INOVAÇÃO TECNOLÓGICA &
SUSTENTABILIDADE: O FUTURO DA
CONSTRUÇÃO CIVIL
Eloy Fassi Casagrande Jr., PhD
Universidade Tecnológica Federal do Paraná - UTFPR
eloy.casagrande@gmail.br
68 SOEAA_CONFEA,
Florianópolis, Set 2011
Há somente 16% de terra biologicamente produtiva neste Planeta
REFUGIADOS AMBIENTAIS
Dentro de dois anos, segundo a ONU, aproximadamente 50
milhões de pessoas vão receber essa triste denominação devido
a problemas ambientais nas regiões onde vivem
Castigada pelo aquecimento global, a população
de Kiribati abandona o país que já foi o santuário
da natureza no Pacífico Sul
De paraíso turístico a destruição…
A água invade as casas e causa graves erosões,
as palmeiras caem, o lixo se espalha e o sal do
mar danifica o solo e a vegetação!
Grande consumo de
energia e emissão de CO2
+ resíduos
- reciclagem
Poluição
Alto custo
financeiro
Alta geração de resíduos
Grande consumo de
energia e água
Tavares e Lamberts, 2005
O CICLO DOS IMPACTOS AMBIENTAIS DA CONSTRUÇAO CIVIL TRADICIONAL
LEI CONAMA 307/ 2002
A LEI IGNORADA!
MADEIRA: O ÚN ICO MATERIAL RENOVÁVEL DA CONSTRUÇÃO CIVIL  FIXA CARBONO
Theodozio Stachera Junior, Avaliação de emissoes de CO2 na construção civil: um estudo de caso da habitação de
interesse social no Paraná, Universidade Tecnológica Federal do Paraná, 2006.
CONSTRUÇAO CONVENCIONAL INEFICIENTE: ENERGIA E CO2
A indústria do cimento responde por cerca
de 7% da emissão anual de CO2 .
Um pacote de cimento de 50kg pode
representar de 30 a 50 kg de CO2 emitido.
“Casa carbono popular”
Uma casa de interesse social da Cohapar de 40 m2 representa em média o
lançamento de 9.824,06Kg de CO2 na atmosfera devido ao material utilizado
(Stachera e Casagrande, 2005)
Síndrome dos Edifícios Doentes - (Sick Building Sindrome)
Estamos usando a tecnologia realmente
em prol do bem-estar de todos?
Emissões de COVs – Compostos
Orgânicos Voláteis associados a materiais a
base de petróleo (tintas, vernizes, solventes,
colas, etc)
CEMs – Campos Eletromagnéticos formados por fiação elétrica,
aparelhos eletro-eletrônicos, computadores, torres e redes de transmissão,
transformadores, antenas de celulares, etc Associados a leucemia infantil,
câncer, alzeimer, etc
Desconforto ambiental e qualidade do ar comprometida, pelo uso de
aquecimento artificial, falta de manutenção de aparelhos de ar condicionado.
“Sua Saúde e o Ambiente que Construímos - A Síndrome do Sapo Cozido”, Thomas Sauders,
Ed. Cultrix, 2002
MODELO: DESTRUIR PARA CONSTRUIR!
Dimensões da sustentabilidade na construção
Kohler, 2004.
Inovação Tecnológica é elemento gerador de mudanças.
Isto representa esperança, novidade, desafio para alguns
poucos e medo, risco, insegurança, perigo e instabilidade
para a maioria, principalmente, aos conservadores.
Para introdução de produtos
ou serviços novos
necessita-se ser criativo,
paradigmático,
experimentalista, sistêmico,
interdisciplinar, insatisfeito
e ousado por natureza
INOVAÇÃO TECNOLÓGICA SUSTENTÁVEL
PENSAR FORA DA CAIXA!
Será que é tão difícil se ter projeto ecoeficiente ?
Painéis solares
aquecer a água e
gerar energia
Telhados Verdes
Ventilação
Isolamento
Eficiente
Iluminação natural
Materiais de
baixo carbono
Eficiência
energética
Estudos da
luz solar
Coleta de água chuva
Sistemas de refrigeração
/ aquecimento eficientes
“Se à primeira vista a idéia não for absurda, não há esperança para
ela.” Albert Einstein
MUDANÇA DA CULTURA DESTRUTIVA PARA A CRIATIVA
ECOBRISA – Sistema de refrigeração evaporativa
Mais de 70% na economia de energia
Energia solar
Telhados verdes
Tecnologia para coletar
água da chuva
Materiais de base reciclada
FAZER MAIS COM MENOS: VIGAS I
Tintas de base mineral
MADEIRA CERTIFICADA
BIOMIMETISMO
Construção de cupinzeiro inspira arquitetura com maior conforto ambiental
Eastegate Centre em
Harere, Zimbabwe
Arq Mick Pearce
http://www.sandkings.co.uk/
Cupinzeiros mantém
a temperatura
interna controlada
em casos onde
a temperatura
externa pode ir
de 3 a 42 graus
Celsius
Loughborough University, UK
Sustentabilidade - INVESTE nas PESSOAS
HOTEL INN OF THE ANASAZI
Santa Fé, New Mexico




Transformou construção de
aço e vidro em construção de
estilo histórico de adobe.
Materiais de construção,
móveis, e objetos de arte
produzidos por artesões
locais e usando recursos da
região.
Objetos de higiene pessoal
feitos de ervas e produtos
produzidos e consumidos
pelas populações tradicionais
locais.
Os funcionários são treinados
para:
 resolver conflitos, e
 pagos para realizar
trabalhos dentro da
comunidade também.
Minimizando conflitos;
Proporcionando
oportunidades
e suporte aos
mais carentes.
Fonte: Motloch & Casagrande, 2004
Ecoteconologias - Condomínio Solar
Freiburg, Alemanha
Arquiteto Rolf Disch
Produz mais energia do que
os moradores consomem
Telhado: painéis fotovoltaicos
Construída com material de
baixo impacto ambiental e
paredes com até 40 cm de
isolamento térmico
http://www.rolfdisch.de/default.asp
BedZED - Zero (Fossil) Energy Development
O BedZED atinge taxas de redução de 88%
no aquecimento, 57% na utilização de água
quente e 25% no consumo de electricidade,
em relação à habitação média britânica.
Arq. Bill Dunster
http://www.zedfactory.com/
Beddington, UK
http://www.zedfactory.com/
Há cerca de 5000 casas-barcos em Amsterdã!
Agora elas se tornam mais modernas e uma
solução para o possível elevação do nível da
água na Holanda --- quase 30% do seu território
fica abaixo do nível do mar!
PRIMEIRA CASA CONSTRUÍDA NO CONCEITO DE
SUSTENTABILIDAD EM CURITIBA (2000)
Arquitetura bioclmática: Iluminação
natural e ventilação cruzada
70% de material de demolição
Placas de polieretano usadas
no isolamento térmico-acústico
CASA CONCEITO CUSTOU 30%
MAIS BARATO
Paredes duplas garantem
conforto térmico
49 dormentes
formam a
estrutura da
casa
EXPERIÊNCIA GEROU EMPRESA
www.ecostudio.com.br
Ecomoma:
sistema solar
para aquecer a
água e coleta
da água da
chuva
SEDE SUSTENTÁVEL DO ESCRITÓRIO VERDE UTFPR
A sede do Escritório Verde da UTFPR é uma edificação planejada dentro dos
princípios da arquitetura bio-climática, da construção de baixo carbono e da
acessibilidade.
CERTIFICAÇÃO AQUA – ALTA QUALIDADE AMBIENTAL NA CONSTRUÇÃO CIVIL
Numa parceria com Fundação Vanzolini, a sede do Escritório Verde, será a
primeira edificação no Paraná a receber a certificação AQUAEmpresa JUNIOR interdisciplinar será treinada nas tecnologias
ESCRITÓRIO VERDE UTFPR  m2 construído X CO2 reduzido
Primeiro projeto arquitetônico da UTFPR
dentro dos princípios da construção sustentável
Parceria com mais de 50 empresas
doadoras de tecnolgoia e materiais
Empresas EcoStudio –Soluções
Sustentáveis em Arquitetura e
Design e Tecverde Eng.
Construção em
madeira fixa
carbono
Construção a seco (wood-frame) modular
de 150 m2 sem gerar resíduos
Manta de PET
reciclado e pneu
reciclado para
Isolamento térmico
acústico
Telha shingle
Janela em
madeira Lyptus
Com vidro
duplo
Revestimento
externo
em PVC e
SmartSide
LP Brasil
Paredes feitas em 12 dias
Obra erguida em 5 dias
TECVERDE Eng.
Telhado Verde
Ecotelhado
Primeira edificação
Solar do Paraná
Conectada na rede
3000W _ Solar Energy
Kyocera
Coleta da água da chuva
Acquatech
Deck madeira
Plástica - Madeplast
Lâmpadas LEDs
Acessibilidade
Primeira edificação autônoma em energia do Paraná
também poderá alimentar uma bicicleta a célula de
hidrogênio e um carro elétrico autenticamente brasileiro
POMPEO - Projeto iniciado a partir
do professor Pompeu da UTFPR que
hoje é consultor para a empresa FIEL
que desenvolve o mesmo
Bicicleta
desenvolvida
por aluno de
mestrado da
UTFPR
MOBILIDADE SUSTENTÁVEL PARA
A COPA 2014
O protótipo testado pode ter uma
autonomia de até 200 km, e
necessita de apenas 1KW/h para
rodar 10 km a um custo de R$0,40,
totalizando R$0,04/km.
Projetos de alunos abordarão as
necessidades de finalizar e aprimorar
o protótipo
ESCRITORIO VERDE: JORNAL BOM DIA PARANÁ (TV GLOBO, Julho 2011)
Obrigado!
Prof. Eloy F. Casagrande Jr., PhD
eloy.casagrande@gmail.com
WWW.ESCRITORIOVERDEONLINE.COM.BR
Download

Inovação tecnológica & sustentabilidade