NOVOS CRITÉRIOS PARA
NOVAS PRÁTICAS:
DISCUTINDO INSTRUMENTOS PARA A
AVALIAÇÃO NA SALA DE AULA DE LÍNGUAS
ADICIONAIS
PROJETO DE EXTENSÃO:
AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM DE LÍNGUAS ADICIONAIS
Coordenadora: Profa. Dra. Maria Inêz Probst Lucena
Profa. Mt. Nádia Karina R. Ramos
Profa. Mt. Clarissa Mombach
Profa. Mt. Maristela Campos
Profa. Eliane Elenice Jorge
Profa. Fabíola T. Ferreira
Objetivo desta comunicação:
Discutir a avaliação da aprendizagem,
considerando os desafios educacionais, na
sala de aula de línguas no século XXI;
 Apresentar algumas atividades avaliativas
desenvolvidas em nossas salas de aula.

Motivos que nos levaram a
repensar nossa prática avaliativa:
A avaliação nos documentos oficiais
LDB (1996) – ´Avaliação contínua e
cumulativa do desempenho do aluno, com
prevalência dos aspectos qualitativos
sobre os quantitativos e dos resultados
ao longo do período sobre as eventuais
provas finais.´
PCNs (1998) – registros coletados com peridiocidade/
relação entre objetivos estipulados pelo professor e
aquilo que é aprendido pelos alunos/múltiplas formas de
avaliar.
Sociedade atual:
Plural; preconceitos;
estigmatizações;
Novos comportamentos
juvenis
novos mapas afetivos; novas
configurações familiares;
violência urbana; práticas de
risco; nova linguagem
Como avaliar?
Impossibilidade de uso de
uma norma uniforme ou de
um sistema estanque e que
não aceita variações.
A sala de aula como um local complexo de
interação social
As novas ´forças tecnológicas e sociais´
tem gerado novas relações na sala de aula.
Que normas devemos aplicar?
É incoerente adotarmos
uma prática em sala de
aula e uma avaliação que
seja desconectada e
indiferente à essa prática.
Nesse caso, há uma grande
probabilidade de qualquer
instrumento avaliativo ter
um efeito retroativo
negativo no ensino e na
aprendizagem (Lucena,
2011)
Questionamentos:
O que queremos avaliar?
 Qual o modo mais adequado de avaliar?
 Quais atividades podem ser mais
significativas?
 Como as atividades serão estruturadas
para garantir o que queremos avaliar?
 Queremos que o aluno reconheça ou
produza conhecimento?

O que queremos?
Avaliar as habilidades que queremos
encorajar.
 Utilizar diferentes e variados tipos de
atividades.
 Avaliar aquilo que estamos ensinando.
 Fazer avaliações baseadas em critérios.
 Basear a avaliação em objetivos.
 Garantir que os instrumentos sejam
conhecidos e compreendidos.

Como buscar isso?
Antes de começar, refletir sobre:
 O propósito e objetivos do ensino
 O propósito da avaliação: aprendizagem
 Definição da tarefa, atividade, projeto que se quer
avaliar.
 Definir quais conteúdos estão relacionados com as
habilidades e competências que serão avaliadas.
 Definir como será administrada a avaliação.
 Definir como serão interpretados os resultados
 Definir como serão relatados os resultados
Instrumentos
Alguns tipos:
 Debates orais;
 Diários de aprendizagem ( dialogados);
 Apresentações;
 Lições de casa;
 Testes escritos;
 Entrevistas;
 Auto-avaliações;
 Avaliações dos pares;
 Avaliação de trabalhos em grupos;
 Observações em sala;
Participação dos Alunos
Os alunos participarem ativamente na construção dos
sistemas e instrumentos de avaliação.
Modelos colaborativos que dividem com os alunos o poder da avaliação são
particularmente importantes na sala de aula. Os alunos tornam-se conscientes
sobre a necessidade de proteger seus direitos.
Na prática!
Exemplo de ficha de avaliação de grupos
Na prática!
Ex: Auto – avaliação
:
5ª.C – Cartazes de divulgação do Filme “PROCURANDO NEMO”
OS CRITÉRIOS
FICHA DE AVALIAÇÃO TRABALHO EM GRUPO – 5ª. série
Ficha de Avaliação Apresentação
Oral em Grupo
Ficha de avaliação em pares e
individual criada pela 6ª. série
Na avaliação, é possível avaliar
atitudes?
Avaliação não é instrumento disciplinador.
 Um trabalho conjunto com os alunos para
a busca da coexistência e do convívio
pacífico dentro de regras sociais esperadas
na escola podem ser considerados
conteúdos de ensino.
 Nesse caso também: Objetivos e critérios
bem definidos.

A reflexão contínua:
Para que mesmo que estamos avaliando?
A informação da avaliação servirá para que?
 A informação da avaliação servirá para
diagnosticar quais objetivos foram alcançados
por alunos, professores, pela disciplina e pela
escola?

Obrigada!
Gracias!
Thank you!
Danken!
[email protected]
[email protected]
[email protected]
afuameod[email protected]
[email protected]
[email protected]
Download

novos critérios para novas práticas(1)