Ano VI, N° 30
Janeiro/Fevereiro
de 2003
“Um compromisso ativo”
Projeto Contabilizando o
Sucesso será iniciado este ano
A parceria do CRC-CE com o Sebrae deverá render bons frutos para a classe a partir do “Projeto
Contabilizando o Sucesso”, que permitirá o treinamento dos profissionais da área contábil e, em contrapartida, o
apoio à gestão das microempresas. O projeto, que é de abrangência nacional, sob a chancela do CFC, foi lançado no Ceará no dia 17 de dezembro, através de convênio firmado entre o presidente do CRC-CE, Amândio
Ferreira dos Santos, e o então superintendente do Sebrae-CE, Régis Dias, que atualmente é o secretário de
Desenvolvimento Econômico do Estado. A parceria deverá ser tocada, portanto, com a mudança de governo, pelo
novo superintendente do órgão de apoio à pequena e média empresa, Sérgio Alcântara. Página 3
Seminário sobre Terceiro Setor reúne 300 participantes
O chamado Terceiro Setor,
formado por entidades sem fins
lucrativos, cresce em importância em todo o mundo. Diante
desse fato, o CRC-CE não
podia ficar de fora das discussões sobre o tema e promoveu
seminário nos dias 16 e 17 de
dezembro, tendo como foco
esse assunto. O evento foi
realizado em conjunto com a
Fundação Brasileira de Contabilidade (FBC) e contou com a
presença do vice-presidente do
Conselho Federal de Contabilidade (CFC), José Martônio
Alves Coelho. Página 3
2
CRC-CE Notícias • Janeiro/Fevereiro de 2003
Expediente
E ditorial
A importância do Exame
de Suficiência
Instituído pela Resolução do Conselho Federal Contabilidade 853/99, o Exame de Suficiência ocorrerá em todo o
País no dia 30 de março próximo e avaliará todos os novos profissionais que pleiteiam obter registro junto ao CRC.
Aplicado desde o ano de 2000, o
Exame de Suficiência tem-se demonstrado como ação positiva, no sentido de
que as Escolas, preocupadas com a repercussão dos resultados, têm elevado
o nível do ensino, obrigando o estudante
a aperfeiçoar seus conhecimentos, no
sentido de lograrem êxito no referido exame.
O Conselho Federal, ao instituir a
obrigatoriedade do Exame de Suficiência, fê-lo com o objetivo de elevar a profissão de Contabilista aos melhores níveis das profissões brasileiras, haja vista
que para ser médico, o estudante deve
se submeter à residência, assim como
para ser advogado o bacharel deve ser
aprovado no Exame de Ordem.
Como se vê, nos casos citados, para
que alguém possa exercer sua profissão
regularmente, é necessário que sua entidade de classe ateste sua qualificação
profissional.
O Exame de Suficiência não deve
ser encarado como uma burocracia ou
uma exigência do Conselho Federal sem
precedentes; encaremo-lo como um diploma conferido por quem mais tem capacidade de avaliar a qualificação profissional
do Contabilista: o seu Conselho, a entidade de classe que fiscaliza a regularidade
da atividade contábil, ressaltando que essa
avaliação é sempre feita da forma mais imparcial e transparente possível.
Em outras palavras, poderíamos dizer
que aquele que passa no Exame de Suficiência estaria recebendo um segundo diploma, e essa certificação, além de atestar que o profissional está apto a se inscrever em sua entidade de classe, ele tem
qualificação para exercer a profissão de
Contabilista.
Assim, àqueles que se submeterão ao
próximo Exame de Suficiência desejamos
sorte e tranqüilidade no momento da realização das provas, e quando do resultado,
que a aprovação tenha o mesmo sabor de
vitória da conclusão do curso, pois o primeiro diploma tem validade acadêmica,
enquanto esse segundo atesta para a sociedade que existe no mercado de trabalho um profissional capacitado e qualificado para cuidar da contabilidade de sua empresa.
CONSELHO REGIONAL DE
CONTABILIDADE DO ESTADO
DO CEARÁ (CRC-CE)
Diretoria
Presidente:
Amandio Ferreira dos Santos
Vice-Presidente de
Administração:
Lourival Alves Cavalcante
Vice-Presidente de Controle Interno:
Francisco das Chagas Ponte Dias
Vice-Presidente de Fiscalização:
Roberto Moreira Feliciano
Vice-Presidente de Registro:
Maria Lucielma Ramos
Vice-Presidente de Deselvolvimento
Profissional:
Osório Cavalcante Araújo
Câmaras
De Controle Interno
Membros:
Roberto Moreira Feliciano
Francisco Nilo Carvalho Filho
De Fiscalização
Membros:
Manoel Salgueiro Rodrigues Júnior
Eudes Costa de Holanda
Iolanda de Oliveira Bezerra
De Registro
Membros:
Paulo Roberto Uchoa do Amaral
Eudes Costa de Holanda
Antônio Clesio Batista de Oliveira
Amândio Ferreira dos Santos
Presidente do CRC-CE
Membros Efetivos
Contador Manuel Salgueiro R. Junior
Contador Sérgio Maria Nobre Othon Sidou
Contador José Livino Pinheiro Lopes
Contador Paulo Roberto Uchoa do Amaral
Téc. Cont. Francisco Nilo Carvalho Filho
Téc. Cont. Iolanda de Oliveira Bezerra
Téc. Cont. Eudes Costa de Holanda
Téc. Cont. Francisco Orlando Silveira Pereira
Téc. Cont. Antônio Clécio B. de Oliveira
Membros Suplentes
Sindicato dos Contabilistas da
Zona Norte tem nova diretoria
T
omou posse no dia 24 de janeiro último a nova Diretoria do
Sindicato dos Contabilistas da Zona Norte. O presidente é
Cesário Apoliano Gomes, contando como membros: Fernando
Rodrigues de Almeida, secretário; Francisco Hildebrando
Linhares Andrade, tesoureiro e Tereza Maria Ponte Trajano,
diretora social. Os suplentes são: Emanuel Linhares Andrade,
Francisca Rejane Carneiro Leal, Raimundo Nonato Dias Gomes
e Francisco Edson Vasconcelos de Andrade. A diretoria do
Conselho deseja a todos pleno êxito a frente da entidade.
Contador Aldemir Pessoa
Contador a Alzenir Morais Ferreira
Contador Fernando Rodrigues de Almeida
Contador Otacílio Valentim Andrade
Contador José Gilberto Saraiva Rabelo
Contador Luis Carlos Gadelha Ribeiro
Contador Edson Von Paumgartten de Galiza
Contadora Ana Flávia Alcantâra Rocha Chaves
Contador José Martiniano X. de Queiroz
Contador Jander Mapurunga Perreira
Téc. Cont. Maria Nagela de Sousa Nunes
Téc. Cont. João Mendes Bezerra
Téc. Cont. Maria de Lourdes Lima
Téc. Cont. Francisco de Assis Lopes de Castro
Téc. Cont. Francisco Edgar Araújo
Edição: Jornalista responsável –
Regina Carvalho (Mtb. 626)
Diagramação: Sérgio Lemos
Tiragem: 10.000 exemplares
Impressão: Informare
*
Correspondências para a Av. da
Universidade, 3057, Fortaleza (CE)
Fone: (85) 281.9444
Fax: (85) 281.4476
E-mail: crc-ce@secrel.com.br
Home page: www.crc-ce.org.br
3
CRC-CE Notícias • Janeiro/Fevereiro de 2003
S eminário discute novos
paradigmas e Terceiro Setor
Foi um sucesso a realização do Seminário “Terceiro Setor – A Construção de
Paradigmas de Responsabilidade”, nos
dias 16 e 17 de dezembro, no CRC-CE.
Mais de 300 pessoas participaram do evento, realizado em conjunto com a Fundação Brasileira de Contabilidade (FBC), com
o apoio da Astec, Acec, AJC, Sescon e
Sindcont. Como parte da programação, foi
ainda lançado o Projeto Contabilizando o
Sucesso, entre o CFC, CRC-CE e Sebrae.
O Seminário partiu da discussão da
quebra do paradigma atual, para construção de novos, voltados para a responsabilidade social. O coordenador do evento e
vice-presidente de Desenvolvimento Profissional do CRC-CE, Osório Cavalcante Araújo, avalia que o seminário possibilitou debater um dos temas até então “tabu” para
o Terceiro Setor: os aspectos financeiro,
contábil e de auditoria.
Para Osório, durante muito tempo, as
Organizações Não-Governamentais
(ONGs) não se preocupavam com a dimensão do lucro no trabalho. No entanto,
segundo ressalta, a lucratividade é um fator de auto-sustentabilidade das entidades.
E, sendo assim, torna-se necessário que
as ONGs se preocupem com questões financeira, contábil e de auditoria, como
meio para assegurar maior credibilidade e
transparência perante os potenciais investidores e a sociedade em geral, defende
Osório.
“A transparência do 3º setor é fundamental para que as empresas e sociedade acreditem e invistam nas organizações”, completa.
Osório Cavalcante Araújo
Segundo defende Osório Cavalcante,
a emergência das ONGs é um fenômeno
mundial. Muitos dos investimentos feitos
nas entidades brasileiras são feitos por
outras ONGs sediadas nos países ricos.
Ele alerta para a transferência desses investimentos para entidades da África. Daí
a necessidade de aumentar a credibilidade
e transparência do setor em nível nacional.
Público demonstrou grande interesse pelo tema. Na mesa de debates Glataniel Palmeira, Promotor de Justiça do Ministério Público do
Distrito Federal e Territórios, e Clara Bugarim, presidente da Fundação Brasileira de Contabilidade (FBC)
Contabilizando o Sucesso é lançado no Ceará
O Projeto Contabilizando o Sucesso, que nasce de uma parceria entre o
Conselho Federal de Contabilidade (CFC),
CRC-CE e Sebrae, foi lançado em Fortaleza, no dia 17 de dezembro último, em
concorrida solenidade, na sede do Conselho.
O objetivo do projeto é de preparar o
profissional de contabilidade, por meio de
cursos de capacitação em gestão empresarial, para atuar na assessoria
gerencial das micro e pequenas empresas.
A meta em todo o País para os próximos dois anos é envolver mais de 50
mil pessoas em palestras de
sensibilização e capacitar diretamente
7.250 profissionais de contabilidade.
No Ceará, o treinamento envolverá inicialmente cerca de 300 contabilistas, com um investimento de R$ 500 mil.
Em todo o País, o projeto contará com
uma verba de R$ 13 milhões. O investimento será dividido entre os parceiros do
projeto, sendo 30% por conta do CFC,
outros 30% por conta do Sebrae Nacional e os 40% restantes sob a responsabilidade do Sebrae regional e dos Conselhos Regionais de Contabilidade ou dos
próprios profissionais que serão capacitados.
Os cursos, com duração que va-
Regis Dias e Amândio Ferreira dos Santos formalizaram a parceria
ria de seis meses a dois anos, permitirão
a capacitação dos profissionais com relação às técnicas e ferramentas de gestão.
‘‘Os contabilistas não podem apenas se
restringir à escrituração contábil. Devem
tornar-se gerentes econômico-financeiros
e transformar as micro e pequenas empresas em grandes empresas’’, afirmou o
vice-presidente do CFC, Martônio Alves
Coelho, durante o lançamento do projeto.
Para o coordenador do projeto em
nível nacional, Juarez Domingues, a iniciativa une tanto o foco da responsabilidade
social quanto profissional do contabilista,
beneficiando tanto estes profissionais quanto os seus clientes, as microempresas. No
Ceará existem cerca de 10 mil contabilistas em exercício da profissão. Já o número de micro e pequenas empresas no Estado é de 75 mil.
Download

Projeto Contabilizando o Sucesso será iniciado este ano - CRC-CE