Figura: Capa do Livro Russell, S., Norvig, P. Artificial Intelligence – A Modern Approach, Prentice-Hall.
Curso de Bacharelado em Sistemas de Informação e Ciências da
Computação
APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA
Prof. Ryan Ribeiro de Azevedo
ryanweb9@gmail.com
Carga Horária: 60 horas
Inteligência Artificial
O que é Inteligência Artificial ?
DSC/CCT/UFCG
Inteligência Artificial

Etimologicamente - Inteligência (Origem: Latim)
Inter (entre)
e
legere (escolher)
Aquilo que permite ao ser humano escolher entre
uma coisa e outra;
Habilidade de realizar, de forma eficiente,
uma determinada tarefa.
DSC/CCT/UFCG
Inteligência Artificial

Artificial (Origem: Latim)
Artificiale
Algo não natural, isto é, produzido pelo homem
DSC/CCT/UFCG
Inteligência Artificial
“Um tipo de inteligência produzida pelo homem
para dotar as máquinas de algum tipo de
habilidade que simula a inteligência do homem.”
DSC/CCT/UFCG
Inteligência Artificial
Algumas definições de IA:
DSC/CCT/UFCG

"O ramo da ciência da computação preocupada com
a automação de comportamento inteligente."
[LUGER & STUBBLEFIELD, 93]

"O estudo da computação que torna possível
perceber, raciocinar e agir." [WINSTON, 92]

"IA é a parte da ciência da computação voltada para
o desenvolvimento de sistemas de computadores
inteligentes, i.e. sistemas que exibem
características, as quais nós associamos com a
inteligência no comportamento humano - e.g.
compreensão da linguagem, aprendizado, raciocínio,
resolução de problemas, etc." [FEIGENBAUM, 81]
Inteligência Artificial
Algumas definições de IA:
DSC/CCT/UFCG

"É o campo de estudo que tenta explicar e emular o
comportamento inteligente em termos de processos
computacionais." [SCHALKOFF, 90]

"Inteligência artificial é o estudo das idéias que
permitem aos computadores serem inteligentes."
[WINSTON, 84]

"Inteligência Artificial é o estudo das faculdades
mentais através do uso de modelos
computacionais." [CHARNIAK & McDERMOTT, 85]
Inteligência Artificial
Algumas definições de IA:
DSC/CCT/UFCG

"A arte de criar máquinas que executam funções que
requerem inteligência quando executadas por
pessoas." [KURZWEIL,90]

"Inteligência artificial é o estudo de como fazer os
computadores realizarem coisas que, no momento,
as pessoas fazem melhor." [RICH, Elaine &
KNIGHT, Kevin, 93]

"[...] atividade que nós associamos com o pensar
humano, atividades tais como: tomada de decisão,
resolução de problemas, aprendizado[... ]."
[BELLMAN, 78]
Inteligência Artificial
Algumas definições de IA:
DSC/CCT/UFCG

"A inteligência artificial (IA) é simplesmente uma
maneira de fazer o computador pensar
inteligentemente." [LEVINE, 88]

“Pode ser definida como o ramo da Ciência da
Computação que se ocupa da automação do
comportamento inteligente.” [LUGER, 2004]
Inteligência Artificial

A Inteligência Artificial busca entender a mente
humana e imitar o seu comportamento [BOOSE, 94],
levantando questões tais como:






DSC/CCT/UFCG
Como ocorre o pensar?
Como o homem extrai o conhecimento do mundo?
Como a memória, os sentidos e a linguagem ajudam no
desenvolvimento da inteligência?
Como surgem as idéias?
Como a mente processa informações e tira conclusões decidindo
por uma coisa ao invés de outra?
Essas são algumas perguntas que a IA precisa
responder para simular o raciocínio humano e
implementar aspectos da inteligência.
Inteligência Artificial

A inteligência humana está aliada a sua
capacidade de interagir com o meio através de
habilidades cognitivas (sentidos) e conotativas
(ação), ou seja,



DSC/CCT/UFCG
se movimentar,
reconhecer sons (fala) e imagens,
se expressar, etc.
Inteligência Artificial

Existe um esforço, principalmente no campo da
robótica, no sentido de implementar “as máquinas
inteligentes”, para propiciar:


uma maior interação com o meio e
desenvolver padrões de inteligência envolvidos na
aquisição do conhecimento,
 reconhecimento,
 aprendizado, etc.

DSC/CCT/UFCG
Plano de Ensino







DSC/CCT/UFCG
Objetivos
Ementa
Conteúdo Programático
Metodologia, Técnicas de Ensino
Recursos Didáticos
Avaliação
Bibliografia
Objetivos
A disciplina busca possibilitar ao aluno:
DSC/CCT/UFCG

O entendimento de sistemas computacionais
dentro de uma perspectiva da Inteligência
Artificial;

A familiaridade com as metodologias e técnicas de
desenvolvimento de sistemas inteligentes.
Ementa
DSC/CCT/UFCG

Introdução à Inteligência Artificial. Conceito e tipos
de agentes inteligentes. Resolução de Problemas.
Representação do Conhecimento. Redes Neurais
Artificiais. Perceptron e Redes MLP.

Pré-requisitos:
Conteúdo Programático
DSC/CCT/UFCG

Unidade 1 - Introdução à Inteligência Artificial e Agentes
Inteligentes

Unidade 2 - Resolução de Problemas e Busca

Unidade 3 - Conhecimento e Raciocínio

Unidade 4 - Redes Neurais Artificiais

Unidade 5 - Aprendizado em RNAs

Unidade 6 - Redes Perceptron

Unidade 7 - Redes MLP

Unidade 8 - Tópicos Especiais
Metodologia, Técnicas de Ensino
DSC/CCT/UFCG

Aulas expositivas.

Atividades individuais e em grupo.
Recursos Didáticos
DSC/CCT/UFCG

Quadro branco;

Datashow;

Programas de Simulação de domínio público.
Avaliação
DSC/CCT/UFCG

Contínua - avaliações individuais e trabalhos em
laboratório;

Trabalhos interativos de pesquisa extra-classe individuais e em grupo;

Trabalhos de pesquisa em sala de aula individuais e em grupo.
Avaliação

Etapa 1



Etapa 2




3ª - Avaliação 10,0 (Unidades V, VI e VII)
3ª - Projeto: com plano de trabalho (Pré-Projeto I e II), seminário de
apresentação, demonstração, relatório, código fonte, documentação
e Artigo. 5,0
Projeto



DSC/CCT/UFCG
2ª - Avaliação 7,0 + Exercícios 3,0 (Unidades III e IV)
Pré Projeto II - 3,0
Etapa 3


1ª - Avaliação 5,0 + Exercícios 5,0 (Unidades I e II) –
Pré Projeto I - 2,0
Atividade obrigatória para a disciplina.
Haverá reposição apenas para os alunos que faltarem às
avaliações 1, 2, 3 ou 4. Não haverá substituição de menor nota.
O projeto será realizado em grupos de no máximo 4 e no mínimo 3
alunos, sendo atribuídas notas individuais para os projetos (em
função do desempenho individual de cada participante).
Avaliação (PROJETO)
DSC/CCT/UFCG
Avaliação (PROJETO)
DSC/CCT/UFCG
Avaliação (PROJETO)
DSC/CCT/UFCG
Avaliação (PROJETO)
DSC/CCT/UFCG
Avaliação (PROJETO)
DSC/CCT/UFCG
Bibliografia

Russell, S., Norvig, P. Artificial Intelligence – A
Modern Approach, Prentice-Hall, 2a Edição, 2003;

Russell, S., Norvig, P. Inteligência Artificial, Editora
Campus, 2004;
Braga, A. de P., Ludermir, T. B., Carvalho, A. C.
P. de L., Redes Neurais Artificiais – Teoria e
Aplicações – Editora LTC, 2000


DSC/CCT/UFCG
Luger, G. F., Inteligência Artificial - Estruturas e
Estratégias para a Solução de Problemas
Complexos, 4a Edição, Bookman, 2004;
Bibliografia
DSC/CCT/UFCG

Bratko, I., Logic Programming for Artificial
Intelligence, 2nd edition, Addison-Wesley, 1990;

Flach, P., Simply Logical – Intelligent Reasoning by
Example, John Wiley & Sons, 1994;

Rich, E., Knight, K. Inteligência Artificial, Makron,
1993;

Thayse, A. et alli., Approche Logique de l`Intelligence
Artificielle, Vols. 1, 2, 3 e 4, Dunod, 1990.

Fernandes, A. M. da R., Inteligência Artificial –
Noções Gerais, Visual Books, 2003.
Bittencourt, G., Inteligencia Artificial – Ferramentas e

Bibliografia

DSC/CCT/UFCG
Bittencourt, G., Inteligencia Artificial – Ferramentas e
Teorias, Editora de UFSC, 1998;
Inteligência Artificial I
“É mesmo possível se obter
inteligência num
computador, ou uma
entidade inteligente requer
a riqueza das sensações e
experiências que só podem
ser encontradas numa
existência biológica?”
DSC/CCT/UFCG
Download

Inteligência Artificial I