Saúde e Segurança do Trabalho
Profa Alessandra Ap. Sanches
Tópico 1 do Plano de Ensino
 Segurança do Trabalho;
 Segurança em eletricidade;
 Proteção e combate a incêndios;
 Máquinas e equipamentos;
Segurança do trabalho
 Atua na Prevenção dos acidentes do trabalho.
Segurança em eletricidade
 Risco do choque elétrico.
 O choque acontece quando a corrente elétrica
passa pelo corpo, ou por parte do corpo, de uma
pessoa.
 NR - 10
Fatores que influenciam a gravidade
 • Percurso da corrente elétrica pelo corpo humano.
• Intensidade da corrente elétrica.
• Tipo da corrente elétrica (alternada ou contínua).
• Frequência da corrente elétrica.
• Tempo de duração do choque elétrico.
• Área de contato do choque elétrico.
• Pressão do contato.
• Espraiamento da corrente pelo corpo humano.
• Condições da pele do corpo humano: Seca; Úmida; Molhada; Imersa
• Constituição física do indivíduo.
• Estado de saúde do indivíduo.
• Presença de dispositivos auxiliares de vida como marca passos, próteses
metálicas etc.
Acidente de maior gravidade
 Ocorre quando o trabalhador fica preso ao circuito
elétrico.
Como agir em caso de choque elétrico
1. Desligue a chave ou corrente elétrica;
2. Não sendo possível desligar a energia, suba em algum
lugar isolante como: tapete de borracha ou pilha de
jornais secos;
3. Afaste a pessoa da instalação com um material isolante
e seco como: cabo de vassoura, jornal dobrado, cano
plástico ou corda.
4. Ligue imediatamente ao resgate.
Equipamentos de proteção individual
 Varas de manobras;
 Escadas;
 Detectores de tensão;
 Cintos de segurança;
 Capacetes;
 Luvas;
 Vestimentas adequadas;
 Vedado uso de adornor.
Varas de manobras
Detectores de tensão
Cintos de segurança
Proteção e combate a incêndio
 Envolve a prevenção e as técnicas de combate ao
fogo.
 NR - 20
Objetivos de Prevenção
 1) a garantia da segurança à vida das pessoas que se
encontrarem no interior de um edifício, quando da
ocorrência de um incêndio;
 2) a prevenção da conflagração e propagação do
incêndio, envolvendo todo o edifício;
 3) a proteção do conteúdo e a estrutura do edifício;
 4) minimizar os danos materiais de um incêndio.
Propagação do fogo
 1) combustível;
 2) oxigênio;
 3) calor;
 4) reação em cadeia.
Extinção do fogo
 Retirada do material não atingido;
 Resfriamento: remoção do calor;
 Abafamento: pequenos incêndios;
 Extinção química: os mais usados sódio e potássio.
Efeitos da fumaça
 1) diminuição da visibilidade devido à atenuação






luminosa do local;
2) lacrimejamento e irritações dos olhos;
3) modificação de atividade orgânica pela aceleração da
respiração e batidas cardíacas;
4) medo;
5) desorientação;
6) Intoxicação e asfixia;
7) vômitos e tosse.
Iluminação de emergência
 1) permitir a saída fácil e segura do público para o
 2) exterior, no caso de interrupção de alimentação
normal;
 3) garantir também a execução das manobras de
interesse da segurança e intervenção de socorro.
Tipos de iluminação
 A iluminação de balizamento – ilumina a rota de fuga
e indica o sentido.
Tipos de iluminação
 A iluminação de aclaramento - ilumina as rotas de
fuga.
Classe do fogo
Extintores de incêndio
Classe
Água
Espuma
Mecânica
Pó
químico
ABC
Pó
químico
BC
Gás
carbônico
A (madeira, papel
e tecidos)
Sim
Sim
Sim
não
Sim (com
ressalva)
B (galosina, álcool, Não
ceras e tintas)
Sim
Sim
Sim
Sim
C (equipamentos e Não
instalações
elétricas)
Não
Sim
Sim
Sim
Quantidade de extintores
 1) da área a ser protegida;
 2) das distâncias a serem percorridas para alcançar o
extintor;
 3) os riscos a proteger
Chuveiros automáticos
 1) quando a evacuação rápida e total do edifício é
impraticável e o combate ao incêndio é difícil;
 2) quando se deseja projetar edifícios com pavimentos com
grandes áreas sem compartimentação.
Finalidade do sistema de Espuma
 1) Separar combustível e comburente;
 2) Impedir e reduzir a liberação de vapores inflamáveis;
 3) Separar as chamas da superfície dos combustíveis;
 4) Esfriar o combustível e superfícies adjacentes.
Espuma não é eficaz
 1) fogo em gases;
 2) fogo em vazamento de líquidos sobre pressão;
 3) fogo em materiais que reagem com a água.
Brigada de incêndio
 1) Equipes destinadas a propiciar o abandono seguro do
edifício em caso de incêndio.
 2) Equipe destinada a propiciar o combate aos princípios
de incêndio na edificação.
Máquinas e equipamentos
 Procedimentos de segurança e principais proteções.
 NR - 12
Método de proteção de máquina
 Barreiras ou anteparos de proteção:
 Barreiras ou proteções físicas;
 Proteções interligadas;
 Proteção ajustável;
 Proteções auto ajustáveis.
Instalações e área de trabalho
 Distância mínima – 60 cm
 Distância máxima – 80 cm
Medidas gerais
 Equipamento que produz névoa - ventilação
 Equipamento que produz ruído excessivo – área isolada
 Manutenção – máquina parada
Máquinas e equipamentos especiais
 Motoserra;
 Cilindros de massa;
 Serra circular;
 Prensa ou similar.
Motoserra
 Dispositivos de segurança:
EPI do operador da motoserra
 Calça de motosserrista;
 Jaqueta;
 Capacete;
 Protetor auricular;
 Protetor facial;
 Óculos (de preferência viseira);
 Luva;
 Perneira;
 Calçado de segurança.
Cilindro de massa
Dispositivos de segurança do cilindro
 Extremidades da mesa baixa;
 Proteção fixa nas laterais ;
 Chapa de fechamento entre o rolete e o cilindro;
 Dispositivo que impeça a inversão das fases;
 Sistema e parada instântanea de emergência;
 Indicador visual para regular abertura.
Serra circular
Dispositivos de segurança da serra
 Mesa estável;
 Disco afiado e travado;
 Transmissão e força protegidas;
 Coifa protetora do disco;
 Botão liga/ desliga em fácil acesso;
 Piso adequado.
EPI do operador da serra circular
 Luvas
 Óculos de segurança;
 Protetor auricular.
Prensa ou similar
 Prensa mecânica excêntrica de engate:
 Prensa mecânica excêntrica com freio;
 Prensa hidráulica;
SIMILARES
- Martelos de queda;
- Máquina de compactação;
- Martelo pneumáticos;
- Laminadoras;
- Dobradeira;
- Misturadores;
- Guilhotinas;
- Endiretaderas.
- Máquina de corte;
Dispositivos de proteção
 Proteção em todas as partes móveis;
 Proteção fixa integral impede o acesso as mãos – salva





mãos;
Acionamento por pedais, somente para o operador;
Comando bimanual de acionamento;
Cortina de luz;
Tapete de segurança;
Dispositivo de parada de emergência.
Contato da professora
 E-mail: aapsanches@yahoo.com.br
Download

Saúde e Segurança do Trabalho