Centro de Referência Especializado
para a população em Situação de Rua
Centro Pop João Dorvalino Borba
Oferta de serviço especializado para
pessoas que utilizam a rua como espaço
de moradia e/ou sobrevivência.
“Objetiva assegurar acompanhamento especializado com
atividades direcionadas para o desenvolvimento de sociabilidades,
resgate, fortalecimento ou construção de novos vínculos interpessoais
e/ou familiares, tendo em vista a construção de novos projetos e
trajetórias de vida, que viabilizem o processo gradativo de saída da
situação de rua”.
Orientações Técnicas: Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua
– Centro Pop / SUAS e população de Rua -Volume III. Brasília, 2011.
Rua Visconde de Guarapuava, 2674 - Centro
Telefones: 3224-1784/3222-6878
e-mail: centropopjdborba@fas.curitiba.pr.gov.br
HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO


De segunda a sexta: das 7h15min às 20h00min ou até o
término das refeições
Sábados, domingos e feriados das: 8h00min às
20h00min
PÚBLICO ATENDIDO:
O Centro Pop João Dorvalino Borba atende a
população adulta de Curitiba, de ambos os sexos, em
situação de rua. Em casos de identificação de migrante é
realizada orientação quanto os serviços ofertados pela
Casa da Acolhida e Regresso – CAR.
FORMAS DE ACESSO:
- Busca espontânea
- Encaminhamentos realizados pelo Serviço Especializado
em Abordagem Social, ou outros serviços, programas ou
projetos da rede socioassistencial, das demais políticas
públicas setoriais ou órgãos de defesa de direitos.
EQUIPE FAS






•
Coordenador (Formação em Serviço Social)
Apoio técnico (Formação em Psicologia)
Técnicos: 1 assistente social , 1 psicólogo.
Educadores sociais: 12 profissionais (6 manhã/6 tarde)
Auxiliares administrativos: 3 profissionais
Artífice: 1 profissional
Centro Pop Boqueirão: 1 assistente social
1 educadora
EQUIPE TERCEIRIZADAS



Alimentação Risotolândia: 1 profissional
Tecnolimp: (4 profissionais em escala 12x36)
Limpeza Tecnolimp: 4 profissionais em escala
12x36 e 3 profissionais em escala diária de 8 h
Instrutores de oficinas: 7 profissionais
SECRETARIA MUNICIPAL DE DEFESA
SOCIAL
Guardas Municipais: 4 profissionais em escala de
12x36
ONG’S E VOLUNTÁRIOS








Mãos que Apoiam/Casa do Peregrino (jantar)
Ordem Franciscana/Amigos do Botânico (jantar)
ABASC (jantar e oficina)
ABBA (jantar)
Federação Espírita (jantar)
Congregação Vicentina (jantar)
Profissional de Gastronomia – Oficina de Culinária
(Du Cheff)
Artesão – Oficina de Artesanato (Reciclagem)
OFERTA DE SERVIÇO ESPECIALIZADO
PARA PESSOAS EM SITUAÇÃO DE RUA


Alimentação: Café da manhã (08h00min), almoço
(11h30min), Café da tarde (15h30min) (confeccionado
por profissionais de empresa terceirizada com produtos
adquiridos pela FAS); e Jantar (a partir das 18h00min
organizado e ofertado por – ONGs parceiras).
Higiene: Pessoal e de roupas (com oferta de banhos,
escova e pasta dental, desodorante, sabonete, aparelho
de barbear descartável, toalhas de banho e sabão para
lavagem das roupas). Ofertados no período da manhã e
da tarde antes do início das atividades.
OFERTA DE SERVIÇO ESPECIALIZADO
PARA PESSOAS EM SITUAÇÃO DE RUA



Guarda de pertences: vinculada a participação nas atividades
diárias e permanência do usuário no Centro Pop João Dorvalino
Borba.
Inclusão no Cadastro Único para Programas Sociais.
Oficinas e atividades coletivas de convívio e socialização:
artesanato, expressão musical, violão, canto, cidadania, breaking,
educomunicação, artes visuais, legislação, atividade esportiva,
fotografia, culinária, leitura, jogos e atividades culturais (efetivadas
por educadores sociais e instrutores de empresa conveniada com a
Fundação de ação Social). Início no período da manhã às
09h30min e a tarde às 14h00min.
OFERTA DE SERVIÇO ESPECIALIZADO
PARA PESSOAS EM SITUAÇÃO DE RUA




Curso: Inclusão digital
Grupo de sensibilização: “Fala coração” (desenvolvida pela
ONG (ABASC) para envio de usuários do serviço para
comunidade terapêutica);
Grupo de inclusão produtiva: do programa “Vitrine Social” da
Diretoria de Geração de Trabalho e Renda, que objetiva
desenvolver em grupo características empreendedoras e ofertar de
cursos direcionados à aprendizagem de serigrafia com
possibilidade de comercialização nas feiras artesanais de Curitiba;
Educação de Jovens e Adultos: atividade em parceria com o
Programa Hora do EJA - SME
OFERTA DE SERVIÇO ESPECIALIZADO
PARA PESSOAS EM SITUAÇÃO DE RUA
ACOMPANHAMENTO TÉCNICO ESPECIALIZADO INDIVIDUAL:
- Acolhida, entrevista inicial (escuta qualificada), diagnóstico e
levantamento de demandas, pactuação do plano individualizado de
intervenção (planejamento de ações e encaminhamentos para
viabilizar a superação da condição de rua), orientações pontuais.
- Encaminhamentos diversos: (documentação civil, cursos
profissionalizantes, tratamentos especializados de saúde em hospitais,
clínicas e comunidades terapêuticas, unidades de acolhimento e
convivência, inclusão na Rede Solidária para a pessoa em situação de
rua, CREAS, CRAS).

OFERTA DE SERVIÇO ESPECIALIZADO
PARA PESSOAS EM SITUAÇÃO DE RUA
ACOMPANHAMENTO TÉCNICO ESPECIALIZADO INDIVIDUAL:
- Articulação e viabilização do acesso a outras Políticas Públicas,
equipamentos e serviços socioassistenciais.
- Contatos com familiares e sensibilização para o resgate de vínculos
que favoreçam o retorno familiar.
- Visita domiciliar e institucional (em casos de retorno familiar, saída
de serviço de acolhimento para pensão ou residência e
encaminhamentos para acolhimento e/ou tratamento especializado de
saúde).
- Monitoramento das ações pactuadas com o usuário no plano de
intervenção individualizado, encaminhamentos e demais intervenções.

OFERTA DE SERVIÇO ESPECIALIZADO
PARA PESSOAS EM SITUAÇÃO DE RUA

ACOMPANHAMENTO TÉCNICO ESPECIALIZADO:
- Grupos:
- Reunião de acolhida: Ocorre quinzenalmente e objetiva ofertar
acolhimento de novos usuários do serviço com orientação a respeito
do funcionamento do Centro Pop João Dorvalino Borba.
- Grupos de reflexão: “Projeto Vida”, “Time da Vida”
“Planejamento e Mudança”, com diferentes temáticas que objetivam
favorecer a promoção à superação da situação de rua. Em 2012 os
grupos abordaram a construção do projeto de vida e a superação de
problemas.
AÇÕES COM A EQUIPE

“Cuidando do cuidador”: focou com o grupo de educadores sociais
reflexões acerca

“Grupos reflexivos”: reuniões temáticas com a equipe objetivando a
reflexão acerca do papel profissional, funcionamento da equipe,
estudo sobre o público alvo e os diferentes fatores da realidade da
pessoa em situação de rua;
ATENDIMENTOS EM 2012




22 pessoas encaminhadas para tratamento da
dependência química,
43 para cursos profissionalizantes,
64 foram inseridos no mercado de trabalho (formal
e informal),
50 cadastros únicos de usuários (CADÚnico). Ref.
Dez/2012 – 23 recebem o benefício Bolsa Família
ATENDIMENTOS EM 2012


Através da Rede Solidária do Morador de Rua,
atualmente 08 usuários são beneficiados com o
cartão do Armazém da Família/Secretaria
Municipal do Abastecimento/acompanhamento.
Foram inscritos 16 usuários para o Projeto Minha
Casa Minha Vida em parceria com a Companhia de
Habitação de Curitiba/COHAB.
AVANÇOS

Rede Solidária: Rede formada por participantes governamentais e
Não-Governamentais em reuniões mensais que acompanham
produtos pactuados no Plano de Governo. (COHAB vulnertabilidade, SMAB – subsidio alimentar, GM (abordagem
social).

Comitê Interssetorial de Acompanhamento e Monitoramento da
Política Nacional da Pessoa em Situação de Rua em Curitiba
(CIAMP) – Decreto nº 1226 – 22/08/2012. Orgão consultivo,
propositivo e de Assessoramento sobre a Implementação da
Política Nacional.
Procotolo das unidades de atendimento à pessoa em situação de
rua.

SALA DE ARTESANATO,
SERIGRAFIA E ACOLHIDA
BIBLIOTECA
REFEITÓRIO
GUARDA DE PERTENCES
“Todo amanhã se cria num ontem, através de um hoje.
Temos que saber o que fomos, para saber o que seremos”
Paulo Freire
Cynthia Etsuko Takahashi de Lima
Gisele Cristina dos Santos Brito
Fone: 3224-1784
E-mail: centropopjdborba@fas.curitiba.pr.gov.br
Download

Centro Pop João Dorvalino Borba