Material Escolar
Cada aluno recebeu um kit de
material escolar composto, entre
outros itens, por papel sulfite,
papel almaço, pasta com
elástico, tesoura, dicionário de
Português e Inglês, atlas
geográfico, cadernos, canetas,
borrachas, colas, além de uma
mochila em nylon azul marinho.
O valor total do investimento é de
R$ 3.981.180,00. O objetivo é dar
ao aluno todas as condições para
um bom desempenho em sala de
aula.
Batalhão Escolar e
Segurança
Cada escola conta com a
presença da Guarda Municipal.
Pais e familiares devem estar
atentos ao comportamento dos
filhos, sempre que possível
fazendo o acompanhamento no
trajeto para a escola, nos horários
de entrada e saída da mesma. É
proibida a dispensa ou suspensão
de alunos antes do término do
horário regular das aulas.
Programa Com a
Cuca no Esporte
A Seduc lançou o Programa
Com a Cuca no Esporte O
Saber se Movimenta, que se
refere a prática da Educação
Física Escolar nas Escolas
Municipais. O objetivo é
socializar e disseminar na rede
municipal, experiências de
Educação Física e projetos
interdisciplinares, além de
realizar campeonatos e festivais
nas diversas modalidades
esportivas e corporais.
Projetos e Campanhas
Os alunos da rede municipal
participam de programas,
campanhas e projetos
pedagógicos, como Saber em
Movimento (Ed. Infantil e
Ensino Fundamental);
Educação de Valores; Ler Para
Conhecer o Mundo, dirigido a
mais de 7 mil crianças da Ed.
Infantil; Escola Promotora de
Saúde; Projeto Ver de Perto,
de informática educacional
para portadores de
necessidades especiais,
direcionado aos 300 alunos da
Emee Profª Carmelita Proost
Villaça; o Proerd (Programa
Educacional de Resistência às
Drogas e à Violência) com
alunos das 4ª séries do Ensino
Fundamental. O programa é
uma iniciativa da Polícia Militar
em parceria com a Seduc. Um
dos objetivos é conscientizar e
prevenir o uso de drogas e
reduzir a violência entre
crianças e adolescentes. O
Proerd é desenvolvido com
aulas semanais nas escolas,
ministradas por policiais
militares e com a presença dos
professores das classes.
E também o Projeto Pão de
Açúcar Faz História, para 30
Emefs e Emee Carmelita;
Projeto Cosipa na Escola,
desenvolvido para cerca de mil
alunos da Emef Florestan
Fernandes; e o Comunidade
Educativa Bunge, envolvendo
550 alunos da Emef Prof.
Avelino da Paz.
Projeto Trilhas
O Projeto Trilhas Radicalize
Aprendendo, é dirigido aos
alunos de 4ª e 8ª séries do
Ensino Fundamental. O
objetivo é abordar questões
ambientais, por meio do
contato direto e vivência
pessoal do aluno com a
natureza, priorizando o
conhecimento e visitas à Area
Continental de Santos.
O projeto tem apoio da
Petrobrás e parceria das
secretarias municipais de Meio
Ambiente (Semam); Turismo
(Setur);
Guarda Municipal de Santos e
Defesa Civil.
Manutenção e abastecimento
A manutenção, pequenos
reparos, serviços de
emergência e outros são
realizados nas escolas por duas
peruas: Perua Nota 10 que
contam com equipamentos e
recursos humanos para
execução. A Seduc também
possui um almoxarifado para
controle e armazenamento de
Merenda Escolar, e um
almoxarifado para estoque de
materiais em geral.
Na marcenaria da Seduc são
recuperadas as carteiras,
mesas, cadeiras, armários e
outros mobiliários pertencentes
às Unidades Escolares.
Convênios
São atendidas 6.552 crianças
entre 0 a 14 anos, inclusive
portadores de necessidades
especiais, nas 44 Entidades
Educacionais de caráter
filantrópico conveniadas com a
Seduc/PMS, sendo repassados
um total anual de 14 milhões
para as mesmas.
A Seduc também renovou o
convênio no Programa Um Dois
Feijão com Arroz, de
alimentação escolar nas 46
entidades filantrópicas
mantenedoras, beneficiando a
7.455 crianças, investindo
verba anual de R$ 385 mil
reais.
Prêmio Prefeito Amigo da
Criança
O município de Santos obteve
neste ano, o terceiro melhor
resultado do País em uma
pesquisa que determina o
Índice de Condições de Vida do
Programa Prefeito Amigo da
Criança, da Fundação Abrinq.
O desempenho orçamentário
nas áreas de educação, saúde
e assistência social,
indicadores sociais e
cumprimento das prerrogativas
do Conselho Municipal dos
Direitos da Criança e do
Adolescente (CMDCA),
estavam entre os critérios de
seleção a serem avaliados para
a obtenção do Selo Prefeito
Amigo da Criança.
Programa Vovonauta de
Inclusão Digital
A Seduc lançou em abril deste
ano o Programa Vovonauta,
específico para a inclusão digital
de pessoas da Terceira Idade (a
partir dos 60 anos). O curso é
ministrado no Centro Municipal
de Inclusão Digital (CMID) Rede
do Futuro. Estão sendo
beneficiados 650 alunos divididos
em 26 turmas. Novas turmas
estão sendo criadas para atender
600 vovonautas da demanda de
inscritos.
Um dos objetivos do programa é
oferecer oportunidade as
pessoas da Terceira Idade, de
acesso ao mundo digital, de
conhecimento de uma nova
realidade, de comunicação via
Internet, estimulando a
socialização, a cultura e o
entretenimento.
A
Prefeitura de Santos, por meio da Secretaria Municipal de
Educação (Seduc), reavaliou o sistema de ensino de
Progressão Continuada, que vinha sendo aplicado desde
1998, em razão dos resultados apresentados pelos alunos das
escolas municipais que não eram favoráveis.
Então, corajosamente a partir de 2002, a Seduc passou a adotar aos
mais de 30 mil
estudantes, outro
sistema de ensino:
a Progressão
Avaliada.
Dessa forma são
aplicadas as
Avaliações
Institucionais
Bimestrais e
Trimestrais, com a
média mínima 6,0
(seis) a ser
alcançada para a
aprovação.
A Administração
Municipal,
objetivando
melhorar cada vez
mais a Qualidade
do Ensino, está
investindo nos
espaços físicos das
unidades escolares,
ampliando,
reformando e
construindo novas escolas.
Secretaria Municipal de Educação
Rua Assis Correa, 20 - Gonzaga
(13) 3228-1818
[email protected]
www.santos.sp.gov.br
Outros investimentos que merecem ser ressaltados são a
ampliação do currículo escolar exigindo a alfabetização na préescola, incluindo o Inglês a partir da 1ª série, o Ensino Religioso e
a Informática Educativa (desde a Educação Infantil). A instalação
do Centro de Inclusão Digital Rede do Futuro (também aberto à
população) e de minicentros de inclusão digital nas escolas,
composto de laboratório com mesas educacionais e computadores
convencionais, além de dois ônibus de informática volante.
Vale destacar que os 480 professores e monitores de creche foram
contemplados com o curso presencial de Pedagogia, totalmente
pago pela PMS/Seduc, garantindo o aperfeiçoamento da formação
dos nossos educadores, além da participação em congressos,
fóruns e capacitações de rotina.
A Seduc também resgatou o hasteamento da Bandeira, o canto e
estudo do Hino Nacional e Hino à Bandeira, diariamente, nas
escolas municipais. Sem falar de outros programas e projetos
desenvolvidos como o de Bandas e Fanfarras nas Escolas, Aluno
Leitor, Brinquemusicando, Coral e atividades como o Xadrez.
Investimentos na
Segurança de todos
os alunos e visando
melhorar as
condições de
aprendizagem, a
Seduc adquiriu
uniforme escolar
(para verão e
inverno), fichários,
mochilas e Kit de
material escolar. Os
professores recebem
um Plano de Curso,
editado pela Seduc,
com a programação
mínima a ser
desenvolvida no ano
letivo, como subsídio
à Progressão
Avaliada.
A frota do Programa
de Transporte
Escolar Gratuito foi
reforçada com a
compra de mais dois
ônibus adaptados para atender aos alunos portadores de
necessidades educacionais especiais e com a cessão do cartão
transporte aos alunos que moram distante das escolas.
Aumentamos o número de refeições da merenda escolar com
produtos mais enriquecidos e nutritivos.
Nossas escolas também estão equipadas com aparelhos de fax,
computadores, copiadoras, rádios transmissores e outros recursos
didáticos.
Constatamos que com toda a dedicação e investimentos, estamos
transformando, a cada dia, o Ensino Municipal em Santos, com
resultados extremamente positivos em relação ao desempenho dos
nossos alunos, realizando um trabalho sério e responsável.
Secretaria Municipal de Educação - junho 2004
Programa de Transporte
Escolar Gratuito
O Programa foi criado pela
Prefeitura, em 1997.
Tem uma frota total de 34
veículos: 6 microônibus, 5
ônibus, 2 ônibus adaptados
para atender aos alunos
portadores de necessidades
educacionais especiais da Emee
Professora Maria Carmelita
Proost Villaça e demais Unidades
Escolares, 16 terceirizados, 5
peruas. São atendidos cerca de
2.924 mil estudantes de todas
as regiões da Cidade, inclusive
dos Morros e da Área
Continental, onde atende
também aos professores.
Com o Cartão-Transporte são
beneficiados 167 alunos.
Programa de Merenda Escolar
Reforçada
O Programa de Merenda Escolar
Reforçada beneficia a 55 mil
estudantes das redes municipal,
estadual e entidades
conveniadas, distribuindo por dia,
cerca de 80 mil merendas de
qualidade. A merenda passou a
ter um cardápio publicado
mensalmente no Diário Oficial de
Santos e unificado em todas as
escolas, incluindo uma refeição
completa em todos os períodos.
Nas creches e nas escolas
municipais de Educação Infantil
(Emeis) de período integral são
oferecidas cinco refeições; nas
demais Unidades de Ensino
Fundamental (Emefs) e Emeis,
com períodos parciais, duas
refeições diárias (café da manhã
e almoço ou almoço e lanche da
tarde). No período noturno é
servido jantar aos alunos da
Educação de Jovens e Adultos e
Educação Profissional.
Os alimentos são preparados
cuidadosamente por 297
merendeiras, orientadas por
Nutricionistas da Seduc.
Estoque
A Coordenadoria da Merenda
Escolar (Comesc) da Seduc
adquire por ano, 140 toneladas
de pão; 200 toneladas de
carnes e derivados; 80
toneladas de arroz; 80
toneladas de feijão; 60
toneladas de macarrão
parafuso e espaguete; 18
toneladas divididas em arroz
doce, pudim de chocolate e
mingau de leite; 9 toneladas de
açúcar; 495.200 litros de leite;
70 toneladas de bolo e biscoito
e 10 mil quilos de refresco, gás
e gastos na ordem de R$
450.000,00 com
hortifrutigranjeiros. Foram
adquiridos dois caminhões
novos para o transporte da
merenda às Unidades.
Projeto [email protected]
O objetivo do projeto que
envolve 28 entidades parceiras
com a Seduc/Mec que atendem
a 580 jovens e adultos, é de
alfabetizá-los, estimulando-os a
dar continuidade aos seus
estudos.
Programa Saber Mais para
Ensinar Melhor
Dentro do Programa Saber
Mais Para Ensinar Melhor,
cursos pagos integralmente
pela PMS/Seduc para a
qualificação dos profissionais,
480 educadores, entre
professores e monitores de
creche, estão cursando a
Faculdade de Pedagogia e 70
professores de Educação
Física da rede municipal de
ensino foram capacitados num
Curso de Extensão
Universitária.
Novos Cursos Técnicos
A Seduc criou na Emefep
Acácio de Paula Leite
Sampaio, o Curso Técnico em
Contabilidade Área Gestão; e
implantou o Curso Normal,
antigo Magistério, sendo
atendidos 1.023 alunos.
Oficina NetJovem
A Oficina Net Jovem, instalada
no Centro Rede do Futuro
objetiva a socialização e
aprimoramento dos
conhecimentos adquiridos em
informática com a oportunidade
oferecida a 600 alunos vindos
das redes Municipal, Estadual e
Particular.
Área Continental Avanços
Na Emef Judoca Ricardo
Sampaio a Seduc implantou os
cursos de Educação de Jovens
e Adultos, Alfabetização,
classes de Educação Infantil e
Ensino Médio.
Em Monte Cabrão além da
ampliação e reforma geral da
Escola, foram instaladas
classes modulas em parceria
com a Empresa Aliança
Navegação e Logística Ltda e
Comércio Cia, ampliando o
ensino fundamental até a 8ª
série, instalando classes de
Educação Infantil,
Alfabetização e curso de
Educação de Jovens e Adultos.
Nos dois bairros todo o acesso
às escolas foi pavimentado pela
PMS facilitando o acesso dos
alunos, inclusive no período
noturno.
Programa Aluno Leitor
Neste ano, a Seduc instituiu o
Programa Aluno Leitor,
complementando o Ano da
Leitura, em todas as escolas da
rede municipal de ensino,
trabalhando projetos como o
Biblioteca de Portas Abertas e
o Ler Para Conhecer o Mundo,
Contador de Histórias e
Biblioteca Volante.
O Programa Aluno Leitor, prevê
a leitura de dois livros por
bimestre, totalizando oito livros
lidos e interpretados, no
decorrer do ano letivo.
Um dos objetivos é facilitar o
acesso dos estudantes a
diferentes fontes de leitura,
enriquecendo-os culturalmente,
ampliando a informação, o
conhecimento, a consciência e
o senso crítico, como forma de
apoio aos diversos
componentes curriculares.
Gradativamente, todas as
bibliotecas escolares estão
sendo informatizadas.
Cursos de Italiano e Francês
A Prefeitura, por meio da Seduc,
firmou um Termo de Cooperação
Técnica com o Consulado Geral
da Itália e com o Consulado
Geral da França. O objetivo é a
capacitação de professores e
alunos de 7ª e 8ª séries da Rede
Municipal de Ensino, nos idiomas
italiano e francês. A meta é abrir
aos estudantes, portas no
mercado de trabalho,
principalmente no setor turístico.
Quinze professores da Rede
Municipal de Ensino já estão
fazendo um curso de capacitação
na Aliança Francesa de Santos e
cerca de 90 professores da rede
estão participando de um curso
de Italiano no Centro de
Capacitação Permanente do
Professorado Santista (CCPPS)
“Prof. Darcy Ribeiro”.
Projeto de Bandas e
Fanfarras nas escolas
Também foi implementado o
Projeto “Uma Banda em cada
Escola” nas 32 Escolas
Municipais de Ensino
Fundamental, onde os alunos
estão empenhados na
aprendizagem e conhecimento
dos instrumentos musicais
adquiridos bem como nos
ensaios de performances para os
desfiles e apresentações em
datas e solenidades
cívicas/militares. O Projeto foi
iniciado em 2002 na Emef Pedro
Crescente. Nas unidades de
Educação Infantil (Emeis e
Creches), os professores
desenvolvem Banda Rítmica
com os alunos. A Seduc adquiriu
mais de mil instrumentos.
Novas construções e
ampliação
Em construção no bairro Chico de
Paula estão uma Emef, com
capacidade para 1.200 vagas; e
uma Emei, com 300 vagas, além
de 52 projetos de ampliações e
reformas, num investimento de
mais de R$ 5 milhões.
Programa Rede do
Futuro
Como parte do Programa
Rede do Futuro, a Prefeitura
inaugurou em janeiro deste
ano, o Centro Municipal de
Inclusão Digital (CMID) Rede
do Futuro, na Av. Ana Costa,
285 Encruzilhada. O CMID é
equipado com 180
computadores e além de servir
como centro para treinamento
de profissionais da Educação,
oferece a população em geral,
acesso a informática. Está
aberto de segunda a sextafeira, das 8 às 21 horas.
A Administração investiu cerca
de R$ 10 milhões no
Programa Rede do Futuro que
também abrange as escolas
municipais, onde os
estudantes têm na grade
curricular, aulas de Informática
Educacional, ministradas nos
laboratórios de informática das
unidades, equipados com os
recursos das Mesas
Educacionais Alfabeto e do
Portal Aprende Brasil,
desenvolvidos pelo Grupo
Positivo Informática.
As mesas educacionais são
indicadas para diversos
estágios da Educação Infantil,
1ª a 4ª série do Ensino
Fundamental, Educação de
Jovens e Adultos, e Educação
Especial. Cada uma permite o
trabalho em conjunto de até
seis alunos, favorecendo e
estimulando a socialização e o
desenvolvimento de atividades
em grupo.
Plano de Curso Anual
Todas as escolas da rede
municipal contam com o Plano
de Curso Anual, resultado da
estruturação de objetivos
gerais, específicos e
conteúdos apresentados nos
Parâmetros Curriculares
Nacionais (PCNs) e
Referencial Curricular Nacional
para a Educação Infantil
(RCNEI), a fim de nortear o
trabalho dos educadores
dentro do sistema de
Progressão Avaliada,
implantado pela Seduc. O
Plano de Curso é publicado
bimestralmente no Diário
Oficial de Santos para
acompanhamento dos
responsáveis pelos alunos.
Programa [email protected] de Aprender
Numa parceria da Seduc com
a Cadeia Pública Feminina de
Santos, o objetivo principal do
Programa [email protected] de Aprender
é ocupar o tempo ocioso das
detentas oferecendo
alfabetização, noções básicas
de informática, resgatando
valores, auto-estima, princípios
éticos e morais, além de
estimular o gosto pela leitura.
Novas Disciplinas
Além das disciplinas de
Informática Educativa, como
ferramenta auxiliar no
processo educacional; e o
Ensino Religioso cuja meta é
transmitir bons valores aos
alunos, neste ano a Seduc
implantou duas novidades na
rede municipal de ensino: as
aulas de Inglês como um novo
componente curricular a partir
da 2.ª série do Ensino
Fundamental (até o ano
passado, a disciplina era
aplicada somente a partir da
5.ª série). E o Xadrez como
atividade pedagógica
complementar ao
desenvolvimento do raciocínio
lógico matemático dos alunos.
A Seduc está implantando o
Inglês nas 1ªs séries, no 2.º
semestre de 2004, atendendo
a pedidos de pais, alunos e
professores.
Programa Nossa Creche
Dentro do Programa Nossa
Creche, a Prefeitura inaugurou
mais três novas creches: Creche
Municipal Laurival Rodrigues, no
Morro da Nova Cintra; Creche
Municipal Prof. João Walter
Sampaio Smolka, no Jardim
Rádio Clube; e a Creche
Municipal Maria Luiza Simões
Ribeiro, no Saboó, ampliando
para 12 o número de creches.
Ainda na Zona Noroeste e
Morros outras cinco creches
estão em construção, no Jardim
Castelo, Areia Branca, Vila
Progresso, Jardim São Manoel e
Nova Cintra, visando a abertura
total de mais 1.700 vagas.
Em 1997 eram sete creches com
482 crianças e ao final de 2004
serão 17 creches municipais com
3.000 vagas.
Uniforme Escolar
O uniforme escolar tem por
objetivo trazer maior segurança
aos alunos, a imediata
identificação, a padronização da
Rede Municipal de Ensino
proporcionando maior
organização nas escolas e nas
atividades extra classe
(excursões, passeios, etc...).
Neste ano os kits de uniformes
contêm: um agasalho de frio em
helanca (com calça e blusão);
duas bermudas (confeccionadas
em helanca, na cor azul royal);
duas camisetas de manga curta;
uma camiseta de manga longa
(na cor branca em 100%
algodão, com detalhes azuis nas
golas e mangas); um par de tênis
e dois pares de meias, seguindo
as cores e o padrão dos
uniformes do ano passado. O
valor total da despesa foi de R$
5.725.443,82.
Download

www.santos.sp.gov.br Prefeitura de Santos, por meio da Secretaria