AS INTERFACES DA METÁFORA NO CONTEXTO EDUCACIONAL
Cleise Aparecida de Souza*
cleise@institutodecomunicacao.com.br
Palavras-chave: Mapeamento cerebral, Metáfora, Educação, Aprendizagem
Resumo
Este trabalho apresenta a metáfora como uma operação cognitiva indispensável
no ensino-aprendizagem. Lakoff and Johnson (1980) mencionam que o sistema
conceptual do homem é metafórico, e Lakoff (1987) afirma que o pensamento é
corporificado e se desenvolve através da percepção, do movimento, e da experiência
física. Elucidamos em primeiro lugar, a metáfora como instrumento de descoberta do
perfil psicológico do ser humano, aprendizagem e resolução de problemas, por
entendermos que o cérebro humano processa informações e saberes através da
analogia presente no pensamento, raciocínio e nas expressões verbais.O sistema
cerebral está mapeado para responder aos acontecimentos importantes do mundo
interior e exterior do homem e a mente abriga os saberes conscientes e inconscientes.
A aprendizagem é a habilidade de discernir e interagir diferentes percepções de
uma mesma situação, de modo a construir o maior número de possibilidades para agir
nessa situação. Por mais flexibilidade que o indivíduo tenha, existem estilos individuais
de aprendizagem que implicam o trabalho referencial de determinadas zonas cerebrais
ou de uma combinação delas.
Nos primórdios da humanidade, as metáforas sempre estiveram presentes nos
contos, adágios e parábolas e eram recursos utilizados para ensinar aos mais jovens as
tradições, cultura e crença dos seus antepassados.Hoje, o conceito de metáforas,
baseado nas vivências de Milton Erickson, ZEIG (1985) adotado pela Neurolingüística,
pode ser “ferramenta” indispensável na educação, pois distrai a mente consciente e
ativa a procura inconsciente de significados e recursos, que apenas o inconsciente pode
perceber e utilizar em diversos níveis.
* Mestranda em Letras pela UNINCOR- Universidade Vale do Rio Verde de Três Corações-MG,licenciada em
Letras pela UFV-MG, pós graduada em Língua Portuguesa e Psicologia Educacional pela PUC-MINAS,
Professora do CEFET-MG, Coordenadora Pedagógica da Rede Pitágoras de Ensino e Diretora do Instituto
de Comunicação.
Download

AS INTERFACES DA METÁFORA NO - cefet