Ministério da Educação
Ministério da Saúde
UNESCO
UNICEF
UNFPA
Objetivos do Saúde e Prevenção nas
Escolas
Geral:
 Contribuir para sustentabilidade de uma política
de educação e saúde, articulada ao Projeto
Político-Pedagógico da Escola, cujo campo de
atuação compreende as temáticas em:
- Direitos sexuais e reprodutivos;
- Gravidez na adolescência;
- Prevenção das DST/Aids;
- Redução de preconceitos e estigmas
relacionados à raça, etnia e orientação sexual;
- Promoção da igualdade de gênero.
Objetivos do Saúde e Prevenção nas
Escolas
Específicos:
 Atender as demandas
adolescentes nas escolas;
dos
jovens
e
 Envolver toda a comunidade escolar na
promoção de ações em saúde sexual e saúde
reprodutiva;
 Promover educação para a juventude.
Materiais Técnicos e de suporte em
processo de impressão pelo FNDE
- Documento de Diretrizes do SPE – 100mil;
- Guias de Formação (profissionais e jovens) 100mil;
- Caderno das Coisas Importantes (para ser
distribuidos aos jovens do ensino médio, CEFET
e EJA) - 500 mil;
- Kit de Mobilização de Jovens do Ensino Médio
para a Prevenção do HIV/Aids. - 100mil.
PRÓXIMAS AÇÕES do GTF
• Visitas aos estados para a fortalecimento e
criação de novos Grupos de Trabalho Estaduais e
municipais;
• Formação dos Profissionais do CNTE, em ação
conjunta da Internacional de Educação, abril/2008;
• Realização da III Mostra do SPE, nos dias nos dias
24 e 25 de junho de 2008, em Santa Catarina;
DIAGNÓSTICO SITUACIONAL NAS
5 REGIÕES DO BRASIL
REGIÃO
MUNICÍPIO
GGM
NÚMERO
ESCOLAS
PESSOAS
FORMADA
N
27
6
33
353
NE
96
17
495
860
CO
104
4
159
270
S
24
13
34
222
SE
125
11
213
287
TOTAL
376
51
934
1992
Próximas etapas
• Articular as ações das Secretarias de Educação com as
ações da Secretaria de Saúde;
• Apresentar o Projeto Saúde e Prevenção nas Escolas
para a equipe da Secretaria;
• Identificar as ações existentes no estado/município;
• Articular com o Grupo de Trabalho Estadual (GGE) e ou
Municipal (GGM), Undimes e representantes do CNTE;
• Realizar análise situacional das ações relacionadas à
promoção da saúde sexual e saúde reprodutiva,
planejadas
e/ou
realizadas
nas
escolas
do
estado/município;
Próximas etapas
• Elaborar plano de ação, considerando a realidade do
estado/município e escolas com base no:
* diagnóstico da realidade local;
* especificação das parcerias relevantes para
execução e sustentabilidade das ações;
* definição de uma agenda compartilhada entre
saúde, educação e demais parceiros;
* implementação de estratégias de mobilização das
comunidades escolares e dos parceiros;
Próximas etapas
• Definição da abrangência das ações propostas com
número de:
* escolas;
* profissionais de educação e de saúde envolvidos;
* estudantes;
• Identificação dos recursos técnicos, humanos e
financeiros necessários e disponíveis para execução
das ações;
Expectativas do SPE
• Contribuir com recursos humanos e financeiros na
realização de ações de prevenção e promoção da
saúde nos espaços escolares;
•
Incentivar o entrosamento das escolas com os
serviços de saúde;
•
Buscar parcerias com organizações governamentais e
não governamentais;
• Articular o trabalho das escolas estaduais e municipais
no campo da saúde.
CONTATOS
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
Secretaria de Educação Básica
E-mail: dasi-seb@mec.gov.br
telefone: (61) 2104- 8634
Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e
Diversidade – telefone: (61) 2104-8490
MINISTÉRIO DA SAÚDE
Programa Nacional de DST/Aids
E-mail: isabelc@aids.gov.br
telefones: (61) 3448-8086
Download

Encarte Saúde e Prevenção nas Escolas Censo Escolar 2005