Leite
BOLETIM DE TENDÊNCIAS
JUNHO | 2015
Gado leiteiro Girolando
e suas características
O Girolando surgiu do cruzamento entre o gado Zebuíno Gir e o gado Holandês, por volta das décadas de
1940 e 1950, no Vale do Paraíba. Hoje, é responsável por 80% da produção de leite do Brasil. Genuinamente
brasileira, a mistura une rusticidade e produtividade, com animais perfeitamente adaptados ao clima tropical.
Uma das principais características do gado Girolando é sua grande capacidade de adaptação a diferentes
tipos de manejo e clima. Por isso, o Boletim de Tendências de junho irá abordar a raça de bovinos Girolando,
apresentando suas características e vantagens de criação. A raça é uma soma de heranças oriundas da
raça Gir, que provêm da Índia, e é rústica, favorecendo a adaptação ao clima, e da raça Holandesa, que
é ótima produtora de leite. Outras características são:
Os pêlos são curtos e sua pele é
solta e flexível. As variações de cor
são: preto, tons de castanho e vermelho com pintas brancas.
Diferente de outras raças, a produção de leite da Girolando pode chegar até os dez anos de idade.
Possui autorregulação do
calor corporal, hábitos de
pastejo e capacidade ruminal, que garantem resistência e adaptabilidade ao
meio ambiente. São resistentes a parasitas, garantindo baixo investimento
contra verminoses.
Os machos possuem ganho
médio de peso diário, permitindo
o aproveitamento dos bezerros
como produtores de carne.
A produção de leite não
diminui, caso o produtor
precise reduzir a suplementação, aceitando também alimentos rústicos,
como o capim.
Fonte imagem:
Jornal Grande Bahia. 2013.
A reprodução da raça é boa. A fêmea
sadia consegue parir um bezerro por
ano que nascem mais resistentes,
com melhor e mais rápido desenvolvimento. O produtor deve ter os
cuidados básicos e manter as vacinações em dia. Feito isto, o lucro com
a raça será bem maior.
No Brasil, o Girolando é controlado pela Associação Brasileira dos Criadores de Girolando, e o
resultado econômico da atividade leiteira é oriundo da venda de leite, animais e sêmen.
Fontes: Girolando - Generalidades. Associação Brasileira de Criadores de Girolando. Débora Carvalho Meldau. Gado Girolando. Info Escola. A
raça Girolando é responsável por 80% da produção de leite no Brasil. Agro Export. Alceu Miguel Draszevski. Jr. Girolando: uma raça genuinamente
brasileira com vocação para o sucesso. Gestão no Campo. 2012.
1
Produção leiteira
do gado Girolando
Os índices de problema de parto e retenção de placenta são baixos na raça Girolando, possuindo resultados
positivos em programas de inseminação artificial (IA), transferência de embriões (TE) e fertilização in vitro (FIV).
A fêmea ainda possui alta habilidade materna, sendo utilizada como grande receptora de embrião no Brasil.
A produção média
por lactação é de
3.600 Kg.
Lactação média de
280 dias e 4% de
gordura.
Por causa da ausência de
estresse térmico, a raça
apresenta alto nível de
eficiência reprodutiva,
com maior número de
partos por vaca, com um
período médio de gestação
estimado em 285 dias.
Duas ordenhas
por dia.
Vários animais possuem
produção superior a
8.000 por lactação.
O pico de produção
é previsto entre o
30º e 100º dia.
A novilha Girolando 1/2 sangue Candeia Wildman bateu o recorde mundial de produção de leite, com
mais de 21 toneladas de leite produzidos em sua primeira cria. A primeira lactação durou 354 dias, com
produção de 21.501,18 kg/leite, média de 60,73 kg de leite/dia.
Segundo o Levantamento Top 100 MilkPoint 2015, a raça
Girolando e outros mestiços com grau variado de sangue
aumentou sua presença de 39 para 44 propriedades no Top 100.
Fontes: Rebanho Girolando - fêmeas e machos. Fazenda Pantanal. Produtividade: Girolando tem nova recordista mundial. ExpressoMT. Alceu Miguel
Draszevski. Jr. Girolando: uma raça genuinamente brasileira com vocação para o sucesso. Gestão no Campo. 2012. TOP 100: Região de Castro/PR é
destaque entre os maiores produtores de leite. Milkpoint. 2015.
2
Girolando:
formação da raça
Os cruzamentos da raça Girolando buscam a fixação do padrão racial de animais com 5/8 (62,5%) de grau
de sangue Holandês e 3/8 (37,5%) de grau de sangue Gir, objetivando um animal com maior produção e
padronização. O cruzamento desse Girolando 5/8 com outro 5/8 resulta em um animal Puro Sintético (PS).
COMBINAÇÕES ENTRE A RAÇA HOLANDESA E A RAÇA GIR PARA PS
1
2
Grau de sangue ¼
Grau de sangue 1/2
O animal possui 1/4 de grau de sangue
Holandês e 3/4 de grau de sangue Gir,
ou 25% de sangue Holandês e 75% de
sangue Gir.
O animal possui 50% de sangue
Holandês e 50% Gir.
Holandês
Gir
Holandês
Gir
3
4
Grau de sangue ¾
Grau de sangue 7/8
O animal possui 3/4 de sangue
Holandês e 1/4 de sangue Gir, que
significa 75% de sangue Holandês e 25%
de sangue Gir.
O animal possui 7/8 de sangue Holandês
e 1/8 de sangue Gir, ou seja, 87,5% de
sangue Holandês e 12,5% de sangue Gir.
Holandês
Gir
Holandês
Gir
**Todos estes cruzamentos são registrados como animais do Programa Girolando.
3
Girolando:
formação da raça
No Brasil, pela primeira vez, o touro Fausto Polo Itaúna 5/8 da raça Girolando chegou aos 18 anos, dentro de
uma central de inseminação, com plena atividade reprodutora. A média de outros animais chega até 14 anos.
ATENÇÃO!
Todas as estratégias de cruzamento, bem como outras informações à respeito da raça Girolando, podem ser encontradas no
site da Associação Brasileira dos Criadores de Girolando.
A Associação Brasileira
dos Criadores de Girolando e a
Associação Boliviana dos Criadores
de Zebu (Asocebu), em abril de 2015,
assinaram um termo de cooperação
técnico-científica, para transferir
tecnologia da área de melhoramento
genético e de registro genealógico.
Esta medida pode ampliar o
mercado externo para a raça.
Fonte imagem: Milkpoint. 2013
Fontes: Tudo sobre a raça Girolando na pecuária leiteira. IEPEC. Touro girolando completa 18 anos em plena capacidade reprodutiva. Globo Rural.
2014. Larissa Vieira. Girolando e Asocebu firmam acordo inédito na área de pecuária leiteira. Girolando. 2015.
4
AÇÕES
RECOMENDADAS
Fonte imagem: Pecuária.com.br.
Fique atento ao novo programa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa),
que tem por objetivo aumentar a qualidade do leite, ampliar as exportações e capacitar
trabalhadores e produtores dos cinco principais estados que garantem o abastecimento do país
(Goiás, Minas Gerais, Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul);
Acompanhe também as notícias, eventos e cursos sobre a raça Girolando, por meio do site da
Associação dos Criadores de Girolando;
Faça cursos de capacitação para tornar seu negócio mais produtivo. O portal EAD Senar possui
cursos focados na bovinocultura de leite;
Participe do 1º Congresso Internacional e 2º Congresso Brasileiro da raça Girolando, que serão
realizados em Belo Horizonte, no período de 19 a 21 de novembro. Estarão presentes produtores
de leite, criadores e selecionadores de Girolando, empresários, técnicos e pesquisadores de 12
países. Para mais detalhes, acesse o Portal do Agronegócio.
Leite
BOLETIM DE TENDÊNCIAS
JUNHO | 2015
Coordenador: Jackson Silva
Gestor do Projeto: Douglas Luís Três
Conteudista: Fernanda Bichels
SEBRAE Santa Catarina
Endereço: SC 401, KM 01, Lote 02
Parque Tecnológico Alfa - João Paulo
CEP: 88030000 - Florianópolis – SC
Telefone: 48 3221 0800
Dúvidas ou sugestões sobre o
conteúdo do relatório envie
um e-mail para:
atendimento.sis@sebrae.sc.com.br
Faça também suas contribuições
para o SEBRAE-SC
enviando um e-mail para:
falecom.sis@sebrae.sc.com.br
Todos os direitos reservados. A reprodução não autorizada desta publicação, no todo ou em parte, constitui violação dos direitos autorais (Lei nº 9.610). Fotos: Banco de imagens.
www.sebrae-sc.com.br/sis
Download

Gado leiteiro Girolando