(Um estudo realizado na Escola Nossa Senhora de
Fátima nº 193)
Elaborado por:
Belízio Miguel dos Santos António
INTRODUÇÃO
Educação é um processo de actuação de uma
comunidade sobre o desenvolvimento do indivíduo a
fim de que ele possa actuar em uma sociedade pronta
para a busca da aceitação dos objectivos colectivos.
A escola desde a sua edificação ela apresenta
várias necessidade como: bullying, o uso de droga por
parte dos alunos, ética docente, uso de telefone na sala
de aula por parte dos alunos, convívio familiar, fraca
relação aluno e professor, falta da aprendizagem
significativa,
insuficiência de salas de aula, alunos não identificados,
segurança escolar não uniformizados, a falta constante de
energia eléctrica, o perfil dos docentes, salas de aula sem
condições para o processo de ensino-aprendizagem, quadros
administrativos não formados.
Sendo assim este trabalho visa minimizar as
necessidades que condicionam o não bom funcionamento
das actividades educativas, Este projecto educativo foi
baseado no modelo Interaccionista, pois ela tem um
interesse voltado no poder de libertação da educação, onde
os professores e alunos se responsabilizam pelo autogoverno das instituições. Por outro lado o projecto educativo
apresenta vários planos de actividades para resoluções de
necessidades no domínio psicopedagógico e domínio
administrativo para minimizar as mesmas.
E por outro lado foram traçadas várias estratégias para escola,
professores e comunidade seguirem, quanto a implementação
será durante quatro anos e sua avaliação será realizada em
quatro momentos.












O projecto está instituído da seguinte forma:
Formulação dos objectivos;
Delimitação do projecto educativo;
Justificativa do projecto educativo;
Caracterização da escola;
Metodologia escolhida para a construção do projecto educativo;
Necessidades encontradas na escola;
Plano de actividades do projecto;
Estratégia a seguir;
Implementação do projecto educativo;
Etapa para avaliação;
Considerações finais.
FORMULAÇÃO DOS OBJECTIVOS
Geral
Minimizar as necessidades que
condicionam o não bom
funcionamento das actuações dos
professores, alunos, pessoal
administrativo para melhoria do
ensino-aprendizagem
proporcionado na escola.
Específicos:
 Identificar as causas
que levam a existência
das necessidades na
escola nossa senhora de
Fátima.
 Criar estratégia para
inibição das necessidade
existentes na escola
nossa senhora de Fátima.
 Implementar modelo
educativo para
resoluções das
necessidades existentes
na escola nossa senhora
de Fátima.
 Avaliar os graus das
resoluções da
necessidades existente
na escola nossa senhora
de Fátima.
DELIMITAÇÃO DO PROJECTO EDUCATIVO
O presente projecto será aplicado na Escola Nossa
Senhora de Fátima nº 193, localizada no município
de Malanje, província de Malanje. Na mesma
escola leccionam o ensino primário, Iº e II ciclo.
JUSTIFICATIVA
O presente projecto educativo é resultado de uma
análise profunda, na Escola Nossa Senhora de Fátima nº
193, esse projecto visa minimizar as necessidades que
condicionam o não bom funcionamento das actuações dos
professores, alunos, pessoal administrativo para melhoria
do ensino-aprendizagem proporcionado na escola. E
notou-se que as necessidades presentes na escola é uma
temática desde bastante tempo que cada vez mais levam o
surgimento das outras necessidades.
Sendo assim com o projecto educativo
teremos contribuições teóricas que vão proporcionar
técnicas e estratégias nos intervenientes do processo ensinoaprendizagem (alunos, professores, direcção de escola,
subdirecção da escola e pais e encarregados de educação e a
comunidade em geral) teremos uma grande possibilidade
ajudar as outras escolas governamentais ou particulares que
enfrentam as mesmas necessidades, e nosso projecto tem
uma grande importância na área das ciências da educação,
visto que a educação de qualidade é o único remédio para
salvação da outra geração vindoura.
O projecto em questão tem muita relevância
para vida social de cada indivíduo envolvido neste
processo, numa outra visão teremos possibilidade de
sugerir modificações no âmbito da realidade abarcada.
Para outros profissionais na área da educação
que tiverem oportunidade de estarem em contacto com o
presente projecto educativo sairá com várias noções de
como minimizar as necessidades no domínio
psicopedagogico e administrativo. E o projecto educativo
apresenta metodologia que visa interacção de todos que
fazem parte processo educativo ou seja o modelo
interaccionista.
Com esse projecto educativo os maiores
beneficiários serão a comunidade educativa e
especialmente a sociedade em geral.
CARACTERIZAÇÃO DA ESCOLA
 O nosso projecto educativo foi efectuado na Escola
Nossa Senhora de Fátima nº 193 e localizado no
município de Malanje encontra-se limitada da seguinte
forma:
Norte pelo bairro Ritondo;
Sul pela quadra multiuso da escola Magistério Primário;
Este pelo bairro Banenira;
Oeste pela igreja Católica das irmãs São José de Cluny e o
centro apostólico ( Rádio eclésia) .
A escola é de carácter definitiva, quanto a
estrutura da escola contém 52 salas de aulas e dois
gabinetes 8 casas de banho, 3 do sexo masculino e 3 do
sexo feminino e 2 casa de banho para os professores,
um gabinete para direcção escola e uma sala de
professores. A escola funciona em dois períodos
manhã: das 8 às 12: 30, tarde: 13h30 às 17h54 minutos.
Quanto ao número de alunos é de 5.345, 2653 do
sexo masculino e 2692 do sexo feminino, quanto a
estrutura orgânica da escola um director, uma
subdirectora pedagógica, a escola tem 69 professores
dos quais: 43 do sexo masculino e 26 do sexo feminino.
METODOLOGIA ESCOLHIDA PARA A
CONSTRUÇÃO DO PROJECTO
EDUCATIVO
A metodologia deve ajudar a explicar não apenas os produtos da investigação científica,
mas principalmente seu próprio processo, pois suas exigências não são de submissão estrita a
procedimentos rígidos, mas antes da fecundidade na produção dos resultados (BRUYNE, 1991
p. 29)
O presente projecto educativo foi baseado no modelo
Interaccionista, pela seguinte razão: ela tem um interesse
voltado no poder de libertação da educação, onde os
professores e alunos se responsabilizam pelo auto-governo
das instituições, por outro lado metodologia destina a
promover um sistema social baseado no respeito pelo
processamento democrático e adapto do trabalho de
projecto e do trabalho de grupo. E o modelo interacionista
privilegia o desenvolvimento de relações sociais na sala de
aula.
NECESSIDADES ENCONTRADAS NA
ESCOLA
Domínio Psicopedagógico











Bullying;
O uso de droga por parte dos alunos;
Ética docente
Uso de telefone na sala de aula por
parte dos alunos
Convívio familiar
Fraca relação aluno e professor
Falta da aprendizagem significativa
O mau usa materiais didácticas
Atraso por parte dos professores e
alunos
Comportamento agressivo por parte
do aluno
Realização de Olimpíada científica
Domínio Administrativo
 Insuficiência de salas de aula
 Alunos não identificados;
 Segurança escolar não







uniformizados
A falta constante de energia
eléctrica
Salas de aula sem condições para o
processo de ensino aprendizagem;
Quadros administrativos não
formados;
Má gestão dos fundos escolares;
Laboratório de informática
Biblioteca
Sala de arte
PLANO DE ACTIVIDADES DO PROJECTO
Actividade no âmbito Psicopedagogico
Nº Actividade
1
Responsável
Objectivo
Diálogo
Sensibilizar aos alunos sobre Professor
permanente
Bullying as suas
Participantes
Alunos em causa
causas e
consequência na escola e na vida
dos estudantes.
2
Diálogo
Explicar
permanente
transtornos que as drogas podem
aos
alunos
sobre
os Professor
Alunos em causa
causar na vida do ser humano.
3
Diálogo
Explicar sobre a ética profissional Subdirecção
permanente
bem como código de conduta de um Pedagógica
profissional na ária da educação em
cada 5 minuto do dia antes do
trabalho.
Professores
4
Reunião com os pais e
Reunir
os
pais
e Subdirecção
encarregados de educação encarregados de educação Pedagógica
Pais e encarregados de
educação
sobre o diálogo a ter com Professores
os seus filhos dentro da
família.
5
Jogo desportivo
Unir os professores e os
Professores
Alunos e professores
alunos através de uma
partida de futebol para
aumentar
relação
dos
ambos.
6
Leitura individual
Criar
momentos
para Professores
Alunos
aprendizagem
significativa na sala de
aula.
7
Seminário de capacitação
Capacitar os professores Direcção e um
Professores
sobre o uso correcto dos especialista em Didáctica
Subdirecção
materiais didáctico para
Pedagógica
melhoramento
educativo.
processo
8
Diálogo permanente Sensibilizar
professores e alunos
Subdirecção
Professores
Pedagógica
Alunos
sobre atraso bem como
a importância de
chegar cedo a escola.
9
Diálogo permanente Explicar as causas Professores
que
elevam
alunos
a
Alunos
os
terem
comportamento
agressivo e como
lutarem
na
sua
inibição.
10
Realização
Realizar olimpíada Subdirecção
Alunos
Olimpíada
científica
Professores
científica
aumento
para
o Pedagógica
da
aprendizagem
cooperativa
alunos
dos
Actividade no âmbito administrativo
Nº
Actividade
1
Arrecadação de receitas
Objectivo
Arrecadar fundos
Responsável
Participantes
Direcção da escola
Professor e pais
monetários para
encarregado de educação.
construção de salas de
aula
2
Reunião com os pais e
Reunir com os
Subdirecção pedagógica
encarregados de educação encarregados de educação
Pais encarregado de
educação.
para compra de cartão de
identificação de estudante
e batas escolares.
3
Contratação de uma Contratar uma empresa
empresa privada no ramo privada no ramo da
da segurança escolar
segurança escolar para
ajudar no bom
funcionamento da escola.
Direcção da escola
Empresa contratada
4
Compra de um gerador Comprar um gerador para
escolar
5
Subdirecção pedagógica e
o melhoramento da
o responsável dos pais
energia eléctrica na escola.
encarregado de educação
Manutenção da sala de Melhorar as condições das
aula
Subdirecção pedagógica
Subdirecção pedagógica
Aluno, professores pais
encarregado de educação.
salas de aula para melhoria
da aprendizagem dos
alunos.
6
Curso de capacitação dos Capacitar os quadros
Especialista em
Subdirecção
quadros administrativo
administração escolar
Pedagógica
administrativos para
melhoramento do
atendimento dos alunos,
professores, pais e
encarregado de educação.
e professores interessados
7
Apresentação dos fundos
Apresentar os relatórios Subdirecção pedagógica
Arrecadados na escola
da
Arrecadação
dos
Professores e a
comunidade
fundos da escola e como
foram consumidos.
8
Construção de um
Construir um laboratório Subdirecção pedagógica
laboratório de informática de informática para o
Aluno, professores pais
encarregado de educação.
ensino de informática.
9
Construção
de
biblioteca escolar.
uma Construir uma biblioteca Subdirecção pedagógica
escolar para o aumento de
Aluno, professores pais
encarregado de educação.
leitura nos estudantes.
10
Construção de uma sala Construir uma sala de arte Subdirecção pedagógica
Aluno, professores pais
de arte.
encarregado de educação
para
que
os
alunos
aprendem o valor da arte
na vida do homem.
ESTRATÉGIA A SEGUIR
Segundo Cannon (1968) diz que:
Estratégias são as decisões voltadas à realização de
acções direccionadas, que são requeridas para que a
empresa seja competitiva e alcance os seus objectivos.
Na visão de Schendel e Hatten (1972) dizem que:
Estratégia é definida como os objectivos básicos da
organização, as directrizes para orientar as acções e atingir estes
objectivos, e a alocação de recursos para a organização se relacionar com
seu ambiente.
Na visão dos três actores nós entendemos que a estratégias
são maneiras de como serão seleccionados os problemas
existem e elas servem para orientar as acções para atingir
estes objectivos planificados.
Estratégia para a escola ficar mais ligado com os pais e
encarregado de Educação
Segundo Montandon e Perrenoud (1987, p. 7)dizem que:
“de uma maneira ou de outra, omnipresente ou discreta,
agradável ou ameaçadora, a escola faz parte da vida
quotidiana de cada família”. A Relação escola- família tem
trazido muitas discussões entre os intelectuais da época,
pois é um facto que tem que ser discutido com muita
precisão, sendo imprescindível para toda a clientela escolar.
A escola é uma instituição que tem um grande
papel no desenvolvimento dos indivíduos, cabe a escolar
reunir sempre que for possível com os pais e encarregado
de educação para sensibilizar os pais e encarregados de
educação o seu grande papel no desenvolvimento escolar
dos seus filhos e uma boa relação escola com a
comunidade.
E por outro lado para garantir um bom começo
na vida escolar é um empreendimento social e comunitário.
As instituições de ensino e as comunidades contribuem de
forma significativa para o vínculo da criança com a escola,
tanto no processo de transição como em seu envolvimento
escolar posterior. Quando as crianças e as famílias sentemse ligadas à escola, valorizadas, respeitadas e dispõem de
suporte na escola e na comunidade, tornam-se mais
propensas a se envolver positivamente com as actividades
escolares.
Para melhoramento da segurança escolar
É notório o crescimento da violência na sociedade,
e isso se reflecte no ambiente escolar, onde os
malefícios são ainda maiores, por envolver indivíduos
em formação.
Para um bom funcionamento actividade da escola
deve ter uma segurança eficaz, para melhorar o
ambiente escolar, visto que todos necessitam de uma
boa segurança que controla escola.
Para a melhoria da segurança da escola, a escola deve
adaptar as seguintes estratégias:
 Criar uniforme para os seguranças para sua identificação;
 Criar pontos estratégicos para os seguranças escolar, para
chegarem rápido caso haja um problema da sua
responsabilidade;
 Criar uma equipa de segurança capaz de lidar com casos
de emergências que possam ocorrer no ambiente escolar;
 A escola em caso mais perigosos a escola deve pedir
auxilio da polícia nacional;
 A escola deve criar várias operações para melhorar o bom
funcionamento do ambiente escolar: Operação escolar
livre, Operação bloqueio escolar, Operação varredura e
Operação blibz escolar.
Para minimizar o uso de telefone na sala de aula:
Actualmente, o uso de telefone em sala de aula para fins
recreativos tem se tornado um grande tormento para
diversos professores. Isso porque esses profissionais
precisam disputar a atenção dos alunos com os aparelhos
móveis, e muitas vezes acabam perdendo a batalha.
 Os professores em colaboração com a direcção da escola em




casos de mau uso de telefone na sala de aula devem:
Sensibilizar os alunos sobre atenção que devem prestar as
aulas para melhoramento do seu entendimento;
Aconselhar os pais e encarregados de educação há não
oferecerem telefones da última geração nas crianças;
Criar código de acesso na internet da escola para não uso de
telefone na sala de aula;
Receber os telefones nos alunos nos momentos da aula e
especialmente nos momentos das provas.
 Para melhor uso do material didáctico: O material
didáctico pode ser definido como instrumento e produto
pedagógico utilizado em sala de aula, especificamente
como material institucional que se elabora com finalidade
didáctica.
 Os materiais didácticos são de importância fundamental
para uma aprendizagem significativa, desde que sejam
utilizados como meios e não como fins em si mesmos, por
professores que conheçam de facto a realidade na qual
estão actuando, possibilitando ao aluno um estudo mais
dinâmico, ampliando a capacidade de observação do
mundo que o rodeia e a construção de sua autonomia.
 Para o melhor uso dos materiais didácticos a escola deve
criar seminário de capacitação para os professores.
 A escola deve convidar um especialista em didáctica para
melhor ensinar os professores sobre uso correcto dos
materiais didácticos na sala de aula.
 Para uma boa participação corpo directivo da escola: o
corpo directivo tem grandes funções na administração da escola.
Buscando o engajamento dos profissionais que na escola
trabalham de forma a estabelecer relações no crescimento
pessoal de educandos e educadores.
Para uma boa participação o corpo directivo deve:








Incentivar os professores e os alunos;
Incentivar os professores aumentarem a prática docente;
Controlar o desempenho de alunos;
Criar mais espaço para a prática educativa na escola e na
comunidade;
Criar olimpíadas científicas;
Rigorosidade com os professores quanto ao atraso dos
professores e alunos;
Criar sempre uma reunião mensalmente com os encarregados
educação;
Criar reunião com os alunos.
IMPLEMENTAÇÃO DO PROJECTO EDUCATIVO
O presente projecto educativo será implementado durante
quatro anos, considerando por nós estabelecidos neste projecto,
as actividades decorreram em três fases a saber:
 Em primeira fase, vamos trabalhar com as necessidades
preocupantes do projecto
 A segunda fase, vamos trabalhar com as necessidades no
domínio psicopedagogica;
 Terceira fase, executaremos o plano referentes as necessidades do
domínio administrativo.
ETAPA PARA AVALIAÇÃO
Segundo Sant’Anna avaliação é:
Um processo pelo qual se procura identificar,
aferir, investigar e analisar as modificações do
comportamento e rendimento do aluno, do educador,
do sistema, confirmando se a construção do
conhecimento se processou, seja este teórico (mental)
ou prático. (SANT’ANNA, 1998, p.29, 30).
Avaliação do projecto será realizada em quatro
momentos:
 A primeira etapa consiste encontro com a direcção
da escola e a implementação da primeira fase do
projecto;
 A segunda etapa consiste na realização e resolução
das necessidades mais preocupante do projecto e
avaliação do seu êxito;
 A terceira etapa consiste avaliar o desempenho das
actividades do projecto já realizado.
 Quarta consiste na avaliação de todo projecto,
quanto as suas vantagens e desvantagens da sua
implementação.
CONSIDERAÇÕES FINAIS
Em suma o projecto educativo visa minimizar várias
necessidades tais como bullying, o uso de droga por
parte dos alunos, ética docente, uso de telefone na sala
de aula por parte dos alunos, convívio familiar, Fraca
relação aluno e professor, Falta da aprendizagem
significativa, insuficiência de salas de aula, Alunos não
identificados, segurança escolar não uniformizados, a
falta constante de energia eléctrica, o perfil dos
docentes, salas de aula sem condições para o processo de
ensino aprendizagem, quadros administrativos não
formado e muito mais.
O presente projecto foi aplicado na Escola Nossa Senhora
de Fátima nº 193, projecto tem contribuições teóricas que
proporcionam técnicas e estratégias em todos intervenientes do
processo ensino-aprendizagem (alunos, professores, direcção
de escola, subdirecção da escola e pais e encarregados de
educação e a comunidade em geral), quanto metodologia foi
baseado no modelo interaccionista, pelo seguinte motivo ela
tem um interesse voltado no poder de libertação da educação,
onde os professores e alunos se responsabilizam pelo autogoverno das instituições, foram traçados planos de actividades
do projecto, estratégia que a escola deve seguir e não, foi
implementado durante quatro anos, considerando por nós
estabelecidos neste projecto, e quanto a etapa para avaliação do
projecto foram realizadas em quatro momentos. E os maiores
beneficiários desse projecto educativo são a comunidade
educativa e especialmente a sociedade em geral.
Download

PROJECTO EDUCATIVO belizio dos

beliziodoseducativoprojecto