Dependência Química: o que todo médico precisa saber
Dependência Química:
o que todo médico precisa saber
Abordagem geral do usuário de substâncias psicoativas:
como fazer uma entrevista inicial?
Dr. Daniel Sócrates
Abordagem Geral do Usuário de Substâncias
 O uso nocivo e a dependência de substâncias psicoativas são pouco
pouco abordadas durante a formação médica
 São pouco diagnosticadas
 Boa parte dos dependentes químicos entram em contato com o sistema
de saúde devido a complicações decorrentes do seu consumo.
 O médico generalista é o seu primeiro contato com a rede de
atendimento
O médico generalista é peça fundamental para o
estabelecimento do diagnóstico precoce e para a motivação
destes indivíduos a buscar ajuda especializada.
Abordagem Geral do Usuário de Substâncias
Uma boa avaliação inicial é decisiva para o engajamento do
paciente e pode desencadear o processo de mudança muito
antes da sua conclusão.
Abordagem Geral do Usuário de Substâncias
Objetivos da avaliação inicial:
 Tratamento de qualquer emergência ou problema agudo.
 Elaboração de um diagnóstico precoce acerca do consumo de drogas.
 Identificação de complicações clínicas, sociais ou psíquicas.
 Investigação de comorbidades psiquiátricas.
 Motivação do indivíduo para a mudança.
 Estabelecimento de um vínculo empático com o paciente.
 Determinar o nível de atenção especializada de que o paciente
necessitará.
Abordagem Geral do Usuário de Substâncias
 A avaliação inicial começa por uma anamnese clínica geral.
 Em seguida, uma anamnese mais específica, mesmo que breve, deve
investigar o consumo de álcool e drogas.
Questões essenciais para a investigação do consumo de álcool e drogas:
O último episódio de consumo (tempo de abstinência)
A quantidade de substância consumida
A via de administração escolhida
O ambiente do consumo (na rua, no trabalho, com amigos, com desconhecidos...)
A freqüência do consumo nos últimos meses
Abordagem Geral do Usuário de Substâncias
Alguns sinais e sintomas podem indicar a presença de complicações do consumo
Sinalizadores de problemas decorrentes do uso de álcool e drogas:
 Faltas freqüentes no trabalho e na escola
 História de trauma e acidente freqüentes
 Depressão
 Ansiedade
 Hipertensão arterial
 Disfunção sexual
 Distúrbio do sono
Abordagem Geral do Usuário de Substâncias
Após a anamese geral e específica, processa-se o exame físico.
Deve-se observar alguns sinais mais comuns do uso de álcool e drogas
Sinais físicos sugestivos do uso de álcool e drogas:









Tremor leve
Aumento do fígado
Irritação nasal (sugestivo de inalação de cocaína)
Hiperemia conjuntival (sugestivo de uso de maconha)
Pressão arterial lábil (sugestivo de síndrome de abstinência de álcool)
Taquicardia e/ou arritmia cardíaca
Odor de álcool
Odor de maconha nas roupas
“Síndrome da higiene bucal” (mascarando o odor de álcool)
Abordagem Geral do Usuário de Substâncias
A entrevista inicial deve ser diretiva, mas sem
deixar de ser acolhedora, empática, clara,
simples, breve e flexível.
Abordagem Geral do Usuário de Substâncias
O que fazer
• Investigar o uso de álcool e drogas em seus pacientes
• Avaliar os problemas relacionados com o uso
• Orientar aqueles que apresentem uso problemático de álcool e
drogas
• Orientar a família do paciente e convidá-la a participar do
tratamento.
• Demonstrar interesse
• Chamar à reflexão
Abordagem Geral do Usuário de Substâncias
O que fazer

Remover Barreiras

Oferecer opções de escolha

Praticar a Empatia

Dar feedback

Clarificar objetivos

Ajuda ativa

Aconselhar
Abordagem Geral do Usuário de Substâncias
Aconselhar não é dizer o que deve ser feito.
A mudança é do indivíduo.
Abordagem Geral do Usuário de Substâncias
O que não fazer

Confrontar o cliente diante de uma negação

Assumir o papel de “expert”

Categorizar o cliente

Não levar-se em conta o ritmo e as necessidades do cliente

Discutir de quem é a culpa
Abordagem Geral do Usuário de Substâncias
Caso o médico generalista não se sinta apto a intervir, ele
deve motivar o paciente a procurar ajuda especializada,
realizando o encaminhamento.
Uma boa avaliação inicial é essencial para a continuidade
do tratamento.
Abordagem Geral do Usuário de Substâncias
OBRIGADO
http://www.projetodiretrizes.org.br/projeto_diretrizes/001.pdf
danielsocrates@yahoo.com.br
Download

Abordagem geral do usuário de substâncias psicoativas