Na’amat Pioneiras comemora, neste ano de
2011, 90 anos da sua fundação em Israel. Somos o
maior movimento feminino organizado em Israel, e,
no Brasil, estamos presentes nas grandes capitais.
“Contribuir para o desenvolvimento e a
valorização da mulher e preservar as tradições e a
identidade judaico-sionista.” Essa é a nossa Missão,
que chaverot comprometidas e batalhadoras cumprem
todos os dias, engajadas nas causas sociais, lutando
para minimizar as injustiças e buscando elevar o status
da mulher na sociedade em geral.
Com muito orgulho, participamos dessa trajetória
de 90 anos, somos agentes de mudanças na Organização e
no mundo em que vivemos.
Antes ligada ao Avodá, com caráter político,
Na’amat tornou-se uma ONG há cinco anos. São muitas
mudanças, muitas histórias e muitas vivências, das quais
A Na’amat RS é uma organização feminina da comunidade
todas
nós, chaverot, fazemos parte.
judaica, preocupada em dar condições para elevar o status da mulher
Grande exemplo de “fazer parte” é o nosso 52º Bazar em
e também em ver nosso ishuv cada vez mais unido e atuante. Assim,
Porto
Alegre.
O tradicional evento anual é o resultado da união
nosso trabalho, em 2010 e 2011, tem contado, para a realização
de esforços, dedicação e carinho das chaverot. No Bazar, vemos o
conjunta de vários eventos, comemorações ou palestras, com
trabalho que a Organização realiza, nos deliciamos com a culinária
parcerias de diversas instituições, como Wizo, Colégio Israelita
apresentada, assistimos com prazer a shows de música e dança,
Brasileiro, Club Campestre Macabi, Hebraica-RS, Centro
participamos ativamente da preservação de nossa cultura e tradição
Israelita Porto-Alegrense e outras entidades com as quais
judaicas.
estamos estabelecendo contatos para tarefas futuras. Dentro de
A temática do Bazar deste ano apresenta um dos pontosnosso dinamismo e atuação, tivemos muitas atividades sociais,
chaves de todo o trabalho da Na’amat: a criança.
culturais, excursões, apresentações do Coral Zemer, palestras e
É através da educação, do carinho e do cuidado com a criança
a Mostra de Cinema Judaico que, em agosto, em parceria com o
que podemos formar a base de uma sociedade forte, saudável, ética e
clube A Hebraica de São Paulo, realizará sua VI edição.
consciente, o que contribuirá para um mundo com menos desigualdaTambém temos um atuante departamento Dor Hemshech
de, melhores condições e maior justiça.
(Geração Continuidade), com o objetivo de formar novos
Chaverot, parabéns pelo engajamento.
grupos e dar apoio àqueles que já estão atuando.
Os 90 anos da Na’amat não existem por acaso: são resultado do
A Revista do Bazar deste ano tem um tema intrínseco
trabalho e da relevância de cada chaverá e de sua dedicação. Nós fazemos
à Na’amat: a criança, como esperança de um caminho melhor
essa história!
para a sociedade. Desde que foi criada, há exatamente 90
Parabéns ao Centro Porto Alegre por mais um Bazar, com certeza
anos, uma das primeiras preocupações da Na’amat Israel foi garantia de um domingo repleto de felicidade!
dar condições para que as mulheres pudessem trabalhar,
lado a lado com os homens, na formação do Estado de Israel.
Céres Maltz Bin - Presidente Executivo Nacional
Criaram-se creches, para que as crianças fossem atendidas e
educadas dentro dos princípios da tzedaká (justiça social). Por
esse motivo, prestamos a nossa carinhosa homenagem para a
NA’AMAT, a maior entidade feminina de Israel, pelos seus 90
anos de fundação.
O 52º Bazar, nosso maior evento, homenageia todas as
crianças do mundo, que, de uma forma ou outra, são a nossa
expectativa de um mundo de paz e prosperidade. Convidamos o
público para que, no dia 10 de julho, possamos nos encontrar na
sede da Hebraica-RS, para a grande festa que está sendo preparada
com muito empenho, dedicação e carinho pelas chaverot de todos os
grupos de nossa organização: o 52º Bazar Anual. Não vão faltar shows,
almoço, chá da tarde, leilão de arte e muitas barracas com os mais
variados artigos e comidas típicas judaicas.
Presidentes
Queridas Chaverot
Celi Maltz Raskin - Presidente Centro Porto Alegre
03
Fundação Na’amat Israel
A história da luta da mulher pelos seus direitos sociais e
igualdade de oportunidades certamente é antiga. Talvez pensemos que começou com Betty Friedan. Poderíamos também
imaginar que começou com Sara, Rebeca, Raquel, Lea, Miriam,
Ruth. Mas a nossa história, a história de Na’amat, pode ser contada
a partir das chalutzot que participaram das três primeiras aliot,
entre 1886 e 1920.
Em 1921, inspiradas na frase de Theodor Herzl “uma
nação que luta para ser reconhecida como igual entre
outras nações tem de aceitar as mulheres como iguais
entre os homens”, aquelas mulheres pioneiras que
partiam da Europa, principalmente, para trabalhar
na agricultura – porque queriam criar o Estado ao lado
do homem – fundaram a MOETZET HAPOALOT, o
departamento feminino da Histadrut (Confederação dos
Sindicatos dos Trabalhadores). Após sua criação, diversos grupos
de mulheres trabalhadoras se uniram com o propósito de treinar
outras mulheres para trabalhar, efetivamente, no desenvolvimento de uma sociedade pioneira.
Em 1978, a Moetzet Hapoalot adotou a denominação
universal de NA’AMAT – sigla que, em hebraico, significa
Mulheres Trabalhadoras e Voluntárias.
Na’amat é o maior e mais importante movimento feminino
de Israel, e sua prioridade continua sendo a promoção e o
fortalecimento do status da mulher na família, no trabalho e na
sociedade, não só em Israel, como nos Estados Unidos, Canadá,
Inglaterra, França, Bélgica, Austrália, Argentina, Chile, México,
Espanha Peru, Uruguai e Brasil.
Além disso, e porque as mães precisam de tranquilidade
para trabalhar, Na’amat preocupa-se com o bem-estar de 20 mil
crianças, construindo e mantendo creches, onde elas recebem
atendimento integral. Através do Centro Glickman,
referência mundial na área, acolhe mulheres que
sofrem violência na família e se encontram em
situação de risco. Além de manter escolas agrícolas
para jovens, Na’amat proporciona cursos profissionalizantes para que mulheres judias e não judias,
inclusive presidiárias, possam ser inseridas no mercado de
trabalho. Na’amat também conta com um Departamento Jurídico
muito atuante, principalmente na área do Direito de Família.
À Na’amat Israel, nos seus 90 anos de fundação, fonte de
inspiração e orgulho, o nosso mais profundo reconhecimento pela
importância de seu trabalho em prol das mulheres não só de Israel,
mas de todo o mundo.
Na’amat
90 Anos
Marili Scliar Buchalter
Agradecimento
NA’AMAT PIONEIRAS, na passagem de seu 52º Bazar, homenageia e agradece a todos os seus colaboradores e companheiras que a
apoiaram em sua trajetória. Pela compreensão dedicada aos nossos ideais, pela perseverança e seriedade no cumprimento das metas
estabelecidas e em prol do engrandecimento da Organização, o reconhecimento da Na’amat aos grupos Any Scliar Rerin, Avodá, Berta
Siminovich, Chai, Clarinha Milman, Coach Neurim, Elisheva Kaplan, Hatikva, Iachad, Kidma, Kineret, Morashá, Paulina Cuperstein,
Prachim, Sara Barkait e Shemesh.
52º BAZAR “Criança, o caminho para o futuro”
10/Julho
Homenageados: Carlos Urbim
Lizete Wolkind
Atrações:
Beneficiando as Entidades:
Associação Israelita Damas de Caridade
Instituto do Câncer Infantil do Rio Grande do Sul
Lar da Criança Anne Frank
Sociedade Humanitária Padre Cacique - Asilo Padre Cacique
Barracas com:
Almoço com comidas típicas judaicas; Galeria e Leilão de Hering, Beigalech, Strudel e outras delícias; Artigos de
Arte; Chá da Tarde com tortas; Apresentação de grupos Israel; Artigos de Cozinha, Mesa, Artesanato e Vestuário;
musicais e de dança; Mezanino com muitas novidades
Espaço Infantil
05
Educação
Por um sólido futuro às nossas crianças
Mônica Timm de Carvalho
Mônica Timm de Carvalho é diretora geral do Colégio Israelita Brasileiro e integrante da diretoria do SINEPE/RS. Graduada em
Letras pela UFRGS, especialista em Gestão Empresarial também pela UFRGS, integra o quadro profissional do Israelita desde 1994 inicialmente, como coordenadora pedagógica e, há 12 anos, na direção do Colégio.
Em época nem tão distante, os relacionamentos entre
as pessoas teciam uma rede de segurança digna de um amplo
e contínuo investimento de tempo e esforço. Palavras como
carreira, progresso e maturação faziam parte do vocabulário
corrente. Hoje, contudo, vemos comunidades destituídas de
substância. São grupos urdidos por laços humanos frágeis e
temporários, cuja maior virtude passa a ser a da prontidão
para mudar rapidamente de tática e estilo. A fidelidade às
regras e aos compromissos de maior fôlego passou ao campo
da obsolescência. Por conta de toda essa efemeridade,
constata-se o perigoso rompimento com projetos existenciais
de longo prazo.
Vivemos tempos líquidos. A vida flui ou se arrasta de
um episódio para outro, em orientações mais laterais do que
verticais, o que torna nebulosas a expectativa e a visão do
1
futuro. Saímos da fase sólida da modernidade, com suas
estruturas robustas e mais permanentes, para sua fase
líquida, em que as organizações sociais já não podem mais
manter sua forma: elas se dissolvem mais rápido do que o
tempo leva para moldá-las.
Nesse difícil contexto, espera-se da educação um
papel de relevância na vida em sociedade. Por definição, ela
está comprometida com a continuidade do projeto civilizatório, nutrindo-se do passado para impulsionar as novas
gerações à construção do futuro. Para dar cabo a sua tarefa, a
educação se estabelece na tênue fronteira entre a permanência e a mudança, entre a memória e a inovação. Educar nunca
Mônica Timm de Carvalho
06
foi empreendimento fácil, posto que feito de extremos, mas,
a bem da verdade, jamais foi tarefa tão complexa de ser
realizada como nos dias atuais.
“Carpe Diem: aproveite agora, pague depois”,
máxima da modernidade líquida. Vive-se de crédito porque
já não é mais possível retardar a satisfação. São tantas e tão
rápidas as mudanças, que é mesmo improvável prever, como
aponta Bauman, se os sacrifícios feitos no presente serão
honrados no futuro. Planejar e comprometer-se com uma
visão parecem, especialmente aos olhos das novas gerações,
mera especulação fadada ao erro. Haveria finalidade para a
renúncia das gratificações imediatas?
A proposição de um futuro para nossas crianças
implica uma posição de resistência ao efêmero. Fidelidade à
memória e aos vínculos é condição básica para o avanço de
qualquer projeto de vida. Um futuro promissor para nossas
crianças passa também por elas serem educadas para a
civilidade. Que aprendam a exercer a virtude da polidez e
dediquem seu tempo a também dizer “por favor”, “com
licença”, “desculpe” e “muito obrigado”. Esses rituais, ainda
que primeiramente apenas imitados, serão a base para
virtudes de maior relevância, como a generosidade, a
tolerância e a doçura.
Que nossas crianças sejam encorajadas a visualizar e
perseguir seus sonhos com criatividade e disciplina. Que no
percurso tenham a ousadia para testar novos caminhos, mas
também prudência para não colocarem a si e aos outros em
situações de risco.
Que nossos pequenos vivam com leveza e alegria,
jamais com superficialidade. Que possam usufruir dos
recursos naturais, sentindo-se comprometidos não
apenas com seu próprio futuro, mas também com o das
gerações seguintes. Que, mais do que esperanças, tenham
vontade e determinação para realizar.
Por certo, o futuro das novas gerações depende
sobremaneira de nosso empenho. É preciso que nós,
adultos, os apresentemos à riqueza dos vínculos humanos, à beleza do conhecimento, à fidelidade à memória.
Assim, nossas crianças se diferenciarão na liquidez do
mundo por virem a ser pessoas virtuosas, capazes de
criar, transformar e atingir suas metas, mas também de
acolher, cuidar e sempre considerar o outro nos seus
projetos de vida.
1
BAUMAN, Zigmunt. Medo Líquido. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2008.
Tania Zagury
Tania Zagury é filósofa, professora adjunta da UFRJ, conferencista e escritora, autora de “Filhos, Manual de Instruções”, “Limites sem
Trauma” e “Educar sem Culpa”, entre outros. Leitura essencial aos pais, seu último livro, “Filhos: Manual de Instruções”, é fundamental para as
crianças crescerem éticas, responsáveis, mentalmente saudáveis e felizes.
Não faz muito tempo, ser “um bom menino” significava,
como dizia o palhaço Carequinha, não fazer pipi na cama nem
fazer má-criação, concluir o trabalho de casa com capricho, deixar
o quarto mais ou menos arrumado, não falar palavrão, dirigir-se
respeitosamente aos mais velhos; tarefas, enfim, razoavelmente
simples de serem aprendidas, porque valores como honestidade e
integridade não estavam ainda em discussão.
Ser um “bom menino” hoje significa não apenas saber o
que é certo ou errado, mas também conseguir se opor a atitudes
(bem frequentes) que contrariam os princípios norteadores da
sociedade – o que não é fácil para adultos, quanto mais para
crianças e jovens.
Opor-se ao grupo e fazer escolhas
adequadas demandam forte grau de
segurança. Mais ainda: significam que nossos
filhos têm que estar convictos, em primeiro
lugar, de que solidariedade, justiça e
honestidade, por exemplo, não estão “fora de
moda”. Precisam, acima de tudo, acreditar
que, mesmo quando parte dos homens não
respeita esses princípios, não há a mínima
condição de vivermos com segurança sem
eles. Como convencê-los, no entanto, se a TV,
as novelas, as atitudes de muitos adultos, os
jornais, alguns programas humorísticos e até
certas músicas os bombardeiam com
mensagens antiéticas? Como convencê-los, se
parte dos colegas, com os quais convivem,
quebram vidraças, desrespeitam os mais
velhos, picham muros, destroem o mobiliário
das escolas, dirigem sem carteira aos
dezesseis anos ou falsificam documentos Tania Zagury
para poder entrar nas boates antes da idade
permitida em lei, por vezes, com a anuência dos responsáveis?
Criar adultos dignos depende basicamente de duas
coisas: da maneira pela qual nós, pais, vivemos o dia a dia e da
confiança que temos nos valores que guiam nossas ações. Ou seja,
é necessário não só sermos íntegros, mas também não duvidarmos da força dos nossos princípios. Quando crianças e jovens
percebem, nos seus mais fortes modelos (nós, seus pais!),
segurança inabalável na retidão, na cooperação, na honra –
independente do que estejam fazendo os vizinhos, parentes e
amigos – , eles, muito provavelmente, também acreditarão. Se, ao
contrário, já que há tanta corrupção e impunidade, os próprios
pais começam a lassear seus conceitos ou a repetir diariamente
“que o Brasil não tem jeito”, em que irão seus filhos acreditar?
O perigo maior para um jovem não são as drogas – é não
crer no futuro e na sociedade em que vive. A falta de esperança,
essa sim, é que pode levar à depressão, ao individualismo, ao
consumismo exacerbado, ao suicídio, à marginalidade e às
drogas. Em contrapartida, a convicção num caminho produtivo a
ser trilhado e o desejo de contribuir fazem com que os jovens
progridam, criem, estudem e realizem. E para ter essa confiança
eles precisam conviver com pessoas que não apenas vivam de
acordo com esse modelo, mas também que não se deixem abalar
pelas notícias negativas que saem diariamente na mídia. Existe
sim gente desonesta, o que não significa que muitos outros –
muitos mais – não sejam dignos, trabalhadores e corretos.
Precisamos lutar vigorosamente para que nossos filhos percebam
que quem leva o Brasil adiante é “a maioria silenciosa”, aquela
que é formada por pessoas honestas e
trabalhadoras, e que, por isso mesmo, não
constituem notícia, nem, portanto,
aparecem nos jornais e na TV.
Os pais têm papel primordial na
estruturação do caráter dos filhos. Resgatar
a ética é hoje questão de sobrevivência. Que
jovem poderá resistir às pressões negativas
de uma sociedade em crise, se não aquele
que tenha internalizado o respeito por si
próprio e pelo outro? Para isso é preciso, em
primeiro lugar, que se reconheçam num
modelo - isto é, que saibam quem são, que
façam identificações adequadas. Muita
gente acha que ensinar integridade é
impossível nos tempos modernos – o que se
faz basicamente através de exemplos
concretos de vida. Se os pais, “sem muito
discurso”, vivem de acordo com princípios,
estarão encorajando os filhos a seguirem
seus passos, mesmo sem perceber. Quer
dizer, não mentindo, não aceitando uma conta errada no
restaurante, chegando à hora combinada aos encontros, respeitando a lei, não mudando ou querendo mudar as regras do jogo de
acordo com as conveniências do momento, e, especialmente, não
disseminando amargura e descrença, simplesmente, porque nem
todos agem de maneira honesta. Na grande maioria dos casos,
essa forma de viver será suficiente para que seus filhos acreditem
nos valores... Afinal, não podem contestar – estão vendo! – vocês
vivem de acordo com o que defendem!
Por fim, é bom lembrar que, especialmente, quando nossos filhos chegam à adolescência, quase com certeza, irão opor
alguma (ou bastante) resistência ao que defendemos. Não nos deixemos iludir pelas aparências – especialmente não desanimemos!
Mesmo quando parece que não nos ouvem nem veem, é a nossa
integridade que serve de fundamento para nossos filhos, hoje e
sempre.
Educação
Ensinando Integridade
07
Psicologia
08
A Qualidade de Vida e as Interações
Daniela Maltz Raskin
Daniela Maltz Raskin é psicóloga formada pela PUCRS. Especialista em psicoterapia da infância e adolescência pelo CEAPIA, Daniela é membro do Comitê de Bebês da Sociedade de Psicologia do Rio Grande do Sul.
Quando convidada para escrever sobre
qualidade de vida na infância, deparei-me
refletindo sobre o que seria, de fato, este conceito. Volta e meia, em nosso cotidiano, falamos
sobre ele e, inseridos nele, encontramos vários
vieses.
Qualidade de vida é um conceito abstrato,
subjetivo. Ele está relacionado com a autoestima,
o bem-estar pessoal, estado emocional, interação
social, atividade intelectual, cuidado, suporte
emocional, estado de
saúde, valores culturais,
religiosos, estilo de vida,
ambiente em que se vive.
Esses são alguns pontos de
que me recordei e, com
certeza, cada um irá se
lembrar de mais alguma
coisa a ser acrescentada
nesta lista.
Como pensar este
conceito dentro de uma
faixa etária, que, segundo
o Estatuto da Criança e do
Adolescente, engloba
pessoas de zero a 12 anos
Daniela Maltz Raskin
incompletos?
Refletindo sobre os pontos levantados
acima, acredito que, independente da ampla
faixa etária que o termo infância abrange, e em
questões de desenvolvimento humano, algumas
coisas são universais. Para qualquer criança, a
qualidade de vida está diretamente relacionada
com os cuidados que despendemos a elas e ao
afeto ligado a estes cuidados. Das relações que se
estabelecem, da liberdade de exploração do
mundo, das atividades intelectuais como o
estudo, mas sem deixar de lado a importante
tarefa de brincar, e sem nos esquecermos de
quem cuida e dos limites que vêm de fora.
A qualidade de vida emocional de uma
criança, que irá depois tornar-se adulta, está
intimamente ligada aos tipos de vínculos que ela
estabelece, no início de sua vida, com aqueles
que são seus modelos (mãe, pai e/ou cuidadores). As crianças não vivem em um mundo
isolado, à parte da realidade dos adultos. Quem
apresenta o mundo serve
de exemplo, transmite
va l o r e s , i n t e r f e r e n o
ambiente da criança. As
relações são mantidas por
reciprocidade, é uma troca
constante, não existe um
doador e um receptor de
atenção, carinho, amor. As
trocas desses papéis se
alteram. É como se as vidas
se entrecruzassem.
Como foi dito
anteriormente, este é um
conceito abstrato. Cada
pessoa tem uma maneira de perceber o que é
qualidade de vida, inclusive, as crianças. Em
uma brincadeira com as palavras, podemos
pensar em vida com qualidade, na alegria de
viver. Essa alegria está ligada às relações e às
trocas estabelecidas entre o cuidador e o objeto
desse cuidado.
Celso Gutfreind
Celso Gutfreind nasceu em Porto Alegre, em 1963. É escritor e médico. Como escritor, é autor consagrado pela crítica. Possui
cerca de 20 livros publicados, entre poemas, contos infanto-juvenis e ensaios. Participou de várias antologias no Brasil e no exterior
(França, Argentina, Luxemburgo, Canadá), e sua obra é traduzida para francês, inglês e espanhol. Recebeu importantes premiações,
entre as quais se destaca o Prêmio Nacional de Poesia Mario Quintana (1985) e os prêmios Açorianos, Henrique Bertaso para
melhor livro de poemas publicado no RS em 1993 e Livro do Ano, da Associação Gaúcha de Escritores, nos anos de 2002 e de 2007.
Participou do projeto Autor Presente do Instituto Estadual do Livro (IEL). Como médico, Celso realizou especialização em
Medicina Geral Comunitária e, posteriormente, em Psiquiatria e Psiquiatria Infantil. Fez doutorado e pós-doutorado em Paris,
nessa área, tendo como tema de pesquisa a utilização terapêutica do conto. Atualmente, é professor na Unisinos e na Fundação
Universitária Mário Martins.
Mãe e pai fazem muita besteira com seus filhos. E
não é de vez em quando. É todos os dias, já começa de
manhã. Isto é natural, como o sol (mas aí parece chuva):
os filhos vieram de dentro da
mulher, que veio da costela do
homem, segundo a Bíblia. Ou
do mais profundo narcisismo
e desejo egoísta de imortalidade dos pais, segundo a
psicologia. De uma ou outra,
não poderia dar boa coisa,
embora dê, especialmente, se
o nível de exigência baixe a
bola. Bola é para filho brincar.
Ser mãe e pai, aliás, é
este jogo e luta para melhorar.
Tentar sair da própria costela,
do próprio narcisismo e
chegar ao outro no que ele
realmente é. E não o que pai e
mãe desejam que ele seja
desde que sonharam a
imortalidade ou, pelo menos,
outra vida (a dos filhos) para
realizar tudo aquilo que não
puderam com a sua. Toda luta Celso Gutfreind
é feita de batalhas perdidas. É como na guerra, só que é
uma história de amor, e histórias de amor são ainda mais
difíceis, porque é mais fácil destruir do que construir.
Pai e mãe, enfim, fazem muita bobagem, desde o
começo. Mas não pode alguém de fora deste imbróglio
dar palpite, medir competência, criticar. Foi o Mandela
quem disse que não bastam pai e mãe para criar um filho,
é preciso uma comunidade inteira. Concordo, mas não
se pode confundir isto com palpite, interferência,
Psicanálise
Mãe e pai
invasão, atropelamento. Mãe e pai precisam pensar por
si mesmos e acreditar em suas próprias capacidades, por
menores ou mais lentas que elas sejam. Ninguém é tanto
assim. Pai e mãe precisam
buscar de dentro para fora a
intuição para ver se menosprezaram um sentimento de
filho. Ou hipervalorizaram. Se
foram rígidos ou frouxos,
deixaram muito, toleraram
pouco. Em sua linguagem
metafórica, a Bíblia não se
manifestou diretamente a
respeito. Mas a psicologia não
hesitou em dizer que, no
fundo, ser mãe e pai é impossível.
Não sejamos tão
radicais: se tem amor, metade
do copo está cheia. É baixar a
bola, que a outra metade
também, e mesmo a garrafa.
Haverá sempre uma dose de
acertos, outra de erros, e amor
de mãe e pai precisa ser
apoiado e elogiado para
pensar que os acertos serão sempre maiores, e os erros
podem ser reconhecidos, por mais que doa na costela. É
dizer a esta que dá para melhorar, e ela volta a ficar
durinha. E o narcisismo, molinho.
Também há quem nunca duvide de si. Ache que,
em caso de mãe e pai, tudo é acerto. Aqui a besteira é
tamanha, mas pode-se chamar o Mandela, trazer a
comunidade e mostrar a uma criança que a vida é
mesmo imperfeita e, ainda assim, vale a pena.
09
Endocrinologia
10
Prevenção do excesso de peso e obesidade:
uma necessidade no século 21
Airton Golbert
Airton Golbert é presidente da Sociedade Brasileira de Endocrinologia Biênio no 2011-12, professor da disciplina de Endocrinologia da
Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre e mestre em Clínica Médica pela UFRGS. O médico endocrinologista trabalha no complexo
Hospitalar Santa Casa de Porto Alegre e no Hospital Nossa Senhora da Conceição.
No Brasil, temos visto nos últimos anos uma transição
nutricional: da desnutrição para o excesso de peso e obesidade.
A obesidade definida como um excesso de gordura
corporal relacionado à massa magra, e o sobrepeso como uma
proporção relativa de peso maior que o desejável para a altura são
condições de etiologia multifatorial, cujo desenvolvimento sofre
influência de fatores biológicos, psicológicos e socioeconômicos. A
obesidade é um fator de risco importante para diabetes mellitus,
doenças cardiovasculares, problemas osteoarticulares e vários
tipos de câncer.
Existe uma grande variabilidade biológica entre os
indivíduos em relação ao armazenamento do excesso de energia
ingerida. Os fatores genéticos têm ação permissiva para que os
fatores ambientais possam atuar, como se criassem “ambiente
interno” favorável à produção do ganho excessivo de peso
(sobrepeso e obesidade), e vários estudos apontam para o papel de
fatores biológicos no seu desenvolvimento. As preferências
alimentares das crianças, assim como a realização de atividades
físicas, são práticas influenciadas diretamente pelos hábitos dos
pais, que persistem frequentemente na vida adulta, o que reforça a
hipótese de que os fatores ambientais são decisivos na manutenção
ou não do peso saudável.
A obesidade e o sobrepeso apresentam caráter epidêmico e
prevalência crescente nos países desenvolvidos e em desenvolvimento como o Brasil, que tentam ser explicados, pelos sociólogos e
nutrólogos, por fatores nutricionais inadequados consequentes a
um aumento exagerado do consumo de alimentos ricos em
gordura e com alto valor calórico. A esses são associados o
excessivo sedentarismo condicionado por redução na prática de
atividade física e o incremento de hábitos que não geram gasto
calórico como assistir à TV, uso
de videogames e computadores entre outros. A influência
do micro e macroambiente no
desenvolvimento do ganho
excessivo de peso em crianças
de 05 a 09 anos de idade foi
confirmada em estudo que
demonstrou ser a prevalência
de sobrepeso mais que o dobro
em alunos matriculados na
rede de ensino privado
(13,4%) quando comparados
aos da rede de ensino público
(6,5%), e de obesidade quase o
triplo (7,0% vs 2,7%).
Durante a avaliação de
Airton Golbert
um indivíduo que apresente
sobrepeso ou obesidade, é fundamental avaliar as causas que
levaram ao excesso de peso, bem como investigar possíveis
morbidades associadas.
O ambiente moderno é um potente estímulo para a
obesidade. A diminuição dos níveis de atividade física e o aumento
da ingestão calórica são fatores determinantes ambientais mais
fortes.
É altamente provável a herança poligênica como determinante da obesidade. O risco de obesidade, quando nenhum dos
pais é obeso, é de 9%, enquanto, quando um dos genitores é obeso,
eleva-se a 50%, atingindo 80% quando ambos são obesos. O fato de
haver forte influência genética na obesidade não indica que essa
seja inevitável, devendo-se pôr em prática todos os esforços para
tentar adequar o peso dessas crianças e realizar, assim, um
importante trabalho preventivo, numa condição ligada a tantos
efeitos deletérios em curto, médio e longo prazos.
Vários medicamentos podem ter efeito no aumento do
peso corporal por influenciarem tanto a ingesta alimentar quanto o
gasto calórico/energético. Como exemplo desses, temos: benzodiazepínicos, corticosteroides, antipsicóticos, antidepressivos,
antiepiléticos e alguns antidiabéticos orais.
A maior taxa de obesidade ocorre em populações com
maior grau de pobreza e menor nível educacional. Pode-se
explicar essa associação pela maior palatabilidade e pelo baixo
custo de alimentos de grande densidade energética, como açúcar e
gorduras.
Várias fases da vida, como a infância precoce e adolescência, podem influenciar o ganho de peso, como a fase intrauterina, o
peso de nascimento, a amamentação, a fase de rebote do peso no
período de aumento do peso que ocorre entre os 05 e 07 anos de
idade e a fase puberal. Existem indícios de que, a cada parto
sucessivo, há aumento de cerca de um quilo acima do peso
normalmente adquirido com o incremento da idade. Ganho de
peso excessivo durante a gestação e falta de perda de peso após o
parto são importantes preditores de obesidade a longo prazo.
Um estudo sobre tabagismo e ganho de peso demonstrou
que, em média, os indivíduos que abandonam o tabagismo
ganham de cinco a seis quilos.
O tratamento dietético deve focar-se na adequação da
ingestão calórica ao suprimento das necessidades nutricionais
para a idade. Do total de calorias da dieta, 15% devem provir de
proteínas, 50% a 55% de carboidratos e 30% de gorduras.
O tratamento medicamentoso da obesidade é muito
restrito e discutível, apesar de a obesidade já estar estabelecida
como uma doença crônica, assim como diabetes e hipertensão, e
estimar-se que, no futuro, existirão drogas que deverão ser
utilizadas por toda a vida para a manutenção do peso ideal e a
prevenção da obesidade.
ACADEMIA/TERAPIA OCUPACIONAL/FISIOTERAPIA
F I S I C O R - MEDICINA DO EXERCÍCIO
Condicionamento Físico com Supervisão Médica
Lucas de Oliveira, 1118 - Fone: 3330-3634
MERGULHINHO - ESCOLA DE NATAÇÃO E
HIDROGINÁSTICA DO BEBÊ AO ADULTO
Lucas de Oliveira, 2101 - Fone: 3024-6503
S&C Studio de PILATES
Andradas, 1284, sl. 61 - Fone: 3062-3355
DRA. LILIAN B. RASKIN
Francisco Ferrer, 453 cj. 701 - Rio Branco
Fone: (51) 9911-6269
ESCRITÓRIO DE ADVOCACIA, Direito civil, de
família, do trabalho e empresarial
DR. JAIME LÉO CARANGACHE
DR. FÁBIO BERGER CARANGACHE
Felipe Camarão, 751 cj. 1008 - Fones: 3311-5921/8156-7888
ADVOGADOS
DR. CARLOS ALBERTO FITERMAN MOLINARI OAB 65406 - Direito Civil e Trabalhista
Eça de Queiroz, 809 - Porto Alegre
Fones: (51) 3388-2293 / 9916-3298 / 8230-1919
[email protected]
DR. JAYME SALTZ
Corte Real, 95 - ap. 501 - Fone: 3331-3640
DR. LUIZ BERNARDO SPUNBERG
Borges de Medeiros, 659 sala 1203 - Fone: 32224-8700
DR. MARCO FETER
Fernandes Vieira, 518 - Fone: 8405-5212
DR. JAYME HENKIN - DR. GHEDALE SAITOVITCH
Direito civil, comercial e trabalhista
Venâncio Aires, 1191 cj. 121 - Fones : 3331-3033/3330-6299
DRA. ELISA HERZ BERDICHEVSKI OAB/RS 75.676
Direito Civil, Família e Sucessões
Fones: (51) 9999.2696 - 3018.1388
E-mail: [email protected]
www.elisahberdichevski.com
Advocacia Criminal,
Tributária e Cível
Rua General Câmara, 243/501 - Centro
Fones: 3226-6977 / 3084-6977 / 3212-8479
AGRONOMIA
DRA. VIVIAN FISCHER
Fernandes Vieira, 181 - 6° and. - Fone: 3311-6649
ANÁLISES CLÍNICAS
LABORATÓRIO ANDRADAS - Análises Clínicas
São Manoel, 638, estacionamento fácil - Fone: 3332-3811 e
Fax: 3331-3511 - Andradas, 1727 - Fones: 3226-7705 e 3225-4681
LABORATÓRIO LAFONT - Análises Clínicas
Presidente Roosevelt, 1403 - Fones: 3222-3849 e 3222-0210
METANALYSIS - Centro de Diagnósticos Médicos
Análises Clínicas, Biologia Molecular, Imunologia,
Microscopia Capilar
Carlos Gomes, 328 - cj. 1006 - Fone: 3328- 8491
ADMINISTRAÇÃO DE IMÓVEIS
no coração do Bom Fim
onde os seus imóveis rendem mais.
Av. Osvaldo Aranha, 1074 - Fone 3314-7800
Atende ao meio-dia
CRECI 266
36 anos
www.admcerta.com.br
11
ARQUITETOS
BIJUTERIAS
ARQUITETOS GUILHERME E YEDA CARNOS
NEW BIJOUX - BIJUTERIAS
José Bonifácio, 519 - cj. 103 - Fone: 3331-4411 Fax: 3331-4675
Praia de Belas Shopping - Loja 1102 - Térreo - Fone: 3231-6544
Shopping Iguatemi - Loja 190 - Nível JW - F: 3334-0268
Arq. Lilian Silveira Warszawsky
Bourbon Shopping Ipiranga - Fone: 3315-9239
BarraShoppingSul - Loja 1071 - Fone: 3072-9666
Shopping Total - Loja 2151 - Fone: 3018-7651
Projetos de paisagismo, comerciais e residenciais.
Idéias para tornar mais charmosos os
ambientes mais íntimos da sua casa.
BRINQUEDOS
CENTRO DE ESTÉTICA/SALÃO DE BELEZA/
CABELEIREIROS
ESTÉTICA GRENOBLE
Instituto de Beleza da cabeça aos pés
Protásio Alves, 857 - Fone: 3331-0481
Michel Cabeleireiro
Eudoro Berlink, 615 - Fones: 3330-0499/3028-7743
PROJETOS, ARQUITETURA DE INTERIORES E PAISAGISMO
MOYYA - CABELOS E ESTÉTICA
(Sílvia e Sandra) - José Bonifácio, 725 - Fone: 3026-4994
Liberty P.L.J - Projetos, Decorações Limitada.
Av. Viena, 274 - Fone: (51) 3395.5775 - Fax: (51) 3222.2810
90240-020 - Porto Alegre - RS
ASSESSORIA A EMPRESAS DE CONSTRUÇÃO CIVIL
BLOCHTEIN ASSESSORIA CONTÁBIL E FISCAL David Blochtein, contador
Osvaldo Aranha, 580 - cj. 2 e 3 - Fone: 3311-4933
ASSESSORIA DE COBRANÇAS
GADOL ASSESSORIA DE COBRANÇAS - Prestação
de serviços de cobrança
Renato Stifelman, Carlos Eduardo Aguirre da Silva e
Bruno Anzanello Stifelman
CONFEITARIAS/SORVETES/CHOCOLATES/
PADARIAS
CONFEITARIA BARCELONA
Henrique Dias, 94 - Fone: 3311-1055
Sete de Setembro, 745 - 5º andar
Fone/Fax: 3214-3737 - [email protected]
AVALIADORES
MACADAR ENGENHARIA DE AVALIAÇÕES
10 anos em Avaliações de Empresas, Marcas, Imóveis e
Máquinas Industriais
Rua Carazinho 652, sala 201 - Porto Alegre - RS
Fone: 51 3013-2172/11 4063-6446 - www.macadar.com.br
12
ADVOGADOS
Confeitaria e Padaria
DOLCI NOVITÀ - Pães, Chalás, Doces e Salgados
Mariante, 1055 - Fone: 3331-7903
CONFEITARIA MAX
Coronel Bordini, 129 - Fone: 3343-2521
DO CÉU - BROWNIES & OUTRAS DELÍCIAS
Brownies, mini brownies, mini apple pies
Cassatas e Trufas - [email protected]
Ângela Stein - Fones: 3381-1391 / 9831-8833
CURSOS/CRECHE
ENGLISH TEACHING
Conversation; Exams (IELTS, TOEFL, UFRGS);
School; Business
ILANA KAUFMAN MESTER
Cel: 9209-1012
- Aulas individuais ou em grupo – em casa ou no trabalho
- Aulas para Terceira idade
ESCOLA DE EDUCAÇÃO CHAMEGUINHO
DE 0 A 6 ANOS
Onde se convive com criatividade e dedicação
Horário integral e turnos manhã e tarde, das 7h30 às 19h
Elizabeth Schotkis Renkovski, Rosane Schotkis Nudelman
Francisco Ferrer, 456 – Fone: 3330-8344
MIRIAN BLIACHERIS
Tradicional Comida Judaica
Strudel, Fluden, Blintzes,
Varenikes, Bolinhos de Peixe, Hering.
Fones: 3223-2986/ 3223-7435
SABRA DELICATESSEN Rosane Brodacz
Especialidades da comida judaica
Fernandes Vieira, 366 - Fones: 3311-9038 e 3311-3666
DENTISTAS
CLÍNICA DENTÁRIA RASKIN
DRA. CELI MALTZ RASKIN - Cirurgiã-Dentista
DR. SÉRGIO RASKIN - Cirurgião-Dentista
Francisco Ferrer, 453 / 301 - Fones: 3028-4765 e 3028-4024
DECORAÇÕES
DR. CHUNE AVRUCH JANOVICH
José do Patrocínio, 287 sl. 02 - Fone: 3286-5262
DR. CRISTIANO AGUIAR ZINGANO
Cirurgião-dentista - CRO-RS-12918
E-mail: [email protected]
José de Alencar, 1073 - sala 606 - Fone: 3223-3910
DR. JULIO NHUCH - Cirurgião-Dentista - CRO 12923
Especialista em Prótese Dentária
Member ITI - International Team for Implantology
DRA. BETHANIA MÖBUS - CRO 12924
Especialista em Endodontia
Francisco Ferrer, 453 - cj. 301 Fones: 3028-4765/3028-4024
E-mail: [email protected]
DELICATESSEN/ESPECIARIAS
Cozinha de Afrodite
Café, Lanches e Happy Hour
João Telles esquina Henrique Dias
Fone: 3211-2709
BANCA 43 - Mais de 50 anos - Tradição em Qualidade
Especiarias, Frios, Queijos e Bebidas Nacionais e Estrangeiras
Mercado Público Banca 43 Fone: 3224-3861 e Fax: 3225-062
Empório Azulay
Contato: Deleuse - 9961-8555
Hónek Leikach, produtos integrais,
bolinhos de diversos sabores.
DR. RAFAEL DE LIZ POCZTARUK - CRO 13826
Especialista e Mestre em Prótese Dentária
DRA. CLAUDIA MEZZOMO - CRO 13876
Espedialista e mestre em Ortodontia e Ortopedia Facial
Francisco Ferrer, 453/301 - Fone: 3028-4765 Cel: 9917-9030
E-mail: [email protected]
DR. STEFAN CARDON
Especialista em Ortodontia e Ortopedia Facial
Protásio Alves, 74, cj. 201 - Fone: 3330-0416
DR. WILSON PIRILLO TAVARES - Prótese em
porcelana
DR. WILSON PIRILLO TAVARES FILHO Cirurgião-dentista
Santos Neto, 1 - Fones: 3330-8572 e 9986-1102
DRA. ALESSANDRA N. RINALDI MALISKA Especialista e Mestre em Periodontia
Mariland, 597 - Fone: 3345-3677
13
DRA. CLAUDIA ROITMAN - CRO 7879
Praça Dom Feliciano, 39 sl. 901 - Fone: 3286-7003
EQUIPAMENTOS MÉDICO-HOSPITALARES
DRA. IONE SUSLIK BARON - Cirurgiã-dentista
Protásio Alves, 3332 - cj. 202 - Fone: 3334-0267
DRA. MÁRCIA SIBEMBERG TURIK Cirurgiã-dentista
Odontologia Estética e Dentística Reparadora.
Cel.Lucas de Oliveira,1841- cj. 201 - Fone:3332-1521
DRA. MARLIZE FRIEDMAN - Periodontia
Padre Chagas, 185 - cj. 907 - Fone: 3346-2339
Gulko Consultório de Odontologia Estética
Dra. Eliane Gulko Caraver – Cirurgiã-Dentista
Cel. Bordini, 675, cj. 302
Fones:3388-1965 3321-3197
ENGENHARIA/PROJETOS/CONSTRUÇÕES/
INSTALAÇÕES
BARIL EMPREENDIMENTOS
Hilário Ribeiros, 202 cj. 605 - Fones: 3311-0014
Phonak do Brasil - Sistemas Audiológicos Ltda
Av. Independência, 522
Independência - Porto Alegre - RS
CEP 90035-071
Fone: 51 3222.0144
Phonak do Brasil - Sistemas Audiológicos Ltda
Av. Assis Brasil, 3714
Jardim Lindóia - Porto Alegre - RS
CEP 91010-003
Fone: 51 3356.1898
Phonak do Brasil - Sistemas Audiológicos Ltda
Rua dos Andradas, 1409 - 3° Andar
Centro - Porto Alegre - RS
CEP 90020-011
Fone: 51 3233.5200
FARMÁCIAS
CALÊNDULA - Homeopatia, Dermatologia, Cosmética,
Manipulação de Fórmulas
CHWARTZMANN CONSTRUÇÕES E
INCORPORAÇÕES
Maranguape, 97 - Fone: 3381-0011
Bom Fim: Henrique Dias, 115 - Fones: 3311-1933/3311-4515
Tristeza: Dr. Mário Totta, 625, Loja 104 - Fone: 3269-2962
DR. JARBAS MILITITSKY
Amélia Teles, 90 - cj 302 - Fones: 3332-4189 e 3330-4336
KNIJNIK ENGENHARIA S/C LTDA.
Luiz Manoel Gonzaga, 351 sl. 505 - Fone: 3328-7320
Telefone: (51) 3332-5511 www.impermade.com.br
28 anos de Tradição e Qualidade!
30 anos
Manipulação de Medicamentos, Cosméticos, Homeopatia,
Florais e Fórmulas Veterinárias.
Protásio Alves, 444 - Fone: 3330-7773 - Fone/Fax: 3388-2651
FABRICAÇÃO E MONTAGEM:
• ALOJAMENTOS PARA TRANSFORMADORES
• CENTRO DE CONTROLE DE MOTORES
QUADROS GERAIS DE BAIXA TENSÃO
• PAINÉIS DE MEDIDORES
• MESAS DE COMANDO
• CENTRO DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA
• DUTOS DE BARRAMENTO ELÉTRICO
• PROJETOS E MONTAGEM ELÉTRICAS INDUSTRIAIS
CONFIRA O NOSSO SITE
WWW.INSELETRO.COM.BR
FONE: 0(XX)51 3364.1922
14
www.farmaciaspengler.com.br
Loja 1: Vasco da Gama, 183 - Fone/fax: (51) 3311.3314
Loja 2: Rua Antenor Lemos, 36 - Fone/fax: (51) 3231.7744
DROGAMASTER - Farmácia de
Manipulação
Osvaldo Aranha, 1358 - Fone/Fax: 3312-1000
Tele-entrega - Sedex para todo o estado
FUNERÁRIA
-
-
Farmácia Biocronos
Drogaria e Farmácia de Manipulação
Medicamentos, Manipulação de Fórmulas,
Serviço Ambulatorial e Atenção Farmacêutica.
Farmácia Popular
HOTÉIS E POUSADAS
Rua Henrique Dias, 179 - Fone/Fax: 3311-3737
Tele-entrega - sedex para todo o estado
FERRAGENS
GRUPO MASTER DE HOTÉIS
Senhor dos Passos, 221 - Fone: 3211-5711
HOTEL CARIBE “A tranquilidade de suas férias em
Capão da Canoa.”
Tintas; Material Elétrico;
Material Hidráulico;
Ventiladores de Teto;
Materiais de Construção;
Metais e Acessórios
Synteko e Resina para Assoalhos
Luminárias
Av. Venâncio Aires, 393 - Fones: 0xx51.6252523/9838-9274
Capão da Canoa RS
Protásio Alves, 46; Tele-entrega: 3331-7072
Assis Brasil, 1756; Tele-entrega: 3341-0053
Osvaldo Aranha, 1174 - Fone: 3311-1677
HSul
[email protected]
FERRAGEM FELIPE CAMARÃO
Aberto sábados até às 16h
Felipe Camarão, 367 - Fone: 3062-6350
FLORICULTURA
KzaVerde.com
Floricultura, Arranjos Florais, Cestas de Presente e Decoração
Brinquedos esportivos, ioiôs, pipas e bumerangues.
Informática: www.kzaverde.com - 9862-3118
Tele-entrega: 3012-1204 - Felipe Camarão, 630
Tele-entrega: 3022-6011 - Tomás Flores, 141
FILMES/FOTOGRAFIAS/LABORATÓRIO/
ÁUDIO E VÍDEO
PLAZA SÃO RAFAEL HOTEL E CENTRO DE EVENTOS
Av. Alberto Bins, 514 - Centro Histórico - Porto Alegre - RS
Tel. (51) 3220.7000
PLAZA PORTO ALEGRE HOTEL
Rua Senhor dos Passos, 154 - Centro Histórico - Porto Alegre - RS
Tel. (51) 3220.8000
PLAZA BLUMENAU HOTEL
Rua 7 de setembro, 818 - Blumenau - SC - Tel. (47) 3231.7000
PLAZA ITAPEMA RESORT & SPA
BR 101, km 144 - Itapema - SC - Tel. (47) 3261.7000
ITAPEMA, VIVA ESTA CIDADE
PLAZA CALDAS DA IMPERATRIZ RESORT & SPA
Rodovia Princesa Leopoldina, 3355 - Sto. Amaro da Imperatriz - SC
Tel. (48) 3281.9000
BAHIA PLAZA RESORT
Estrada do Coco, km 8 - Praia Busca-Vida - Camaçari - BA
Tel. (71) 2107.2000
Reservas:
0800 70 75292
PLAZA
www.plazahoteis.com.br
Consulte seu agente de viagens.
15
IMOBILIÁRIAS
IMOBILIÁRIA FLÁVIO BARIL LERMANN
Felipe Camarão, 751 - 3º andar
Fones: 3311-1214 e 3311-0554
IMOBILIÁRIA AMIEL
Rua Acampamento, 159/14 - Santa Maria
Fone: 00xx55 3221-3508; 00xx55 3222-8411
Matriz:
Uruguai, 303 - Fone: 3214-1400
Filial:
Florêncio Ygartua, 200 - Fone: 3346-4396
Agência Zona Sul :
Wenceslau Escobar, 3009 - F: 3311-3248/ 3222-8316
Agência :
Protásio Alves, 585 Loja 9 - F: 3379-1614/ 3379-1624
Av. do Forte - 1393
Rua Andira, 498
16
BARCELLOS ASSESSORIA IMOBILIÁRIA
Aqui seu patrimônio é levado a sério
Senhor dos Passos, 259 - 1° and.
Central de Atendimento: 3212-5400 - Fax: 3212-6473
Entrevista
Ministra da Secretaria de Direitos
Maria do
Maria do Rosário Nunes é natural de Veranópolis (RS), tem 44 anos, é casada e mãe de uma filha. Professora da rede pública,
pedagoga formada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e mestre em Educação e Violência Infantil pela mesma
universidade.
Iniciou sua militância no movimento estudantil secundarista e no Centro dos Professores do Estado do Rio Grande do Sul
(CPERS/Sindicato). Foi vereadora de Porto Alegre (RS) por dois mandatos, tendo presidido as comissões de Educação e de Direitos
Humanos. Como deputada estadual, foi presidente da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos e vice-presidente da Assembleia
Legislativa gaúcha por dois anos.
Em 2002, Maria do Rosário foi eleita deputada federal, sendo reeleita em 2006 e 2010, sempre com expressivas votações. No
Congresso Nacional, foi relatora da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito, que investigou as redes de exploração sexual de crianças e
adolescentes.
Foto: Fabio Rodrigues
Representou a Câmara na Comissão sobre Mortos e
Desaparecidos Políticos durante a Ditadura Militar e foi
presidente da Comissão Especial da Lei Nacional da Adoção.
Desde 2003, coordena a Frente Parlamentar de Defesa dos
Direitos da Criança e do Adolescente. Foi vice-presidente das
Comissões de Direitos Humanos e Minorias e Educação e
Cultura. Em 2009, presidiu a Comissão de Educação e Cultura
da Câmara Federal, tendo se destacado, entre tantos temas, por
organizar uma série de debates em todo o Brasil sobre o novo
Plano Nacional de Educação (PNE 2011-2020).
Nas eleições de 2010, coordenou o Programa de
Governo da então candidata Dilma Rousseff nas áreas de
Direitos Humanos, Educação e Políticas para as Mulheres. No
dia 1º de janeiro de 2011, foi empossada pela presidenta Dilma
Rousseff como ministra-chefe da Secretaria de Direitos
Humanos da Presidência da República.
- Criança, caminho para o futuro?
sociedade como um todo sobre os problemas vividos e as
Ministra: Precisamos entender que não haverá
formas de enfrentá-los. Temas como educação, oportunidafuturo se não garantirmos um presente digno. Então, eu
de profissional, violência e drogadição, por exemplo, são
afirmo que a criança exige um compromisso e dedicação
preocupações permanentes da nossa juventude. E quem
hoje, pois é no presente que ela está crescendo, que seu
melhor para falar com eles do que eles mesmos?
corpo e mente estão em formação e que seus direitos
Precisamos, portanto, plantar essa semente e formarmos
precisam ser garantidos. O Estatuto da Criança e do
uma rede de multiplicadores dos direitos da infância e
Adolescente (ECA) estabelece que é prioridade
juventude no nosso país.
absoluta da família, da sociedade e do Estado
- Qual a importância do protagonismo
Tenho
zelar pelos direitos da criança e do adolescenfeminino na Secretaria de Direitos
orgulho de ser a
te; essa prioridade não pode esperar.
Humanos?
primeira ministra de
- Como a senhora avalia a atuação
Ministra: A participação das
dos jovens nos dias de hoje? Há espaço Direitos Humanos do Brasil, mulheres nos espaços de decisão é algo
justamente no governo da fundamental para o governo brasileiro.
para uma juventude atuante na sociedade?
primeira presidenta
Ministra: A rapidez com que a
Tenho orgulho de ser a primeira ministra de
da República.
informação se espalha hoje em dia faz a nossa
Direitos Humanos do Brasil, justamente, no
juventude cada vez mais atenta e interessada. O
governo da primeira presidenta da República.
que precisamos incentivar é que os jovens recebam
Estamos trabalhando com muita determinação para
boas informações e sejam incentivados a ter uma participagarantir o empoderamento das mulheres e a superação de
ção ativa na sociedade. Sou uma entusiasta do protagonistodas as barreiras de preconceitos ainda existentes na nossa
mo juvenil, de capacitar jovens que dialoguem com a
sociedade. Já conquistamos muitos avanços e ainda temos
18
Rosário
muitas barreiras a superar, mas com certeza o fato das
nosso país. Trabalhamos com diversos segmentos, mas eu
mulheres estarem ocupando cada vez mais espaços de
gostaria de destacar três que são de fundamental importânpoder e decisão incentiva todas as brasileiras e sonharem e
cia para nós: crianças e adolescentes, idosos e pessoas com
lutarem pelos seus direitos.
deficiência. Estamos trabalhando diariamente para
- Como se encontra o trabalho escravo infantil no
construir políticas que garantam os direitos de todas essas
Brasil?
pessoas, para que a nossa sociedade conviva em paz e com
Ministra: O Censo de 2010, recém divulgado pelo
igualdade. Também quero aproveitar para destacar que
IBGE, trouxe um dado alarmante. Segundo o levantamenestamos propondo um diálogo sobre liberdade religiosa,
to, 132 mil crianças e adolescentes, entre dez e 14 anos, são
em que todas as religiosidades sejam chamadas para
os principais responsáveis pela renda da sua família. Isso é
discutir um projeto de paz no país e de enfrentamento das
um sinal claro do trabalho infantil no nosso país, algo que
discriminações e violência, em especial, aquelas motivadas
precisa ser enfrentado. A Organização Internacional do
pelo ódio e a intolerância, algo que não pode mais ser aceito
Trabalho (OIT) considera o trabalho infantil como uma das
em um país democrático e tão diversificado como o nosso
piores formas de exploração da infância. Onde entra o
Brasil.
trabalho, sai a educação e a possibilidade de a criança
- Qual sua percepção de mundo sendo mulher,
crescer com dignidade e com seus direitos preservados.
esposa, mãe, política e tendo o cargo de Secretária de
Quero destacar aqui uma situação muito peculiar que é
Direitos Humanos?
o trabalho infantil doméstico, quando as meninas
Ministra: Acredito que nós, mulheres,
são levadas a trabalhar em uma casa de família
temos
uma visão diferenciada de mundo. Não
O trabalho
que acredita estar ajudando-a, mas, na
que
ela
seja pior ou melhor que a dos homens,
infantil destrói a
verdade, não está. O trabalho infantil destrói a
mas é diferente. Eu, particularmente, quando
infância e precisa ser
infância e precisa ser enfrentado. Lugar de
vejo que estamos conseguindo ampliar
enfrentado. Lugar
criança é na escola!
direitos,
promover a inclusão social de milhões
de criança é
- Porto Alegre aprovou, no final do ano
de
pessoas,
melhorar o acesso à educação e a
na escola.
passado, uma lei que assegura o ensino do
direitos básicos que foram historicamente
Holocausto na rede pública municipal de escolas.
negados a nossa gente, renovo a minha esperança de
Qual a sua opinião sobre esse projeto de lei? É viável
um Brasil e de um mundo cada vez melhores e mais
estendê-lo para outros municípios do país?
humanos. É um longo processo a ser percorrido, mas tenho
Ministra: Trata-se de uma brilhante iniciativa, que
muita fé em que alcançaremos um padrão de convivência
vai levar para o ambiente escolar um debate sobre uma
baseado na paz e no respeito aos direitos de todas as
terrível prática que ocorreu na história mundial e que
pessoas. Esse é o meu sonho e é para isso que trabalhamos
resultou na perseguição e morte de milhões de pessoas, em
aqui no governo federal.
especial judeus, motivadas pelo racismo. Esse é um tema de
- Qual a mensagem que a senhora deixa para uma
fundamental importância para ser ensinado e discutido.
ONG feminina, como a Na’amat Pioneiras, que atua com
Somente a partir do conhecimento da totalidade da nossa
o objetivo de elevar o status da mulher na sociedade?
história é que conseguiremos enfrentar os preconceitos e
Ministra: Olha, a minha mensagem é de um grande
garantir que práticas como essa nunca mais ocorram em
reconhecimento pelo trabalho que vocês desenvolvem no
nenhum lugar do planeta.
debate de temas tão importantes da nossa sociedade e para
o empoderamento das mulheres. Quero agradecer publica- Como está seu cronograma de trabalho à frente da
Secretaria de Direitos Humanos? Seus projetos? Planos?
mente pela atuação de vocês para garantir uma sociedade
Ministra: Sinto-me muito honrada e com uma
cada vez mais engajada na defesa dos seus direitos. E
enorme responsabilidade de coordenar a política de
aproveito para reafirmar meu respeito por toda a comuniDireitos Humanos do governo da presidenta Dilma
dade judaica do Rio Grande do Sul e do Brasil, cuja missão
Rousseff. Aqui na SDH, temos o desafio de elaborar
maior é a paz e a harmonia entre todos os povos. Obrigada
programas que garantam e ampliem os direitos de cada
pela oportunidade e parabéns pelo trabalho de vocês!
brasileiro e cada brasileira, dentro do contexto de um
governo determinado a enfrentar a pobreza extrema no
Entrevista concedida à Marili Scliar Buchalter
Entrevista
Humanos da Presidência da República
19
Na’amat Pioneiras
51º Bazar Anual
Departamento Cultural - Curso de Culinária
Doação Grupo Coach Neurim para o
Amparo Santa Cruz
Prêmio SIBRA para Celi Maltz Raskin
Departamento de Turismo - Excursão a Riveira
Apresentação do Coral Zemer em Tramandaí
Visita ao Lar Mauricio Seligman
Seminário Cultural
Mostra Cinema Judaico
Confraternização Final Ano Quinta da
Estância Grande
Doação 51º Bazar
Doação Na’amat e Wizo para comunidades
das Ilhas do Guaiba
Grupo Morashá - Pizza da Primavera
Posse da Nova Diretoria Centro Porto Alegre
150 Anos de Theodor Herzl - Na’amat e Wizo
Grupo Avodá - 80 anos Paulina Knijnik
20
Grupo Morashá - Doação de Brinquedos
Festa de Chanucá - Centro Israelita
Julho 2010 a Junho 2011
Grupo Paulina Cuperstein
Festa de Purim
Departamento Cultural - Painel em
Homenagema Moacyr Scliar
Exposição Mesas Pessach
Grupo Prachim - Encontro do Verão 2011
Grupo Any Rerin e Grupo Koach (Wizo) Leilão de Artes
Palestra Céres Maltz Bin - Presidente
Executivo Nacional
Abertura Trabalhos 2011
Grupo Sara Barkait- Chá do Dia das Mães
Grupo Elisheva Kaplan - 80 Anos Fani
Ratinecas
Departamento Cultural - Palestra da Professora
Helena Lewin - Clientelshik
Visita ao Lar Mauricio Seligman
Festa da Rua - 63º Anos do Estado de Israel
Departamento Turismo - Passeio Veranópolis
e Termas Do Prata
Dia Na’amat 2011
21
Homenagem
22
Moacyr - Escritor de Porto Alegre
Regina Zilberman
Regina Zilberman é escritora e professora. Licenciou-se em Letras pela UFRGS, doutorou-se em Romanística pela Universidade de Heidelberg,
na Alemanha, e fez pós-doutorado em Rhode Island, nos Estados Unidos. Foi professora da PUCRS e é uma das maiores especialistas em literatura infantojuvenil. Possui mais de 20 livros publicados e premiados na área pedagógica e educacional. É professora da UFRGS (Instituto de Letras).
O primeiro romance de
de nossa literatura e escolhe seus pares. Com efeito, se o Bom Fim
Moacyr Scliar, “A guerra no Bom
de Moacyr Scliar é o de sua (nossa) infância, povoado por uma
Fim”, foi editado em 1982. Não é seu
mitologia própria, muito peculiar ao bairro, ele é também o Bom
primeiro livro, pois, antes, tinha
Fim que se encontra nos livros de Erico Verissimo, como “Um lugar
lançado as narrativas de “Carnaval
ao sol”, por exemplo. Ao se reapropriar do Bom Fim de Erico e
dos animais”, publicado contos em
reintroduzi-lo em seus livros, Moacyr adianta ao leitor como quer
parceira com Carlos Stein e particiser lido. Como gaúcho
pado de antologias, acompanhado
e alinhado à melhor
de outros escritores do Rio Grande
tradição do romance
do Sul.
sulino.
“A guerra no Bom Fim”,
Por último, o
contudo, ocupa lugar especial,
Bom Fim é o nosso
porque lida com Porto Alegre. Não
bairro judeu. É como
Regina Zilberman
apenas a ação se passa na cidade, falando de seus bairros, morros,
tal que nos reconheceparques: a vida porto-alegrense anima a ação da narrativa, motiva o
mos nesse livro, não
comportamento das personagens, estabelece os parâmetros de
apenas por fazer parte
comportamento e afeto. Nossa capital está ali, de corpo inteiro,
desse grupo étnico,
seduzindo os homens que a habitam e explicando a razão de ser de
mas principalmente
suas existências.
por nos apontar o
Por sua vez, “A guerra no Bom Fim” não é o único texto em
m o d o c o m o n ó s , Moacyr Scliar em família
que Porto Alegre reside nas páginas dos livros de Scliar: “O exército
judeus, pertencemos a esse segmento minoritário, à cidade de Porto
de um homem só”, “Os deuses de Raquel”, “O ciclo das
Alegre e à cultura do Rio Grande do Sul, representada no
águas”, “Os voluntários”, “O centauro no jardim” – eis
romance pela adesão de Moacyr à tradição literária de
criações dos anos 1970 que escolhem a cidade como
Erico Verissimo. Mais que outro escritor, Scliar
cenário dos acontecimentos. Cenário que
evidenciou nossa identidade, no melting pot de nossa
extravasa as funções costumeiramente atribuídas
metrópole, sem renegar as origens, de um lado, de
a ele: bairros podem traduzir a personalidade das
outro, sem abrir mão da integração ao universo
pessoas, como o paradoxal bairro Partenon em
gaúcho.
“Os deuses de Raquel”, ruas são sintomas de
A trajetória do romancista, inaugurada
sonhos, como a bastante conhecida Voluntários da
com esse “A guerra no Bom Fim”, nunca perdeu de
Pátria, em “Os voluntários”.
vista esse começo. O escritor foi longe: produziu
Moacyr Scliar é o intérprete de nossa cidade, e
quase vinte romances, várias livros de contos, ensaios
nos seus livros nos reconhecemos não apenas como
sobre medicina e literatura, narrativas infanto-juvenis; foi
O pequeno Moacyr
habitantes dessa curiosa pólis, feita de concreto, asfalto e
objeto de coletâneas que selecionam os melhores entre os
paisagens idílicas. Reconhecemo-nos também como indivíduos,
muitos bons; está publicado em Portugal e traduzido nos Estados
sujeitos que encontram no espaço circundante seu eu refletido,
Unidos, França, Holanda, Alemanha, para citar alguns dos países
imagem e reprodução mais nítida e compreensível que o original.
do Hemisfério Norte em que sua obra foi acolhida favoravelmente.
Continuo a
Além disso, foi chamado para fazer conferências na
destacar “A guerra no Bom
América do Norte e na Europa, participou de programas de
Fim”. Porque esse livro,
incentivo à leitura no interior do Estado e por todos os cantos do
estreia de Scliar no
país. Ministrou curso de literatura para estudantes universitários
romance, ultrapassa a
nos Estados Unidos e foi regularmente convidado para debater e
representação da cidade e
compor painéis com intelectuais e artistas de renome do meio
da interpretação de seus
acadêmico e artístico.
moradores. HoO escritor foi longe; mas continuou sempre próximo, não
menageando Erico
apenas por permanecer entre nós, lealmente porto-alegrense. Mas
Verissimo, de quem extrai
também por nos entregar nossa cidade à leitura e entendimento,
a visão literária do Bom
leitura que é compreensão de nosso mundo e de nós mesmos. Nada
Fim apresentada no texto,
melhor para iluminar nossas vidas, mesmo após ter partido daqui
Escritor na Academia Brasileira de Letras
o escritor refaz a trajetória
para sempre.
Carlos Urbim
Carlos Urbim nasceu na fronteira do Rio Grande do Sul com o Uruguai. Mudou-se para Porto Alegre aos 19 anos e formou-se em
Jornalismo na UFRGS. Trabalha na área do jornalismo há 33 anos, tendo passado por diversas empresas jornalísticas, todas sediadas em
Porto Alegre. Sua primeira publicação destinada ao público infantil, “Um Guri Daltônico”, de 1984, obteve grande repercussão junto ao
público. Carlos Urbime é autor dos livros “Patropi, a Pandorguinha”, “[email protected]”, “Uma Graça de Traça”, “Caderno de
Temas”, “Diário de um Guri”, “Dona Juana”, “Bolacha Maria”, “Saco de Brinquedos”, “Rio Grande do Sul – Um Século de História”,
“Os Farrapos”, “Álbum de Figurinhas” e “Morro Reuter de A a Z”, entre outros. Ao escrever para crianças, busca na infância a motivação
para o material de que é feita sua produção literária, conservando as influências e o sotaque da região em que nasceu. Utiliza a poesia como
forma de cativar os pequenos leitores, e seus personagens têm fortes vínculos com o cotidiano gaúcho, o que contribui para a identificação
imediata entre o autor e seu público. Em 2009, foi escolhido como patrono da 55ª edição da Feira do Livro de Porto Alegre.
Literatura
Poesia brinca com coisa séria
soletrar! Essas regras gramaticais são coisa de doido! Vaia
feroz para o infeliz que inventou o máximo divisor comum.
E seria muito bacana ver Dom Pedro gritar em São Paulo
com a espada na mão, montado no cavalo. Melhor mesmo
só conversa no sofá com o pai, enquanto a mãe prepara o
almoço. Mas dever de casa também é distrair o irmão.
Tomara que esse bebê pare de chorar depois de mamar!
Tudo o que passa pela cabeça do menino está, por
exemplo, em “Lata de Tesouros” ou “Admissão ao
Ginásio”, escritos em prosa. Quando brotaram, tornaramse exercícios de texto longo para quem está mais acostumado com leitura. No “Dever de Casa”, a proposta é a de criar
poesia. Simples, afetivas, do bem. Por que poemas? Ah, é
maneira alegre de oferecer leitura a quem está começando a
Carlos Urbim
gostar de ler. E os que já gostam vão perceber as sutilezas.
No começo do processo, tudo é brincadeira, época
Mario Quintana sempre disse que crianças adoram o ritmo
de colher informações. Uma idéia está se formando,
das poesias. Poemas deixam a gente feliz na sala de aula e na
qualquer coisa que aconteça pode ser imagem traduzida em
vida.
palavras. Poesia em tempo integral. Com muitos recreios e
Feita a coleta inicial, tudo passa a ser muito sério. Há
o direito de sonhar. Uma vez calhou de o brinquedo ser um
planejamento, memória técnica, 38 anos de redação em
saco para encher de brinquedos. Em outra oportunidade,
jornais, escolhas literárias a partir de 1984, estréia de “Um
foram os cheiros e gostos da infância, em especial os de
Guri Daltônico”. Como aconselha Manoel de Barros, agora
“Bolacha Maria”. Depois chegou a vez de acompanhar
é hora de escovar palavras. Garimpar exatidões. Lixar
um guri atrolhado de deveres para fazer em casa.
excessos. Polir sujeiras. Mil vezes a mesma frase,
Essas
Esperto, curioso, louco para brincar no pátio ou
mil cuidados com o som, a pausa, o movimenregras gramaticais
na calçada, cheio de preguiça ao encarar os
to, a síntese.
são coisa de doido!
cadernos espalhados na mesa da sala.
Daí em diante, o poema é trabalho de
Vaia feroz para o infeliz carpintaria, artesanato, moldagem, reflexão
Vira divertimento imaginar o que um
que inventou o máximo constante sobre o ofício. Atrás de cada verso,
guri desses apronta. Lições, temas, aulas em
divisor comum.
que não dá para vacilar, senão depois nem ele
estão os rastros de vivências compartilhadas,
entende o que anotou correndo direto do
palmilhadas, na busca impossível da perfeição.
quadro, onde tudo estava bem claro em letras de
O conforto final dos poemas publicados
giz. Agora, ele vê fotinhos de escritores no livro do MEC
passará pela seriedade maior da brincadeira, quando
que a escola adotou. Pega a bola e compara com o mapa
avaliada pela editora. Nova etapa para cortar, polir,
mundi achatado nos polos. Ouve Tom Jobim saindo do
enquadrar. Até os artistas darem existência gráfica e visual
rádio ali na cozinha. Os gomos da bola parecem meridianos
ao que é feito de palavras. Aí, então, tem mais que partir
e paralelos.
para o abraço. Livro novo na roda, poesia querendo ser
Uma peteca de presente para os que souberem
descoberta, brinquedo e celebração.
Foto: Rodrigo Migliorin
23
IMOBILAR IMÓVEIS LTDA.
Osvaldo Aranha, 1070 - cj. 302 - Fones: 3311-6292 e 3311-7594
IMOBILIÁRIA
RUY MORENO LTDA.
Administração e Venda de Imóveis
Uruguai, 240 - 1° and. - Fone/Fax: 3013-1523
SCHOTKIS IMOBILIÁRIA Especializada em Locações
Gen. João Telles, 377 - Fone: 3311-2184
Zimmer
Assessoria Imobiliaria
LOCAÇÕES
CONDOMÍNIOS
Cohen Empreendimentos Imobiliários Ltda.
29 anos de solidez e certeza de bons negócios!
Tel.: 51-32272864l 32121656 - Fax: 51-32260494
Avenida Borges de Medeiros, 308/103 e 104.
Centro – Porto Alegre – RS
Email: [email protected]
www.cohen.com.br
Av. Protásio Alves, 2278
Petrópolis - Poa/RS
Fone/fax: 51 3388-4913
www.imobiliariazimmer.com.br
SEDE CENTRO: Gen. João Manoel, 50 - loja 101. Fone: 3226.2222
SEDE MOINHOS: Tiradentes, 298. Fone: 3211.2910
SEDE CAXIAS: Dal Canale, 2186. 5° andar - Sala 9008. Fone: (54) 3220.4104
25
PISOM JÓIAS
Fones: (51) 3233-9113 / 9807-5897
NOVA MARCA
Imóveis
Henrique Dias, 241 - Fone/Fax: 3312-1414
www.novamarcaimoveis.com
[email protected]
LAVANDERIAS
Lavanderia VALENTIM
Vicente da Fontoura, 2131 - Fone: 3333-0550
Lavagem à seco: do Vestuário, Colchas, Cobertores,
Cortinas e Edredons. Limpeza de Tapetes.
Auto Serviço - lavagem e secagem feita por você.
Rua Vasco da Gama, 226, esq. Felipe Camarão
De Segunda a Sexta das 8h às 19h30
Aos sábados das 8h às 19h
LOCADORA DE VÍDEO
FILMES CLÁSSICOS ?
FILMES RAROS ?
TEMÁTICA JUDAICA ?
O ENDEREÇO É UM SÓ:
INFORMÁTICA
ZIL VÍDEO
MAIOR ACERVO DE FITAS E DVDs
DE PORTO ALEGRE
INFOCORP Equipamentos e Sistemas de Informação
Ltda.
Av. Osvaldo Aranha, 992 - (sobreloja)
Barros Cassal, 610 POA Fone/Fax: (51)3311-5477/3028-4747
[email protected]
JOALHERIAS/ÓTICAS/RELOJOARIAS
26
Fone: 3061-9443
MATERIAL DE CONSTRUÇÃO E DECORAÇÃO
HIDROGÁS
Assistência Hidráulica Ltda. - Venda - Instalação Assistência Técnica - Deca-Hydra, Eluma, Ideal
Standard, Junkers-Bosch, Rinnai e Aquecimento Solar
Ramiro Barcelos, 1640 - Fone: 3012-6060
DR. DÉCIO WOLFF WECKSLER - Oftalmologia
Hospital Ernesto Dornelles, sala 47
Fones: 3217-0665, 3217-0880 – POA
Flores da Cunha, 903 – cj. 710
Fone: 3470-6613 – Cachoeirinha
DR. GILBERTO FRIEDMAN - Cardiologia, Medicina
Interna e Intensivista
Ramiro Barcelos, 1793 - cj. 701 - Fone: 3330-7807
DR. JACOB JOVCHELOVITCH - Pediatria
Fone: 3233-3140
DR. JAIRO TROMBKA - Cardiologia e Medicina Interna
Luciana de Abreu, 337 sl. 401 - Fone: 3222-8657
DR. JOEL SCHWARTZ - Dermatologia
Mostardeiro, 5 sl. 812 - Fone: 3314-8520
DR. MOACIR RABIN - Oftalmologia
Mostardeiro, 5 - 4° and. - cj.401 Fones: 3228-3828 e 3211-5019
MÉDICOS
CLÍNICA PLATCHECK
CIRURGIA PLÁSTICA E
ESPECIALIDADES
DRA. ROSANNE PLATCHECK
Cirurgia Plástica, Estética e Reparadora,
Bioplastia, Botox e Peelings
DOROTI MARTINS STEINBRUCH
Psicóloga
Rua Miguel Tostes, 672 Fone/fax: 3333-7227
E-mail: [email protected]
E-mail: [email protected]
CLÍNICA RACHE - Ginecologia e Obstetrícia
Luciana de Abreu, 267 - cj. 202 - Fone: 3222-4023
DR. AIRTON GOLBERT - Medicina Interna e
Endocrinologia
Florêncio Ygartua, 288 - cj.302 - Fones: 3335-1464 e 3330-0172
DR. BORIS PAKTER - Olhos, Ouvidos, Nariz e Garganta
Praça Dom Feliciano, 39 - 4° and. - Fone: 2221-5200
DR. CARLOS ALBERTO TEMES DE QUADROS
Ginecologia e obstetrícia
Consultório: Tobias da Silva, 99/ 402
Fone/Fax: 3222-0923 - 3346-4898
Cel: 9981-5045 - E-mail: [email protected]
DR. CLÁUDIO NHUCH - Cremers 24473
Cirurgia Vascular/Endovascular
Dona Laura, 354/401 - Rio Branco
Fones: 3331-4477 e 3024-5480
DR. PAULO FASOLO - Medicina Interna
Ramiro Barcelos, 1793 cj. 504 - Fones: 3330-7244 e 3330-4846
DR. RENATO SALTZ - Cirurgia Plástica e Estética
Fone: (801) 581.3149 (EUA), SPA Vitória
www.plasticsurgery.utah.edu
DR. ROBERTO RODRIGUES - Psiquiatria e Psicoterapia
DRA. ELAINE RODRIGUES - Psicologia
Icaraí, 74 - Fone: 3249-6654
DR. MARCELO RODRIGUES - Urologia
Mostardeiro, 265 - sl. 205
DR. MARCOS RODRIGUES - Traumatologia
Centro Clínico Mãe de Deus – sala 501
DR. RODRIGO SALTZ ROSENFELD - CirurgiãoPlástico - Pós-Graduação em Cirurgia Plástica no
Instituto Ivo Pitanguy
Fone (51) 9868-5222 - E-mail: [email protected]
DR. ROGÉRIO FRAJNDLICH - Psiquiatria
Taquara, 98 - cj. 301 - Fone: 3333-1741
DR. RUBENS GURSKI - Oftalmologia
Gen. Vitorino, 77 - cj. 1102 - Fone: 3211-3222
DR. SÉRGIO JOBIM DE AZEVEDO
Centro de Hematologia, Oncologia e Transplante de
Medula Óssea
Padre Chagas, 66 cj. 203 - Fones: 3222-7852 / 3346-6107
DR. SÉRGIO ZYLBERSZTEJN
Ortopedia e Traumatologia
Doenças da Coluna Vertebral
Florêncio Ygartua 270 cj. 702 esq. Mostardeiro
Fones: 3019-6136 / 3019-6137
27
DRA. CAROLINE BOESCHE ALEIXO - Endocrinologia
Praça Dom Feliciano,39 cj 1008 - Fone: 3023-2620
[email protected]
ORTOCENTER - CENTRO DE ORTOPEDIA E
TRAUMATOLOGIA
DR. CARLOS ROBERTO SCHWARTSMANN
Leopoldo Bier, 825 - Fones: 3217-3737, 3217-6333 e 3217-6422
DRA. CÍNTIA PILCZER - Ouvidos, Nariz e Garganta
José de Alencar, 237 - Fone: 3024-4772
Ginecologia e Obstetrícia
RHEUMA - CLÍNICA DE DOENÇAS REUMÁTICAS
DR. MAURO W. KEISERMAN
Carlos Gomes, 328 - cj. 1009 - Fones: 3328-2038/3328-2467
MODAS/VESTUÁRIO/CAMA E MESA
DRA. CIRCE CHMELNITSKY DE MATTOS
CRM 12905
BEBETI
boutique
Rua Comendador Caminha, 312/601 - Moinhos de Vento
Cons.: 3222-6499/ Resid.: 3268-2410 - [email protected]
DRA. CLARISSA W. NESTROVSKI - Medicina Interna
Mostardeiro, 157 / 707 - Fone: 3222-5158
DRA. DORA ULLMANN - Medicina Estética
Tobias da Silva, 267 cj. 202 - Fones: 3346-3719 e 30-721-721
Especializada em Roupas de Festas,
Mães de Noivas e Madrinhas
Av. Iguaçú, 90 - Fone: 3334-1570 / 3381-2006
[email protected]
DRA. FANY GLOCK - Clínica Geral
Cavalhada, 2831 - Fone: 3249-1908 e Fax: 3242-9127
BEM BOLADO - Moda em todos os tamanhos
Protásio Alves, 2512 A - Fone: 3332-8710
DRA. ROSANE FISCHMANN HALPERIN
Holter 24h - Diagnóstico de arritmias
Rua dos Andradas, 1781 cj.1103 - Fone: 3062-3228
DRA. SHEILA NAIDITCH - Ginecologia e Obstetrícia
MALHARIA ELIANI - A malha que veste
bem em todo mundo
Francisco Knabben s/n - Termas do Gravatal, SC
Ramiro Barcelos, 1793 - cj. 501 - Fone: 3330-1771
MALHARIA NADIR
INSTITUTO KAPLAN - Oncologia
Fábrica e Loja: Rod. SC 438 - Km 197- nº 12900
Loja - Galeria Gajala II - Av. Pedro Zapellini
Termas - Gravatal/SC - F:(48)3648-2202
Diretores: DR. GILBERTO SCHWARTSMANN
DR. ALGEMIR BRUNETTO
Olavo Bilac, 805 - Fones: 3331-7272 e 3331-7676
MARINA NOGUEIRA - Modas
Felipe Camarão, 477 – Bom Fim
Fone: 3312-8630
Venâncio Aires, 1129 - Fone: 3379-1204
Jerônimo de Ornelas, 353 Lj. 104
CENTRAL MÉDICA CARLOS CHAGAS
Planos de Saúde Empresariais
Medicina do Trabalho
Diretores: Dr. Rogério Coifman
Dr. Gildo I. Coifman
Telefone: 3378-8000
28
Z I L D A CONFECÇÕES
Hélio A. Agostinelli, 77
Fone: (048) 3648-2051
Termas do Gravatal, SC
PIZZARIAS/RESTAURANTES/CHURRASCARIAS
CHURRASCARIA SCHNEIDER
Com Buffet de Frutos do Mar
Av. Bahia, 29 - Fone: 3342-3026
MÓVEIS/ESTOFADOS/DECORAÇÕES
DC SHOPPING
Rua Frederico Mentz, 1561/147
Porto Alegre - RS
Tele-entrega: 3337.8999
[email protected]
www.galetosantamaria.com.br
PIZZA HUT - Protásio Alves, 3017
Praia de Belas Shopping lj. 080; Anita Garibaldi, 1293
Castro Alves, 791 - Cel. Marcos, 2353, Ipanema
Caxias do Sul: Alfredo Chaves, 1234
Central de Atendimento Delivery - 4002-6565
RESTAURANTE E CHURRASCARIA SANTO
ANTÔNIO
Dr. Timóteo, 465 - Fone: 3222-3130
PSICÓLOGAS
CAROLINE SCHWARTSMANN
Psicóloga - Recursos Humanos
Felipe Camarão, 535/401
DANIELA MALTZ RASKIN - Psicóloga - CRP 07/13105
Felipe Neri, 447/306, Auxiliadora - Fone: 9959-7957
[email protected]
GLACI FAINGLUZ - Psicoterapia - Adultos
Fernandes Vieira, 203 sl. 302 - Fone: 3311-7337
ORGANIZAÇÃO DE FESTAS E EVENTOS
GINA SAFFER - Organização de Festas e Eventos
Contato - (51) 99794632 / [email protected]
ORTOPEDIA
CORRETO - ORTOPEDIA E SAÚDE
Gen. Vitorino, 156 - Fones: 3224-3343 e 3224-1767
Iguatemi, loja 285 - Fone: 3338-2278
Mãe de Deus Center, loja 23 - Fone: 3330-8154
Shopping Total, loja 1168 - Fone: 3018-7168
Correto Clínica de Órteses e Próteses - Fone: 3334-1144
PET SHOP
3254.0041
8111.9343
JULIA ADAMS PEREZ - Psicóloga - CRP-07/14008
Felipe Neri, 447/306 - Fone: 9712-5590
LÍGIA CARANGACHE KIJNER - Psicóloga
Iguaçu, 197 cj. 504 - Fones: 3381-9650/ 3338-7093
ROSANE SCHOTGUES LEVENFUS - Psicoterapia Adolescentes e Adultos e Orientação Vocacional.
Fernandes Vieira, 637 cj. 307 - Fones: 3311-2523 (com.) e
3388-4631 (res.)
REPRESENTAÇÕES
BIAS GURSKI & CIA. LTDA.
Mal. Floriano, 91 - cj. 500 - Fone: 3224-0166
JAIME LERNER REPRESENTAÇÕES
Senhor dos Passos, 235 - cj. 605 - Fone: 3225-3544
SEGURANÇA
GOLBRÁS - Segurança e computação
São Luís, 1036 - Fone: 3219-7173
SEGUROS
Felipe Camarão, 343 lj. 1
T O T A L - SEGUROS
Ramiro Barcelos, 1819 - cj. 202 - Fone: 3026-4959
29
TÚMULOS
MATZEIVAS em granito
Novas, reformas e consertos
Maurício Bliacheris
Tel/fax: 3223-7435 e 9698-9155
TURISMO
Rua Senhor dos Passos, 235/705 - Porto Alegre/RS
CEP: 90020-180 - Fone/Fax: (051) 3221.2112
e-mail: [email protected]
SERVIÇOS FUNERÁRIOS
TECIDOS/DECORAÇÕES/LÃS/AVIAMENTOS
LOJA "AO CROCHET” - Fundada por Jacob Katz, em 1935
Telas, Riscos, Bordados, Lãs, Linhas e Miudezas
Agradecemos aos nossos clientes e amigos pela sua
preferência.
Osvaldo Aranha, 1126 - Fone/Fax: 3311-0447
NOSSAGÊNCIA VIAGENS E TURISMO LTDA.
Rua Mostardeiro, 333 Cj. 208/209
90430-001 - PORTO ALEGRE - RS
FONE: (51) 3222.1066 / FAX: (51) 3222.5871
TINTAS
A número 1 em texturas,
bem mais perto de você!
Saiba que comprar tinta também requer bom
gosto, venha até nosso Show-Room e descubra
tudo o que o Ponto Kresil tem a lhe oferecer,
além dos melhores preços e melhor qualidade.
Suzana Dias Borges
(51) 9343.3783
e-mail: [email protected]
msn: [email protected]
Rua Fernandes Vieira, 502/03
CEP 90035-090 - Bom Fim
Porto Alegre - RS - Brasil
Tel.: (51) 3519.0184
Cel.: (51) 9822.0198
[email protected]
[email protected]
S T B / TRIP & TRAVEL - AGÊNCIA DE VIAGENS
Moinhos de Vento: Quintino Bocaiúva, 267 - Fone: 4001-3000
Av. Plínio Brasil Milano, 168
Fone: 3022-2226
30
Zona Sul: Wenceslau Escobar, 3112 - Fone: 4001-3030
Bela Vista: Anita Garibaldi, 1515 Fone: 4001-3010
www.stbrs.com
O MELHOR
COMPLEXO
GRÁFICO
DO SUL.
Av. Protásio Alves, 6441
Porto Alegre - RS
Fone: (51) 3334.1010
rua neusa goulart brizola, 143
rua vicente da fontoura, 2600 - ljs 03 05 06 poa/rs
fones: 3029-1441 / 3029-0112 / 3029-0109
31
INSTITUIÇÕES E ENTIDADES JUDAICAS
NA’AMAT PIONEIRAS
A DIRETORIA DA SINAGOGA UNIÃO ISRAELITA PORTO
ALEGRENSE CUMPRIMENTA A NA’AMAT PIONEIRAS,
DESEJANDO PLENO SUCESSO NO BAZAR.
32
ABRAHÃO FIXMAN
ABRAHÃO SUSLIK
ALEXANDRE SZAPIRO
OLGA SZAPIRO
MIRIAM SZAPIRO
AMÁLIA HOCSMAN
AMÁLIA K. GRIMBERG
ANNA SPUMBERG
ANÔNIMO
ARÃO SILBERSTEIN
ARIEL LERRER TERNER
ARON ENK
FLORA ENK
DR. JOSÉ GLOCK
DR. JULIO GLOCK
DUNHE ZIMMERMANN
ELIAS AMIEL (SANTA MARIA)
EMILIE FLEISCHER
ENA WAINBERG KRUTER
ESTER CHMELNITSKY
ESTHER TORICACHVILI
EVA GOLBERT
EVELYNE HERBORN
FANNY GUS
FELIPE LIPA M. HAUZMANN
FELIPE LECHTMANN
FRANCISCO FRIDMAN
JOSÉ ANAPOLSKY
IDA ANAPOLSKY
ODETE DVOSKIN
OLGA GOLANDINSKI
JOSÉ AXELRUD
JOYA AXELRUD
PAULINA CUPERSTEIN
JOSÉ BOIANOVSKY
JOSÉ DAVID KUPPER (CURITIBA)
JOSÉ ROGER GLASSER
JOSÉ SPUMBERG
JOSÉ (PEDRO) LECHTMAN
AMÁLIA MALKA LECHTMAN
PEDRO BERLIM
JOANA KASSOW BERLIM
TÂNIA BERLIM
PEDRO GLOCK
BERTA GLOCK
JOSÉ LEVY CALAHORA
REBECCA LEVY
RACHEL MATTATIA
RACHEL WAINSTEIN
RAFAEL ZOUVI
RAQUEL CELNIC
JOSÉ NEMETZ
FANY ANA TESSLER NEMETZ
RUBINAS (RAUL) GENSAS
MARTA BLIACHERIS GENSAS
JULIO WALDEMAR
REISLA MALTZ
LAIOS SCHWARCZ
LILI SCHWARCZ
ROBERTO FITERMAN
ALICE COSTA FITERMAN
LÉA FLEISCHER
LEA SOIBELMAN GRUTSCHKO
ROSA BOIANOVSKY
ROSA DUBOW
ROSANE SANDLER
ROSITA SELIGMAN
SALOMÃO JOVEGELEVICIUS
SALOMÃO KAUFMAN
SALOMÃO STEREN
Em Memória
“Em memória das pessoas queridas que nos deixaram.”
GEIVA SANDLER
BELA ENGELMAN
BELA LICHTENSTEIN
BERKO KAUFMAN
CHANA KAUFMAN
BERNARDO CARNOS
SOPHIA W. CARNOS
BERNARDO PAKTER
GENY PAKTER
BERTA BAUM
BERTA FITERMAN COLMAN
BERTA MARON
BERTA RUSSOWSKY SOIBELMAN
BERTA SIMINOVICH
BERTA TAMPOLSKY LERMANN
BORIS ZILBERMAN
MALVINA G. ZILBERMAN
REISE Z. GUDIS
GREGÓRIO KASSOW
SILA KASSOW
GUITA FEDERMANN (CURITIBA)
HANNA WULFF VARGA
HENRIQUE ACHTENBERG
REBECA ACHTENBERG
HENRIQUE COROGODSKY
CHEIVA COROGODSKY
HERSZ WOLF FRIDMAN
MINDLA FRIDMAN
IDA CANTERGI
ISAAC AINHORN
ISAAC SAUTE
IDA SAUTE
CAMILA BANON
ISAAC NELSTEIN
LIZA NELSTEIN
CARLOS KNIJNIK
SARA KNIJNIK
ISAAC NUDELMAN
ISAAC RUBIN
CARMEM DORA COPSTEIN
CARMEM SILVEIRA NETO FARIA
CECÍLIA DAVIDSON KUMPINSKY
CECÍLIA LICHTENSTEIN
CECÍLIA SLAVUTZQUE
CIPRA BORESTEIN
ISRAEL MALTZ (POLACO)
ISRAEL PIPKIN
ISAAC PIPKIN
JOSÉ PIPKIN
LEÃO KNIJNIK
ELIZETE KNIJNIK
LUIZ FITERMAN
JENY FITERMAN
LUISA CATTAN MELAMED
LUIZA BLIACHERIS SZUCHMAN
LUIZA MILMAN
MANOEL LEVIN
SONIA LEVIN
MADALENA FISCHER
MIRIAM FISCHER
MARGOT STRUMPF
MARA SCHWARTZMAN
MARCOS RABIN
MARIA SIMINOVICH
MAURÍCIO FISCHMANN
MARIA B. FISCHMANN
JACOB BERESNIACK
CILA MARKUSONS
VERA MARKUSONS
CLARA BLIACHERIS
CLARA MILSTEIN
CLARA NAGELSTEIN
CLARA SAFRO
CLARA KOR WOLFUCK
CLARITA DRUCK SAMBERG
DAVID DUBIN
DAVID JOSEPH KAPEL
JACOB CARDON
LUIZA CARDON
JACOB ENGELMAN
CLARA ENGELMAN
MAURÍCIO PIPKIN
FRIDA PIPKIN
MAURÍCIO SUSLIK
SUELY SUSLIK SVIRSKY
SAMUEL NEMETZ
ANA NEMETZ
SAMUEL SUKIENNIK
SARA KATZ
SARA NEIROS GROISMAN
SARA VICTORS
SARA SCLIAR
MOACYR SCLIAR
SENDER SZAPSZAY
NECHUMA SZAPSZAY
SIMÃO KUPERSTEIN
SIMÃO SCHWARTZMAN
SOFIA ALCALAY
SOFIA KRUMHOLZ
SOFIA SCHWARTSMANN
TELICHEVSKY
STELLA WECHSLER
SUSANNE SCHALL
TOBIAS GOCMAN
ANA G. GOCMAN
MAURO FIXMAN
JACOB KATZ
JACHETA (JANETE) KATZ
SARA KATZ
TULIA GUINSBURG OCHMAN
MIKLOS ROSENFELD
CLARA BERTA ROSENFELD
WALDEMAR CANTERJI
ANITA TESSLER CANTERJI
JAIME JOVEGELEVICIUS
DAVID TEITELBAUM
ELFRIDES TEITELBAUM
SOLON TEITELBAUM
DORA WOLFF (RG)
DOREL GRUNBERG
DR. ABRAÃO SUKIENNIK
DR. JACOB KIRJNER
DR. JAIME COPSTEIN
JAIME ZELTZER
RAQUEL I. ZELTZER
JAYME HOCHBERG
MARIA HOCHBERG
CLARITA GALBINSKI
presta uma homenagem a seus pais
Elias e Luiza Galbinski z'l
JENI CARANGACHE
JONAS WOLF
33
Patrocinadores
“Só é necessário um minuto para que se simpatize com alguém, uma hora para
gostar de alguém, mas é preciso toda uma vida para que se possa esquecê-lo.”
ADÉLIA MATONE
ADÉLIA ROITHMANN
ADELINA NAIDITCH
ADRIANA DA SILVA RIBEIRO
AIDA STEREN
ALESSANDRA JOVEGELEVICIUS
ALESSANDRA SHARGORODSKY TERNER
AMANDA SCHVARTZMAN
ANA BEATRIZ COPSTEIN WALDEMAR
ANA GOLDSTEIN
ANA MARIA PASCAROLO IOCHPE
ANA OLCHIK
ANA TRACHTENBERG
ANABELA LOIFERMAN
ANDREA WURZEL
ANDRESSA B. SILVA FITERMAN (CURITIBA)
ANGELA STEIN
ANNA GROSSMANN
ANNA ZAMEL
ANITA MARON (NENA)
ANNITA SOIBELMAN
ANNITA WOLF
AUGUSTA COROGODSKY
AUGUSTA KELBERT
BEATRIZ CHWARTZMANN
BEATRIZ FISCHMAN OSÓRIO
BEATRIZ NEUMAN
BEATRIZ SAUTE GLOCK
BEATRIZ PAPICH KROST
BEATRIZ STRAZAS
BEATRIZ ZIMMERMANN
BEKY MORON DE MACADAR
BELA IGOR
BELA LITVIN
BELA TEITELBAUM
BELA FANI G. TVORECKY
BELINHA DUBIN
BELINHA NUDELMAN
BERTA ROSA JOVEGELEVICIUS
BERTA SALTZ
BERTHA FAJER
BETI BACALTCHUCK
BETI POTZTARUK
BETTY RUTH WINDMUELLER
BETTY ZAMEL KATZ
BRIGIDA GURSKI
CATIA HELENA ROSA
CECI LEWIN ZILBERKNOP (PELOTAS)
CECÍLIA SUKIENNIK
CEIRA LAKS
CELI MALTZ RASKIN
CÉLIA BERGER
CÉLIA BROCHMAN
CÉLIA KRAVETZ
CÉRES MALTZ BIN
CLARA FERMAN
CLARA GUELFAND
34
CLARA RABIN
CLARA S. MALTZ
CLARICE A. CHARCHAIT (BRASILIA)
CLARICE K. GUS
CLARITA NURKIN
CLAUDETE GARBARSKI
CLESSY BURSZTEJN
CRISTINA JOVEGELEVICIUS
CRISTIANE MENNA CZYZ
DÉBORA GENSAS MESTER
DEBORA PRESMAN
DELEUSE RUSSI DE AZEVEDO
DIVA R. KORNFELD
DORA BERGER
DORA CARDONI
DORA GUDIS HENKIN
DORA PLATCHECK
DORA ROZMAN
DORA TABASNIK
DORA WAIMBERG
DORINHA B. PILTCHER
DORINHA RASKIN
DORINHA STIFELMAN
EDA WAINSTEIN
EDZIA STORCH
ELAINE RODRIGUES
ELIANE GULKO CARAVER
ELIANE KASSOW MASTRONARDI
ELIANE KIVESS
ELIANE SUSLIK SIBEMBERG
ELKA KREITCHMAN
ELOIR ZYLBERSZTEJN
ENA RASKIN
ENEIDA DIAMANTE
ENI GALBINSKY
ESTELA LEDERMAN SPRITZER (RIO)
ESTELA WAINBERG
ESTER BERENICE VEISSID
ESTER CARDON
ESTER GOLANDINSKI
ESTER K. ENGELMAN
ESTER ENGELMAN MACHADO (CAPÃO)
ESTER UNIKOVSKI
ESTHER HANDLER
EUGÊNIA BERLIM
EUNICE SCHMIT
EVA ESMERALDA BECKER
EVA PIPKIN
EVA SUKSTER
FANI JAWETZ
FANI MESTER
FANI RATINECAS
FANI SALTZ ROSENFELD
FANY SMEJOFF
FANY EVA SELIGMAN
FANY KLEIMAN
FANY S. CHWARTZMANN
FANNY CHMELNITSKY
FANNY ROSEMBERG
FANNY SCHNEIDER
FANNY DVOSKIN ZAMEL
FELA HALPERN
FERNANDA C. UNIKOVSKY
FERNANDA SIBEMBERG SPUNBERG
FERNANDA STZILER
FLÁVIA ASPESI SALTZ
FLÁVIA SZUCHMAN VOGEL
FLORA AMIEL (SANTA MARIA)
FLORA ZELTZER
FLORA SHERMAN
FRIDA ENK KAUFMAN
GENY TURKIENICZ
GENY SIBEMBERG
GESSY AMIEL FISCHMAN
GILDA L. NEMETZ
GLACI FAINGLUS
GLADIR O. CONCEIÇÃO
GRAZIELA CLEMENS NEMETZ
GUITA SILBERFARB
HELENA B. G. ROSENFELD
HELENA FRIEDRICH
HELENA KEISERMAN
HELENA RUBIN
HELENITA SCALETSKI
HENIE O. NUDELMAN
HILDA PECHANSKY
IDA C. GUS
IDA PERLA F. LOCKCHIN
IDA S. FRIDMAN
IEDA GUTFREIND
IEDA NUDELMAN
ILANA CANTERGI DE CANTERGI
INÊS GLOCK
INÊS GOLBSPAN
IONE GALBINSKY
ISABEL SCHWARTZMANN
IVONE HERZ
JACQUELINE SPUMBERG
JANE CANTERGI GHIDALEVICH
JANE WULFF ALTSCHIELER
JANETA G. ZILBERMAN
JANETE CANTERGI
JANETE F. A. CORTEZ (URUGUAIANA)
JANICE CHMELNITSKY
JOCELI MARLI KUPPER TERNER
JOICE NHUCH
JUDITH SCLIAR
JULIETA PRAWER
JUSSARA FITERMAN
JUSSARA GRIMBLAT
KARINA SCHAFRAN VOLQUIND
LAÍS KNIJNIK
LÉA RUSSOVSKY MACIEL
LÉA SCHWARTZ
LÉA SPRITZER
LÉIA WAISMANN
LENA S. KEISERMAN
LEONOR SCHWARTZMANN
LÍDIA ROITMAN CARDON
LILIAN CILENE SCHWARCZ
LINA HAUZMAN
LIZETE GLOCK
LÚBIA SCLIAR ZILBERKNOP
LÚCIA CRESPO RIBEIRO MOREIRA
LÚCIA M. RUBINSTEIN
LUCIANA BORENSTEIN
LUIZA BILESKI
LUIZA FAINGLUZ
LUIZA COPSTEIN WALDEMAR
MALVINA BERESNIACK
MALVINA DORFMAN
MALVINA SOIBELMAN
MÁRCIA SIGAL
MARGARETH CHWARTZMANN
MARIA CRISTINA FARIA GIGUER
MARIA MADALENA MARTINS
KESSLER GERCHMANN
MARIA N. FOLBERG
MARIA HELENA FINKEL
MARIA HELENA LERRER
MARIA KUPERSTEIN
MARIA RICACHINEVSKI
MARIA SCHWARTZMAN
MARIA SOFIA BACALTCHUK
MARIE ANNE MACADAR
MARIELA BACK
MARILI SCLIAR BUCHALTER
MARISA SIGAL
MARIZA TERUCHKIN
MARLENE KAPEL
MARTA FITERMAN
MARTA NEMETZ
MARTA R. H. GLASER
MARYSE MATTATIA WOFCHUK
MATILDE GROISMAN GUS
MENITA SIBEMBERG BONDAR
MERCEDES BOLOGNESE
MICHELLE ROCHICHNER STEIN
MINA ALCALAY
MINA LAPTCHIK
MINA LIBERMAN
MIRA KUPPER (CURITIBA)
MIRIAM ABULIAC NADOLNY
MIRIAN WEISS BLIACHERIS
MIRIAM LERRER TERNER
MIRIAM ZELTZER FIALKOW
MÔNICA HERTZ COHEN
NARA B. SIROTSKY
NELLY DE BERMAN
NICHA BRODACZ
NOÊMIA FAERMAN
NOÊMIA LITVIN
NOÊMIA NESTROVSKY
NOÊMIA SALTZ GENSAS
OLGA B. FIXMAN
OVETT SIGAL SUSLIK
PATRÍCIA D. CHIWIACOWSKY
PATRICIA REGINA C. TVORECKI
PAULETE PAKTER
PAULINA EIZIRIK
PAULINA GLOCK
PAULINA G. GORELIK
PAULINA PROCIANOY
PAULINA SUSLIK
PAULINA Z. KNIJNIK
PÉROLA MALTZ ZOUVI (PAULINA)
POLA WACHSMANN SCHANZER
RACHEL TAMAR GURSKY
RAIA KNIJNIK
RAQUEL B. MELAMED
RAQUEL CARDON
RAQUEL KIRJNER
RAQUEL SUSLIK (RUTH)
RAQUEL TOBA SPRITZER
REBECA SAUTE
REGINA BLIACHERIS
REGINA ESTER L. CHANIN
REGINA LIBESKIND
REGINA LITVIN
REJANE BEATRIZ KASPER GLASSER
REJANE MATONE CHANIN
REJANE RATINECAS
RENATA FISCHER
RENÉE RUBIN
RENÉE STEIN
ROSA IOLOVICH
ROSA LEVCOVICH
ROSA SPUNBERG
ROSA WAGNER
ROSA WLADIMIRSKY
ROSALI PIPKIN
ROSANA ENGELMAN
ROSANE PAKTER RASKIN
ROSANNE PLATCHECK
ROSINHA MALTCHIK MEYER
ROSINHA SAPOZNIK
RUTE MILMAN
RUTH COIFMAN
RUTH FRIDMAN
RUTH PIC
SABINA K. KANTER
SABRINA PRIKLADNICKI
SANDRA AKCELRUD
SARA BURSZTEJN
SARA CANTERGI
SARA CHAIT
SARA FETER
SARA FRAJNDLICH
SARA SIBEMBERG STOLNIK
SARA WAINSTEIN
SARAH N. GERBER
SARINA ZOUVI
SARINHA GOLBSPAN
SARINHA S. HENKIN
SARITA BENSIMON
SARITA CANTERGI
SARITA GUERCHMAN
SARITA ISCOVITZ
SELMA TOLEDO HALEVA
SHEILA LÉA HELER MEDEIROS
SHEILA MALTZ
SHEILA S. WAGNER
SILVANA SCHWARTZMANN
SÍLVIA BLUM TARTAKOWSKY
SÍLVIA CANTERGI DE CANTERGI
SÍLVIA HALPERN
SILVIA SCHAFRAN
SILVIA SCHLAIM SCHNEIDER
SÍLVIA GENSAS SPIELMANN
SIMONE ROBIM LEVEMFOUS
SOFIA MILMAN SAUTE
SÔNIA DVOSKIN
SÔNIA FRIDMAN
SÔNIA K. DRANOFF
SONIA L. REICHERT ROVINSKI
SÔNIA UNIKOVSKI TERUCHKIN
SOPHIA NEMETZ MALTZ
SOPHIE ISDRA
SUZANA S. MELZER
SUZANA STAROSTA
SUZANNE REBOH
SUZETE LEVY NUNES TEIXEIRA
SUZETE S. ZYLBERSZTEJN
TÂNIA DE LEON
TÂNIA STEREN BARQUI
TÂNIA WAIS
TÂNIA K. WLADIMIRSKY
TANISE ROITMAN CARDON
TERESA CARDON
TEREZINHA SANDLER
THELMA SNE-OR SILVERSTON
THELMA STIVELMAN
TILZA SIGAL SUSLIK
VÂNIA CHATKIN
VERA BEATRIZ CUTIN
VERA ROWE MILMAN
VERA SCHWARCZ
VIVIAN SUSLIK ZYLBERSZTEJN
VIVIANE M. G. GUIDALEVICH
YARA KNIJNIK
YEDA CARNOS
ZAIDA BONDER SPRINZ
ZELDA PRIKLADNICKI
ZELDI OLIVEN
ZORAIA C. W. MARTINS
ZULAMAR PIPKIN
Patrocinadores
“Conhecem-se as pessoas por acaso, mas não é por acaso que
elas permanecem em nossas vidas...”
35
Jovens Patrocinadores
“O amor jamais reclama, dá sempre. O amor tolera,
jamais se irrita, nunca se vinga.“ - Indira Gandhi
AGATHA LERRER DINIZ (RIO)
ALESSANDRO SCHWARTZ
ALEX MALTZ SCHUL
ALEXANDRE FRIDMAN VARGAS
ALICE ALTSCHIELER TESSLER
ALICE ROITMAN
ALIZA BLUM
AMANDA COPSTEIN
AMANDA GIORDANI CARDON
AMIR RIBEMBOIM BLIACHERIS
AMIT HALEVY (ISRAEL)
ANA CAROLINA HELER MEDEIROS
ANA CAROLINA ISDRA
MOSZKOWICZ
ANA CLARA MOCELIN SCHMIT
ANA FLAVIA W. FRIDMAN
ANA LAURA SZAPSZAY
ANA LUÍSA TONATTO MELAMED
ANA LUIZA C. DE MIRANDA
ANA RAFAELA JOVCHELOVITCH BAUER
ANABELLA OLIVEN
ANALARA GORELIK PEREIRA
ANDRÉA MALTZ SCHUL
ARIEL S. BARKAN
ARIELA GENSAS MESTER
ARTHUR COPSTEIN
ARTHUR SAUTE
ARTHUR WAINSTEIN PAIVA
ARTUR ZOUVI
ASHER DAVID BERLIM MULLER
BEATRIZ C. DE MIRANDA
BERNARDO DIAS COIFMAN
BERNARDO GALO PAKTER
BERNARDO MARTINS
BERDICHEVSKI
BERNARDO SCALETSKY
BERNARDO SZAPSZAY
BETINA CHAIT
BETINA KASPER GLASSER
BIANCA SALTZ (USA)
BRUNA WAINSTEIN GROSSMAN
BRUNA ZOUVI
BRUNO FRIDMAN SCHWETZ
BRUNO GRINBERG BELLEZA
CAMILA GOLDSTEIN FRIDMAN
CAMILA HUROVICH
CAMILA SCALETSKY
CARINA HENKIN AMIEL
CAROLINA HOROVITZ VIEIRA
CAROLINE KAPEL
CAROLINE SALTZ GENSAS
CATARINA CHIWIACOWSKY LEMOS
36
CATHERINA ISDRA MOSZKOWICZ
CECÍLIA WENZEL BRODACZ
CINTIA ROVINSKI
DAFNE KIVES
DAN NELSTEIN FIALKOW
DAN RUBIN
DANIEL AXELRUD
DANIEL GENSAS MESTER
DANIEL GOLDSTEIN FRIDMAN
DANIEL POCZTARUK
DANIEL ROSENHEIN (ISRAEL)
DANIEL S. SPUNBERG
DANIELA GURSKI
DANIELA MALTZ RASKIN
DANIELA RUBIN
DANIELA SCHWARTZ
DANIELA TEITELBAUM FRIEDMAN
DANIELLE KASPER GLASSER
DAVI FIRPO TURIK
DAVID CHANAN DA ROSA GRINBERG
DAVID MEIR GRUBER
DAVID MALTZ KRANTZ
DÉBORA CHAIT
DÉBORA OLIVEN
DÉBORA SIMINOVICH GURSKI
DÉBORA SOIBELMAN
DÉBORA WAINSTEIN PAIVA
DEBORAH LEISTNER SEGAL
DENIS MALTZ BIN
DENISE ROVINSKI
DIEGO ANDRÉ EIFER
EDUARDA BRODACZ DE
VASCONCELLOS
EDUARDA JOVEGELEVICIUS
EDUARDO FRIDMAN VARGAS
EDUARDO FOLBERG
EDUARDO KIVES
EDUARDO MALTZ RASKIN
EFRAIM MILMAN
ESTHER FAJER FERNANDES (SEVILHA)
ETIELE AMIEL CORTEZ (URUGUAIANA)
FABIANA FARIA GIGUER
FÁBIO SAUTE
FEDERICO REYES HERSLIKOWICZ
FELIPE CANTERGI FRIDMAN
FELIPE FOLBERG
FELIPE LECHTMAN NETO
FELIPE P. NEMETZ
FELIPE RASKIN CARDON
FELIPE SALTZ (USA)
FELIPE SCHWARCZ BERLIM
FERNANDA HALPERN FAERTES
FERNANDA KESSLER PEREIRA
FERNANDA S. SUKIENNIK
FERNANDA SCHNEIDER
FERNANDA SOIBELMAN
FERNANDO ROSOLEN KIJNER
FLÁVIA GURSKI
GABRIEL AXELRUD
GABRIEL CZYZ
GABRIEL HERNAN EIFER
GABRIEL ISDRA MOSZKOWICZ
GABRIEL OLCHIK BORGES
GABRIEL SCHWARCZ MACHADO
GABRIEL SIMINOVICH GURSKI
GABRIEL SIVIERO SIBEMBERG
GABRIEL TEITELBAUM FRIEDMAN
GABRIEL V. DE MIRANDA
GABRIELA CHIWIACOWSKY LEMOS
GABRIELA FRIDMAN
GABRIELA KESSLER PEREIRA
GABRIELA RAPAPORT AVERBUCH
GABRIELA TONATTO MELAMED
GEORGIA PAKTER
GUILHERME SCHWARTZMAN
RODRIGUES
GUILHERME V. DE MIRANDA
GUSTAVO FRIDMAN SCHWETZ
GUSTAVO RAPAPORT
GUSTAVO SCHAFRAN VOLQUIND
GUSTAVO SCHWARCZ BERLIM
HANAH GOLBSPAN
HENRIQUE ISCOVICH
HENRIQUE LERRER TERNER
HILA TURKIENICZ
IAIR IUGT
IAN KERSZ AMARAL
IAN RATINECAS
IANIV SHARABANI (ISRAEL)
IASMIN GOLBSPAN
IGNÁCIO ISDRA SNIADOWER
ILAN LIBESKIND (ISRAEL)
INBAL SHARABANI (ISRAEL)
ISABELA CARDON UNIKOVSKI
ISABELA NAIDITCH BERGER
ISABELLA G. MÜLLER
ISABELLE WAINSTEIN GROSSMAN
IURI COPSTEIN
IURY AMIEL CORTEZ
JAIME CARRION FIALKOW
JACQUES ENGELMAN KAUER
JAYME CAOM JOVEGELEVICIUS
JULIA ADAMS PEREZ
JÚLIA ALTSCHIELER TESSLER
Desde sua inauguração, em 21 de novembro de 1990, o Rua da Praia Shopping, localizado bem no centro de Porto Alegre - Rua dos
Andradas, 1001 - contribuiu, e muito, para a revalorização do centro da capital gaúcha. São 19 mil metros quadrados de área bruta locada,
distribuídos em 4 andares, ligados por escadas rolantes e elevadores panorâmicos, e ar-condicionado totalmente informatizado.
As 130 lojas do RUA DA PRAIA SHOPPING formam um mix diversificado com lojas de vestuário, cine-foto-vídeo-som, presentes,
papelaria, decoração, bijuterias, além de restaurantes, fast food e área de lazer que, além dos cinemas e brinquedos eletrônicos, conta com
Boliche.
O Grande Hotel, do Grupo Master, 4 estrelas, construído junto ao Rua da Praia Shopping, proporciona conforto para seus
hóspedes.
As lojas do RUA DA PRAIA SHOPPING funcionam, diariamente, das 9 às 22 horas e sábados até às 21 horas. A Área de Lazer e
Alimentação tem horário mais flexível: de segunda a sábado, fica aberta até 22 horas e domingos até 21 horas.
38
Foto: Rafael Borges
Modelo: Rafaela Zanela
Rua Casemiro de Abreu, 1300 - CEP 90420-000 - Bela Vista
Porto Alegre - RS - Telefone: (51) 3328-2462
[email protected] - www.marcotarrago.com.br
39
Download

Revista do 52º Bazar – 2011