Resumo da monitorização mensal da atividade
assistencial no SNS | abril 2015
www.acss.min-saude.pt
Monitorização do Serviço Nacional de Saúde
http://benchmarking.acss.min-saude.pt/benchmarking.aspx
2
Monitorização mensal | abril 2015
Atividade assistencial
Notas metodológicas
3
Cuidados de Saúde Primários | Utilizadores
Número de Utilizadores nos Cuidados Primários
4.475.740
4.475.968
Até abril de 2015 registou-se um crescimento
+ 0, 005 %
ligeiro do número de utilizadores nos cuidados
de saúde primários em relação ao mesmo
período de 2014.
Mantém-se a tendência de aumento do
número de utilizadores dos cuidados de saúde
primários que se tem registado nos últimos
anos, o que significa que um número cada
vez maior de cidadãos tem acesso a este
nível de cuidados.
abril 2014
abril 2015
4
Cuidados de Saúde Primários | Consultas Médicas
Total Consultas Médicas nos Cuidados Primários
- abril 2014/15
10.225.560
10.205.049
- 0,2 %
Realizaram-se mais de 10,2 milhões de
consultas médicas nos cuidados de saúde
primários até abril de 2015, à semelhança
do que já tinha acontecido até abril de 2014.
2014
2015
Total de Consultas Médicas Domiciliárias nos Cuidados Primários
- abril 2014/15
69.072
70.231
Importa destacar o aumento da atividade
médica realizada no domicílio, a qual
registou um crescimento de 1,7% até abril
+ 1,6 %
de 2015, quando comparada com o período
homólogo de 2014.
2014
2015
5
Cuidados de Saúde Primários | Consultas Médicas
Consultas médicas presenciais e não presencias nos cuidados primários
- abril 2014/15
+ 0,4 %
8.000.000
7.576.137
7.610.674
O número de consultas médicas presenciais
nos cuidados primários aumentou nos 4
7.000.000
primeiros meses de 2015, compensando a
ligeira descida que ocorreu nas consultas
6.000.000
médicas não presenciais.
5.000.000
Refira-se que as consultas médicas não
4.000.000
- 2,2 %
3.000.000
2.580.351
2.524.144
presenciais
nos
cuidados
de
saúde
primários são influenciadas pelo aumento do
peso das receitas eletrónicas renováveis
2.000.000
que se registou no período em análise,
1.000.000
nomeadamente daquelas que contêm três
0
consultas médicas presenciais
2014
consultas médicas não presenciais
2015
vias, com ganhos de comodidade para os
utentes e de gestão para os prestadores de
cuidados primários.
6
Cuidados de Saúde Primários | Consultas Enfermagem
Total Consultas Enfermagem nos Cuidados Primários
4.889.792
4.934.367
As consultas de enfermagem registadas até
abril de 2015 no âmbito dos cuidados de
saúde primários aumentaram 0,9%, em
relação ao mesmo período do ano de 2014.
Nos primeiros 4 meses de 2015, foram
registadas pelos profissionais de enfermagem
quase
5
milhões
de
consultas
de
enfermagem, mais quase 45 mil consultas do
que no ano de 2014, comprovando-se assim
uma maior cobertura da população em termos
de cuidados de enfermagem
abril 2014
abril 2015
7
Hospitais | Consulta Externa
Número de consultas médicas nos Hospitais
+ 1,5%
2.932.588
2.972.317
Até abril de 2015 realizaram-se mais de
1,2 milhões de primeiras consultas
externas e quase 3 milhões de consultas
subsequentes
nas
instituições
hospitalares do Serviço Nacional de
+ 2,0%
Saúde, valores superiores aos registados
em igual período de 2014.
1.183.751
1.206.909
No total, realizaram-se mais de 4,1
milhões de consultas externas nos
hospitais do SNS, até abril de 2015, o
Primeiras Consultas
Consultas subsequentes
que representa um aumento de 1,5% de
consultas registadas nos Hospitais do
SNS.
abril 2014
abril 2015
8
SNS | Total de Consultas Médicas
Total Consultas Médicas no SNS
- abril 2014/15
16.000.000
14.341.899
14.384.275
14.000.000
12.000.000
Durante os primeiros quatro meses
10.000.000
de
2015
foram
realizadas
8.000.000
14.384.275 consultas médicas no
6.000.000
cuidados de saúde primários e
hospitais do SNS, o que representa
4.000.000
um aumento de 0,3% em relação ao
período homólogo do ano anterior.
2.000.000
0
2014
Total consultas médicas cuidados hospitalares
2015
Total consultas médicas cuidados primários
9
Hospitais | Atendimentos urgentes
Número de Atendimentos Urgentes nos Hospitais
2.030.169
2.042.403
Regista-se um aumento do número de
episódios de urgência ocorridos até abril de
2015, face ao mesmo período de 2014
(+0,6%).
A evolução da atividade de urgência
hospitalar está muito dependente da
sazonalidade e da severidade dos surtos
de doenças respiratórias infeciosas e
ondas de calor e de frio.
abril 2014
abril 2015
10
Hospitais | Internamento
Doentes Saídos – Var abril 2014/2015
280.357
282.111
Até abril de 2015 verificou-se um crescimento
de 0,6% no número de doentes saídos do
internamento hospitalar, face ao mesmo
período do ano de 2014.
2014
2015
Demora Média - Var. abril 2014/2015
7,99
Esta variação encontra-se dentro dos valores
esperados para o período em análise.
8,14
A nível da demora média de internamento,
verificamos um aumento no resultado do
indicador, no período em análise, face ao
mesmo período de 2014.
2014
2015
11
Hospitais | Cirurgia programada
Intervenções Cirúrgicas Programadas – Var. abril 2014/2015
190.146
192.853
Nos primeiros quatro meses de 2015 mantem-se
a tendência de se registarem elevados padrões
de desempenho ao nível da atividade cirúrgica
realizada no SNS, realizando-se mais 1,4% de
intervenções cirúrgicas do que em igual período
2014
2015
de 2014 (+ 2.707 intervenções cirúrgicas).
% de intervenções realizadas em ambulatório - Var. abril 2014/2015
57,7%
58,2%
Continua a registar-se nos primeiros meses de
2015
um
crescimento
gradual
da
ambulatorização cirúrgica, sendo que 58,2% das
intervenções realizadas neste período foram em
regime de ambulatório.
2014
2015
12
Quadro resumo da atividade assistencial
Durante os primeiros quatro meses de
2015 registou-se um crescimento da
atividade realizada nos cuidados de saúde
primários, nomeadamente em termos do
número de utilizadores, de consultas
médicas presenciais e de consultas de
enfermagem.
Também em termos de atividade hospitalar
se registou um aumento da produção
realizada até abril de 2015, quando
comparada com o período homologo de
2014, com especial destaque para a
variação positiva ocorrida na atividade
cirúrgica (+1,4%) e nas consultas externas
(+1,5%), sendo de destacar o crescimento
das primeiras consultas, assim como a
manutenção de elevados patamares de
desempenho nas restantes áreas de
atividade hospitalar aqui apresentadas.
Fonte: SICA, [email protected], ACSS
13
Monitorização mensal | abril 2015
Atividade assistencial
Notas metodológicas
14
Notas metodológicas
Atividade assistencial
É considerada a atividade realizada pelas instituições do Serviço Nacional de Saúde, excluindo-se aquela que é contratada com
outras entidades, nomeadamente do setor convencionado e social.
A fonte de dados hospitalares é o SICA .
A fonte de dados dos cuidados de saúde primários é o [email protected]
Os dados dos cuidados de saúde primários consideram, quer para 2014, quer para 2015, a informação referente às unidades
funcionais com o sistema SAM e MedicineOne, excluindo as 18 unidades que mudaram de Vitacare para MedicineOne.
À semelhança do que aconteceu em 2014, os dados dos cuidados de saúde primários aqui publicados não consideram as
unidades que têm sistemas de informação Vitacare.
15
Download

Relatório resumo da atividade assitencial de janeiro a abril de 2015