Avaliação
Escolar
Page 1
Avaliação: processo ou ferramenta?
A avaliação escolar é uma deficiência na escola atual.
Primeiramente, porque o professor se adestra e é adestrado para
conceber a prova como único processo isolado de avaliação
formativa na escola.
Assista o vídeo para começarmos a reflexão sobre essa temática.
http://www.youtube.com/watch?v=V7pX5U0zIB8
Page 2
Reflexão inicial:
Professor, você esteve entrelaçado na teia do
processo avaliativo sem formular um avaliação
fidedigna ao aluno?
Envie-nos a sua experiência atual para trocarmos
idéias:
Email to: dominiocursosonline@gmail.com
Queremos te ouvir.
Page 3
Prova ou processo?
• Prova não compreende todo o processo
de avaliação. Vemos a avaliação como
uma grande preocupação do professorado
hoje. Avaliar é uma tarefa complexa.
Avaliar é uma tarefa difícil. Para termos a
disciplina da avaliação temos que ter a
disciplina do planejamento. E então?
Page 4
Para você, professor, os OBJETIVOS do
processo de ensino aprendizagem são
basilares para a questão da avaliação?
Sim
Não
Page 5
Os objetivos
• Se você respondeu SIM, estás correto!
Nós professores devemos sempre nos
perguntar quais são os objetivos da
aprendizagem.
PARA AVALIAR É PRECISO TER OS
OBJETIVOS BEM DELINEADOS
Page 6
Elementos do ensino-prendizagem
• A avaliação escolar é extremamente
importante. As variantes que estão nela
também. A valoração de tendências, os
caminhos adotados para se avaliar, o
advento tecnológico – sempre presente na
vida de nossos alunos – são elementos
importantíssimos para agregar resultados
na avaliação de ensino-aprendizagem.
Page 7
O que se associa a uma boa
avaliação?
• Se você chega a um lugar e precisar
saber se o ambiente está agradável, é
necessário
que
você
estude
a
consistência dos elementos á sua volta.
Porém, cada um estudará de uma forma.
Para tanto, cada um estabelece
CRITÉRIOS para essa avaliação.
Page 8
Critérios para uma boa
avaliação
• Uma boa avaliação depende de informações
fundamentais para o processo de tomada de
decisão dentro do planejamento curricular.
• Uma boa avaliação sugere reflexões para a
melhoria do processo de ensino aprendizagem.
Page 9
Atividade: toda atividade requer...
Marque o que é necessário para uma boa
avaliação:
(
(
(
(
) Critérios
) Processos
) Seleção
) Procedimento
Page 10
Mas onde encontrar os objetivos?
Se você considerou todas as respostas dentro do nosso
padrão de discussão PARABÉNS! Todos os elementos
anteriores são necessários.
A avaliação educacional formativa evidencia a
presença de objetivos e estes devem estar alinhados
ao planejamento curricular.
Page 11
Clique no baú da avaliação!
Page 12
Avaliação é...
•
•
•
•
•
Dinamismo
Conteúdo
Flexibilidade de assuntos
Autonomia
Ferramentas.
....você tem criado essa atmosfera?
Page 13
O
que é avaliação formativa
escolar?
• A avaliação tem diversos segmentos e enfoques
no que tange conceitos a serem relevantes.
Diversos significados lhe são atribuídos em
determinado episódio escolar.
• Concepções a respeito da avaliação variam de
acordo com a dimensão, com a medida, com o
julgamento e juízos de valor dentro das
definições expostas no planejamento escolar.
Page 14
Teóricos falando sobre avaliação
• “Avaliação em educação significa descrever algo em termos de
atributos selecionados e julgar o grau de aceitabilidade do que foi
descrito. O algo que deve ser descrito e julgado, pode ser qualquer
aspecto educacional” (Thorndike e Hagen)
• “Um processo complexo que começa com a formulação de objetivos
e requer a elaboração de meios para obter evidências de
resultados, interpretação dos resultados, para saber em que medida
foram os objetivos alcançados e formulação de um juízo de valor.”
(Sarubbi)
Page 15
A função da avaliação
• A função da avaliação presume-se em específicas e gerais. Essas
funções estão relacionadas à integração e diferenciação da
aprendizagem.
Gerais:
• a. fornecer as bases previstas no planejamento
• b. ajustas políticas e práticas curriculares
Específicas:
• a. facilitar o diagnóstico e o prognóstico
• b. melhorar a aprendizagem
• c. individualizar o ensino
Page 16
A função diagnóstico
• A função diagnóstico compete verificar os
conhecimentos suficientes, identificando para o aluno e
o professor os resultados que são alcançados nesse
processo. É importante nessa fase oportunizar as
atividades coerentes com o planejamento e com a
continuidade da avaliação. É nesse propósito que os
objetivos serão alcançados. A função diagnóstico
também sugere que as localização dos déficits seja
realizada para verificar e sanar as dificuldades dos
alunos.
Page 17
Modalidades da avaliação
• A modalidade da avaliação é a forma como ela
será organizada ao longo do planejamento
curricular. De acordo com Bloom a avaliação
segue os seguintes modelos:
1) avaliação diagnóstica
2) avaliação formativa
3) avaliação somativa
Page 18
Avaliação diagnóstica
• A forma de avaliação diagnostica
menciona a
descrição, a classificação a determinação do valor e do
comportamento do aluno. A avaliação diagnostica
considera que há uma metodologia precedente para se
fazer um prospectivo diagnóstico.
• Diagnosticar, portanto, seria situar o aluno nesse
cenário de forma que o conhecimento que ele retém
seja situado em diferentes oportunidades. Diagnosticar a
suficiência ou insuficiência é parte desse processo.
Avaliação diagnóstica não acerta somente as falhas e
deficiências.
Page 19
Avaliação formativa
• Para Bloom:
“busca basicamente encontrar insuficiências principais nas
aprendizagens iniciais, necessárias à realização de outras
aprendizagens. Providencia elementos para, de maneira direta,
orientar a organização do ensino-aprendizagem em etapas
posteriores de aprendizagem corretiva ou terapêutica. Nesse
sentido, deve ocorrer freqüentemente durante o ensino.”
• A avaliação formativa constitui uma modalidade de avaliação
seqüencial, ou seja, ela ocorre em consonância com os
estágios de aprendizagem.
Page 20
6 bons precedentes para a avaliação
formativa
1º.Selecionar os objetivos em pequenas unidades de
ensino
2º. Formular objetivos para um comportamento
observável;
3º.Tomar como referência a taxonomia de elementos dos
objetivos de ensino.
4º. Constituir sempre o feedback dado ao professor e ao
aluno.
5º. Reforçar os comportamentos bem-sucedidos.
Page 21
A avaliação somativa
• Esse tipo de avaliação é que tem sido
constantes em muitas instituições de ensino. Ela
tem o objetivo classificatório e meramente
quantitativo.
• A avaliação somativa constitui um processo de
julgar conceitos e graus de conhecimentos
expressos na avaliação e recebê-los em forma
de nota classificatória.
Page 22
Atividade
• Professor, se a avaliação somativa ocorre de
forma separada, ou seja, é a única ferramenta
consistente para que se avalie, o que pode
ocorrer no processo avaliativo?
• Encaminhe a sua resposta para:
dominiocursosonline@gmail.com
Page 23
O que é avaliação somativa
• Verifica-se que as três avaliações não podem ser
adotadas como métodos e não devem ser isoladas ou
aparecerem isoladas no planejamento curricular da
escola. Para um obtenção de resultado completa cada
modalidade de avaliação deve constituir uma etapa fiel
do retrato do aluno.
• Os tipos de avaliação são simultâneos. Não
isolados.
Page 24
Avaliação e mensuração
• Muitas vezes, avaliar passa por uma dimensão muito comum no dia
a dia de alunos e professores: a afetividade. Muitas vezes, nós,
professores, nos
pegamos avaliando o aluno pelo seu
comportamento sócio-afetivo em primeiro lugar. Esse componente é
muito importante, mas não represente um componente total na
avaliação. Vejamos alguns exemplos de componente avaliativo:
•
•
•
•
a. lógica
b. escrita
c. comunicação
d. expressão oral
Page 25
Ela,a prova
• O contexto emocional faz parte da avaliação. Muitas vezes,
somente a palavra PROVA é suficiente para dizer ao aluno que ele
está sendo testado e que a única medida de avaliação é o
documento. Quando que reconheceremos que o nosso aluno
precisa de uma visão holística no que tange o seu desempenho
escolar?
"...o ato de avaliar não se encerra na configuração do valor ou
qualidade atribuídos ao objeto em questão, exigindo uma
tomada de posição favorável ou desfavorável ao objeto da
avaliação, com uma conseqüente decisão de ação." (LUCKESI:
1998, p. 76)
Page 26
Avaliação Final
• Elabore um texto a respeito da sua conduta no
processo avaliativo com os seus alunos e quais
ferramentas você costuma utilizar para reforçar
seus critérios de avaliação.
• Envie para: dominiocursosonline@gmail.com
Page 27
Download

Baixar