Publicação da Federação dos Empregados no Comércio e Congêneres de Minas Gerais e Sindicatos Filiados – Junho/2010
Filiada à:
Comerciários
mineiros denunciam
falsa parceria
nossas reivindicações à Justiça
do Trabalho.
Os comerciários mineiros que
tem data-base em 1º de Dezembro,
estão revoltados com a Federação
do Comércio de Minas Gerais que
está empurrando com a barriga – a
expressão é essa mesmo: empurrando com a barriga – as negociações coletivas. Além de não concederem nenhum aumento real, ainda
querem tirar direitos já conquistados!
A Federação dos Empregados no Comércio e Congêneres
do Estado de Minas Gerais (FECCOEMG) e os 20 sindicatos filiados que tem a mesma data-base
de 1º de dezembro decidiram,
depois de muitas discussões
e reuniões improdutivas com a
Federação Patronal, AJUIZAR
DISSÍDIO COLETIVO e submeter
Confira
Além disso a Federação e os
Sindicatos filiados, com o apoio da
CNTC-Confederação Nacional dos
Trabalhadores no Comércio, da
FORÇA SINDICAL e da NCST-Nova Central Sindical dos Trabalhadores, decidiram vir a público e denunciar a intransigência e a teimosia da
federação patronal. É o que você
verá nesse jornal.
COM A FACA NO
PESCOÇO, NÃO!
Leia cada matéria, pense a respeito, converse com seus colegas
de trabalho. Se ainda tiver dúvidas,
vá a seu Sindicato e peça mais explicações. Comerciário conhecedor de seus direitos é comerciário respeitado!
Este
jornal
é dirigido aos comerciários
os Pisos
Salariais de todos os Estados
e de suas capitais.
Veja a humilhação a
que estamos submetidos
pela intransigente
Federação Patronal.
mineiros que tem data-base
em 1º de dezembro.
Na página 4 você vê os nomes
e endereços de quem
está fazendo a denúncia.
Página 2
Página 4
O menor Piso do Brasil
Quando consideramos a database de cada Estado brasileiro ou
capital dos estados, é que vemos a
verdadeira diferença dos Pisos Salariais. O que faz o comerciário de
Minas Gerais, que tem a data-base
de 1º de dezembro, ter simplesmente o MENOR PISO SALARIAL DO
BRASIL? – Será que somos comerciários de segunda categoria?
A verdade é que se Minas é, economicamente, o segundo Estado brasileiro, atrás apenas de São Paulo.
Nosso salário deveria seguir também
essa lógica. Mas, não. Devido à in-
transigência dos negociadores patronais, estamos sem Convenção Coletiva desde 1º de dezembro de 2009.
Decidimos dar um “basta” a essa
situação! Estamos em busca de salários justos, de um Piso Salarial digno.
A luta de agora vai até a vitória final!
CONFIRAM OS PISOS SALARIAIS:
Comerciários on line
Para esclarecer qualquer dúvida, ou para se manter informado sobre a luta dos
comerciários mineiros e a atuação dos sindicatos e da Federação, acesse:
www.feccoemg.org.br
No portal dos Comerciários você tem Notícias, Legislação, Acordos e Convenções Coletivas em vigor,
além de links para todos os sindicatos mineiros de empregados no comércio. Você pode também fazer
perguntas e pedir esclarecimentos. Lembre-se que “informação é poder”. Fique bem informado!
“COMERCIÁRIOS MINAS GERAIS” é órgão da Federação dos Empregados no Comércio e Congêneres do Estado de Minas Gerais.
Sede: Rua Guajajaras 490, Centro, Belo Horizonte. CEP: 30.180.100. Fone (31) 3236.2500.
Jornal de Circulação Dirigida e Distribuição Gratuita.
Presidente e Diretor-Responsável: Levi Fernandes Pinto. Jornalista Responsável: Marco Antônio Vale Gomes (Reg. Prof. 3.515 JP).
Diagramação: Ana Andrade. Produção Editorial e Gráfica: Profiteor Assessoria Sindical S/C Ltda (31) 3271.9991. Impressão: Rona Editora.
Sindicatos e Federação
exigem Piso Salarial justo
e Aumento Real
Na hora de negociar o funcionamento do comércio nos feriados, ou
na hora de pedir dispensa do médico coordenador do PCMSO, ou para
implantar jornada 12x36 para os VIGIAS ou para impor o famigerado
BANCO DE HORAS, as entidades
abrem os maiores sorrisos e se declaram “parceiras”. Nós, comerciários, viramos “colaboradores”...
Mas na hora de pagar um Piso
Salarial decente, uma Garantia Mínima justa ou dar um Aumento Real
condizente com nossa produtividade no trabalho, as mesmas entidades abrem um “chôrôrô” com a
maior “cara-de-pau” do mundo...
Após muitos anos aguentando
essas ladainhas os comerciários
e comerciárias mineiras decidiram
que não dava mais! A federação
patronal chegou a nos negar, na
Justiça, um aumento de apenas R$
3.00 (TRÊS REAIS) por mês. Até
a Desembargadora que presidia a
audiência ficou espantada com a
intransigência da patronal.
Aí decidimos, após realizar diver-
sas Assembleias, ajuizar o Dissídio
Coletivo, pedindo à Justiça que IMPONHA UMA DECISÃO que faça
justiça a nós, comerciários.
É por isso que, até o julgamento do Dissídio, os comerciários
mineiros vão se manter mobilizados por seus sindicatos e Federação dos Empregados, sempre
denunciando a teimosia e a insensibilidade da federação patronal e também de alguns dos
sindicatos patronais.
No Dissídio, decidimos NÃO pedir a renovação das cláusulas que
regulam o Banco de Horas, a jornada de 12x36 para os vigias e a
dispensa do médico coordenador
do PCMSO. Isso vai trazer uma série de problemas para as pequenas
e médias empresas do comércio.
Mas enfatizamos que a culpa não é
dos trabalhadores: é da intransigente e teimosa federação patronal!
Eles, que são patrões,
que se entendam!
Sem Convenções
para datas especiais
Os sindicatos de empregados no comércio de
Minas Gerais (com data-base em 1º de dezembro),
decidiram, por unanimidade, que não farão mais
NENHUM ACORDO OU CONVENÇÃO PARA FUNCIONAMENTO DO COMÉRCIO EM DATAS ESPECIAIS, ATÉ QUE A CONVENÇÃO COLETIVA SEJA
ASSINADA, COM O PISO JUSTO PARA OS COMERCIÁRIOS DE MINAS.
Se a federação patronal impede os sindicatos patronais de assinarem a Convenção Coletiva que
beneficia os empregados, porque os sindicatos de
empregados assinariam acordos que beneficiam as
empresas? – Reiteramos que a responsabilidade é
da federação patronal e só dela.
O Tribunal Superior do Trabalho (TST) já decidiu que trabalho em feriados só com permissão
em Convenção Coletiva do Trabalho. Veja no site
do TST (www.tst.gov.br) decisão recentíssima nesse sentido, proferida no processo nº RR-2890095.2009.5.03.0057.
Confira quem está
à frente da luta
Sindicatos de Comerciários:
Federação dos Empregados no
Comércio e Congêneres de Minas
Gerais – FECCOEMG
Presidente: Levi Fernandes Pinto
Rua Guajajaras 490 – Centro
Belo Horizonte/MG
CEP: 30.180-100
[email protected]
Confederação Nacional dos
Trabalhadores no Comércio – CNTC
Presidente em exercício:
Levi Fernandes Pinto
E n d e r e ç o: SGA Sul, Av. W5
Quadra 902 - Bloco C - Brasília/DF
CEP: 70390-020
[email protected]
FORÇA SINDICAL
Presidente Nacional:
Paulo Pereira da Silva
Presidente Minas Gerais em exercício:
Vandeir Messias Alves
Endereço: Rua Guajajaras 977 – 3º
andar – Centro – CEP 30.180-100
[email protected]
NCST
Presidente Nacional:
José Calixto Ramos
Presidente Estadual:
Antônio da Costa Miranda
Endereço:
Av. Afonso Pena 748 – 4º andar
[email protected]
ARAXÁ E TAPIRA
Presidente: Dayse Lúcia Alves
Sede: Rua Carvalho Lopes 182 –
Centro, CEP: 38183-075.
[email protected]
BELO HORIZONTE E
REGIÃO METROPOLITANA
Presidente: José Alves Paixão
Sede: Rua Tupinambás 1045,
Centro, 30120-070.
[email protected]
CEP: 39400-065.
[email protected]
PARÁ DE MINAS
Presidente: Fausto José C. Abreu
Sede: Rua Antônio Novato, nº 17,
Sala 25, Centro. CEP: 35660-008.
[email protected]
PASSOS E REGIÃO
Presidente: Davi de Oliveira
Sede: Av. Expedicionários 310, 2º Andar,
Centro. CEP: 37900-130.
[email protected]
CATAGUASES
Presidente: José Eduardo Machado
Sede: Rua dos Estudantes 44, Centro.
CEP: 36770-018.
[email protected]
POÇOS DE CALDAS
Presidente: Rosimari Alonso Silvério
Sede: Rua Capitão Afonso Junqueira 168,
Centro. CEP: 37701-042
[email protected]
CONSELHEIRO LAFAIETE
Presidente em exercício:
Cleiber Chagas Pereira
Sede: Rua Afonso Pena 56, 2º Andar,
Aptº 10, Centro. CEP: 36400-000.
[email protected]
SÃO JOÃO DEL REI
Presidente: Alessandro Jair dos Reis
Sede: Praça Deputado Augusto das
Chagas Viegas 15, Aptº 02 (Largo do
Carmo), Centro. CEP 36300-088.
[email protected]
DIAMANTINA
Presidente: Márcia Miranda
Sede: Beco do Alecrim 25, salas 02/05,
Centro. CEP 39100-000.
[email protected]
SETE LAGOAS E REGIÃO
Presidente: Ronaldo Rodrigues Silva
Sede: Rua Natal 125, Bairro Canaã,
CEP 35700-292.
[email protected]
DIVINÓPOLIS E REGIÃO
CENTRO-OESTE,
Presidente (em exercício):
Antônio José Tavares
Sede: Rua Isauro Ferreira 405, Porto
Velho. CEP: 35500-429.
[email protected]
TEÓFILO OTONI E REGIÃO
Presidente: Terezias Alves Rocha
Sede: Praça Tiradentes 233 - 1º e 2º
andares. CEP 39800-001.
[email protected]
ITABIRA E REGIÃO
Presidente: Allan Max Coelho
Sede: Rua São José 87, Centro.
CEP: 35900-002.
[email protected]
ITABIRITO
Presidente: Vanda Fátima S. Freitas
Sede: Rua Aloísio Souza e Silva 182, Bairro
Praia. CEP 35450-000.
[email protected]
ITUIUTABA E PONTAL DO
TRIÂNGULO MINEIRO
Presidente: Sebastião Francisco da Silva
Sede: Rua 18, nº 1418, Centro.
CEP: 38300-072.
secituiutaba[email protected]
MONTES CLAROS E REGIÃO
Presidente: Osanan G. dos Santos
Sede: Av. Francisco Sá 174, Centro.
VARGINHA E REGIÃO
Presidente: Cibele Cristina L. Oliveira
Sede: Rua Santos Anjos 67, Centro.
CEP: 37002-460.
[email protected]
VIÇOSA
Presidente: Hélio Santino Brustolini
Sede: Rua Benjamim Araújo 56, 10º
andar, s/1008, Centro. CEP: 36570-000.
[email protected]
PATOS DE MINAS E REGIÃO
Presidente: Ascendino César das Chagas
Sede: Rua Juca Mandu 374 – Centro.
CEP: 38700-070.
[email protected]
MANHUAÇU
Presidente: Adalto de Abreu Cavalcante
Sede: Praça 5 de Novembro 351,
s/206, Centro.
CEP: 36900-000
[email protected]
Download

Comerciários mineiros denunciam falsa parceria