Escala Wechsler de Avaliação da
Inteligência – 3ª Edição (WISC-III)
Kelly Cristina de Carvalho
Colaboradora em Neuropsicologia do Ambulatório de Neuroepilepsia do Hospital São Paulo
Neuropsicóloga do NANI (Núcleo de Atendimento Neurosicológico Infantil) / CPN
WISC-III
 A 3ª edição foi publicada em 1991;
QI é uma estimativa do nível atual de
funcionamento, logo, não se trata de um dado
fixo e imutável;
 Apesar de ser psicométrico, pode trazer
dados relacionados às questões afetivasemocionais do paciente.
WISC-III
 13 subtestes (6 verbais e 7 de execução);
 dividido em QI Verbal, QI Execução, QI
Total, Índice de Compreensão Verbal, Índice
de Organização Perceptual, Resistência à
Distração e Velocidade de Processamento;
WISC-III
Subtestes Verbais
Informação;
Semelhanças;
Aritmética;
Vocabulário;
Compreensão;
Dígitos*.
WISC-III
Subtestes de Execução
Completar Figuras;
Código;
Arranjo de Figuras;
Cubos;
Armar Objetos;
Procurar Símbolos*;
Labirintos*.
WISC-III
Índices Fatoriais
Compreensão
Verbal
Organização
Perceptual
Resistência à
Distração
Velocidade de
Processamento
Informação
Completar
Figuras
Aritmética
Códigos
Semelhanças
Arranjo de
Figuras
Dígitos
Procurar
Símbolos
Vocabulário
Cubos
Compreensão
Armar Objetos
Instruções de
Aplicação
1. Completar Figuras
Início: começar com o item de exemplo para todas as
idades e continuar com o item indicado para a idade da
criança.
Idade 6 anos: Item 1
Idade 7 – 9 anos: Item 3
Idade 10 – 16 anos: Item 6
Interromper após 9 erros consecutivos
Para idades: 7 – 16 anos, usar seqüência inversa de itens
anteriores, no caso de erro nos dois primeiros itens
aplicados.
Tempo limite especificado para cada item (20 segundos).
Correção permitida no item de exemplo e nos itens 1 e 2.
1. Completar Figuras
“Eu vou mostrar algumas figuras. Em cada uma está faltando
uma parte. Olhe atentamente e diga o que está faltando.”
2. Informação
Início: Idade 6 – 7 anos: Item 1
Idade 8 – 13 anos: Item 6
Idade 14 – 16 anos: Item 12
Interromper após 8 erros consecutivos.
Para idades: 8 – 16 anos, usar seqüência inversa
de itens anteriores, no caso de erro nos dois
primeiros itens aplicados.
Correção permitida no item 1.
2. Informação
“Eu vou fazer algumas perguntas
e gostaria que vocês as
respondesse.”
6. Diga o nome de dois tipos
de dinheiro.
16. Qual a capital da França?
3. Código
Início: Idade 6 – 7 anos: Parte A
Idade 8 – 16 anos: Parte B
Interromper após 120 segundos
Correção permitida nos itens de exemplo
Bônus por tempo somente na parte A.
3. Código
Instrução Parte A
“Olhe aqui e você verá uma estrela, uma bola, um triângulo e estas
outras formas. Veja que a estrela tem uma linha no meio
(apontar), a bola tem dois risquinhos (apontar), o triângulo tem
um risquinho (apontar), a cruz tem uma bolinha no centro
(apontar) e o quadrado tem duas linhas de cima para baixo
(apontar).” Agora olhe aqui (apontar), onde se vê bolas, estrelas,
quadrados e outros, todos misturados, mas sem nenhum sinal
dentro deles. Eu quero que você os preencha com os mesmos sinais
que eles têm ali em cima.”
Apontar para o 1º item do exemplo e dizer:
“É assim que se faz. Aqui está uma bola. Vamos olhar para cima e
procurar a bola (apontar).”
Fazer o mesmo para o segundo e terceiro exemplos.
3. Código
“Quando eu mandar iniciar, você deve fazer o resto dos
itens.”
Apontar para o 1º item e dizer:
“Comece aqui e continue completando tantas coisas
quantas puder, uma após a outra, sem pular nenhuma.
Continue até eu dizer para parar. Trabalhe o mais
rápido possível, sem errar. Quando terminar esta linha
(Leve a criança a atravessar a linha da esquerda
para a direita, com seu dedo), vá para estar.”
(Aponte para o primeiro item da segunda linha).
Dizer: “Siga.”
3. Código
3. Código
Instrução Parte B
“Olhe estes quadrados divididos. Veja que cada um tem um
número na parte de cima (Faça seu dedo acompanhar
ao longo dos número). E na parte de baixo tem um
sinal específico (Faça seu dedo percorrer os sinais).
Cada número tem um sinal específico.” (Apontar para o
número 1 e seu sinal, depois para o número 2 e seu
sinal).
Apontar para os itens do exemplo e dizer:
3. Código
“Agora olhe aqui onde vemos os quadros com os números na
parte de cima, mas vazios na parte de baixo.”
Apontar para a parte de baixo dos primeiros itens do
exemplo e dizer:
“Você deve colocar nos quadros vazios os sinais correspondentes,
como este.”
Fazer para os itens 1 e 2 do exemplo.
“Comece aqui e complete quantos quadros for possível, um após o
outro, sem pular nenhum. Continue até eu dizer para parar.
Trabalhe o mais rápido possível, sem errar. Quando terminar
esta linha (Leve a criança a atravessar a linha da
esquerda para a direita, com seu dedo), vá para esta.”
(Apontar para o primeiro item da segunda fila). Dizer:
“Siga.”
3. Código
4. Semelhanças
Início: Idade 6 – 16 anos: Item exemplo.
Interromper após 8 erros consecutivos.
Correção permitida nos itens 1 e 2.
Complemente a resposta nos itens 6 e 7 se a criança der
resposta de 1 ponto.
4. Semelhanças
“Agora eu vou dizer duas palavras e
quero que você responda o que elas
têm em comum, por exemplo: Se eu
perguntar – O que o vermelho e o
azul têm em comum, você dirá que
ambos são cores.”
&1. O que têm em comum VELA
e LÂMPADA?
13. O que têm em comum
TEMPERATURA e
COMPRIMENTO?
5. Arranjo de Figuras
Início: Todas as idades: Item exemplo e continuar com Item 1.
Interromper após 6 erros consecutivos.
Há tempo-limite para cada item.
Bônus por tempo aos 3-4 itens.
Correção permitida nos itens 1 e 2.
5. Arranjo de Figuras
“Estas figuras contam uma estória sobre uma mulher tentando pegar
alguma coisa para beber. As figuras estão numa ordem errada.
Observe como eu vou colocá-las numa ordem certa de modo que
formem uma estória com início, meio e fim.”
Depois de arrumar os cartões na ordem certa (ABC), apontar
para cada cartão em ordem e dizer:
“Primeiro a mulher está pegando o dinheiro em sua bolsa. Depois,
colocando o dinheiro na máquina para comprar a bebida. Finalmente
ela está bebendo.”
Fazer o mesmo para os itens 1 e 2 e depois seguir com os
demais itens.
5. Arranjo de Figuras
6. Aritmética
Início: Idade 6 – 7 ano: Item 1.
Idade 8 – 9 anos: Item 8.
Idade 10 – 13 anos: Item 10.
Idade 14 – 16 anos: Item 13.
Para idades: 8 – 16 anos, usar seqüência inversa de itens
anteriores, no caso de erro nos dois primeiros itens aplicados.
Interromper após 3 erros consecutivos.
Tempo-limite especificado para cada item.
Bônus por tempo nos itens 19 – 24.
Correção permitida somente nos itens 1 e 2.
6. Aritmética
“Agora vou ler uns problemas de matemática
para você responder.”
& 1. Conte estes pássaros com seu dedo, em voz alta.
5. Quantos sorvetes sobram se cada criança comer 1?
7. Cubos
Início: Idade 6 – 7 anos: Item 1
Idade 8 – 16 anos: Item 3
Interromper após 2 erros consecutivos
Para idades: 8 – 16 anos, usar seqüência normal
de itens anteriores, no caso de erro nas 2
tentativas do modelo 3.
Tempo-limite especificado para cada item.
Bônus por tempo para os itens 4 – 12.
7. Cubos
“Veja estes cubos. Os dois são iguais. Em alguns
lados eles são vermelhos, em outros são brancos
e em outros metade vermelhos e metade
brancos.”
Virar os cubos para mostrar os diferentes
lados.
Fazer o modelo para a criança nos itens 1
(6-7 anos), item 2, item 3.
“Agora faça um igual ao do cartão.”
7. Cubos
8. Vocabulário
Início: Idade 6 – 16 anos: Item 1 e continuar com
o item 2.
Interromper após 6 erros consecutivos.
Correção permitida nos itens 1 e 2
8. Vocabulário
“Eu vou dizer algumas palavras. Escute com
atenção e responda o que significa cada
palavra.”
& 1. O que é um CHAPÉU?
17. O que é uma FÁBULA?
9. Armar Objetos
Início: Idade 6 – 16 anos: Item exemplo.
Administrar todos os itens.
Tempo-limite especificado para cada item.
Bônus por tempo para itens 1 – 5.
Correção permitida no item 1.
9. Armar Objetos
“Se estas peças forem unidas de forma correta, elas irão formar
uma maçã. Veja como eu faço.”
Arrumar as peças corretamente conforme o modelo.
Permita que a criança veja o quebra-cabeça montado,
depois retire as peças e continue com o item 1.
“Agora vou pedir para que você monte alguns quebras-cabeças.”
Expor o arranjo e dizer:
“Se você juntar estas peças de maneira correta, elas irão formar
uma menina. Tente juntar e avise-me quando tiver terminado.”
9. Armar Objetos
10. Compreensão
Início: Idade 6 – 16 anos: Item 1.
Interromper após 6 erros consecutivos.
Correção permitida no item 1.
10. Compreensão
“Eu vou fazer algumas perguntas e gostaria que
você respondesse.”
& 1. O que você faria se desse um corte no
dedo?
9. Por que é necessário que o governo
fiscalize a carne antes de ser vendida?
11. Procurar Símbolos
Início: Idade 6 – 7 anos: Parte A.
Idade 8 – 16 anos: Parte B.
Interromper após 120 segundos.
Correção permitida nos itens de exercício.
11. Procurar Símbolos
Instrução Parte A
“Olhe estas figuras. (Apontar para o único símbolomodelo na coluna da esquerda e dizer): “Esta figura
está neste grupo de símbolos.” (Aponte da esquerda para
a direita da criança, para todos os símbolos do grupo
de procura). Depois, apontar para o símbolo-modelo
novamente, dizer: “Veja, esta figura aqui é igual a esta
outra (apontar para o símbolo similar do grupo de
procura), por isso eu irei marcar ‘sim’, desta maneira.”
Dar um exemplo de quando o símbolo não está na
coluna da direita e depois dizer:
“Você deve marcar o ‘Sim’ se esta figura for igual a qualquer
uma destas figuras aqui (apontar) e marque o ‘Não’ se a
figura não for igual. Você entendeu? (...) Então pode
começar.”
11. Procurar Símbolos
Instrução Parte B
“Olhe estas figuras. (Apontar para os dois símbolos-modelos
na coluna da esquerda e dizer): “Uma destas figuras está
neste grupo de símbolos.” (Aponte da esquerda para a
direita da criança, para todos os símbolos do grupo de
procura). Depois, apontar para o símbolo-modelo
novamente, dizer: “Veja, esta figura aqui é igual a esta outra
(apontar para o símbolo similar do grupo de procura),
por isso eu irei marcar ‘sim’, desta maneira.”
Dar um exemplo de quando o símbolo não está na coluna
da direita e depois dizer:
“Você deve marcar o ‘Sim’ se uma destas figuras for igual a
qualquer uma destas figuras aqui (apontar) e marque o ‘Não’
se nenhuma destas figuras for igual. Você entendeu? (...) Então
pode começar.”
12. Dígitos
Início: Idade 6 – 16 anos: Item 1 Ordem Direta.
Idade 6 – 16 anos: Item 1 Ordem Inversa.
Interromper após 2 erros nas duas tentativas no
mesmo item.
Administrar Dígitos ordem inversa, mesmo que na
ordem direta o escore tenha sido zero.
Correção permitida na ordem inversa no item de
exemplo.
12. Dígitos
Dígitos Ordem Direta
“Vou dizer alguns números. Escute cuidadosamente e quando eu
acabar, você deve repetí-los da mesma forma.”
1. 2 – 9
5. 3 – 8 – 9 – 1 – 7 – 4
Dígitos Ordem Inversa
“Vou dizer mais alguns números e quero que você repita de trás
para frente. Por exemplo, se eu disser 8 – 2, o que você diria?”
1. 2 – 5
4. 4 – 1 – 3 – 5 – 7
13. Labirintos
(Obs.: Este subteste não foi padronizado na adaptação
brasileira)
Início: Idade 6 – 7 anos: Labirinto de exemplo.
Idade 8 – 16 anos: Labirinto 4
Interromper após 2 erros consecutivos.
Para 8 – 16 anos usar seqüência normal dos labirintos 1 – 3,
após crédito parcial no Labirinto 4; usar seqüência normal do
exemplo e dos Labirintos 1 – 3, após erro no labirinto 4.
Tempo-limite especificado para cada labirinto.
Correção permitida nos Labirintos 1 e 2.
13. Labirintos
Instrução para 6 – 7 anos:
“Veja esta garota aqui no meio. Ela quer chegar até a rua, aqui
fora (apontar). Eu vou mostrar como ela pode fazer isto,
sem ficar presa. Veja como eu faço.”
Demonstrar, começando de algum ponto no centro do
Labirinto. Chegando na entrada de um caminho sem
saída, pare num momento. Sem levantar o lápis,
apontar para o caminho sem saída e dizer:
“Não, por este caminho. Veja, se ela for por este lado ficará
presa, porque o caminho está fechado. Ela não pode passar
através da parede (apontar). Ela deve ir por este caminho
para encontrar a saída.”
Termine o traçado. Procure traçar um caminho que se
estenda além da saída do Labirinto. Ir para o Item 1.
“Agora veja se você consegue sair deste sozinho.”
13. Labirintos
Instrução para 8 – 16 anos:
“Isto aqui é um labirinto. Você deve começar aqui
(apontar a figura da garota) e encontrar o caminho
da saída (apontar para a saída), sem atravessar
qualquer linha. Faça o melhor que puder para não
entrar em caminhos sem saída. Não entre em nenhum
caminho sem saída. Você entendeu?”
Se a criança não tem perguntar, dê-lhe um lápis e
diga:
“Certo. Comece aqui (aponte para a figura da garota)
e encontre a saída. Não levante seu lápis do papel até
terminar. Pode começar.” e sair deste sozinho.”
O que cada
subteste avalia?
Escala Verbal
Capacidade de lidar com símbolos abstratos;
Qualidade da educação formal e estimulação do
ambiente;
Compreensão, memória e fluência verbal.
Subtestes da Escala Verbal
• Informação: extensão do conhecimento
adquirido; qualidade da educação formal e
motivação para o aproveitamento escolar;
estimulação do ambiente e/ou curiosidade
intelectual; interesse no meio ambiente;
memória remota.
Subtestes da Escala Verbal
• Dígitos: extensão (spam) da atenção; retenção
da memória imediata (Dígitos OD); memória e
capacidade de reversibilidade (Dígitos OI);
concentração; tolerância ao estresse.
Subtestes da Escala Verbal
• Vocabulário: desenvolvimento da linguagem;
conhecimento semântico; inteligência geral
(verbal); estimulação do ambiente e/ou
curiosidade intelectual; antecedentes
educacionais.
Subtestes da Escala Verbal
• Aritmética: capacidade computacional e
rapidez no manejo de cálculos; memória
auditiva; antecedentes / oportunidades /
antecedentes escolares; concentração,
resistência, distratibilidade, raciocínio lógico,
abstração; contato com a realidade.
Subtestes da Escala Verbal
• Compreensão: capacidade de senso comum,
juízo social, conhecimento prático e maturidade
social; conhecimento de normas sociocultrais;
capacidade para avaliar a experiência passada;
compreensão verbal, memória e atenção;
pensamento abstrato (provérbios).
Subtestes da Escala Verbal
• Semelhanças: raciocínio lógico e formação
conceitual verbal (pensamento abstrato);
raciocínio indutivo, com identificação de
aspectos essenciais de não-essenciais;
desenvolvimento da linguagem e fluência verbal.
Escala de Execução
Grau e qualidade do contato não-verbal do
indivíduo com o ambiente;
Capacidade de integrar estímulos perceptuais e
respostas motoras pertinentes;
Capacidade de trabalhar em situações concretas;
Capacidade de trabalhar rapidamente;
Capacidade de avaliar informações
visoespaciais.
Subtestes de Execução
• Completar Figuras: Reconhecimento e
memória visual, organização, raciocínio;
interesse e atenção ao ambiente, concentração e
percepção das relações todo-parte;
discriminação de aspectos essenciais de não
essenciais.
Subtestes de Execução
• Arranjo de Figuras: capacidade para
organizar e integrar lógica e seqüencialmente
estímulos complexos; compreensão da
significação de uma situação interpessoal,
julgando suas implicações, determinando
prioridades e antecipando suas conseqüências,
num certo âmbito sociocultural; processamento
visual.
Subtestes de Execução
• Cubos: capacidade de análise e síntese;
capacidade de conceitualização visoespacial;
coordenação viso-motor-espacial, organização e
velocidade perceptual; estratégia de solução de
problema.
Subtestes de Execução
• Armar Objetos: capacidade de síntese de um
conjunto integrado; capacidade de reconhecer
configurações familiares (formação de conceitos
visuais) e de antecipar relações parte-todo
(organização visoespacial); processamento
visual, velocidade perceptual e manipulativa.
Subtestes de Execução
• Código: velocidade de processamento;
capacidade de seguir instruções sob pressão de
tempo; atenção seletiva, concentração
(resistência à distratibilidade) e persistência
motora numa tarefa seqüencial; capacidade de
aprender e eficiência mental; flexibilidade
mental.
Subtestes de Execução
• Labirinto: planejamento; organização
visoespacial.
Subtestes de Execução
• Procurar Símbolos: discriminação
perceptual; habilidade para explorar estímulos
visuais; velocidade e precisão; atenção,
concentração e memória a curto prazo.
Obrigada!
kcarvalho_psicologa@yahoo.com.br
9381-9920
Download

WISC-III