UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA
ELABORAÇÃO DE TRABALHOS
ACADÊMICOS
Atualizado em maio/2010
Trabalhos Acadêmicos - NBR 14724/2005
Especifica os princípios gerais para
a elaboração de trabalhos acadêmicos
(Trabalhos de Conclusão de Curso,
Dissertações, Teses)
Elementos Pré-textuais
CAPA
LOMBADA (OPCIONAL)
FOLHA DE ROSTO
ERRATA (OPCIONAL)
FOLHA DE APROVAÇÃO
DEDICATÓRIA (OPCIONAL)
AGRADECIMENTOS (OPCIONAL)
EPÍGRAFE (OPCIONAL)
RESUMO EM PORTUGUÊS
RESUMO EM LÍNGUA ESTRANGEIRA
LISTA DE ILUSTRAÇÕES (OPCIONAL)
LISTA DE TABELAS (OPCIONAL)
LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS (OPCIONAL)
LISTA DE SÍMBOLOS (OPCIONAL)
SUMÁRIO
CAPA
UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA
Nome da Instituição
PATRÍCIA OMENA COSTA PEREIRA
Nome do autor
PSICÓLOGA DO CAPS:
desafios e impasses na construção
de uma identidade
Título e subtítulo
Local
UBERLÂNDIA
2010
Ano de depósito
LOMBADA
Patricia Oliveira Costa
Data
O psicólogo do CAPS desafios na construção de uma identidade 2007
Título
Nome do autor
PARTE DA CAPA QUE
REÚNE AS MARGENS
INTERNAS OU DOBRA
DAS FOLHAS.
FOLHA DE ROSTO
PATRÍCIA OMENA COSTA PEREIRA
PSICÓLOGO DO CAPS:
desafios e impasses na construção
de uma identidade
Nome do autor
Título
e subtítulo
Identificação
do trabalho
Dissertação apresentada ao Programa
de Pós-Graduação em Psicologia –
Mestrado, do Instituto de Psicologia da
Universidade Federal de Uberlândia,
como requisito parcial à obtenção do
título de mestre em Psicologia
Aplicada.
Área de Concentração: Psicanálise e
Intersubjetividade
Orientador(a): Maria Inês Baccarin
UBERLÂNDIA
2007
Local
Data
ERRATA
LISTA DE PÁGINAS E LINHAS QUE APRESENTAM ERROS, SEGUIDAS DE
SUAS DEVIDAS CORREÇÕES. DEVE CONTER: REFERÊNCIA DO TRABALHO E
TEXTO DA ERRATA.
ERRATA
PEREIRA, Patrícia Omena Costa. O psicólogo do CAPS:
desafios e impasses na construção de uma identidade. 164 f.
2007. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal de
Uberlândia, Uberlândia, 2007.
Folha
46
59
Linha
5
4
Onde se lê
técnico
contrução
Leia-se
técnicos
construção
Referência do
trabalho
Texto da errata
FOLHA DE APROVAÇÃO
PATRÍCIA OMENA COSTA PEREIRA
Autor do trabalho
PSICÓLOGO DO CAPS:
desafios e impasses na construção
de uma identidade
Título e subtítulo
Dissertação apresentada ao Programa
de Pós-Graduação em Psicologia –
Mestrado, do Instituto de Psicologia da
Universidade Federal de Uberlândia,
como requisito parcial à obtenção do
título de mestre em Psicologia
Aplicada.
Uberlândia, 25 de janeiro de 2007
Identificação do
trabalho
Data de aprovação
Banca examinadora:
__________________________________________
Profa. Dra. Maria Inês Baccarin
(Orientadora – UFU)
___________________________________________
Prof. Dr. Luiz Carlos Avelino da Silva
(Examinador – UFU)
___________________________________________
Profa. Sandra Augusta Melo
(Examinadora - UNITRI)
Componentes da banca
examinadora
DEDICATÓRIA
Folha onde o autor
presta homenagem a
alguém.
Ao meu pai Álvaro e à minha mãe Miriam,
sempre presentes na minha vida,
incentivando-me a buscar o conhecimento.
À minha madrinha Maria de Lourdes, hoje ausente,
que me inspirou a escolha dessa profissão.
AGRADECIMENTOS
AGRADECIMENTOS
À Profª Maria Inês Baccarin, que como orientadora
foi uma acompanhante importante neste caminho de
aprendizagem, me auxiliando nas turbulências do
contato com o conhecimento novo;
Ao Ronaldo e Mayara, que muitas vezes ficaram
privados da minha atenção e convívio;
À Denise Goulart, analista, que em muitos momentos
foi continente para as minhas angústias, convidandome sempre a aprender, a tolerar e refletir sobre as
minhas experiências;
Às minhas tias Nelize e Conceição que me
acompanharam de forma solidária e carinhosa na
revisão da dissertação;
À Carolina Omena de Faria, pela sua disponibilidade
e carinho, no auxílio com o abstract;
À Ana Patrícia Rosa, que enquanto supervisora
sempre me incentivou a buscar o crescimento
profissional;
Aos professores do Mestrado, representados pelos
professores Caio, Sílvia, Maria Lúcia e João Luiz,
que contribuíram para a expansão do olhar sobre o
meu trabalho.
Folha onde o autor faz
agradecimentos a
pessoas ou instituições
que contribuíram de
maneira relevante à
elaboração do trabalho.
EPÍGRAFE
Pensamento ou frase
com indicação de
autoria.
[...] Que compreendas que nunca estás só,
que a tua alma, com o seu brilho e vinculação,
te liga intimamente ao ritmo do universo.
Que tenhas respeito por tua individualidade e
diferença.
Que compreendas que a conformação da tua alma
é única, que tens um destino especial aqui,
que por trás da fachada de tua vida existe algo belo,
bom e eterno acontecendo [...]
(Jonh O’ Donohue)
RESUMO EM PORTUGUÊS
RESUMO
Versão precisa,
abreviada e
seletiva do texto.
Deve conter de
150 a 500
palavras e ser
elaborado de
acordo com NBR
6028.
O tema “O Psicólogo do CAPS, desafios e impasses
na construção de uma identidade” refere-se a uma
investigação teórico-prática, sobre o vértice
psicanalítico, acerca das dificuldades e desafios
enfrentados pelos psicólogos, no atendimento a
pacientes psicóticos graves. Sabe-se que a
assistência à loucura tem se modificado ao longo do
tempo. Devemos considerar que todo o processo
abarca avanços e também recuos, sendo que a
reflexão e a interlocução com a psicanálise é um
instrumento
útil
na
construção
de
novas
possibilidades de ser e de estar nesta jornada. Esta
pesquisa, então, é uma tentativa de levantar e
mapear as dificuldades, a partir dos grupos de
discussão, à luz do método psicanalítico, construindo
sentidos para as experiências das psicólogas no
contato com as áreas primitivas da mente.
Palavras-chave: Psicanálise. Saúde mental. CAPS.
Palavras-chave
RESUMO EM LÍNGUA ESTRANGEIRA
ABSTRACT
The “The CAPS psychologist, challenges and
impasses in the construction of an identity” theme
refers to a theoretical-practical investigation about the
psycoanalytic vertex, surrounding the difficulties and
challenges faced by psychologists, when attending
severe psychotic patients. It is well known that the
assistence to madness has been changing in time. It
must be considered that the whole process includes
advances and also setbacks, being reflection and
interlocution with psychoanalisis a useful instrument
in building new possibilities of being in this journey.
This research is therefore an attempt to raise and
map the difficulties, starting from discussion groups,
in the light of the psycoanalytic method, building
senses to the psychologists’ experiences when
dealing with the primitive areas of mind.
Possui as mesmas
características do
resumo em
português.
Keywords: Psychoanalisis. Mental health. CAPS.
Palavras-chave na
língua do resumo
LISTAS
LISTA DE ILUSTRAÇÕES
•
Quando o número de
tabelas e ilustrações
justificar a listagem;
Quadro 1 Categorias por reunião.........................20
Gráfico 1 Quantidade de atendimentos................35
Quadro 2 Doenças associadas à obesidade.......43
Quadro 3 Delineamento experimental..................52
• Deve conter o número
o título e a página;
• Quando necessário,
recomenda-se lista própria
para cada tipo.
Gráfico 2 Freqüência do monitoramento..............68
LISTAS
LISTA DE SIGLAS
CAPS – Centros de Atenção Psicossocial
NAPS – Núcleo de Atenção Psicossocial
Abreviaturas, siglas
e símbolos devem estar
acompanhados
do significado.
SUS – Sistema Único de Saúde
UAI – Unidade de Saúde Integrada
UFU – Universidade Federal de Uberlândia
SUMÁRIO
Título centralizado
SUMÁRIO
Numeração
progressiva –
NBR 6024
1
2
2.1
2.2
3
4.1
4.2
5
5.1
5.2
4
INTRODUÇÃO .................................................. 08
CONSIDERAÇÕES A RESPEITO DO CENTRO
DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL ........................ 09
Um breve histórico da concepção da assistência
psiquiátrica à loucura ....................... ............... 09
Conhecendo as estruturas do CAPS e sua
inserção na saúde mental do município de
Uberlândia ......................................................... 22
PSICANÁLISE E PSIQUIATRIA: modelos e
campos de tensão ............................................. 37
A influência do modelo médico e este como
referência .......................................................... 37
O modelo psicanalítico: algumas contribuições ao
CAPS ................................................................. 51
INSTITUIÇÃO E GRUPO .................................. 65
Os sujeitos e a instituição ................................... 65
Atividades grupais enquanto modalidade de
tratamento .......................................................... 74
CONSIDERAÇÕES FINAIS ............................ 139
REFERÊNCIAS................................................. 143
ANEXOS ........................................................... 156
Relação de seções e
subseções do
trabalho na ordem em
que se sucedem no
texto.
Indicação da
paginação
ELEMENTOS TEXTUAIS
• INTRODUÇÃO
• DESENVOLVIMENTO
• CONCLUSÃO
ELEMENTOS PÓS TEXTUAIS
•
•
•
•
•
REFERÊNCIAS
GLOSSÁRIO (OPCIONAL)
APÊNDICE(S) (OPCIONAL)
ANEXO (S) (OPCIONAL)
INDICE(S) (OPCIONAL)
REFERÊNCIAS
REFERÊNCIAS
• Os documentos citados devem
ser referenciados de acordo
com a NBR 6023 da ABNT;
• Deve ser usado espaço
simples em cada referência
e dois espaços simples entre
uma referência e outra;
• As referências são alinhadas
à esquerda;
• Modelo apresentado de acordo
com o sistema de chamada
autor-data.
ABADI, Sônia. Transições: o modelo terapêutico
D.W. Winnicotti. São Paulo: Casa do Psicólogo,
1998.
AMARANTE, Paulo. A (clínica) e a reforma
psiquiátrica. In: AMARANTE, Paulo. Archivos de
saúde mental e atenção psicossocial. Rio de
Janeiro: NAU, 2003. p. 122.
______. Loucos pela vida: a trajetória da reforma
psiquiátrica no Brasil. 2.ed. Rio de Janeiro:
Fiocruz, 1995.
ASSAD, Margarida Maria Elia. Algumas
contribuições da psicanálise ao campo da saúde
mental. Revista Conceitos, João Pessoa, p. 111117, 2004.
BACCARIN, Maria Inês. Método de autoorganização: uma das possibilidades de pesquisa
em psicanálise. In: HERRMANN, Fabio Herrmann;
LOWENKRON, Theodor (Org.). Pesquisando
com o Método Psicanalítico. São Paulo: Casa
do Psicólogo, 2004. p. 403-413.
APÊNDICE(S)
• Matéria elaborada pelo
próprio autor;
• Contém informações
elucidativas e ilustrativas
não essenciais ao
entendimento do texto;
• Identificados por
letras maiúsculas;
• Numeração contínua das
páginas dando
seguimento à do texto
principal.
APÊNDICE A - ESCALA DE COMPROMETIMENTO
ORGANIZACIONAL AFETIVO
Abaixo estão listados vários sentimentos e emoções
que alguém poderia ter em relação à empresa onde
trabalha. INDIQUE O QUANTO VOCÊ SENTE ESTES
SENTIMENTOS E EMOÇÕES. Dê suas respostas
anotando, nos parênteses que antecedem cada frase,
aquele
número ( de 1 a 5 ) que melhor representa sua
resposta.
1= nada 2= pouco 3= mais ou menos 4= muito
5= extremamente
A EMPRESA ONDE TRABALHO FAZ-ME SENTIR.....
1. ( ) Orgulhoso dela.
2. ( ) Contente com ela.
3. ( ) Entusiasmado com ela.
4. ( ) Interessado por ela.
5. ( ) Animado com ela.
ANEXO(S)
ANEXO A - TERMO DE CONSENTIMENTO
Caro(a) psicólogo(a),
• Contém documentos que
servem de fundamentação,
comprovação e ilustração,
não elaborados pelo
próprio autor;
• Identificados por
letras maiúsculas;
Estou realizando uma pesquisa para investigar como as situações de impasses
entre paciente e psicoterapeuta são vivenciados do ponto de vista técnico e
emocional nos CAPS (centro de atenção psicossocial) da rede pública de Saúde
Mental da cidade de Uberlândia e quais são os recursos desenvolvidos para
lidarem com esta situação. Esta pesquisa será coordenada por mim, aluna do
curso de mestrado em Psicologia Aplicada da Universidade Federal de
Uberlândia, sob a orientação da professora Dra.Maria Inês Baccarin. Para tanto
serão utilizadas entrevistas em grupo abertas e se necessário outras semiabertas. Com o intuito de facilitar o levantamento de informações, gostaria , se
possível de registrar em áudio as suas palavras. Saliento que o conteúdo da
entrevista será mantido sob sigilo, e os dados finais, colocados à disposição dos
entrevistados, resguardadas as identidades dos mesmos.Ressalto também que
sua participação não envolverá qualquer tipo de despesa. Desde já, me coloco à
inteira disposição (e-mail: patriciaocp@hotmail.com, Fone:3211-6821) para os
esclarecimentos que se fizerem necessários, durante todo o transcorrer da
pesquisa e agradeço sua preciosa colaboração.
Atenciosamente,
• Numeração contínua
das páginas.
Patrícia Omena Costa Pereira - Pesquisadora responsável
Declaro, após ter sido lido os esclarecimentos acima explicitados, concordar em
participar da pesquisa coordenada pela aluna mestranda Patrícia Omena Costa
Pereira.
Telefone do Comitê de Ética em Pesquisa da UFU, para qualquer
esclarecimento: 3239-4131
REFERÊNCIAS – NBR 6023
ALBOM, M. A última grande lição: o sentido
Autor
Título:
subtítulo
da vida. Tradução de José J. Veiga. 13. ed.
Tradutor
Edição
Rio de Janeiro: Sextante, 1997. 192 p.
Local
Editora
Ano
Paginação
.
• Referência: conjunto padronizado de elementos descritivos que
permitem a identificação de um documento;
• Todo termo que determina a entrada de uma referência vem escrito
em letras maiúsculas.
LIVROS E FOLHETOS - UM AUTOR
LANGLADE, M. Terapêutica ortodôntica.
Tradução de Miguel N. Benvenga. 3. ed.
São Paulo: Santos, [199?]. 844 p.
data aproximada
LIVROS E FOLHETOS
ATÉ TRÊS AUTORES
Separam-se os autores com ponto e
Vírgula:
GRABER, T. M.; RAKOVI, T.; PETROVIC, A.
G. Dentofacial orthopedics with functional
appliances. [S.l.]: Mosby, 1985. 449 p.
sem local
LIVROS E FOLHETOS
MAIS DE TRÊS AUTORES
Indicar apenas o primeiro seguido da
expressão et al.
VEIGA-MENDONÇA, A. C. P. et al. A célula.
2. ed. Barueri: [s.n.], 2007.
sem editora
LIVROS EM PARTE
Capítulo com autoria própria
REIS JÚNIOR, Almiro. Anestesia regional
venosa. In: CREMONESI, Eugesse (Coord.).
Temas de anestesiologia. São Paulo: Sarvier,
1987. cap. 10, p. 91-100.
RELATÓRIO
Autor entidade
BRASIL. Ministério da Justiça. Relatório
de atividades. Brasília, DF, 1993.
CONGRESSOS, SEMINÁRIOS,
REUNIÕES EM PARTE
MENEZES, M. M.; PATRIOTA, M.; HUHTALA,
M. F. R. L. Opção conservadora para manchamentos dentais localizados. In: CONGRESSO
DOS EX-ALUNOS DA FACULDADE DE ODONLOGIA DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS, 5., 1998,
São José dos Campos. Anais... São José dos
Campos: UNESP, 1998. p. 37.
LIVROS EM PARTE
Capítulo sem autoria especial
COSBY, P. C. Ética na pesquisa. In: COSBY,
P. C. Métodos de pesquisa em ciências do
comportamento. Tradução de Paula Inez
Cunha e Emma Otta. São Paulo: Atlas, 2003.
p. 51-79.
DISSERTAÇÕES E TESES
OLIVEIRA, M. R. da S. Avaliação da remoção
de pinos ultra-radiculares pré-fabricados
através de técnica de ultrassônica. 1998. 64 f.
Dissertação (Mestrado em Reabilitação Oral) –
Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto,
Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto,1998.
LEGISLAÇÃO
BRASIL. Lei n° 9.281, de 4 de junho de 1996.
Revoga os parágrafos únicos dos arts. 213 e
214 do Decreto-lei n° 2.848, de 7 de dezembro
de 1940 - Código Penal. Diário Oficial da
União, Brasília, DF, p. 9.009, 5 jun. 1996.
Disponível em:
<http://www6.senado.gov.br/legislacao/ListaPubl
icacoes.action?id=143574>. Acesso em: 21 jan.
2010.
ARTIGOS DE PERIÓDICOS
PAHLAVANI, M. A.; VARGAS, D. A. Actioninduced apoptosis in T cell from young and
old fisher 344 rats. International Archives
of Allergy and Immunology, Basel, v. 22,
n. 3, p. 182-189, July 2000.
ARTIGOS DE JORNAIS
sem indicação de autoria
O DIABO anda na rua. Estado de São Paulo,
São Paulo, 29 maio 2009. Caderno 2, p. 2.
DOCUMENTOS ELETRÔNICOS
Livro on-line
PARRISH, T. J. Teaching of the new
testament on slavey. New York: J. H.
Ladd, 1856. Disponível em:
<http://www.cs.deu/book.html>. Acesso
em: 17 set. 2009.
DOCUMENTOS ELETRÔNICOS
Texto recuperado na internet
HIPERTERMIA materna e risco de
defeitos do tubo neural nos descendentes:
revisão sistemática e meta-análise. [2005].
Disponível em:
<http://www.drashirleydecampos.com.br/n
oticias/15522>. Acesso em: 10 nov. 2009.
CITAÇÕES EM DOCUMENTOS - NBR 10520
SISTEMAS DE CITAÇÃO:
•
Autor-data
Numérico
“Citar a fonte de pesquisa é acima de tudo
respeito por quem estudou, para deixar
uma contribuição importante para quem
está precisando estudar.” (BUENO, 2004)
CITAÇÃO DIRETA
AUTOR INCLUÍDO NA FRASE
1 autor:
Segundo Drucker (1997, p. 15) “Ainda hoje [...]
90% das informações [..] são sobre dados e
eventos internos.”
2 autores:
Clarac e Bonnin (1985, p.72) afirmam: “Não se
mova, faça de conta que está morta.”
CITAÇÃO DIRETA
AUTOR INCLUÍDO NA FRASE
3 autores:
Segundo Anjos, Junqueira e Charchar (2001, p. 9):
“A produtividade [...] de maracujá, [...] é
considerada baixa [...]”.
Mais de 3 autores:
De acordo com Charchar e outros (2001, p. 10):
“Medidas gerais de controle são necessárias [...].”
CITAÇÃO DIRETA
AUTOR NÃO INCLUÍDO NA FRASE
Até 3 autores:
“A produtividade média brasileira de maracujá
[...]” (ANJOS; JUNQUEIRA; CHARCHAR, 2001,
p. 9).
Mais de 3 autores:
“Medidas gerais de controle são necessárias, tais
como cultivares resistentes ao fungo, utilização
de sementes livres de Pyricularia grisea [...]”
(CHARCHAR et al., 2001, p. 10).
TRANSCRIÇÕES - MAIS DE TRÊS LINHAS
* DEVERÃO SER DESTACADAS DO TEXTO COM RECUO DE
4 CM DA MARGEM ESQUERDA
* ESPAÇAMENTO SIMPLES ENTRE LINHAS
* TAMANHO DE LETRA MENOR QUE A DO TEXTO
Para
fazer uma dissertação ou tese deve-se escolher o tema;
organizar o tempo do trabalho e o material selecionado e, finalmente,
dispor a redação do trabalho.
Numa tese de compilação o estudante demostra simplesmente ter
examinado criticamente a maior parte da ‘literatura’ existente (ou seja, os
trabalhos publicados sobre o assunto) e ter sido capaz de expô-la
de modo claro, procurando relacionar os vários pontos de vista [...].
(ECO, 1988, p. 25).
PARA ENFATIZAR TRECHOS DA CITAÇÃO
DEVE-SE DESTACÁ-LOS INDICANDO ESTA ALTERAÇÃO
COM A EXPRESSÃO GRIFO NOSSO OU GRIFO DO
AUTOR, APÓS A CHAMADA DA CITAÇÃO:
“[...] para que não tenha lugar a produção de degenerados,
quer physicos quer moraes, misérias, verdadeiras ameaças à
sociedade.” (SOUTO, 1919, p. 46, grifo nosso).
“[...] desejo de criar uma literatura independente, diversa,
de vez que, aparecendo o classicismo como manifestação
de passado colonial [...].” (CANDIDO, 1993, v. 2, p. 12,
grifo do autor).
TEXTO TRADUZIDO PELO AUTOR
DEVE-SE INCLUIR, APÓS A CHAMADA DA
CITAÇÃO, A EXPRESSÃO TRADUÇÃO NOSSA,
ENTRE PARÊNTESES:
“Ao fazê-lo pode estar envolto em culpa, perversão,
ódio de si mesmo [...].” (RAHNER, 1962, v. 4, p. 463,
tradução nossa).
Supressão
MÚLTIPLAS CITAÇÕES NA MESMA FRASE
Existe uma série de estudos, Alves (1977, 1978),
IBGE (1973) e Monteiro (1977), que analisam a
importância relativa das variáveis e que influenciam
no consumo alimentar da população e, por
conseguinte, no estado nutricional da população.
NOTA:
As citações indiretas de diversos documentos de
vários autores, mencionados simultaneamente,
deverão aparecer em ordem alfabética.
CITAÇÕES DO MESMO AUTOR, COM MAIS
DE UM TRABALHO DE MESMA DATA
•
ACRESCENTAR a, b, c... APÓS A DATA
Campos (1973a, 1973b) estudou os aspectos
metodológicos da psicologia.
A letra deve aparecer também na
referência logo após o ano.
CAMPOS, D. M. de S. Introdução à pesquisa em
psicologia: aspectos metodológicos. Petrópolis:
Vozes, 1973a. 126 p.
CITAÇÃO DO MESMO AUTOR, COM TRABALHOS
PUBLICADOS EM DATA DIFERENTE
• CITAR OS TRABALHOS EM ORDEM
CRONOLÓGICA, SEPARADOS POR
VÍRGULA
Estudo sobre educação e promoção em saúde foram
realizados por Candeias (1984, 1988, 1991).
CITAÇÃO DE MAIS DE UM AUTOR
COM SOBRENOMES IGUAIS
• MENCIONAR O SOBRENOME ACRESCIDO
DA LETRA INICIAL DO PRENOME, PARA
DISTINGUÍ-LOS
Trabalhos recentes (SILVA, G. M. ,1996; SILVA, R.
J., 1996) tem apontado soluções importantes.
CITAÇÃO DE CITAÇÃO
(SEM ACESSO AO ORIGINAL)
No texto:
Estes e outros parâmetros devem ser observados no momento da escolha
do tema (GIL, 1989 apud SILVA; PINHEIRO; FRANÇA, 2005).
Ou
Para Rodrigues e colaboradores (1998 apud SILVA; PINHEIRO; FRANÇA,
2005, p. 19) “o trabalho pode ser avaliado pelo seu conteúdo e sua forma.”
Na referência:
SILVA, A. M.; PINHEIRO, M. S. de F.; FRANÇA, M. N. Guia para
normalização de trabalhos técnico-científicos: projetos de pesquisa
trabalhos acadêmicos dissertações e teses. 5. ed. Uberlândia: EDUFU,
2005.
SISTEMA DE CHAMADA NUMÉRICO
Em 1986 foram realizados estudos sobre
doenças crônicas na população de idosos 3,5.
Ou
Em 1986 foram realizados estudos sobre
doenças crônicas na população de idosos (3,
5).
SISTEMA NUMERICO - Referências
REFERÊNCIAS
1 PORTO, C. C. (Ed.). Semiologia médica. 4. ed. Rio de
Janeiro: Guanabara Koogan, 2001.
As referências aparecem
na ordem em que foram
citadas no texto
precedidas do respectivo
número da citação.
2 ABADI, Sônia. Transições: o modelo terapêutico D.W.
Winnicotti. São Paulo: Casa do Psicólogo, 1998.
3 HARGREAVES, L.H. H. (Ed.). Geriatria. 1. ed.
Brasília, DF: SEEP, 2006.
4 ASSAD, Margarida Maria Elia. Algumas contribuições
da psicanálise ao campo da saúde mental. Revista
Conceitos, João Pessoa, v. 5, n.3, p. 111-117, 2004.
5 MACIEL, A. C. C. Guerra RO. Prevalência e fatores
associados ao déficit de equilíbrio em idosos. Revista
Brasileira de Ciência & Movimento, São Paulo v. 13,
n.1, p. 37-44, 2005.
NOTAS DE REFERÊNCIA
• CITAÇÃO
No texto:
Referências é um conjunto padronizado de
elementos descritivos que permitem a identificação
de informações [...].1
No rodapé:
______
1
SILVA, A. M.; PINHEIRO, M. S. de F.; FRANÇA, M. N. Guia para
normalização de trabalhos técnico-científicos: projetos de pesquisa,
trabalhos acadêmicos, dissertações, teses. 5. ed. ampl. Uberlândia: EDUFU,
2006.
NOTAS EXPLICATIVAS
• INDICAM OBSERVAÇÕES OU
ADITAMENTOS AO TEXTO
No texto:
Para fotografar foi utilizada câmera de formato
pequeno3 para maior agilidade.
No rodapé:
______
3
Câmera Nikon F2 Photomic (35mm)
NOTAS EXPLICATIVAS
• COMUNICAÇÃO PESSOAL
No texto:
O medicamento estará disponível até o final do
semestre (informação verbal) 2.
No rodapé:
______
2 Notícia
fornecida por John Smith no Congresso Internacional de
Engenharia Genética, em Londres, em outubro de 2001.
REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO
• TIPO DE PAPEL:
Os trabalhos devem ser digitados no
anverso das folhas, no formato A4, digitados
na cor preta.
• MARGENS:
3 cm à esquerda e superior e 2 cm à direita e
inferior.
REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO
• ESPAÇAMENTO:
Espaço 1,5 no texto corrido. Os títulos das
seções devem ser separados do texto por
dois espaços 1,5.
• TIPOS DE LETRAS:
Recomenda-se a utilização da fonte 12 para
o texto.
REGRAS GERAIS DE PRESENTAÇÃO
• PAGINAÇÃO:
• A numeração deve aparecer no canto superior direito
da página.
• A contagem das páginas é feita a partir da folha de
rosto, mas a numeração aparece a partir da primeira
página do texto, em algarismos arábicos.
• Se houver apêndice ou anexo, as suas folhas devem
ser numeradas de forma contínua, dando
seguimento ao texto principal.
INFORMAÇÕES E SUGESTÕES
BIBLIOTECA SANTA MÔNICA
3239-4196
BIBLIOTECA UMUARAMA
3218-2434
BIBLIOTECA EDUCAÇÃO FÍSICA
3218-2930
BIBLIOTECA PONTAL
(34) 3262-2190
E-MAIL: bibliotecariosreferencia@dirbi.ufu.br
UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA
“Conhecimento não
divulgado é como palco
com cortina fechada; como
rádio sem som; como um
quadro num quarto escuro;
como céu sem estrelas.”
(Livis Dzelve)
Download

um autor - Sistema de Bibliotecas da UFU