para a Redação
Envie seus comentários e opiniões
sobre as reportagens publicadas para
Divulgação
2
leila@castrolanda.coop.br
Cooperativa Agropecuária Castrolanda
Praça dos Imigrantes, 03 - Caixa Postal 131
84.165-970 - Colônia Castrolanda - Castro, PR
Veja a opinião dos visitantes do site: www.castrolanda.coop.br
3
Corporativo
4
CLASSIFICADOS
VENDE-SE CHÁCARA AGROPECUÁRIA
DE LEITE - 59ha com toda infraestrutura
para produção de leite, em plena produção. 30ha de área agricultável, rebanho
holandês, casa sede, pomar, tanque de
peixe, casa funcionário, todo maquinário. Preço a combinar.
Tratar: (42) 9916-8798
VENDE-SE FILHOTES de Lhasa Apso - 2
fêmeas, 1 macho com 50 dias, desverminados e vacinados. Valor: R$ 300,00.
Tratar: (42) 8409-0712.
SILAGEM DE MILHO - 250 toneladas
de silagem de milho para venda, safra
2011/2012, silo superfície, fechado.
Tratar: (42) 8401-6110
AQUÁRIO MARINHO 90 LTS - 01 Aquário Marinho 90 lts. com 2 peixes +/- 10
corais, pedras vivas, 2 estrelas marinhas, 1 ouriço. Valor correspondente a
R$ 3.500,00, valor para venda.
R$ 1.500,00 ou a negociar.
Tratar: (42) 8409-0712
STRIJKER SERVIÇOS AGRÍCOLAS - Colheita especializada em feijão, soja, milho, trigo, canola, aveia, etc. Colheitadeira Valtra BC 6500 (com kit feijão)(305
cv) (25 pes). Plantio especializado em
feijão, soja, milho e canola. Semeadeira
BP 1106. Albert J. Strijker.
Tratar: (42) 9988-4446
PAR DE PNEU 30.5L-32 p/ Colhedeira com meia-vida em excelente
estado. Os pneus estavam sendo
utilizados em uma colhedeira CASE
2388. Equipamento se encontra no
município de Itapeva, SP (180 KM de
Castro). Pagamento somente à vista.
Entrega imediata.
Valor: R$ 7.000,00.
Tratar (15) 9737-2373
FOTO EM
DESTAQUE
VENDE-SE REBANHO JERSEY - mestiça jersey 60 cabeças. Tratar com
Ulisses (42) 8827-5535 ou (42)
3232-1351
VENDE-SE CAMINHÃO MB 1516 Caminhão MB 1516 com caçamba
e guincho 9,5 ton. Ano 1985. Tratar
com o Sr. Guilherme Kugler - (42)
9978-2956 ou com Cláudio Henrique
Kugler (42) 9972-4018. Valor: R$
93.000,00
TANQUE RESFRIADOR ALFA LAVAL
- 1000L, Alfa Laval, 2 ordenhas, trifásico Tratar com Ervino Rentz.
Tratar: (42) 8411-5000.
Valor: R$ 7.000,00
CAPOTA DE TRATOR MF 283 - Vendo capota completa de trator MF283
com as pranchas laterais e faróis, todos originais. Tudo em perfeito estado e pronto para instalação. Frete por
conta do comprador. Equipamento se
encontra em Itapeva, SP - 113KM de
Arapoti e 182KM de Castro.
Valor: R$ 2.500,00. (15) 9737-2373
VITRINE DE TECNOLOGIAS
O Dia de Campo foi um dos grandes destaques da programação do Agroleite. O
evento reuniu 980 participantes que acompanharam as novas tecnologias para
forragens.
Cadastre o seu classificado no site www.castrolanda.coop.br/classificados
NOVOS ASSOCIADOS
MATRÍCULA
NOME DO ASSOCIADO
ATIVIDADE PRINCIPAL
1949
TIETSIA YTJE BARKEMA LOMANagricultura
1950
MARJAN BARKEMA LOMANagricultura
1951
MARCIO SOUZA VILLELA FRANovinocultura
1952
MARINA RIAN BARKEMA VAN DER VINNEagricultura
1953
ANNAMARIA BARKEMA NOORDEGRAAFagricultura
1954
FERNNANDA DRIESSEN PRISCILAovinocultura
1955
DANIEL DRIESSEN JÚNIORovinocultura
1956
AGROPECUÁRIA ALTO DA SERRA LTDAagricultura
1957GERALDO DALZOTTOpecuaria leiteira
VILA HOLANDESA
1958
JULIANO ALEGRETTI ZANONIovinocultura
1959
DENIZE MOSSOLINpecuaria leiteira
1960
RICARDO DENCKpecuaria leiteira
Governador Beto Richa participou da inauguração da 1ª casa da Vila Holandesa.
Na oportunidade Frans Borg, diretor presidente da Castrolanda recebeu as
autoridades com o tradicional brinde de leite.
1961
PAULA CRISTINA LIMA MENONpecuaria leiteira
Divulgação
Para pensar
Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o que, com
frequência, poderíamos ganhar, por simples medo de arriscar.
William Shakespeare
Corporativo
5
:: FIQUE POR
DENTRO DOS
Arroz Doce com
Leite Condensado
INVESTIMENTOS
Tem receitas que levam a gente para a cozinha da
nossa infância e quem gosta de arroz doce, sempre
tem esta lembrança. Experimente esta receita feita de
um jeito muito mais fácil que a tradicional.
INGREDIENTES:
1 xícara(s) (chá) de arroz
1 lata(s) de leite condensado
quanto baste de canela-da-china
em pó para polvilhar
MODO DE PREPARO:
Lave o arroz e escorra bem.
Leve ao fogo numa panela grande
com 2 litros de água, quando ferver
abaixe o fogo e cozinhe até que o
arroz fique macio.
Acrescente o leite condensado, coloque em tacinhas e polvilhe com
canela em pó.
1.
R$
Sua colheita pode render muito.
Invista seu dinheiro no Sicredi.
SAC Sicredi - 0800 724 7220 / Deficientes Auditivos ou de Fala - 0800 724 0525. Ouvidoria Sicredi - 0800 646 2519.
Fonte: cybercook.terra.com.br
As soluções financeiras do Sicredi cooperam para
o produtor rural colher grandes resultados.
• Depósitos a Prazo
• Poupança
• Fundos de Investimentos
ZC_0029_13B_An_Captacao_155x171.indd 1
Sicrediagro
04/03/13 16:23
OBRAS EM ITAPETININGA/SP
A operação conjunta lácteos entre as Cooperativas – Castrolanda e Batavo
será ampliada com a construção da nova planta de Beneficiamento de Leite
em Itapetininga/SP. A nova Fábrica já esta sendo construída e tem previsão
para entrar em funcionamento no próximo ano. Na sua fase inicial, esta projetada para iniciar com um volume de 500 mil litros de leite/dia. O investimento é de aproximadamente R$ 120 milhões.
6
Corporativo
RESULTADO
Negócios Leite
Castrolanda realiza
pré-assembleias de balanço
Avaliação semestral demonstra 64% do resultado esperado para o ano.
....................................................................................................
Como a Castrolanda
é uma sociedade de
pessoas, a transparência
é um valor essencial..
....................................................................................................
Transparência
Márcio Bueno
Conselho
Estratégico
A Castrolanda realizou na semana de
21 a 23 de agosto as pré-assembleias
de balanço. O processo de prestação
de contas semestral foi realizado em 4
etapas. Na tarde do dia 21 de agosto
no Memorial da Imigração Holandesa,
na Castrolanda, dia 22 em Piraí do Sul
e Maracanã e na sexta-feira em Itaberá.
Na avaliação do gerente corporativo
José Carlos Rodrigues, este deslocamento até as Unidades da Castrolanda
é bastante positivo pela integração com
os cooperados. “Essa aproximação
possibilita uma participação mais
expressiva dos nossos cooperados.
Muitos estão em regiões mais distantes e assim a Diretoria e Colegiado Gerencial indo até as Unidades
permite que se tenha uma maior
participação como, por exemplo,
em Itaberá onde registramos a presença de 98% dos cooperados daquela Unidade”.
RESULTADOS - De acordo com o balanço semestral apresentado a Castrolanda já contabiliza 64% do resultado
esperado para o ano. Em termos de
crescimento o resultado é de 20% em
relação ao mesmo período de 2012.
GESTÃO PROFISSIONALIZADA - A
forma de gestão da Castrolanda também foi destacada na abertura pelo
Diretor Presidente Frans Borg. Segundo
ele, para que a gestão estratégica com
foco em resultados seja sustentável é
necessário fortalecer os valores da Cooperativa. “Como a Castrolanda é uma
sociedade de pessoas, a transparência
é um valor essencial. Devemos praticá-la reciprocamente: cooperativa, associados, colaboradores e sociedade”.
Para o presidente um dos exemplos
desta transparência é a forma utilizada pela Cooperativa na apresentação
Frans Borg,
Diretor Presidente da Castrolanda
Gestão
Profissionalizada
Conselho de
Administração
Comunicação
dos resultados. “Além
da Assembleia Geral Ordinária
(AGO) anual, são realizadas as pré-assembleias de balanço para que o
cooperado acompanhe o desempenho
da Cooperativa e possa questionar os
números do setor onde ele atua”.
COMUNICAÇÃO - Os processos de
comunicação com o cooperado também foram valorizados. Circular, Home
Page, Mídias Sociais, Jornal, Programa
de Rádio, SMS, Cartas, Emails, Contatos pessoais/atendimento e os eventos como forma de comunicação
com o cooperado.
SAC E OUVIDORIA - Outros
canais abertos disponíveis para
o cooperado são o SAC e a ouvidoria. O SAC (Serviço de Atendimento
Castrolanda), um canal de atendimento
para o cooperado e/ou consumidor de
produtos Castrolanda deixar sugestões,
dúvidas ou reclamações, disponível
das 7h40 às 17h30 através do telefone
0800 42 1050.
A Ouvidoria é um serviço especializado de atendimento com o objetivo de
auxiliar no processo de identificação e
tratamento de erros e/ou fraudes na
Cooperativa. A Ouvidoria além de atender com total imparcialidade irá aplicar
na condução dos trabalhos, ferramentas de auditoria, garantindo o sigilo das
informações e anonimato das pessoas.
“Toda esta estrutura organizacional é
trabalhosa, gera custos, porém é necessária para uma total transparência
que possa dar credibilidade e confiabilidade.", finaliza o presidente.
Informação
José Carlos Rodrigues, gerente corporativo na apresentação em Itaberá/SP.
SAC 0800-421050
Serviço de Atendimento Castrolanda
O SAC – Serviço de Atendimento Castrolanda é um meio
de comunicação entre o público em geral, principalmente
seus Cooperados, e a Cooperativa.
Todo SAC é inserido no sistema da Cooperativa para encaminhamento a área
de negócios responsável pelo atendimento, com prazo máximo de resposta
de 05 (cinco) dias úteis, que poderá ser respondido pelo Presidente, Diretores,
Superintendente e Gerentes das áreas de negócios, ou alguém designado para
esse fim. Após a resposta será feita pesquisa sobre o grau de satisfação da resposta. Em reunião mensal da Diretoria Executiva, serão analisados os relatórios e gráficos, com o objetivo de medir e acompanhar todo o processo do SAC.
Nesta oportunidade serão tomadas ações corretivas em relação as não conformidades evidenciadas.
A cada cultivo,
a qualidade que
vem do campo.
Agricultura,
o maior trabalho
da Terra.
www.planetafaminto.com.br
Acesse e saiba mais.
O mundo precisa de alimento. Alimento que vem
da terra, mas que não chega ao acaso em nossa
mesa. É cultivado todos os dias pelas mãos
do agricultor. E, se somos cada vez mais pessoas
no planeta, cada grão é importante. Ajudar
o agricultor a transformá-lo em alimento
de forma sustentável é a missão da BASF,
com inovação e tecnologia.
Obrigado, agricultor brasileiro.
O maior trabalho da Terra está em suas mãos.
7
AGRICULTURA BRASILEIRA
SUSTENTÁVEL
Divulgação
8
AGROLEITE
Agroleite 2013
confirma potencial
de investimentos no setor
A 13ª edição do
Agroleite, realizada
entre os dias 12 a 16
de agosto, em Castro/
PR, surpreendeu
as expectativas da
organização.
Durante os 5 dias
do evento a feira
movimentou
R$ 50
milhões em
negócios.
O valor recorde
ultrapassou 20%
do ano passado.
Com um público
de
80 mil
pessoas de
diversas localidades
do Brasil e exterior e
também o volume de
negócios, o Agroleite
deste ano confirma
o interesse dos
pecuaristas em investir
em novas tecnologias,
maquinários e
instalações para suas
propriedades.
...........................................
“Como já faz parte do
calendário nacional
de feiras e eventos,
por se tratar também
da maior bacia leiteira
do Brasil, é uma ótima
oportunidade de
negócios e exposição
das novas tecnologias
embarcadas nas
máquinas agrícolas,
que levam ao produtor
uma enorme gama
de conhecimento e
avanço tecnológico,
propiciando ao
consumidor produtos
de melhor qualidade e
confiabilidade”,
relata Antonio Maurício Muller,
DHL.
Para a Munters, uma companhia global
em serviços e aplicações para tratamento do ar que participou pela 1ª vez
do Agroleite, a presença na feira também propiciou o contato com outras
empresas fornecedoras do setor, o que
favorece para disseminar a tecnologia
para controle do clima na pecuária leiteira.
...............................................
“Nossa participação
elevou a crença da
Munters no mercado
leiteiro, pois pudemos
observar a empolgação
dos produtores ao ver
de perto a tecnologia
que normalmente
só tem acesso em
revistas ou visitas
internacionais”,
avalia Marcel Hoffmann.
Além de acompanhar as novidades dos
152 expositores desta edição, o público que veio a Castro pode participar
também dos fóruns da pecuária leiteira, suinocultura, agricultura e do seminário internacional, com temas desde
a comunicação como um dos elos do
agronegócio, sistemas de produção, eficiência e intensificação da produção de
leite, temas que ganham cada vez mais
força e interesse dos participantes,
como também mercado e perspectivas
das áreas de negócios.
O Agroleite também trouxe com ênfase
seus dois grandes diferenciais das feiras do país. As dinâmicas no campo,
onde os produtores puderam acompanhar as máquinas em movimento e
através dessas demonstrações, captarem o que existe de tecnologia nesse
mercado de máquinas e equipamentos
e também o Dia de Campo que com
apoio da Fundação ABC e Emater atraiu
quase mil pessoas para ver de perto a
vitrine de novas tecnologias para forragens.
INAUGURAÇÃO - Com os constantes investimentos na Cidade do Leite
a abertura oficial ficou marcada pela
inauguração da 1ª casa da Vila Holandesa. No futuro após a construção das
demais casas será uma grande atração
do evento e mais que isso, este local
será um centro comercial do agronegócio. Durante o evento diversas empresas já sinalizaram interesse em fazer
parte deste seleto time que vai ocupar
as casas. Ao todo serão 25 todas retratam a arquitetura holandesa, ricas em
detalhes.
Para 2014 o evento já está marcado.
De 4 a 8 de agosto o Agroleite pretende reforçar a referência em tecnologia,
produção, conhecimento e negócios.
Os investimentos devem seguir para os
próximos e assim contribuir para o desenvolvimento do Município de Castro,
considerado polo leiteiro do país.
João Paulo Cobbe
9
A cidade do leite ganha
forma e atrai 80 mil
pessoas durante os
cinco dias de evento.
>> PRINCIPAIS NÚMEROS:
:: Empresas:
152 participantes
:: Volume de negócios:
R$ 50 milhões
AGROLEITE
:: Público:
80 mil pessoas
:: Animais:
594 (raça
holandesa p&b, v&b, jersey,
pardo-suíça, simental e simlandês)
Mais informações em nossa página
www.agroleitecastrolanda.com.br
e acompanhe diariamente o nosso
Facebook facebook.com/agroleitecastrolanda
Leilão Top Agroleite
supera expectativas de vendas
Tradicional pregão da programação oficial do Agroleite
registra média de R$ 14.193,23 por animal.
O Leilão Top Agroleite 2013 realizado
na noite de quinta-feira (15) com transmissão ao vivo pelo Canal Terra Viva
atingiu o volume de R$ 752.400,00 na
venda de 39 lotes. A média por animal
ficou em R$ 14.196,23.
O lote mais caro do pregão foi com o
animal Harm Mirta Oman 1791 de Lucas Rabbers, vendido para Nelci José
Pedroso Mainardes e Maria Helena Albuquerque.
O pregão registrou 57,78% de vendas
no recinto e 42,22% através do Canal.
Cerca de 400 pessoas participaram do
evento e mais de 800 acompanharam
nas arquibancadas do local. O leilão foi
realizado na Pista Central de Julgamento.
10
Agroleite
DEPOIMENTOS
Um Agroleite
de oportunidades
Plataforma de lançamento de produtos, tecnologias e até raças leiteiras; fonte de
informação por meio de fóruns, seminário internacional e painéis; vitrine de máquinas e tendências de mercado; campo de debate, estudo e troca de idéias; área
de vendas, lugar de trabalho e de busca de conhecimento.
:: Por Edison Lemos
O Agroleite é tudo isso e muito
mais para dezenas de pessoas e
segmentos sociais que de uma
ou outra forma se envolvem
com o agronegócio e o setor
leiteiro. Desde o criador/expositor de animais, ao humilde
prestador de serviços nas baias,
passando pelo palestrante ilustre, o político influente, os veículos de imprensa, o estudante
aprendiz, ou mesmo o curioso
só de passagem.
Olhado com rigor, o Agroleite
constitui uma grande janela de
oportunidades para profissionais de todos os setores de atividade. Há 13 anos é assim. E todos ganham com sua existência
e crescimento, como atestam
os depoimentos a seguir, recolhidos na mais recente edição.
.........................................................................................................................
Nós estamos buscando subsídios para montar no Município de Amajari uma micro-bacia leiteira voltada para
a agricultura familiar. Previmos iniciar um projeto com
20 a 30 novilhas, gado leiteiro, e viemos para aprender um pouco. Principalmente para saber o que fazer
com o leite. Roraima não tem cultura nem tradição na
produção de leite, então nós temos de buscar onde essa
cultura existe. Hoje em dia se não utilizarmos tecnologia
nós estaremos indo na contramão da história. Vamos
nos organizar para trazer 10 a 15 produtores no próximo
evento para eles conhecerem como se trabalha com
leite. Até porque é compensador enfrentar 10 horas de
avião pinga-pinga, mais esse frio intenso, porque a Feira
é atraente e povo bastante hospitaleiro”.
.........................................................................................................................
Wenceslau Brás de Freitas Barbosa
Ex-prefeito e Pecuarista em Roraima
.........................................................................................................................
O Agroleite é sempre uma vitrine, um espelho nacional, porque nós sabemos do nível das disputas
que acontecem aqui em termos de animais e de
produtos. O mínimo que eu posso fazer em reconhecimento a essa população que nos valoriza é
participar de eventos, trazer recursos do Governo
Federal para cá. Como parte desse reconhecimento eu fiz um Projeto de Lei que nada mais faz
do que de traduzir uma realidade. Ele confere a
Castro o título de Capital Nacional do Leite. Já foi
aprovado pela Comissão de Educação e Cultura
e atualmente está na Comissão de Constituição
e Justiça. É bom que o país conheça e saiba o
que Castro produz. Isso identifica Castro como
referência”.
.........................................................................................................................
Osmar Serraglio
Deputado Federal
Agroleite
.........................................................................................................................
As cooperativas dos Campos Gerais, em especial a
Castrolanda, vem ajudando o Brasília ser um dos
grandes produtores mundiais. Mas queremos ser
o primeiro não só em produção de commodities,
mas também em fazer valor agregado. Colher
o cereal e transformá-lo em proteína, leite e
derivados é o que a Castrolanda tem feito de
melhor. Vir aqui prestigiar um evento como esse,
que mostra tecnologia, inovação, é um privilégio
inclusive para que o parlamentar conheça o
que está acontecendo no agronegócio hoje.
Para poder colocar as suas idéias em ordem e
transformá-las em ações dentro do Congresso
Nacional”.
.........................................................................................................................
Sérgio Souza,
Senador da República
.........................................................................................................................
Acompanhamos toda evolução do Agroleite desde
seu início e já recebemos oito vezes o Troféu
Agroleite no segmento de Máquinas de Ração Total.
Hoje é uma feira consolidada, que deu certo, e que
teve um processo evolutivo muito bom, tanto físico
quanto de negócios e de novas tecnologias. A feira
tem evoluído a cada ano e todos ganham com isso,
produtores e fornecedores. Para nós o Agroleite
tem sido também um veículo institucional, de
troca de contatos, de conhecimentos, de troca de
tecnologias. A Casale completa 50 anos em 2014
produzindo vagões misturadores e soluções para a
pecuária com linhas de colhedores de forragem e
de espalhadores de esterco”.
.........................................................................................................................
Carlos Augusto Ruschel
Casale / Supervisor de Vendas
............................................................................................................................
Eu trabalho há 12 anos numa fazenda que produz
4.900 litros de leite por dia com gado Simental,
Simlandês e Jersey), faz lavoura, tem gado de corte,
reflorestamento, e há 6 anos venho no Agroleite.
Quando comecei não era assim. A cada ano a feira
vem evoluindo mais e está ficando cada vez melhor.
O Parque cresceu muito, o número de pessoas
que visita também é maior, e sempre aparece
muito maquinário diferente. Para mim tudo isso é
importante porque aqui a gente aprende bastante em
palestras e com gente que vem de fora”.
............................................................................................................................
Edivaldo Machado
Santa Andrea Agropecuária / Peão
.........................................................................................................................
Aqui nós temos a possibilidade de conhecer as novas tecnologias que a informática e a cadeia do leite
disponibilizam, maior contato com produtores, e
com isso aumenta nossa chance de conseguir bons
estágios futuramente. A gente também começa a
ter um contato maior, escolhendo e direcionando
dentro do curso a área em que quer trabalhar (bovinos de leite, de corte, ovinos).
A gente busca aliar o conhecimento a rotina do
dia-a-dia, associando a teoria a prática. Cooperativa e produtores tem sido bons colaboradores na
nossa formação. E o Agroleite representa uma boa
oportunidade de ganhar conhecimentos, de crescer
profissionalmente. Só temos a agradecer por isto”.
.........................................................................................................................
Patrícia Gomes e Renan Gustavo
Estagiários de Zootecnica/UEPG/em trabalho de Apoio
........................................................................................................................
Depois de ter estado no Agroleite como visitante
em três edições, neste ano pela primeira vez fui
convidado a fazer uma palestra. E destaco este evento
como muito importante por diversos aspectos. Como
as novidades que apresenta, as oportunidades que
abre para o negócio leite, o ambiente de debate que
cria, os fóruns bem focados que instigam a superar
desafios na atividade leiteira, o encontro de pessoas
que proporciona. Mas o mais importante de tudo,
me parece, é a grande oportunidade que o Agroleite
oferece de contato entre as pessoas e os diversos
segmentos da cadeia do leite”.
............................................................................................................................
Sydnei Baroni
Palestrante convidado /Emater-PR
.........................................................................................................................
O Agroleite é a única feira em que investimos
porque se trata de um espelho para produtores
de todas as partes do país que vem buscar aqui o
que aplicar na sua região. Trata-se de uma vitrine
importante para a empresa que se completa com
Castro como centro de capacitação e treinamento
para nossa equipe, porque aqui facilmente
podemos visitar fazendas de alta produtividade. A
BouMatic é uma empresa de origem americana
fundada em 1939, ingressou no Brasil em 2011, e
Castro ganhou a sede da filial brasileira por contar
com uma bacia leiteira altamente tecnificada”.
.........................................................................................................................
Luiz Cutolo
BouMatic / Diretor Geral
............................................................................................................................
Há oito anos atrás nós estávamos com 20 mil pessoas
passando pelo Agroleite. Hoje estamos com mais de
50 mil pessoas visitando a Feira. Ano a ano ela cresce, e
essa parceria com a Castrolanda é boa para todo mundo. Daqui a cinco ou seis anos isso aqui vai ser uma
coisa fabulosa. Cada ano que passa a gente vem crescendo junto, vendendo mais. Eu produzo 12 a 15 ton/
ano, mas chego a vender 40 toneladas de mel por ano.
Tenho que pegar de outros produtores de Castro e não
consigo atender toda demanda. A vitrine do Agroleite é
importante para mim, porque aqui se recebe pessoas do
Brasil inteiro, da Argentina, Paraguai, Estados Unidos e
outros países. Isso aqui é uma vitrine para o mundo”.
............................................................................................................................
Edilberto Kluczkowski
Apicultor/Agricultura Familiar
11
Agroleite
12
Parabéns ao vencedor da
Campeã Suprema
Parada das Campeãs
DIAMANTINA ROCA GOLDWYN TOCHA TE EX - 93
Expositor/Criador: DIRCEU ANTONIO OSMARINI
GRANDE CAMPEÃ DA RAÇA PARDO-SUÍÇA
>> SPB ESPERANÇA PEDRA MORRONE
Expositor/Criador: Silvio Ciampaglia
GRANDE CAMPEÃ DA RAÇA SIMLANDÊS
>> EPP O 451 JANUS
Expositor/Criador: Manfred & Denis EPP
GRANDE CAMPEÃ DA RAÇA SIMENTAL
DEVASSA SANTA ANDRÉA
Expositor: Wagner Bonetti
Criador: Santa Andréa
GRANDE CAMPEÃ DA RAÇA JERSEY
>> DANUBIA JADE KAREN DA CAPELA NOVA
Expositor/Criador: Fazenda Capela Nova
GRANDE CAMPEÃ DA RAÇA HOLANDESA V&B
>> KLAAS AALTJE 1073 MB - 86
Expositor/Criador: Klaas Salomons
GRANDE CAMPEÃ DA RAÇA HOLANDESA P&B
>> DIAMANTINA ROCA GOLDWYN TOCHA TE EX - 93
Expositor/Criador: Dirceu Antonio Osmarini
Agroleite
Campeã Vaca do Futuro
RAÇA HOLANDESA V&B
>> CONSTENTATION BRILHANTE
Expositor/Criador: Alessandro H. Dekkers e/ou Marisa Caus Dekkers
CAMPEÃ FÊMEA JOVEM DA RAÇA SIMENTAL
>> LOS OUSADIA HUPSOL
Expositor/Criador: ALBERTO/JOYCE LOS
CAMPEÃ FÊMEA JOVEM DA RAÇA JERSEY
>> JOEELE 1082 GETAWAY DA MAYA
Expositor/Criador: Cabanha Da Maya Pap
CAMPEÃ FÊMEA JOVEM DA RAÇA HOLANDESA V&B
>> CONSTENTATION BRILHANTE
Expositor/Criador: Alessandro H. Dekkers e/ou Marisa Caus Dekkers
CAMPEÃ FÊMEA JOVEM DA RAÇA HOLANDESA P&B
>> HORIZONTE CAROL 829 S DURHAM
Expositor/Criador: JAN JOHANNES DE BOER E/OU FERNANDO R. DE
BOER
2012
Rag Poesia Bond 382
Expositor: Jan Johannes de Boer
GRANDE CAMPEÃ NOVILHA DA RAÇA PARDO-SUÍÇA
>> SJ JOLLY WONDERMENT FIV TE
Expositor/Criador: Marcio Campos de São José
CAMPEÃ FÊMEA JOVEM DA RAÇA SIMLANDÊS
>> OB 2113 DA SANTA ANDRÉA
Expositor/Criador: Santa Andréa
13
Agroleite
14
MULHERES EM AÇÃO
Painel Mulher Cooperativista
aborda áreas de atuação da Castrolanda
Com o objetivo de apresentar os processos industriais da Castrolanda, gerentes da Cooperativa participaram na
quarta-feira (14 de agosto) do Painel
Mulher Cooperativista.
O evento reuniu cerca de 140 participantes e de uma forma dinâmica e
ilustrativa os gerentes Ivonei Durigon,
Everson Lugarezi e o coordenador de
comercialização do leite Rogério Wolf
apresentaram as unidades e as perspectivas de negócios bem como a distribuição dos produtos.
Durigon, gerente da Unidade Industrial
Carnes avaliou a participação de extrema importância para saber mais sobre
o Programa Mulher Cooperativista Castrolanda, pela interação com o grupo e
pela oportunidade de apresentar o Projeto da Unidade Industrial de Carnes.
“Acredito que esta informação se multiplicará através das participantes e no
futuro poderemos contar com este pú-
blico na divulgação positiva tanto para
o aspecto comercial, quanto para o incentivo a comunidade para que as pessoas da região se motivem trabalhar
nesta Indústria, especialmente porque
teremos uma demanda muito significativa de pessoas”, ressalta o gerente.
Em relação a apresentação do Projeto
Industrial de Carnes ele acredita que
um dos fatores de sucesso é que seja
compartilhado com os públicos interno
e externo das Cooperativas. “É importante que ele se origine e que todos
tomem conhecimento do mesmo. A importância que a Mulher Cooperativista
possui junto a Empresa e na comunidade de Castro e região é muito grande e
com certeza eu percebi das participantes que possuem interesse em saber
mais a respeito do projeto que tem uma
grande importância no investimento,
geração de empregos e resultado para
a cadeia produtiva da suinocultura e
para as Três Cooperativas. Sou grato
pelo convite e oportunidade deixo o
convite para que no futuro possamos
fazer uma visita na Unidade e tenho
convicção que poderão contribuir para
um início de uma nova indústria promissora a todos”. O convite do gerente
atende o apontamento de várias participantes do Painel, entre elas Larissa
Sepanski que também saiu satisfeita
com a apresentação da operação conjunta das cooperativas. “As mulheres
também poderiam conhecer essas
Unidades numa visita técnica dirigida”,
aponta ela.
Christa Bouwman valorizou a programação “As palestras foram instrutivas”.
O Painel Mulher Cooperativista é realizado anualmente durante a semana do
Agroleite. O evento teve início em 2011
quando a programação contemplou visitas nos principais pontos de exposição da feira.
Foco na qualidade
e visão de compra do produto
.................................................................................
Acredito que esta informação se multiplicará
através das participantes e no futuro poderemos contar com este
público na divulgação
positiva tanto para o
aspecto comercial,
quanto para o incentivo
a comunidade para que
as pessoas da região se
motivem trabalhar nesta Indústria, especialmente porque teremos
uma demanda muito
significativa de pessoas”
......................................................................................
Ivonei Durigon
Gerente de Negócios
Unidade Industrial de Carnes
Especialista dá dicas
de como comprar
carnes. Acompanhe:
:: Procure por carnes frescas que
tem de ter cores claras e lembre-se que o vermelho das carnes
tem de ser um vermelho vivo;
:: Observe lugares que não tem
odor, o que tem cheiro é a sujeira
e não a carne;
Bárbara Tostes
:: Atenção para as embalagens
a vácuo – elas devem estar sem
furos e sem excesso de líquidos;
As integrantes do Programa de Desenvolvimento de Líderes (PDL) feminino
participaram da Vitrine da Carne, realizada na terça-feira (13 de agosto)
na casa da Vila Holandesa no Parque
durante o Agroleite 2013. Com foco na
qualidade e visão de compra para o
produto carne o especialista em cortes
Marcelo Bolinha, do Rio Grande do Sul
veio a Castro para apresentar as diferentes formas de cortes de carnes de
bovinos, suínos e ovinos.
Quando saí de Porto Alegre a primeira
vez para ir ao Paraná não sabia a qualidade que viria aqui. Assim chegando
e fazendo vários projetos de consultoria
e vendo ao vivo a qualidade de várias
regiões e projetos de carnes de quali-
dade lá encontrados fiquei realmente
espantado. Castro tem um cordeiro que
está entre os melhores do Brasil”, disse
o especialista.
Pensando em orientar a consumidora
ao comprar o produto no supermercado, Bolinha, especialista em cortes destacou alguns pontos fundamentais na
compra.
Para as participantes as instruções e
a dinâmica do curso foi atrativa. "Par-
ticipar de um evento assim só tem a
acrescentar, as dicas e as instruções
que recebemos com certeza serão válidas, vemos o quanto se pode comer
uma carne bem se soubermos escolher
o corte certo. Foi um prazer poder ter
participado de mais esta oportunidade
e valorizarmos os nossos produtos”,
disse Aline de Boer.
Para Beth Rolim a experiência foi única. “Achei maravilhoso participar da
Vitrine da Carne, filmei o cordeiro e o
bovino não consegui filmar, senti de
não ter dado tempo do suíno. Eu adoro lidar com carne, cozinhar é comigo
mesmo, então aproveitei muito, e se
tiver oportunidade quero participar
novamente, e conversando com o meu
marido e mostrando o meu interesse e
sabendo que ele também gosta quem
sabe programar uma nova oportunidade, incluindo os maridos”, avalia Beth
Rolim.
O evento foi específico para este grupo como forma de incentivo e agradecimento pela participação no PDL e
também assim como o Painel Mulher
Cooperativista como forma de integração das Mulheres Cooperativistas no
Agroleite.
Aline de Boer e Beth Rolim
15
A marca que mais
valoriza o
leite, premiada
por quem
mais conhece.
Sulinox
Vencedora do
Troféu Agroleite
2013
A Sulinox conquistou um dos prêmios mais relevantes
do setor na categoria equipamentos de ordenha e
refrigeração - Agroleite 2013.
Tornou-se a primeira empresa 100% nacional escolhida
pelos produtores e formadores de opinião, afirmando
seu prestígio e preferência.
Obrigado aos produtores, parceiros e colaboradores. É
um grande incentivo para buscarmos cada vez mais a
excelência dos nossos equipamentos e serviços.
facebook.com/sulinox
twitter.com/sulinox
SOLUÇÃO EM RESFRIAMENTO
REVENDA AUTORIZADA SULINOX
42.3231.5065
(51) 3044.9000 | www.sulinox.com | sulinox@sulinox.com
16
Agroleite
Castrolanda revela
vencedores do
Troféu Agroleite
Conheça os premiados na noite de festa do
E
m grande festa no Memorial da
Imigração Holandesa, na noite de
14 de agosto, mais de 400 pessoas acompanharam a cerimônia do
Oscar do Leite, o Troféu Agroleite 2013.
As indicações foram feitas na internet,
através do site oficial do Agroleite. Foram premiadas 16 diferentes categorias ligadas ao setor leiteiro. Genética,
Nutrição, Medicamentos, Forragens,
Sementes, Equipamentos de Ordenha e
Refrigeração, Máquinas Agrícolas, Prestador de Serviços Agrícolas, Técnico do
Ano, Agente Financeiro, Associação de
Produtor, Produtor de Leite do Ano, Laticínio, Embalagens, Mídia Impressa e
Mídia Digital.
AUDITORIA – A organização do evento
dispõe de um sistema de segurança rigoroso que garante a confiabilidade do
prêmio e continuamente supervisiona a
legitimidade do processo de votação e
da apuração através da área de auditoria interna da Castrolanda, realizadora
do Prêmio.
TROFÉU – O Troféu Agroleite é o mais
importante e cobiçado troféu do setor
leiteiro. A cerimônia é vista por diversas
autoridades, personalidades do agronegócio brasileiro, presidente, diretores, profissionais das empresas nacionais e multinacionais participantes do
Agroleite.
2013
Oscar do Leite
Frans Borg, presidente da Castrolanda fez a
entrega para a categoria Genética - Semex
O objetivo do prêmio é homenagear os maiores e melhores destaques deste segmento como forma de reconhecimento e valorização da contribuição de cada um em
todas as etapas de produção, desde as atividades desenvolvidas da porteira para
dentro, até aquelas voltadas ao consumidor final.
Marco Prado, diretor de operações da Castrolanda
fez a entrega para a categoria Nutrição - Nutron
Negócios Agrícola
17
Richard Borg, diretor secretário da Castrolanda fez a entrega para
a categoria Equipamentos de Ordenha e Refrigeração - Sulinox
José Carlos Rodrigues, gerente corporativo da Castrolanda fez a entrega
para a categoria Prestador de Serviços Agrícolas - Cia da Silagem
Willem Berend Bouwman, vice presidente da Castrolanda
fez a entrega para a categoria Forragens - Leffers
Edmilton Aguiar Lemos, Superintendente de Operações
Lácteas - Castrolanda/Frísia fez a entrega para a categoria
Associação de Produtor - APCBRH
Popke Ferdinand van der Vinne, diretor industrial da Castrolanda
fez a entrega para a categoria Agente Financeiro - Sicredi
Márcio Copacheski, gerente de negócio agrícola da Castrolanda
fez a entrega para a categoria Sementes - Pioneer
3
Jan Ate de Jager, diretor da Castrolanda fez a entrega
para a categoria Máquinas Agrícolas - New Holland
Mauro César de Faria, gerente de negócios carne da Castrolanda fez
a entrega para a categoria Técnico do Ano - Huibert Janssen
Lucas Rabbers, coordenador do comitê pecuária da
Castrolanda fez a entrega para a categoria Produtor de Leite
do Ano - Armando Rabbers
Reinaldo Cardoso, prefeito de Castro fez a entrega
para a categoria Embalagens - Tetra Pak
Henrique Costales Junqueira, gerente de negócios leite da Castrolanda
fez a entrega para a categoria Mídia Impressa - Revista Inforleite
Roberto Borg, membro do comitê pecuária da Castrolanda fez
a entrega para a categoria Medicamentos - Bayer
Sandro Aurélio Hey, membro do comitê pecuária da Castrolanda
fez a entrega para a categoria Laticínios - DPA Nestlé
Ronald Rabbers, membro do comitê pecuária da Castrolanda
fez a entrega para a categoria Mídia Digital - Milk Point
Agroleite
18
FUNDAÇÃO ABC
Cooperado Castrolanda
vence concurso de Silagem
:: Por Silvio Bonawitz
Antônio Carlos Iglesias Canha foi o
grande vencedor da quinta edição do
concurso de silagem, promovido pela
Fundação Abc, em parceria com empresas de híbridos de milho. Entre 114
amostras inscritas, a do associado da
Castrolanda é que melhor se classificou. Como prêmio, ganhou uma viagem
para Córdoba, na Argentina, com todas
as despesas pagas. Lá vai visitar a principal feira de pecuária de leite, do país
vizinho: a Mercoláctea. A viagem será
em maio do ano que vem.
Canha ainda levou para o alto do pódio
o prestador de serviços Canizio Maus,
pela colheita, a empresa Pioneer, pelo
híbrido, e os técnicos José Veríssimo
Silveira e Augusto Alfred Meierjurgen,
que além de troféus, ganharam tablets.
A premiação ocorreu durante o Agroleite, no último dia da feira. Mais de 200
pesssoas, entre associados e técnicos
das cooperativas, representantes de
empresas e da Fundação ABC estiveram no fim da tarde de sexta-feira, dia
16, no Centro de Eventos (Pessutão)
para acompanhar a entrega da premiação. Entre as 10 melhores silagens,
seis eram de associados da Castrolanda e quatro, da Batavo.
De acordo com Igor Quirrenbach de
Carvalho, coordenador de Forragicultura na Fundação ABC e organizador
do concurso, a qualidade das silagens
desse ano ficou semelhante à dos anos
anteriores. O que considera bom, em
virtude do excesso de chuvas que ocorreram no período de ensilagem e do
aumento de produção de massa que
vem ocorrendo nos últimos anos. “Ou
seja, se produzirmos mais massa com
a mesma qualidade, vamos ter maior
produção de leite/hectare”, completou.
No quadro abaixo, você pode conferir a
avaliação das dez melhores.
Antônio Carlos Iglesias Canha
5° Concurso de Silagem de Milho da Fundação ABC
Melhores Silagens - Top 10 - 2013
Produtor
Cooperativa
Município
Técnico Pecuária
Técnico Lavoura
Prestador Serviços
Máquina
Inoculante
Híbrido
1
Antonio Carlos Iglesias Canha
Castrolanda
Castro
Augusto Alfred Meierjurgen
José Veríssimo F. Silveira
Canízio Maus
Maral
Sim
P 32R22H
2
Diego Dijkstra
Batavo
Carambeí
Sandro Dallarmi
Adriano Madureira
Própria
JF
Não
P 32R22H
3
Sibila Catarina Moers Bonawitz
Batavo
Castro
Michael Warkentin
Cirlene Waceliko
Marcos Bonawitz
JF
Não
P 30R50H
4
Reinder Jacobi
Batavo
Carambeí
Sandro Dallarmi
Renata Elizabeth H. Buhrer
Renato Vriesman
New Holland
Não
P 32R22H
5
Gustaaf Timmermans Filho
Batavo
Carambeí
Sandro Dallarmi
Renata Elizabeth H. Buhrer
Dirk van Vliet
Adaptada
Não
P 32R22H
6
Leo Paulo Barth
Castrolanda
Castro
Huibert Pieter Janssen
Rafael Milléo
Cia da Silagem
Krone
Não
P 32R22H
7
Valmir Bronoski
Castrolanda
Curiúva
Danilo Eduardo Moreira
Edenilson G. Miguel
Própria
JF
Não
P 30F53H
Altamir de Jesus de Oliveira Batista Castrolanda
Castro
Junio Fabiano dos Santos
Marcelo Just
Henricus Sleutjes
New Holland
Não
P 32R22H
9
Rozalina Rogoski
Castrolanda
Castro
Junio Fabiano dos Santos
Roberto Simão de Carli
Própria
JF
Não
AG 8025PRO
10
Everaldo Menezes Garcia
Castrolanda
Castro
Ivo Rodrigues dos Santos
Roberto Simão de Carli
Garcia Silagem
John Deere
Sim
P 32R22H
Produtor
MS
%
PB
%
FDA
%
FDN
%
NDT
%
Amido
%
pH
Antonio Carlos Iglesias Canha
31
8
18
38
75
38
3,7
8
1
2
Diego Dijkstra
33
8
22
40
73
34
3,9
Peneira 1 Peneira 2 Peneira 3 Peneira 4
%
%
%
%
5
7
71
54
24
37
0
1
VRN
%
DIVMS
%
182
168
DIVFDN
%
Nota
76
49
90,01
71
57
85,81
3
Sibila Catarina Moers Bonawitz
37
8
19
40
74
40
3,9
3
61
35
1
173
70
54
85,51
4
Reinder Jacobi
33
9
21
38
73
34
3,7
4
78
18
0
179
73
49
84,75
5
Gustaaf Timmermans Filho
34
6
20
44
74
37
3,7
7
66
25
2
155
73
56
84,68
170
71
52
83,07
6
Leo Paulo Barth
35
9
21
40
73
39
3,7
2
78
19
1
7
Valmir Bronoski
33
6
21
43
73
39
3,8
6
71
22
0
157
83,07
Altamir de Jesus de Oliveira Batista
33
7
20
41
74
39
3,8
12
58
28
2
164
73
71
57
8
54
82,66
9
Rozalina Rogoski
36
8
21
38
73
40
4,2
4
59
36
1
179
70
47
82,64
163
71
56
82,56
10
Everaldo Menezes Garcia
34
8
21
41
73
Média Top 10
34
8
20
40
Média Geral
32
7
24
45
5
68
25
2
3,8
5
66
27
1
169
72
53
84,47
3,8
6
70
23
1
145
68
52
69,10
34
3,9
74
37
71
33
Agroleite
19
Representante do José Veríssimo F. Silveira
Augusto Alfred Meierjurgen
PRÓXIMA
EDIÇÃO
O 6º Concurso de Silagem
já está com as inscrições
abertas. Serão aceitas
amostras até o dia 13 de
junho de 2014.
O produtor deve preencher a
ficha de inscrição e entregar
no departamento de Pecuária
da sua cooperativa ou na sede
da Fundação ABC. A coleta das
amostras será realizada pelos
técnicos da área de pecuária
das cooperativas. Mais informações e a ficha de inscrição está
disponíveis na internet, no site:
www.fundacaoabc.com.br/forragicultura.
A premiação vai mudar, para melhor!
O primeiro colocado vai ganhar
uma viagem técnica para os Estados Unidos. O segundo lugar,
uma TV LED de 40 polegadas e
o terceiro, um parelho de DVD,
com tecnologia blue ray. A premiação será no Agroleite 2014.
Sérgio Sfredo
DIA DE CAMPO
Primeira edição do ForraTec
superou expectativas
:: Por Silvio Bonawitz
No dia 07 de agosto, o setor de Forragicultura, com o apoio da Cooperativa
Castrolanda, realizou o 1º ForraTec.
Uma manhã de campo realizada exclusivamente para associados das cooperativas mantenedoras e contribuintes
da Fundação ABC.
Como explicou Igor Quirrenbach de Carvalho, coordenador de Forragicultura, o
evento já era realizado dentro da programação do Agroleite há nove anos.
Porém, a participação dos associados
era pequena, visto que muitos estavam
ocupados com a feira. “E pelo visto
acertamos! Tivemos 153 inscrições, o
que é um número muito bom comparado a outros dias de campo que realizamos”, completou.
A comprovação veio da opinião do agropecuarista Hans Jan Groenwold, que
elogiou a atitude de realizar uma edição fora da feira. “Eu sempre fico muito
ocupado com o julgamento dos animais
e nunca pude estar presente. Foi uma
ideia muito boa fazer um dia exclusivo
para os associados”, disse ele.
20
Corporativo
EVENTO
Programa SGI é
lançado na Sipat
O Programa de Sistema de Gestão Integrada (SGI) foi lançado oficialmente
no encerramento da Sipat 2013. Mais
de 250 colaboradores participaram do
evento que tem como objetivo conscientizar a importância de se trabalhar
com segurança.
“Demos início a um novo ciclo na Castrolanda, mais uma passo em direção
a aplicação das melhores técnicas de
gestão”, disse Marco Antonio Prado, diretor de operações.
O Programa prevê um modelo de gestão que combina processos, procedimentos e práticas utilizadas na Cooperativa para implementar as políticas de
gestão de forma mais eficiente.
Na apresentação do Programa Jonathan Souza, analista técnico da Qualidade apontou as tendências de mercado, o comportamento dos novos
clientes e as exigências futuras. “Precisamos nos adaptar constantemente devido as crescentes demandas
do mercado e a Castrolanda, como
uma Cooperativa inovadora e visionária, deve buscar novas alternativas para agregar valor aos produtos
de seus Cooperados e consequentemente sustentar este forte crescimento que vem apresentando,
especialmente nos últimos anos.
O trabalho de implantação do programa teve início nas áreas de negócios Agrícola, Carnes e Leite. Os
primeiros treinamentos, reuniões
com a consultoria, mapeamentos
de processos e adequações/elaboração de procedimentos, que são as
etapas iniciais do SGI, estão sendo
conduzidos, é o momento de parar-
mos e revermos como executamos
hoje nossas atividades, em seguida
analisarmos aquilo que fazemos e
por fim, padronizarmos e propormos melhorias, novas formas de
trabalho em busca de melhores
resultados, redução de perdas e
produtividade, sem acidentes, com
qualidade e os olhos atentos ao
meio ambiente".
SIPAT 2013 – A Semana Interna de
Prevenção de Acidentes de Trabalho
foi realizada no período de 23 a 25
de julho no Memorial da Imigração
Holandesa. A semana tem como objetivo conscientizar os colaboradores da
prevenção de acidentes de trabalho. O
tema desta edição foi Atitude – é o que
você precisa ter.
O SGI - reúne os requisitos para atender as seguintes normas internacionalmente reconhecidas:
•ISO 9001 – Sistema de Gestão
da Qualidade: globalmente mais de
350.000 companhias usam a ISO 9001
para ajuda-los a dirigir a sua organização, ela sugere que a aplicação e a gestão de um sistema de processos seja
uma forma efetiva de garantir uma boa
gestão da qualidade com eficiência de
processos;
•ISO 14001 – Sistema de Gestão Ambiental: a norma que reconhece empresas preocupadas tanto com a sua lucratividade quanto com o meio ambiente,
possui uma estrutura desenvolvida de
forma que a organização possa, consistentemente, controlar seus impactos
significativos e melhorar continuamente suas operações e negócios;
•OHSA 18001 – Sistema de Gestão
da Segurança e Saúde Ocupacional: a
certificação neste sistema demonstra
a responsabilidade para com seus funcionários, clientes, partes interessadas
e com a sociedade, assegurando que
sua organização faz tudo o que estiver
em seu poder para reduzir os riscos à
saúde e segurança.
Cooperativa encerra este mês
inscrições do concurso fotográfico
Castrolanda e o uso de tecnologias na produção” é o tema escolhido.
Estão abertas as inscrições
para o 4º Concurso Fotográfico da Cooperativa que
terá como tema “Castrolanda e o uso de tecnologias
na produção”. O objetivo é
explorar o reconhecimento
que a região tem sobre o
uso de modernas tecnologias na produção agrícola e
pecuária e mostrar através
de fotos o dia a dia do produtor no campo, na sala de
ordenha, durante o plantio,
colheita, produção, reprodução e todos os aspectos
que colocam a região de
atuação da Cooperativa em
foco.
PARTICIPANTES - A participação no
concurso é gratuita e aberta para todos
os cooperados da Castrolanda. Serão
escolhidas 5 fotos vencedoras que melhor se ajustem aos critérios do concurso, levando em consideração sua qualidade técnica e artística. A participação
implica a cessão por parte dos participantes a favor da Cooperativa dos direitos de reprodução, uso, distribuição,
comunicação pública e transformação
sobre as obras fotográficas, que poderão aparecer em impressos, folhetos,
web site e outros editados pela Cooperativa, sempre descritos a autoria.
ENVIO DAS OBRAS - Cada participante poderá enviar um máximo de três
fotos. Cada uma delas com no mínimo
de 3MB.
A fotografia deverá ser apresentada com um título, um
breve resumo do que mostra, tendo que indicar a data
e local onde foi tirada. As fotos
deverão ser enviadas para o setor de
comunicação da Cooperativa através
do email comunicacao@castrolanda.
coop.br . As fotos vencedoras podem
fazer parte do calendário 2014 da Cooperativa.
PRAZOS - O prazo de recebimento
das fotografias será até o dia 30 de setembro de 2013.
SELEÇÃO - Das obras recebidas o júri
selecionará as obras finalistas que serão publicadas no Castrolanda Notícias
e serão exibidas no site da Castrolanda.
A organização do concurso reserva-se o
direito de exibir as obras não finalistas
na seção do banco de imagens do site.
PRÊMIOS - Os autores das fotografias vencedoras serão premiados com
vale compras na Grife Castrolanda.
21
®Marcas registradas de The Dow Chemical Company ou companhias afiliadas.
O CONTROLE
DA BUVA ESTÁ
EM SUAS MÃOS
Spider® 840 WG: o melhor controle
por muito mais tempo
• Longo período de residual para controle da Buva
• Elimina totalmente a matocompetição inicial
• Reduz uma aplicação de glifosato
• Melhor ferramenta para o manejo de resistência
• Reduz o banco de sementes de Buva
• Facilita o processo de dessecação no plantio da soja
• Sem restrição para plantio de milho safrinha posterior
0800 772 2492 | www.dowagro.com.br
Soluções para um Mundo em Crescimento
Corporativo
MEIO AMBIENTE
Coleta Responsável
de Resíduos de Saúde Veterinária
:: Por Patrícia Caron
No ano passado a Castrolanda deu início ao Programa “Coleta Responsável
de Resíduos de Saúde Veterinária”. Tal
iniciativa conta com apoio especial das
áreas de Meio Ambiente, Suinocultura,
Bovinocultura e Loja Agropecuária em
parceria com a empresa Atitude Ambiental. A adesão dos cooperados tem
sido expressiva, e aproveitamos o momento para agradecer a todos, em vista de que já estamos na 3ª coleta, ou
seja mais de 30.000 kg de resíduos de
saúde veterinária tiveram destinação
ambientalmente correta.
O programa
“Coleta Responsável de Resíduos de
Saúde Veterinária” é muito importante, em vista de que a disposição destes resíduos de forma inadequada na
propriedade pode gerar multa de R$
500,00 a R$ 2.000.000,00 e ainda o
responsável poderá responder nas esferas administrativa, civil e criminal.
O objetivo deste programa é criar condições aos nossos cooperados de fazer
a destinação ambientalmente correta
dos seus resíduos de saúde veterinária.
Por que devemos fazer a coleta
desses materiais?
Além de evitar multa administrativa,
e ações na esfera civil e criminal. Segundo o Conselho Nacional de Meio
Ambiente - CONAMA estes resíduos
estão enquadrados como resíduos
perigosos e devem ser tratados com
a devida atenção. A disposição inadequada oferece risco de contaminação
de resíduos infecciosos de forma direta
ou indiretamente por carreamento/infiltração tanto para os seres humanos
como também em ambientes aquáticos afetando ictiofauna. Outro aspecto
também muito relevante é quanto à
Divulgação
22
saúde do ser humano, tendo em vista
que o tratamento feito na água em que
bebemos não trata residual de medicamento.
Como o produtor deve proceder
•Separar o material por classe – Biológico, Químico, Perfurocortante e acondicionar corretamente nas bombonas;
•Enviar somente Resíduos de saúde
Animal ;
•Guardar documentação fornecida
pela empresa Atitude, para apresentação aos órgãos oficiais;
•Respeitar e cumprir o cronograma de
recolhimento;
•Comunicar eventualidades que ocorram durante o processo.
Tipos de resíduos Coletados.
•Grupo A - Risco Biológico os quais deverão ser colocados dentro dos sacos
brancos ( pode ser os de supermercado) todo material contaminado com:
sangue, mucosas e secreções. Acondicionamento deve ser feito em local Fora
do alcance de crianças e animais, ao
abrigo do “tempo” e de preferência próximo ao local de descarte.
•Grupo B - Risco Químico resíduo de
saúde / saneantes, ou seja, resíduos
contendo substâncias químicas que podem apresentar risco à saúde pública
ou ao meio ambiente como: inflamabilidade; corrosividade; reatividade e
toxicidade e deverão ser colocados diretamente na bombona alguns exemplos
são: frascos de medicamentos, frascos
de Vacina e embalagens de desinfetantes.
•Grupo E - Perfurocortante - Todo o material perfurocortante deverá ser colocado em recipiente resistente a ruptura
e puncturas. Sugestão: Utilizar galões
de desinfetantes que depois serão descartados dentro da bombona.
Não podem ser colocados nestas bombonas outros resíduos tais como: lâmpadas, pilhas, baterias, resíduos domésticos, sacos plásticos de outra cor
que não o branco e resíduos recicláveis.
Pois estes resíduos tem destinação diversa aos de saúde.
Negócios Agrícola
Standak Top agora é multiculturas.
®
Uma lavoura turbinada começa pela semente.
Sulinox
Aplique somente as doses recomendadas. Descarte corretamente as embalagens e
restos de produtos. Incluir outros métodos de controle dentro do programa do Manejo
Integrado de Pragas (MIP) quando disponíveis e apropriados. Uso exclusivamente
agrícola. Restrição temporária no Estado do Paraná para algodão, amendoim, cevada,
feijão, milho, sorgo e trigo. Registro MAPA nº 01209.
0800 0192 500
www.agro.basf.com.br
23
24
Download

N o t í c i a s