ESTUDO DE CASO:
RAIVA
Este estudo de caso foi desenvolvido pela RED SPVET. Colômbia. L.C.
Villamil, N. Cediel: e-mail: redspvet@yahoo.com.ar
O caso
Em 18 de agosto, Elena recebeu de presente um cachorro
com 7 meses de idade.
Um mês depois, Elena foi mordida na mão esquerda.
No dia seguinte, numa festa de família, o
animal se tornou agressivo, mordeu 11 crianças e 4
Adultos. Além disso, o cão mordeu, novamente, Elena no
lado direito do abdome.
O pequeno povoado onde isso aconteceu está
bastante retirado da zona urbana, constitui-se de 35
casas e 210 habitantes, clima quente, deficientes vias de
acesso e escassa infra-estrutura sanitária.
Se você fosse o médico veterinário do
local e o informassem da situação,
como atuaria?
 Lembre-se que a lesão pela agressão animal
(Acidente rábico), SEMPRE é uma urgência
médica.
 Você deve comunicar-se com os médicos e
oferecer toda a cooperação
Qual seria o procedimento mais
urgente?
 O primeiro procedimento a ser
considerado no caso de Elena deve ser
a limpeza da ferida seguindo um
protocolo específico.
Explique, em palavras simples, o
protocolo mencionado.
Evolução do caso
 Elena apresentou febre, inapetência,
angustia, mal estar geral e dor no lado
direito do abdome; foi atendida em
vários hospitais, mas nenhum suspeitou
de raiva.
 Morreu no dia 16 de novembro. Por
pedido da mãe e diante da ausência de
diagnóstico, enviaram-se amostras de
cérebro e cerebelo para o Instituto
Nacional de Saúde, na capital.
Você acredita que foi efetuado o
procedimento correto com Elena?
 Se não está de acordo, explique sua resposta.
 Leve em conta:
Fatores a serem avaliados e possíveis intervenções
 Tratamento inicial da ferida
 Estabelecer a espécie e contatos do animal que mordeu.
 Circunstâncias do acidente
 Estado de vacinação do animal que mordeu
 Estado de vacinação da pessoa mordida
 Gravidade das lesões.
 Condições epidemiológicas do local
 Estado clínico do animal agressor.
 Confirmação do diagnóstico.
Elena poderia ter se salvado, se tivesse
sido aplicado o seguinte protocolo:
 Esta agressão deve receber
ATENÇÃO IMEDIATA






Limpeza e Desinfecção da ferida
Não suturar
Água abundante no local
Repetir 3 vezes o procedimento
Procedimento com duração de 15
minutos
Sabão; álcool iodado; H2O2.
Que outras falhas se apresentaram
neste caso?
 Revise as medidas de biossegurança do
profissional de saúde, necessárias para a
atenção de acidentes rábicos
 Discuta as ações de cooperação
intersetorial entre os médicos e os
veterinários neste caso e as ações de
campo na saúde animal.
Não esquecer que….
 A raiva não tem tratamento
 A base da prevenção da raiva em humanos é
a prevenção, o controle e a adequada
atenção da enfermidade nos animais.
O que aconteceu com o cão doente?
 Por meio da investigação epidemiológica realizada,
supõe-se que o animal tinha sido mordido por dois
cães que passaram pela calçada.
 Em 19 de setembro, um dia depois de morder
Elena, o cão apresentou alteração no
comportamento, agressividade, dificuldade para
deglutir, anorexia, latido rouco, quadro que
progrediu até apresentar paralisia das patas
traseiras, sendo que permaneceu na casa até
morrer no dia 29 de setembro. O cadáver foi
abandonado num terreno cercado.
Como se intervém em um caso de
raiva canina?
 Discuta com seu tutor/professor, as
medidas a serem aplicadas com o cão
agressor e com os que ele teve contato.
 Explique como se controla um foco rábico.
A RAIVA É A ZOONOSE COM MAIOR LETALIDADE
A OPORTUNIDADE DA INTERVENÇÃO VETERINÁRIA
DEPENDE A VIDA DE QUEM FOI EXPOSTO A UMA
AGRESSÃO ANIMAL
Red SPVet
redspvet@yahoo.com.ar
http://redspvet.blogspot.com/
Download

Raiva Colômbia