A Paz do Senhor!
Estamos no 1º trimestre de 2015 e o tema da
revista é Fidelidade, tendo o Pastor Josué
Rodrigues de Gouveia, Presidente da
Assembleia de Deus Ministério Vila Nova em
Goiânia/GO, como comentarista.
Sinta-se livre para incluir textos, figuras,
animações e outros elementos a esta
apresentação.
Se houver necessidade, fique à vontade
para alterar os textos aqui apresentados,
porém, sem fugir do conteúdo da revista,
que é a base desta apresentação.
Muito Importante!
Peça ao Espírito Santo para fazer a diferença
em sua aula!
Ore, leia a Bíblia, consulte sua revista e
estude a lição. Lembre-se também que uma
boa consulta a outras obras fidedignas
enriquece o conhecimento.
Ao final da lição complete os exercícios
propostos no PIL (Programa de Incentivo
à Leitura) e fique preparado(a)!
Tenha uma boa aula e uma boa semana!
Dúvidas, sugestões?
Entre em contato conosco:
comercial@editorabetel.com.br
Curta nossa página e acompanhe nossas
novidades:
facebook.com/EditoraBetel
“Aquele que leva a preciosa
semente, andando e chorando,
voltará, sem dúvida, com alegria,
trazendo consigo os seus molhos”
Salmos 126.6
Aula Expositiva
“A fidelidade às doutrinas
cristãs”
Lição 04
25 de janeiro de 2015
Texto Áureo
“Expondo estas coisas aos irmãos, serás
bom ministro de Cristo Jesus,
alimentado com as palavras da fé e da
boa doutrina que tens seguido”
1Tm 4.6
Verdade Aplicada
Precisamos estar atentos para não
sermos levados por questões enganosas,
por pessoas que se acham detentores de
revelações especiais, disseminadoras de
ideias egocêntricas, soberbas e cheias
de vaidades.
Objetivos da Lição
1. Identificar as causas do desvio doutrinário;
2. Apontar as consequências do desvio doutrinário;
3. Propor um retorno à fidelidade doutrinária.
Textos de Referência
1Tm 1.3-7
Introdução
A doutrina bíblica é a chave para sermos bem
sucedidos na caminhada cristã. Infelizmente, por
não ser valorizada, assistimos uma série de novas
“doutrinas” surgindo, não para a glória de Deus e
sim para o próprio homem. Isso tem feito com que a
Igreja do Senhor Jesus experimente um desvio
doutrinário e distancie-se do propósito para o qual
Deus a designou.
1. Desvio doutrinário da Igreja
Paulo exorta Timóteo a admoestar quanto
aos falsos ensinos que estavam entrando na
Igreja (1Tm 1.3). Esse desvio doutrinário se
caracteriza de várias formas, levando cristãos
à distorção ou até mesmo ao abandono da fé.
Notemos como esses desvios se
caracterizam:
Comente
1.1. Abandono do ensino bíblico e entrega às
fábulas
1.2. Não aplicação do estudo das Escrituras
1.3. Ensino das Escrituras com motivações
impuras
2. Consequências do desvio
doutrinário da Igreja
Os efeitos do desvio doutrinário são perceptíveis
aos olhos de todos, pois aquele que se distancia
do ensino salutar das Escrituras, passa a ter
atitudes que o igualam às pessoas que não
conhecem a Cristo. Essas atitudes afastam as
pessoas da Igreja, e, quando não as afastam, faz
com que se tornem instrumentos para a
disseminação de contendas entre os irmãos.
Comente
2.1. Afasta as pessoas da Igreja
2.2. Produz contenda e não edificação
2.3. Alvo fácil de manipulação
3. Retorno à fidelidade
doutrinária
Ao lermos os escritos de Paulo a Timóteo
entendemos que a possibilidade de retorno
não foi apenas para os insubordinados de sua
época, mas também para os de hoje.
Portanto esse retorno ocorrerá:
Comente
3.1. Quando anunciamos a Palavra com
intenção pura
3.2. Quando produz transformação
3.3. Quando a doutrina é transmitida com
graça
Conclusão
Paulo instrui a Timóteo e a nós que nunca
devemos nos apegar às doutrinas cristãs
apenas na teoria, mas sim na prática diária,
com a intenção de resgatar aqueles que estão
se distanciando. Esse trabalho feito com
amor não fingido, tendo a fidelidade como
bandeira, nos fará firmes até a volta de
Cristo.
Referências
Bíblia Sagrada – Concordância, Dicionário e Harpa Editora Betel
Revista Jovens e Adultos: Fidelidade, 1º Trimestre
de 2015 – Editora Betel
Download

PAE | PPT - Editora Betel