Pedagogia e Novas
Tecnologias: Tecnologias
Interativas e Colaborativas
Profa. Dra. Iolanda B. C. Cortelazzo
iolanda.cortelazzo@utp.br
iolanda@boaaula.com.br
Universidade Tuiuti do Paraná
out/2002
Iolanda B. C. Cortelazzo
iolanda@boaaula.com.br
Objetivo
• Fazer com que os professores se apropriem,
das diferentes tecnologias de informação e de
comunicação,
• aprendendo a ler e a escrever as diferentes
linguagens,
• as diferentes representações usadas nas diversas
tecnologias.
out/2002
Iolanda B. C. Cortelazzo
iolanda@boaaula.com.br
O que é Tecnologia?
• Tecnologia é a aplicação de um conhecimento,
de um “saber como fazer”, de métodos e
materiais para a solução de um dado problema.
•
•
•
•
Exemplos:
Tecnologias de Informação
Tecnologias de Comunicação
Tecnologias Interativas
Tecnologias Colaborativas
out/2002
Iolanda B. C. Cortelazzo
iolanda@boaaula.com.br
Tecnologias de Informação
Toda forma de gerar, armazenar, veicular,
processar e reproduzir a informação:
– Armazenamento: Papel, arquivo, fichários,
fitas magnéticas, discos óticos;
– Veiculação: fax, telefone, jornal, correio,
televisão, telex;
– Processamento: computadores, robôs;
– Reprodução: máquina de fotocopiar,
retroprojetor, projetor de slides .
out/2002
Iolanda B. C. Cortelazzo
iolanda@boaaula.com.br
Tecnologias de Comunicação
• Toda forma de veicular informação, incluindo
as mídias mais tradicionais, como o uso de
pergaminhos, de tambores na selva, de livros,
de revistas, do rádio, da TV, do vídeo, das redes
de computadores, etc.
• Mudam os padrões de trabalho, o tempo de
lazer, a educação, a saúde e a indústria
(MARTIN, 1981:2-5)
out/2002
Iolanda B. C. Cortelazzo
iolanda@boaaula.com.br
Tecnologias de Comunicação
integradas às Tecnologias de
Informação criam
•
•
•
•
uma nova sociedade,
novos ambientes de trabalho,
novos ambientes de aprendizagem
novo aluno e novo professor
out/2002
Iolanda B. C. Cortelazzo
iolanda@boaaula.com.br
O que é Tecnologia Interativa?
•
•
Tecnologia que permite:
elaboração e manipulação conjunta de conteúdos
específicos por parte do emissor (professor/aluno) e
do receptor (aluno/professor), codificando-os,
decodificando-os, recodificando-os conforme as suas
realidades individuais e a cultura em que vivem;
uma comunicação mais dinâmica, alternando os
papéis de emissor (professor/aluno) e receptor (aluno/
professor).
P
A
E
R
A
P
out/2002
Iolanda B. C. Cortelazzo
iolanda@boaaula.com.br
O que é Tecnologia Interativa?
•
Tecnologia que permite interação do
usuário com o recurso que lhe permite
escolhas e caminhos diferentes:
– Vídeo interativo
– TV a Cabo
– Programa Multimídia
– Internet (WWW)
out/2002
Iolanda B. C. Cortelazzo
iolanda@boaaula.com.br
Incorporar de forma inteligente as tecnologias
interativas significa:
• adotar uma postura positiva e interdisciplinar em
relação à tecnologia;
• manter as características identificadoras da
cultura popular e nacional;
• trabalhar com as TICs como elementos
emancipatórios na prática pedagógica.
out/2002
Iolanda B. C. Cortelazzo
iolanda@boaaula.com.br
Tecnologias Colaborativas
• permitem a otimização do trabalho em equipe ;
• facilitam a colaboração;
• permitem a aprendizagem colaborativa;
• com diferentes linguagens, atendem a diferentes
estilos de aprendizagem.
out/2002
Iolanda B. C. Cortelazzo
iolanda@boaaula.com.br
Aprender para Ensinar
no envolvimento integral do indivíduo, isto é,
no emocional, no racional, no imaginário,
no intuitivo, no sensorial em interação,
• a partir de
– desafios,
– da exploração de possibilidades,
– do assumir de responsabilidades,
– do criar e do refletir juntos (KENSKI,1996:146).
out/2002
Iolanda B. C. Cortelazzo
iolanda@boaaula.com.br
Trabalhar com as NTCIs de forma interativa nas
aulas e cursos escolares requer:
• a intencionalidade de aperfeiçoar as compreensões
de alunos e professores sobre o mundo natural e
cultural em que vivem;
• o desenvolvimento contínuo de interações
cumulativas de professores e alunos com dados e
informações sobre o mundo e a história de sua
natureza, de sua cultura, posicionando-se e
expressando-se, de modo significativo, com os
elementos observados, elaborados e, portanto,
melhor conhecidos, melhor sabidos.
out/2002
Iolanda B. C. Cortelazzo
iolanda@boaaula.com.br
•
O lay-out das salas de aula mudarão, como já estão
mudando em muitas regiões do mundo, o papel do
professor tem que mudar também, mas
• os professores não podem perder o controle da
tecnologia que eles estão usando em suas salas de
aulas. Eles têm que manipular as tecnologias e ajudar
seus alunos a aprenderem como manipulá-las e não se
permitirem serem manipulados por elas.
out/2002
Iolanda B. C. Cortelazzo
iolanda@boaaula.com.br
As TCIs tem estado à disposição do ser humano desde
que os homens escreveram nas cavernas, pela
primeira vez, usando carvão e substâncias para
tingir.
• Os professores devem tirar o que há de melhor das
NTCIs, pois as redes podem ajudar as pessoas se
aproximarem e quebrarem os limites, mas a
informação tem que ser selecionada.
• Os professores terão que trabalhar com seus alunos
não só para ajudá-los a desenvolverem habilidades,
procedimentos, estratégias para coletar e selecionar
informações, mas, sobretudo, será necessário ajudálos a desenvolverem conceitos. Conceitos que serão a
base para a construção de seu conhecimento.
out/2002
Iolanda B. C. Cortelazzo
iolanda@boaaula.com.br
• “Para que haja educação é preciso muito
mais do que uma massa formidável de
informações imediatamente acessíveis: é
preciso que haja elaboração do saber,
considerando o jogo da interatividade
entre conhecimento, informação e ação
humana”(Barato, 2002, p. 109)
out/2002
Iolanda B. C. Cortelazzo
iolanda@boaaula.com.br
O professor deve
• reconhecer e articular conteúdos escolares já
tratados com a Informática,
• reavaliar a função da escola nestes novos tempos
não perdendo de vista os “princípios norteadores das
novas funções,
–
–
–
–
como a capacidade de argumentação,
a tolerância,
a diversidade de opiniões,
os valores democráticos e de constituição de uma
cidadania consciente e crítica” (Machado, 1996, p. 252).
out/2002
Iolanda B. C. Cortelazzo
iolanda@boaaula.com.br
O professor
“deixará de ser um lecionador para ser
• um mediador do conhecimento,
• um aprendiz permanente,
• um construtor de sentidos,
• um cooperador, e sobretudo,
• um organizador de aprendizagem”
(Gadotti, 2002, p. 32).
out/2002
Iolanda B. C. Cortelazzo
iolanda@boaaula.com.br
Para o professor
• o desafio é educar as crianças e os jovens,
propiciando-lhes um desenvolvimento
humano, cultural, científico e tecnológico
de modo que adquiram condições para
enfrentar as exigências do mundo
contemporâneo”
(Pimenta e Anastasiou , 2002, p.12).
out/2002
Iolanda B. C. Cortelazzo
iolanda@boaaula.com.br
A Pedagogia
• é responsável pela formação dos professores
que precisam estar profissionalmente
qualificados e,
• deve ter seu currículo preparado para prover
essa formação, aliando a teoria à uma prática
reflexiva, pois
• não se pode falar em qualificação sem
apropriação das tecnologias.
out/2002
Iolanda B. C. Cortelazzo
iolanda@boaaula.com.br
Bibliografia
• Barato, Jarbas Novelino. Aqui Agora: novas
tecnologias, o local e o universal. IN Escritos sobre
Tecnologia Educacional e Educação Profissional. São
Paulo, SENAC, 2002.
• Cortelazzo, Iolanda B. C. Colaboração, Trabalho em Equipe
e as Tecnologias de Comunicação: Relações de Proximidade
em Cursos de Pós-Graduação. São Paulo,
FE-USP, 2000 (Tese de Doutorado).
• Gadotti, Moacir A boniteza de um sonho: aprender e ensinar
com sentido. abceducatio. ano III, n. 17, p. 30-33, 2002.
out/2002
Iolanda B. C. Cortelazzo
iolanda@boaaula.com.br
.
Bibliografia
• Kenski, Vani Moreira. O Ensino e os resursos didáticos em
uma sociedade cheia de tecnologias. In VEIGA, Ilma P.
Alencastro (org). Didática: o Ensino e suas relações.
Campinas,SP, Papirus, 1996.
• Lévy, Pierre. A Cibercultura. Rio de Janeiro, Editora 34,
1999.
• Lucky, R.W.. Scientific American, Sept. 1991.
out/2002
Iolanda B. C. Cortelazzo
iolanda@boaaula.com.br
Bibliografia
• Machado, Nilson José. Epistemologia e Didática:
As concepções de conhecimento e inteligência e a
prática docente. São Paulo, Cortez, 1996.
• ____________. Cidadania e Educação. São
Paulo, Escrituras, 1992.
• Pimenta, Selma Garrido e Anastasiou , Lea das
Graças Camargos. Docência no Ensino Superior.
Sã Paulo, Cortez, 2002
out/2002
Iolanda B. C. Cortelazzo
iolanda@boaaula.com.br
Download

Pedagogia e Novas Tecnologias