Quanto mais quente, melhor?
Você saberia responder a essa pergunta?
Referência para todos que desejam contribuir de forma efetiva com a
sustentabilidade do planeta, esta obra traz importantes reflexões,
desenvolvidas por especialistas ambientais, sobre as mudanças climáticas e
suas conseqüências.
Quanto mais quente, melhor? inaugura uma nova fase entre a Editora Peirópolis e o IEB
(Instituto Internacional de Educação do Brasil), com a publicação do primeiro livro verde
desta bem-sucedida parceria. O livro, além de verde, trata do desafio da espécie humana
para garantir a sobrevivência das futuras gerações no planeta Terra, por meio de reflexões e
debates acerca das mudanças climáticas e seus impactos.
Carlos Klink, organizador do livro, comenta que “este livro traz contribuições específicas sobre
diversos temas das mudanças do clima: aspectos científicos e das relações internacionais,
projetos de mecanismo de desenvolvimento limpo e estudo de caso e desafios para a
sociedade. O público-alvo desta publicação é todo aquele que esteja interessado em aprender
um pouco mais sobre o tema e possa influenciar a sociedade brasileira, formando opinião
mais apurada sobre as mudanças do clima”.
Klink acrescenta que “não causa surpresa o fato de o tema da mudança do clima ser um dos
mais debatidos em todo o planeta, e não apenas pelos cientistas: economistas, políticos,
empresas e a sociedade em geral têm cada vez mais se engajado nas discussões e na busca
de soluções para a redução das emissões dos gases causadores do efeito estufa”.
A atualidade de Quanto mais quente, melhor? não está apenas em seu tema. Ela está
também no fato de este ser um livro verde, certificado pelo FSC, e carbon free, ou seja, livre
de carbono. O que tudo isso significa? Significa que, além de tratar sobre o meio ambiente, o
livro ainda é “ecologicamente correto”.
A marca FSC é a garantia de que a madeira utilizada na fabricação do papel interno deste
livro provém de florestas de origem controlada e que foram gerenciadas de maneira
ambientalmente correta, socialmente justa e economicamente viável.
Quanto mais quente, melhor? é verde porque foi impresso em papel certificado pelo Conselho
Brasileiro de Manejo Florestal (FSC, do inglês, Forest Stewardship Council) em gráfica que faz
parte de sua cadeia de custódia. Ser livre de carbono significa que foi realizada a
compensação das emissões de carbono referentes à sua produção e distribuição. Ou seja, a
emissão de carbono decorrente do uso do papel usado no livro, de sua impressão e sua
1
Rua Girassol, 128 • Vila Madalena • São Paulo • SP • CEP: 05433-000
Tel. 55 11 3816-0699 • Fax 55 11 3816-6718 • www.editorapeiropolis.com.br
distribuição pelo Brasil inteiro, foi calculada e neutralizada por meio do plantio de árvores de
espécies nativas em Áreas de Proteção Permanente.
Além disso, Quanto mais quente, melhor? possui o selo verde, uma certificação concedida
pelo FSC que dá a melhor garantia disponível de que a atividade madeireira para a produção
do papel em que os livros são impressos ocorre de maneira legal e não acarreta a destruição
das florestas primárias, como a Amazônia.
Para saber mais sobre o FSC, sua cadeia de custódia, o selo verde e a
compensação de carbono, acesse:
www.iniciativaverde.org.br
www.fsc.org.br
O organizador
Carlos Augusto Klink é Ph. D. em Ecologia pela Harvard University (1992) e Coordenador do Programa
de Agricultura e Conservação do Programa de Conservação das Savanas Centrais da TNC do Brasil, além
de professor da Universidade de Brasília. É membro do comitê editorial do Restoration Ecology e do
Venezuelan Journal of Ecology, foi co-fundador e presidente do Instituto de Pesquisa Ambiental da
Amazônia (IPAM), e é membro dos comitês científicos do Instituto de Pesquisas Ecológicas (IPE) e do
Instituto Internacional de Educação do Brasil (IEB). Atuou como consultor do Banco Mundial, Unesco,
PNUMA, EMBRAPA, Ministério da Ciência e Tecnologia, Ministério do Meio Ambiente, IBAMA, e diversos
comitês científicos no Brasil e exterior.
Os autores dos artigos
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
Alessandra R. Kozovits
Carlos Augusto Klink
Claudio Valladares-Padua
Divaldo Rezende
Eduardo Humberto Ditt
Emily Boyd
Flavia Witkowski Frangetto
Hans Dorresjtein
Haroldo Machado Filho
Luís Henrique Piva
Luiz A. Martinelli
Manyu Chang
Marcelo Theoto Rocha
Maria Gutierrez
Maria José Gontijo
Marina de Fátima Vilela
Mercedes M. C. Bustamante
Moacyr B. Dias-Filho
Paulo Moutinho
Roberto Engel Aduan
Stefano Merlin
Ulisses E. C. Confalonieri
2
Rua Girassol, 128 • Vila Madalena • São Paulo • SP • CEP: 05433-000
Tel. 55 11 3816-0699 • Fax 55 11 3816-6718 • www.editorapeiropolis.com.br
QUANTO MAIS QUENTE, MELHOR?
Desafiando a sociedade civil a entender as mudanças climáticas
Carlos Klink (org.)
Co-edição: IEB
ISBN 978-85-7596-097-4
16 x 23 cm 244 páginas
Assunto: Meio ambiente
R$ 38,00
INFORMAÇÕES À IMPRENSA
Editora Peirópolis
Departamento de Marketing, com Leda Cintra
leda@editorapeiropolis.com.br
3
Rua Girassol, 128 • Vila Madalena • São Paulo • SP • CEP: 05433-000
Tel. 55 11 3816-0699 • Fax 55 11 3816-6718 • www.editorapeiropolis.com.br
Download

Quanto mais quente, melhor? - Moacyr B. Dias