Diretoria-Executiva – DE
Economizar para Gastar Melhor
Sérgio da Costa Côrtes
Diretor-Executivo
Novembro de 2010
Programa de Melhoria da Qualidade do Gasto
O que é o
Programa de Melhoria da Qualidade do Gasto
PQMGasto?
É um programa, estruturado na
Diretoria-Executiva do IBGE, que pode ser
resumido como um
conjunto de ações visando
“Economizar para Gastar Melhor”
Programa de Melhoria da Qualidade do Gasto
 Objetivos
Criar uma “consciência corporativa” sobre a
importância da qualidade do gasto
Auxiliar a todos os gestores do IBGE na
implantação de procedimentos voltados para
avaliação da qualidade e redução dos gastos
Criar mecanismos de análise dos gastos
Dar transparências sobre os gastos
Institucionais
Programa de Melhoria da Qualidade do Gasto
 Objetivos (continuação)
Estabelecer metas viáveis de redução de
gastos
Gerar um ambiente institucional de discussão
sobre a qualidade do gasto
Premiar as áreas e as pessoas que
contribuem e atingem as metas do programa.
Programa de Melhoria da Qualidade do Gasto
Qual a composição
Programa de Melhoria da Qualidade do Gasto
PQMGasto?
Vários sistemas de informações e de
movimentos de conscientização das pessoas
que trabalharão integrados buscando atingir
aos objetivos do programa.
Programa de Melhoria da Qualidade do Gasto
 O PQMGasto é composto, inicialmente, pelos
seguintes módulos:
Sistema de Contratos Essenciais – SCE
Sistema de Caderneta de Despesas – SCD
Sistema de Acompanhamento do Programa –
SAP
Movimento de Sensibilização de Pessoal –
MSP – “Economizar para Gastar Melhor”
Programa de Melhoria da Qualidade do Gasto
Todos os sistemas e o movimento de
sensibilização estão sendo desenvolvidos de
forma que possam ser também ser utilizados
por outros órgãos da Administração Pública
Federal, sem nenhum custo adicional.
Programa de Melhoria da Qualidade do Gasto
 Sistema de Contratos Essenciais – SCE
O objetivo deste sistema é registrar e acompanhar
todos os contratos e despesas considerados
essenciais para o desenvolvimento das atividades e
dos projetos do órgão
Estes contratos, por serem compromissos assumidos
para um ou mais exercícios, devem ter suas
dotações orçamentárias definidas prioritariamente e
deverão, por períodos previamente determinados, ser
submetidos a reavaliações, visando o
acompanhamento e a manutenção de seus objetivos,
sempre visando a qualidade e buscando
oportunidades de redução em seus gastos.
Programa de Melhoria da Qualidade do Gasto
 Sistema de Contratos Essenciais – SCE
É recomendado que sejam constituídos grupos de
trabalhos que possam analisar os contratos, sugerir
melhorias, avaliar as ofertas de mercado, buscar
contratos com objetos semelhantes no governo
federal, sempre com a visão de qualidade e de
oportunidade de redução de seus gastos.
Destacam-se entre esses contratos os contratos de
energia elétrica, água e esgotamento sanitário, água
mineral, locação de imóveis, locação de
equipamentos de informática, locação e
licenciamento de softwares, comunicação de dados,
correios, taxas, etc.
Programa de Melhoria da Qualidade do Gasto
 Sistema de Caderneta de Despesas – SCD
O objetivo deste sistema é acompanhar um conjunto
de TEMAS, tipos de contratos e despesas
essenciais, que serão objetos para a criação da
“consciência corporativa” sobre a importância da
qualidade do gasto na instituição, sempre buscando
“Economizar para Gastar Melhor”
Neste sistema estaremos buscando o
desenvolvimento de ações para a redução de
gastos que envolvam as pessoas e busque o
compromisso de cada servidor com esta causa
Programa de Melhoria da Qualidade do Gasto
 Sistema de Caderneta de Despesas – SCD
Conteúdo do sistema
• Os temas selecionados para controle e
acompanhamento do gasto. Por exemplo, energia
elétrica, água, telefonia fixa e móvel, condomínios,
etc;
• As pessoas responsáveis pela condução dos
temas selecionados no IBGE e os responsáveis
pela condução desses temas nas Unidades
Organizacionais Físicas de Operação – UROGFO;
Programa de Melhoria da Qualidade do Gasto
 Sistema de Caderneta de Despesas – SCD
Conteúdo do sistema
• As metas a serem perseguidas por uma UORGFO
ou grupo de pessoas. Por exemplo, reduzir em 5%
o consumo de energia elétrica num prazo de 3
meses;
• As ações planejadas para o alcance das metas
estabelecidas e o acompanhamento dessas ações
durante a sua execução;
• As premiações e recompensas pelo atingimento
de suas metas pelas pessoas da UROGFO;
Programa de Melhoria da Qualidade do Gasto
A Caderneta de Despesa será o instrumento
que registrará, acompanhará o gasto dos
temas selecionados e possibilitará a geração
de um conjunto de indicadores sobre esses
temas.
A partir desses indicadores poderemos
implementar
“movimentos de sensibilização”
para o desenvolvimento da
“consciência corporativa”
sobre a importância da qualidade do gasto.
Programa de Melhoria da Qualidade do Gasto
 Sistema de Acompanhamento do Programa - SAP
Este sistema tem dois objetivos específicos:
1. Disponibilizar os resultados das ações
executadas pelas pessoas nas UORGFO para
redução dos gastos, apresentando os
resultados de cada UORGFO e os
indicadores comparativos entre as unidades
participantes do programa
2. Criar um ambiente de participação,
integração e de contribuição entre as
pessoas, visando o alcance das metas das
UORGFO
Programa de Melhoria da Qualidade do Gasto
 Sistema de Acompanhamento do Programa - SAP
Este sistema será composto por dois
módulos de software:
• Acompanhamento e Análise do Gasto – AAG
– Este módulo será desenvolvido no Sistema de
Acompanhamento e Gestão – SAG, utilizando todo o
potencial de análise e apresentação do SAG, e será
o responsável por implementar o objetivo número 1.
• Participação, Integração e Contribuição das
Pessoas – PICP
– Este módulo será desenvolvido no Portal da DE,
utilizando todo o potencial da Web 2.0 disponível
para intranet e internet, e será o responsável por
implementar o objetivo número 2.
Programa de Melhoria da Qualidade do Gasto
 Sistema de Acompanhamento do Programa – SAP
Será nestes dois ambientes que as pessoas poderão
conhecer seus resultados e vibrar com eles, avaliar
seus esforços e sacrifícios, conhecer pessoas, trocar
informações, contribuírem umas com as outras.
Também será nestes dois ambientes que estará
registrado o sucesso do programa. Todas as nossas
energias deverão estar canalizadas na utilização
desses dois ambientes pelas pessoas. Incentivá-las
na utilização desses ambientes será fundamental
para o sucesso do programa.
Programa de Melhoria da Qualidade do Gasto
 Movimentos de Sensibilização de Pessoal – MSP
Será nestes movimentos que buscaremos
convencer as pessoas a “Economizar para
Gastar Melhor”.
Através de campanhas de sensibilização das
pessoas, sejam estas campanhas
corporativas, regionais ou locais, buscaremos
sensibilizar as pessoas a se engajarem nas
ações do programa em cada UORGFO.
Programa de Melhoria da Qualidade do Gasto
 Movimentos de Sensibilização de Pessoal – MSP
Caberá a cada responsável pelo programa na
sua unidade trabalhar de forma integrada
com as pessoas para o sucesso do
programa.
Será nestes movimentos que poderemos
criar uma grande sinergia entre as pessoas,
de todas as áreas da unidade, sinergia esta
que será fundamental, também, para o
desenvolvimento de todas as atividades das
unidades.
Programa de Melhoria da Qualidade do Gasto
 Movimentos de Sensibilização de Pessoal – MSP
Instrumentos de mobilização
Programa de Melhoria da Qualidade do Gasto
 Organização do Programa em grupos de
trabalho (+- 5 pessoas)
Coordenação do Programa
Movimento de Sensibilização
Acompanhamento dos Temas
Contrato dos Correios
Planejamento/infra-estrutura
Programa de Melhoria da Qualidade do Gasto
 Conclusão
Programa de Melhoria da Qualidade do
Gasto – PMQGasto, aparentemente
ambicioso, mais consciente da sua
necessidade e importância para todos os
nossos órgãos.
Vale destacar que manter os gastos sob
controle absoluto e transparente para todos é
um dos pontos fortes de qualquer
administração
Programa de Melhoria da Qualidade do Gasto
 Conclusão
Outro ponto importante que este PMQGasto
busca criar um grande movimento de sinergia
entre as pessoas. Não podemos esquecer
que o nossos Órgãos só existe por causa das
pessoas e são elas que devem ter toda a
nossa atenção, cuidado, respeito e carinho.
O desafio neste momento é construir uma
estrutura que una as pessoas em torno desta
idéia para viabilizar este programa. Contamos
com todos.
Programa de Melhoria da Qualidade do Gasto
Obrigado pela oportunidade de
compartilhar o nosso trabalho com vocês
e aprender com as vossas experiências
Ernesto Dorneles Saraiva
Gerente de Projeto – UE-RS
ernesto.saraiva@ibge.gov.br
Sérgio da Costa Côrtes
Diretor-Executivo - IBGE
sergio.cortes@ibge.gov.br
Programa de Melhoria da Qualidade do Gasto
Acesso aos sistemas
www.sigestao.ibge.gov.br
Contratos e Despesas Essenciais
Caderneta de Despesas
www.sag.ibge.gov.br
Melhoria da Qualidade do Gasto - Caderneta de Despesas
Melhoria da Qualidade do Gasto - Contratos Essenciais
http://www.sigestao.ibge.gov.br/caderneta
Caderneta de Despesas para Órgãos externos
Programa de Melhoria da Qualidade do Gasto

Coordenação do Programa
Sérgio Côrtes - DE
Maria de Fátima - DE
Ernesto Dornelles Saraiva - UE/RS
Maria Aparecida de Almeida Valadares – UE/TO
Elpídio Dantas Gomes - UE /MG
Fabrício Martins Rodrigues (UE/RR)
Waldir Fortunato (CRM)

Movimento de Sensibilização
Luciano - UE/ES
Lauro - UE/SC
Washington - UE/MA
Xavier - DE/GAT2
Beth - UE/PR
Mauro - DE/CPS
Programa de Melhoria da Qualidade do Gasto

Acompanhamento dos Temas
Água - César UE/RJ
Luz - Rejane UE/PA
Aluguel - Luiz Esteves UE/SP
Condomínio - Márcia Arruda DE/GAT1
Telefone Local - André UE/RN
Telefone DDD - Marina UE/GO
Telefone Celular - Alexandre UE/AC

Contrato dos Correios
Waldir ou indicado - DE/CRM
Jecivan - UE/AM
Mario - UE/CE
Marcio - UE/MT
Adeilson - UE/SE
Eron - UE/RS
Programa de Melhoria da Qualidade do Gasto

Planejamento/infra-estrutura
Augusto – UE/AP
Anna Carolina – UE/DF
Victor – UE/MG
Elisabete – UE/PR
Leonardo – UE/PI
César – UE/RJ
Ernesto - UE/RS
Download

PMQGasto - Sergio Cortes