TÍTULO DO TRABALHO
Primeiro Autor 1, Segundo Autor 2, Terceiro Autor 1
(NOME COMPLETO)
1 CURSO
TÉCNICO EM XXXXXXXX – Turma: XXX123; 2 CURSO TÉCNICO EM XXXXXXXX – Turma: XXX123
INTRODUÇÃO
O Pôster deve ser simples e breve, devendo ser preparado
tendo em mente, inicialmente, que seu conteúdo deve
possibilitar o entendimento do assunto, que já foi previamente
publicados no edital do evento.
O Pôster deve incluir a introdução, desenvolvimento,
resultados, conclusão e referencias bibliográficas e as outras
informações devem ser convenientemente divididas em
seções.
O Pôster deve ser claro e permitir a leitura simultânea de
algumas pessoas. O tamanho das letras do texto deve ser 40
e a fonte ARIAL.
Na figura 1 são apresentadas as dimensões dos Pôsteres e a
organização espera que todos respeitem esta formatação.
Estes dados devem ser colocado no espaço reservado para o
cabeçalho, cujas dimensões estão neste modelo. As
dimensões totais do pôster são 120 cm x 90 cm e deve ser
preferencialmente escrito em duas colunas conforme este
modelo.
Cada Pôster deve conter a maior quantidade possível de
dados do trabalho, tais como: figuras com legendas simples e
esclarecedoras e, se possível, alguns parágrafos completos
do artigo, tabelas de resultados (a legenda da tabela é na
parte superior da mesma e da figura na parte inferior).
Alguns equipamentos necessários para colocar o Pôster no
stand, como fitas adesivas de dupla face ou ganchos, deverão
ser disponibilizadas pela organização. Procure colocar o
Pôster de forma a não danificá-lo nem ao Painel de
sustentação do mesmo.
RESULTADOS
O pôster deverá ser confeccionado no próprio power point e
para enviá-lo para a impressão, deverá ser salvo em arquivo
pdf.
O office 2010 já possui tal opção: Arquivo/ salvar como/ Tipo:
PDF
Para o office mais antigo, que não possui esta opção, baixar o
programa pdf creator
http://www.baixaki.com.br/download/pdfcreator.htm
Instalar em seu computador e para produzir o pdf, basta fazer
o procedimento abaixo:
Arquivo/ imprimir/ impressora (escolher o pdf creator) ele irá
imprimir em pdf.
CONCLUSÕES
Figura 1. Dimensão do pôster
OBJETIVO
O principal propósito deste modelo é apresentar o formato dos
pôsteres que serão apresentados na EXPO X 2011. O modelo
deve ser o mesmo para todos os trabalhos e os autores
devem respeitar as recomendações deste modelo.
Para produção do Pôster, salvar o arquivo pdf no pen drive e
enviar a Supervisão da Educação Profissional: Prof. Carlos
Vinicius
Tel: (21) 3408-8493
E-mail: [email protected]
Custo da produção: a ser divulgado o preço promocional para
aluno CAEL – EXPO X
METODOLOGIA
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
Cada Pôster apresentado deve ter, além do título do artigo, os
nomes completos dos autores, inclusive o curso e turma que
se encontra. Quando houverem integrantes de outros cursos,
colocar a numeração, conforme modelo e informar curso e
turma.
As Referências Bibliográficas devem seguir as normas da ABNT e no
texto do trabalho devem estar numeradas.
http://www.monografia.net/abnt/index.htm/
http://www.cch.ufv.br/revista/pdfs/10520-Citas.pdf
Ex1: Todos os autores são do mesmo curso e turma, não será necessário numeração
Primeiro Autor , Segundo Autor , Terceiro Autor
CURSO TÉCNICO EM XXXXXXXX – Turma: XXX123
Ex2: Todos os autores são do mesmo curso e turma diferentes, será necessário
numeração
Primeiro Autor 1, Segundo Autor 2, Terceiro Autor 1
1 CURSO TÉCNICO EM XXXXXXXX – Turma: XXX123; 2 CURSO TÉCNICO EM
XXXXXXXX – Turma: XXX223
Ex3: Os autores são de cursos diferentes e de turmas diferentes, será necessário
numeração
Primeiro Autor 1, Segundo Autor 2, Terceiro Autor 3
1 CURSO TÉCNICO EM XXXXXXXX – Turma: XXX123; 2 CURSO TÉCNICO EM
XXXXXXXX – Turma: XXX223; 3 CURSO TÉCNICO EM XXXXXXXX – Turma: XXX321
[1] NCRP Report 38, “National Council on Radiation Protection and
Measurements”. Protection Against Neutron Radiation. Bethesda,
1971.
[2] ICRU 51, “Quantities and units in radiation protection dosimetry”
International Commission on radiation Units and Measurements,
Bethesda, 1993.
[3]ISO/DIS 8529-3, “Reference Neutron Radiation – Part 3:
Calibration of area and personal dosemeters and determination of
response as a function of energy and angle of incidence.” ,1996.
[4] INMETRO, “Guia para expressão da incerteza de medição”, Brasil,
1998.
Download

Modelo Banner - CAEL