Prof. João Beauclair
Conferencista e palestrante
internacional sobre temas
educacionais e psicopedagógicos
em diversos congressos, eventos e
fóruns.
Arte-educador, Escritor,
Psicopedagogo,
Mestre em Educação.
www.profjoaobeauclair.net
joaobeauclair@yahoo.com.br
Este encontro é um abraço....
Terapia do abraço
Abraçar:
novas idéias,
novos desejos,
novos movimentos,
novos entusiasmos,
novas motivações...
Abraçar...
Novos pensamentos...
novos sentimentos...
Sentipensar...
Meu desejo maior nesta nossa
manhã é este:
abraçarmos juntos a alegria da
vida, numa dimensão maior de
nossa existências: amar o
aprender e o ensinar...
Sentipensar....
Nosso legado....vamos ver,
olhar com atenção, para
Sentipensar....
1- Sentipensar: do que se trata?
2- Desafios de nosso tempo: uma síntese
necessária.
3- Contribuições da Psicopedagogia: a
possibilidade
do
(re)encontro.
4- Novos modos de ser e estar nas escolas,
nas famílias e nas instituições ou uma
(res)significação
do
já
vivido?
5- Apontamentos para uma conclusão em
aberto.
Os papéis da Escola,
da Família e da Educação
Nos últimos tempos, muita discussão a
este respeito. Discute-se sobre:
funções e papéis de cada um;
o tempo;
o tempo de fazer;
o tempo de executar;
discute-se o tempo do ter;
falta-nos o tempo do Ser.
Mansidão,afabilidade de doçura nas
relações humanas: o resgate
necessário a partir das instituições.
Pilares da UNESCO para a
Educação no Século XXI.
Aprendizagem ao longo
da vida:
Aprender a SER,
Aprender a FAZER,
Aprender a CONHECER,
Aprender a CONVIVER.
O quinto pilar da Educação para o
século XXI: Aprender a amar
APRENDER AMAR
“O que está no início, o jardim ou o jardineiro?
É o segundo. Havendo um jardineiro, cedo ou
tarde, um jardim aparecerá.
Mas um jardim, sem um jardineiro, cedo ou
tarde desaparecerá. O que é um jardineiro?
Uma pessoa cujo pensamento está cheio de
jardins. O que faz um jardim são os
pensamentos do jardineiro.”
Rubem Alves, Folha de São Paulo, p.3, 27 de maio
1998.
De onde falo?
Quem eu sou?
O que penso?
Como me situo?
O que eu tenho feito?
O que nos falta?
TEMPO ?
APRENDER & ENSINAR É ACREDITAR
NA EDUCAÇÃO COMO AÇÃO DO
DESENVOLVIMENTO DAS
PERSPECTIVAS E POTENCIALIDADES
HUMANAS.
Meta maior:
A vivência da amorosidade,
compreendida como estratégia
subjetiva que amplia os valores
humanos da paz, do amor, da
verdade, da ação correta e da nãoviolência .
Contextos permeados e
atravessados por novas relações
afetivas.
Construir uma cotidianidade de
mansidão e afabilidade.
Ampliar perspectivas de
crescimento pessoal para
ensinantes e aprendentes
O desafio de humanizar o humano,
deve ser enfrentado com a coletiva
construção de estratégias
significativas à sensibilização de
corações & mentes
Novos movimentos nossos...
aprender
transformar
conectar
ensinar
É vital nos determinarmos com
coragem, força, tempo e energia,
para que seja possível a alegria da
autoria, no cotidiano de nossas
vidas!
quarta-feira, 4 de novembro de 2015 23:51
Enfrentamento aos
desafios do tempo
PRESENTE...
Cada dia que passa fica mais difícil para
o mundo aceitar as dificuldades de
alguns.
A idéia da globalização traz consigo a
ilusão de que todos são iguais e, com
isso, a diferença salta aos olhos e faz
com que as dificuldades sejam pouco
aceitas.
Globalização
Uma breve
contemplação do
“artificial”...
Educar nas Diferenças
Como Ensinantes do Presente, nosso
momento é o de fazer uma sensível
leitura do mundo e de todas as suas
transformações!!!
O Grande Desafio é entender:
- O que está acontecendo no mundo atual?
Estamos respeitando o Tempo
dos nossos Aprendentes?
E o Nosso Tempo?
O que é essencial e o que é
fundamental?
Essencial: é tudo aquilo que você não pode
deixar de ter: felicidade,
amorosidade,lealdade,amizade...
Fundamental : é tudo aquilo que o ajuda a
chegar ao essencial.
Trabalho não é essencial é fundamental.
SER ENSINANTE DO PRESENTE É
SER UM PROFISSIONAL DA
INCOMPLETUDE
Responsável por promover aberturas que
possibilitem novos desdobramentos para
quem pensa, ACREDITA e faz educação,
POS AFINAL ENSINAR É ACREDITAR!!!
DIVIDIMOS O IMPOSSÍVEL
• Somos profissionais do impossível. O
Impossível entre o homem e o mundo.
• Existe uma distância: se não houvesse, não
haveria Educação.
Por isso nós estamos aqui...
discutindo e buscando.
É hora de
(re)pensar
nossas
atividades
como
ensinantes...
Compreender
nossas
motivações...
Ensinante...
• Você já se perguntou por que os seus
aprendentes reagem de maneira
diferente diante das diversas atividades
propostas em nossas vidas?
• Quem são os nossos aprendentes hoje?
Queixar-se ou Responsabilizar-se?
Qual a nossa concepção de ensino, de
aprendizagem, de construção de sujeito,
de desenvolvimento humano, que
fundamenta nossas ações e práticas
com crianças e jovens hoje?
Onde estamos?
Para onde vamos?
O Olhar Subjetivo
• A capacidade de perguntar é construída na
relação com o outro (ensinante-aprendente).
• Olhar o que o aprendente já possui e não o que
lhe falta.
• Olhar a relação daquele sujeito com o saber e
suas construções.
• Fazer uso de uma escuta sensível.
• Adaptar e individualizar sempre.
• Compreender as diferentes histórias.
“... Você verá que é
mesmo assim
que a história não
tem fim
continua sempre
que você
responde sim
a sua imaginação
a arte de sorrir
cada vez que o
mundo diz não...”
Educar....sempre...
• Eduquemos sempre com princípios.
• Isso significa assumir responsabilidades
por nossas ações.
• Saber onde queremos chegar e o COMO
chegar.
Prezados professores,
“Sou sobrevivente de um campo de
concentração.
Meus olhos viram o que nenhum
homem deveria ver: câmaras de gás
construídas por engenheiros
FORMADOS;
Crianças envenenadas por médicos
DIPLOMADOS.
Recém-nascidos mortos por
enfermeiras TREINADAS.
Mulheres e bebês fuzilados e
queimados por graduados em
COLÉGIOS e UNIVERSIDADES.
Assim, tenho minhas dúvidas a respeito da
Educação.
Meu pedido é este: ajudem seus alunos
a tornarem-se humanos.
Seus esforços nunca deverão produzir
monstros treinados.
(Autor desconhecido)
Aprender a ler, a escrever, aprender
aritmética só são importantes quando
servem para fazer nossos jovens mais
humanos.”
Expresse o seu melhor
O melhor da vida é
uma
conseqüência
natural para as
pessoas que
descobriram
como expressar
seu melhor em
tudo o que
fazem."
Gilberto de Souza
A alegria da autoria
“Cada ensinante pode
construir
em suas ações de
ensinagem
espaços de confiança,
credibilidade e
amorosidade,
onde seja possível a
alegria da autoria,
a alegria do aprender e
do ensinar,
enfim, a alegria de
viver.”
João Beauclair
ABRIR OS OLHOS...
"É necessário abrir os olhos e perceber que
as coisas boas estão dentro de nós, onde
os sentimentos não precisam de motivos
nem os desejos de razão."
Gabriel Garcia Marques
Reflexões Cotidianas
 Os seres humanos,
a sociedade e
o século XXI;
 Conquistas e
conflitos...
Perda de Identidades...
•
Fonte: POPHAM, 1976, p. 7
Reflexões sobre o Cotidiano
Ciência e
Tecnologia
X
Fome, Miséria,
Ignorância
Reflexões sobre o Cotidiano
 Contexto de crises e
desigualdades:
Cultural, social,
política, econômica,
científica, educacional
e ambiental!
Reflexões sobre o Cotidiano
Mudança de
paradigmas:
Necessidade
primordial e
urgente.
Reflexões sobre o Cotidiano
Temas Transversais: Importância da
reflexão “homem x meio”.
Ética, Pluralidade Cultural, Meio Ambiente,
Saúde, Orientação Sexual, Trabalho e
Consumo.
Reflexões sobre o Cotidiano
 Era do Conhecimento;
 Sociedade do
Conhecimento;
 Moeda Valiosa:
Informação.
Estruturas ou sistemas?
Escola = Conhecimento ?
Discutir
Problematizar
Conhecimento
(Construção)
Rever
Informação
X
Conhecimento
Diferenças...
Onde está a sabedoria?
Importante...
 A escola, a família, as instituições
deve propiciar aos ensinantes e
aos aprendentes um ambiente
acolhedor e científico, capaz de
estimulá-los na construção
permanente de seus
conhecimentos!
Portanto...
“A missão do ensino não é apenas transmitir
o saber, mas uma cultura que permita
compreender nossa condição e nos ajude
a viver, e que favoreça, ao mesmo tempo,
um modo de pensar aberto e livre”.
Edgar Morin
Situados em lugares distintos
Objetivo
Subjetivo
Ensinante/aprendente
É isso ai...
Como a
gente achou
que ia ser...
A vida tão simples
é boa
Quase sempre...
É isso ai...
Os passos vão
pelas ruas...
Ninguém reparou
na lua...
A vida sempre
continua...
E eu não sei parar de te olhar...
Eu não sei parar
de te olhar…
Não vou parar
de te olhar...
Eu não me canso de olhar...
Não sei parar...
De te olhar...
É isso aí...
Há quem acredita
em milagres...
Há quem cometa
maldades
Há quem não saiba dizer a
verdade...
É isso ai
Um vendedor de
flores...
Ensina seus filhos
a escolher seus amores...
Eu não sei parar de te olhar...
Não sei parar
de te olhar...
Não vou parar de te olhar...
Eu não me canso
de olhar...
Não vou
parar...
De te olhar...
Aprender ...
Precisamos...
Para Refletir...
“Aprendi que se depende sempre
de tanta, muita, diferente gente.
Toda pessoa sempre é as
marcas das lições diárias de
outras tantas pessoas. E é tão
bonito quando a gente entende
que a gente é tanta gente onde
quer que a gente vá. É tão
bonito quando a gente sente
que nunca está sozinho por
mais que se pense estar”.
Gonzaguinha
DESAFIO:
• Construir processos permanentes
de promoção e elaboração de
autoria de pensamento nos
espaços e tempos onde atuamos.
•
•
•
•
•
•
•
Mover-se na rede com o fio do
conhecimento,
criar...nos
diferentes espaços e tempos....
Empresa
Organizações
Escolas
Instituições
Novos modos de fazer
Novos modos de ser
Novos modos de ensinar e de
aprender
Aprender é vital...
Aprendemos o tempo
todo...
Enquanto espécie só
evoluímos porque
aprendemos...
Aprender é biológico...
Faz parte do ser...
www.profjoaobeauclair.net
joaobeauclair@yahoo.com.br
Aprender e ensinar no século
XXI pressupõe ...
Diálogo...
Aprender e ensinar no século
XXI pressupõe ...
Partilha...
Aprender e ensinar no século
XXI pressupõe ...
Pesquisa...
Aprender e ensinar no século
XXI pressupõe ...
Amorosidade
Aprender e ensinar no século
XXI pressupõe ...
Alegria...
Aprender e ensinar no século
XXI pressupõe ...
Atenção
Aprender e ensinar
no século XXI
pressupõe ...
Criar um espaço de confiança
Aprender e ensinar no século
XXI pressupõe ...
Ser sempre criança
Aprender e ensinar no século
XXI pressupõe ...
Estimular permanentemente o nosso
cérebro
Aprender e ensinar no
século XXI pressupõe ...
Saber que “Cada um sabe a dor e a
delícia de ser o que é...”
Caetano Veloso
Aprender e ensinar
no século XXI
pressupõe
...
Crescimento em
grupo
Solidariedade
Partilha
Compartilhamento
União
Amorosidade
Envolvimento
Vínculos
Aprender e ensinar no século
XXI pressupõe pensar que ...
• Nascemos para aprender
• Por essência, aprender é se recusar ao
fechamento.
• O ser humano é dotado de um potencial de
aprendizagem, ou seja, de adaptação e de
organização que é essencial a evolução
• O ato de aprender assegura a nossa continuidade,
a nossa historicidade de aprendentes, a nossa
aprendizagem biográfica.
Aprender e ensinar no século
XXI pressupõe concluir..
Conclusão: A magia de educar: aprender é ensinar, ensinar é
aprender...
• “ O grande problema (...) não é discutir se a educação pode
ou não pode, mas é discutir onde pode, como pode, com
quem pode, quando pode, é reconhecer os limites que sua
prática impõe e perceber que o seu trabalho não é
individual, é social e se dá na prática de que ele faz parte.”
Paulo Freire
Para aprender e ensinar no
século XXI é preciso,
essencialmente, cooperar,
operar junto com,
favorecendo o equilíbrio
nos intercâmbios
presentes na sociedade de
nosso tempo e resultando
numa aprendizagem que
traga à luz internos
processos de
desenvolvimento que só
acontecem quando,
enquanto aprendentes, os
seres humanos interagem
com os outros.
A COMPETÊNCIA EMOCIONAL
Etnia/Crenças
Habilidades
Objetivos
Hábitos
E AGORA... A RECEITA...
INGREDIENTES
A QUANTIDADE DE CADA ITEM VAI DEPENDER
DO TAMANHO DE NOSSOS SONHOS!
DINÂMICA DE GRUPO
Ensinantes do presente
Quando pensei em ser ensinante,
o que aconteceu?
Os sonhos mais lindos sonhei! De
quimeras mil, um castelo
ergui.
Ao encontrar aprendentes com
dificuldades, o que disse?
Levanta,
sacode a poeira
e dá a volta por cima.
Quando um aprendente
me magoou, o que
pensei?
Ainda vai levar um tempo
pra fechar o que feriu por dentro.
É natural que seja assim,
tanto pra você quanto pra mim.
Mas quando começo
Nossas interações,
qual a sensação?
Quando eu estou aqui,
eu vivo este momento lindo.
Olhando pra você
e as mesmas emoções sentindo.
Quando os meus aprendentes
estão desanimados,
pelos problemas do dia-a-dia,
o que digo?
Canta, canta minha gente
deixa a tristeza pra lá.
Canta forte canta alto
que a vida vai melhorar.
Como ensinante do
presente, como reajo às
inovações e mudanças?
Tudo que se vê não é,
igual ao que a gente viu a um segundo.
Tudo muda o tempo todo no mundo.
Não adianta fugir, nem mentir
pra si mesmo,
agora, há tanta vida lá fora.
Aqui dentro
Sempre
como uma onda no mar...
Ser ensinante é?
Viver
e não ter a vergonha de ser feliz.
Cantar e cantar e cantar
a beleza de ser um eterno aprendiz.
Eu sei que a vida devia ser bem melhor e
será.
Mas isso não impede que eu repita: é
bonita, é bonita e é bonita.
E quando quero
descobrir se estou
no caminho certo...
Olho por céu e vejo
uma nuvem branca que vai passando,
olho pra terra e vejo uma multidão que vai
caminhando.
Como essa nuvem branca essa gente não sabe
aonde vai.
Quem poderá dizer o caminho certo é você
MEU PAI.
Jesus Cristo, Jesus Cristo, Jesus Cristo eu
estou aqui.
VISITEM MINHA HOMEPAGE E
DEIXEM SUAS IMPRESSÕES NO
LIVRO DE VISITAS
www.profjoaobeauclair.net
Contatos:
Telefones:
(21) 2649-6841
(21) 9159-3093
e-mail:
joao.beauclair@gmail.com
joaobeauclair@yahoo.com.br
Download

Jornada Núcleo ABPp