A Paz do Senhor!
Estamos no 2º trimestre de 2015 e o tema da
revista é Moisés, o legislador de Israel, tendo
o Pastor Belchior Martins da Costa,
Presidente da Assembleia de Deus em Barueri
– Jardim Belval (SP), como comentarista.
Sinta-se livre para incluir textos, figuras,
animações e outros elementos a esta
apresentação.
Se houver necessidade, fique à vontade
para alterar os textos aqui apresentados,
porém, sem fugir do conteúdo da revista,
que é a base desta apresentação.
Muito Importante!
Peça ao Espírito Santo para fazer a diferença
em sua aula!
Ore, leia a Bíblia, consulte sua revista e
estude a lição. Lembre-se também que uma
boa consulta a outras obras fidedignas
enriquece o conhecimento.
Ao final da lição complete os exercícios
propostos no PIL (Programa de Incentivo
à Leitura) e fique preparado(a)!
Tenha uma boa aula e uma boa semana!
Dúvidas, sugestões?
Entre em contato conosco:
comercial@editorabetel.com.br
Curta nossa página e acompanhe nossas
novidades:
facebook.com/EditoraBetel
“Aquele que leva a preciosa
semente, andando e chorando,
voltará, sem dúvida, com alegria,
trazendo consigo os seus molhos”
Salmos 126.6
Aula Expositiva
“Os últimos conselhos de um
grande líder”
Lição 10
07 de Junho de 2015
Texto Áureo
“E não sede conformados com este
mundo, mas sede transformados pela
renovação do vosso entendimento, para
que seja a boa, agradável, e perfeita
vontade de Deus.”
Rm 12.2
Verdade Aplicada
Não haverá nada que mude ao nosso
redor, se antes não houver uma
transformação em nosso interior.
Objetivos da Lição
1. Conduzir os alunos a observar os erros e acertos
de cada geração;
2. Ensinar que nada se altera à nossa volta se não
houver dentro de nós uma mudança;
3. Deixar claro que o deserto é uma escola que
todos nós precisamos passar por ela.
Textos de Referência
Dt 8.1-4
Introdução
Moisés reúne o povo e relembra os fracassos da
geração passada, ensina a nova geração a não
cometer os erros de seus pais e revela-lhes os
propósitos de Deus durante os longos quarenta
anos de caminhada errante pelo deserto.
1. Quarenta anos de caminhada
errante
Moisés apresenta um cuidado muito especial
em sua transição ministerial (Dt 8). Sua
preocupação é que o povo não repita os
erros do passado e, para isso, insere
conselhos maravilhosos para suas vidas.
Comente
1.1 Observar o caminho
1.2 Guardar o mandamento
1.3 Guiados por Deus através do deserto
2. Quarenta anos de humilhações
Moisés inicia suas últimas palavras falando
sobre a observação do caminho. Em seguida,
começa a enfocar as lembranças que aquele
caminho proporcionou. Ele lembra das
provações, das necessidades e das
humilhações que já viveram e faz essa
dissertação na intenção de que todos tenham
a leitura correta do que evitar.
Comente
2.1 Livres, vivendo como escravos
2.2 A humilhação tinha um propósito
2.3 Deixou ter fome, mas sustentou com
maná
3. Quarenta anos de milagres
incontestáveis
O deserto é um período que todo cristão
deve passar. Não é um lugar onde devemos
buscar sinais e maravilhas, e sim uma íntima
comunhão com Deus, que produzirá em nós
o caráter e a força do Senhor. Esse tempo de
aprendizagem poderá trazer grande
desconforto se não tivermos uma visão das
promessas de Deus.
Comente
3.1 Uma comida desconhecida de todos
3.2 Um mesmo figurino durante quarenta
anos
3.3 Aprendendo com os erros
Conclusão
Tudo o que é novo pode surpreender e a nova
terra estava cheia de perigos ao redor. As
instruções conduziam a nova geração a
aproximar- se de Deus, a temê-Lo e a obedecerlhe. Chegou o dia do cumprimento da promessa;
passou um ciclo, mas outro ciclo se iniciaria e
uma nova história seria escrita por aquela
geração.
Referências
Bíblia Sagrada – Concordância, Dicionário e Harpa Editora Betel
Revista Jovens e Adultos: Moisés, o legislador de
Israel, 2º Trimestre de 2015 – Editora Betel
Download

PAE | PPT - Editora Betel