Projeto de Interfaces
Prof. Anderson Mine Fernandes
Coordenador Sistemas para Internet FAU
Sócio Uniti Tecnologia de Informação
Compra Canibal – Loja Oficial do Mundo Canibal
www.compracanibal.com.br
anderson@faculdadealfaumuarama.com.br
www.professorburnes.com
Usabilidade
• Páginas lentas e links inexistentes (84%).
• Não se encontra a informação solicitada (68%).
• Não se encontra informações sobre a empresa
(31%).
• Facilidades de busca limitadas (23%).
• Informação desatualizada (6%).
• O site contém publicidade que abre
automaticamente outras janelas (4%).
Usabilidade
Design
• O design gráfico do site faz muita
diferença na forma como o consumidor
encara sua empresa. Sites com design
antigo, desagradável ou confuso darão a
seu cliente a impressão de que sua
empresa é assim: antiga, desagradável e
confusa.
Design
• Um site deve ter um desenho bem
organizado. Inventar demais pode ser um
problema. Saiba que a área mais nobre de
um site é o canto superior esquerdo e
superior central, e nessa área devem se
concentrar as mensagens iniciais que
você deseja transmitir para o consumidor.
Design
• Evite também que a imagem de cabeçalho
do site ocupe muito espaço. Em alguns
sites essa imagem ocupa mais de 70% da
tela, e o consumidor é obrigado a rolar a
página para conseguir ver o conteúdo.
• Navegue por outros sites e encontre um
deisgn equilíbrado que lhe agrade. Use-o
como referência para a construção de seu
próprio seu site.
Design
• Cuidado com objetos se mexendo na tela,
imagens piscantes e outras soluções que
parecem criativas, mas que no fundo
causam cansaço visual no internauta.
• O objetivo do site não é provar que você
consegue fazer coisas incríveis com a
programação Flash, e sim criar um
ambiente tranquilo e atraente para que
seu cliente se sinta bem navegando no
site.
Design
• http://ducksarethebest.com/
• http://omfgdogs.com/
Design
• Assim, use movimento, animações e
efeitos visuais em banners, mas não em
todo o site.
• As cores utilizadas em um site devem ser
bem estudadas. Cada cor contribui para
criar um determinado sentimento nas
pessoas e, portanto, você deve pensar
bem quando for definir quais utilizará.
Design
Design
• Os textos devem ser fáceis de ler, e as
cores devem ser harmoniosas. Excesso
de cores ou cores contrastantes só devem
ser usados quando você sabe o que está
fazendo e tem a intenção clara de criar
uma emoção diferente em seu cliente.
Design
• As imagens devem ter qualidade
adequada para a Internet. Se tiverem
resolução muito baixa, prejudicam a
qualidade do site, pois criam um efeito
pouco estético. Se tiverem uma resolução
muito alta, tornarão seu site lento.
Design
• Trabalhe com imagens de resolução
média. A maioria das imagens deve ter
qualidade adequada para uma tela com
boa resolução, um notebook comum por
exemplo.
• Faça testes. Acesse seu próprio site e
verifique se as imagens aparecem claras
e nítidas e se não demoram muito tempo
para serem carregadas.
Design
• A navegabilidade do seu site, ou seja, a capacidade
de atender aos desejos do seus consumidores e
garantir que eles usem seu site da melhor forma
possível, com uma navegação clara, objetiva e
eficiente, é uma ciência das mais relevantes no
marketing digital e na Internet.
• Uma boa navegabilidade pode ser a diferença entre
uma loja que vende bem e outra que não, ou entre
um site que gera negócios e outro que o dono se
pergunta: “Porquê meu site não gera negócios?”
Design
• A navegabilidade do seu site, ou seja, a capacidade
de atender aos desejos do seus consumidores e
garantir que eles usem seu site da melhor forma
possível, com uma navegação clara, objetiva e
eficiente, é uma ciência das mais relevantes no
marketing digital e na Internet.
• Uma boa navegabilidade pode ser a diferença entre
uma loja que vende bem e outra que não, ou entre
um site que gera negócios e outro que o dono se
pergunta: “Porquê meu site não gera negócios?”
Design
• Lembre-se de ter informações de contato fáceis
de encontrar. Não coloque seu e-mail. Prefira
um formulário de contato simples, rápido e
prático. Se você tem ponto comercial, forneça
seu endereço. Se tem atendimento telefônico,
divulgue o telefone.
• Se você trabalha em uma atividade onde
nenhuma das duas coisas é importante, como
um consultor, ou uma empresa web, crie
somente um formulário de contato.
Design
• Se for criar um cadastro para seu site, seja para
contatos ou para newsletter, restrinja-se ao
mínimo de informações obrigatórias.
• Criar cadastros muito longos, pedindo muitos
dados pessoais do consumidor, afasta o
internauta. O ideal é pedir nome e e-mail, nada
mais. Se precisar de outras informações,
coloque-as como opcionais, não como
obrigatórias e depois crie incentivos para que a
pessoa termine de preencher as informações.
Design
• Teste seu site e tenha certeza de que você
chega a qualquer lugar dele com poucos
cliques. Estamos falando de uma média de dois
cliques, e no máximo três para acessar a maior
parte de seu conteúdo.
• Se seu site precisa mais do que isso, repense
tudo.
Design
• Muito cuidado com o tipo de letra (fonte) que
você está usando nos textos, e com o contraste
adequado entre a letra e o fundo. Em alguns
sites é praticamente impossível ler o que está
escrito, pois a letra e o fundo têm cores
próximas. Quando construir seu site, teste
também se o que foi feito é legível em um
computador comum.
Design
• Tome cuidado também com a formatação do
texto. Os parágrafos, os espaços, os títulos e
subtítulos são muito importantes para ajudar na
leitura. Preste atenção também aos links que
inseridos nos textos. Eles devem ajudar o
internauta a entrar em detalhes do texto e a
navegar no site. Use sempre que necessário.
Design
• Nunca use imagens em lugar de textos, ou
textos em arquivo, como PDF ou Flash. Isso
prejudica a leitura, torna o site lento e não
permite que as ferramentas de busca leiam e
indexem seu conteúdo. Todo texto deve ser
realmente um texto.
• É fundamental ter cuidado com a ortografia e
com a gramática. Revise todos os textos com
muita atenção.
Design
• O mesmo se aplica aos menus de seu
site, que devem ter suas opções visíveis.
• No caso dos menus, acontece outro
problema comum. Por excesso de
criatividade e falta de bom senso, alguns
sites têm menus escondidos ou tão
criativos que um ser humano normal não
consegue entender onde clicar.
Design
• Assim como os menus, os links de
qualquer tipo devem parecer links. As
soluções muito complicadas, com
diferentes cores e formatos, acabam
confundindo o internauta e dificultando a
navegação.
Design
• Se tem uma coisa que o internauta odeia
são os popups, as janelas que o site abre
automaticamente. Essas janelas
atrapalham a navegação, irritam o
internauta e não servem para nada. Não
há nenhum motivo plausível para usar
pop-ups em seu site. Evite isso:
simplesmente não use.
Design
• Além disso, com a evolução da tecnologia
alguns programadores têm tentado forçar a
inserção de cookies, ou formas de rastrear a
navegação do internauta. A maioria dessas
ações acaba sendo bloqueada pelos antivírus e
impede a navegação em seu site. O pior é que
em alguns casos o próprio Google coloca seu
site como não confiável, e o que parecia ser
uma grande ideia acaba virando um pesadelo.
• Texto: Claudio Torres
(www.claudiotorres.com.br)
Download

- Professor Burnes