A Cultura do Café em SAF’s
Café Conilon / Seringueira
Hevea brasiliensis cv. ‘RRIM 600’
Hevea brasiliensis cv. ‘FX 3864’
Palestrante: Eng. Agr. M.Sc. José Altino Machado Filho
Fisiologia da Produção e Pós-colheita
Pesquisador Incaper – CRDR Nordeste
Contextualização:
Norte do ES principal região produtora
• Expressivo déficit hídrico anual
• Presença de solos rasos, de texturas arenosas,
com baixa fertilidade natural, e que apresentam
baixa capacidade de retenção da água
• Ocorrência de ventos fortes
• Elevada taxa evapotranspiratória
Contextualização:
Incremento das áreas em consórcio
• Oscilações de Mercado
• Pressão da sociedade por uma cafeicultura
mais sustentável
• Busca do aumento da rentabilidade por área
cultivada
• Minimização dos efeitos adversos do clima.
Contextualização: Outros exemplos
Teca e Cedro Australiano com Café Conilon
Contextualização:
Arcabouço científico:
• Atualmente, pouco se conhece sobre o
comportamento dos clones de café conilon, que ao
longo dos anos foram selecionados em cultivo a
pleno sol, quando cultivados em condições de
sombreamento.
Experimento Café com Seringueira (1999 – 2007)
Fazenda Experimental de Sooretama – Incaper
Convênio Embrapa Café - Incaper
• Identificação de níveis de sombreamento que
viabilizem técnica e economicamente as culturas
associadas.
• A seleção de algum clone com maior potencial
para cultivo sob sombreamento (31 no total).
• Espaçamento café (2,5 x 1,0 m)perpendiculares
aos renques de fileiras duplas de seringueira, com
renques espaçados de 20, 30 e 40 m.
Experimento Café com Seringueira (1999 – 2007)
Fazenda Experimental de Sooretama - Incaper
Observações:
Alguns clones apresentaram altas produtividades
quando cultivados em consórcio; outros não.
Parece que o espaçamento entre renques de 30 m
mostrou-se mais promissor. Infelizmente, tal resultado só
ocorreu na sétima safra.
Ainda é necessário mais avaliações para se confirmar (ou
refutar) tal resultado.
Experimento Café com Seringueira (1999 – 2007)
Fazenda Experimental de Sooretama - Incaper
Observações:
Nova metodologia de avaliação a partir de 2006 para
precisos do efeito do sombreamento.
estudos
mais
A sombra promovida pela seringueira, no período da tarde, parece afetar
a produtividade das plantas não pela competição (das árvores) por água e
nutrientes, mas sim pela redução do estímulo ao desenvolvimento de
gemas reprodutivas.
Avaliações nos anos subseqüentes serão importantes para concluir sobre
tais efeitos, mesmo porque, agora, a seringueira está com porte mais alto,
copa mais densa e, portanto, promovendo sombreamento mais efetivo.
Produtividade média dos clones de café conilon, safras
2005, 2006 e 2007, em consorciação com seringueiras
plantadas em renques espaçados de 20, 30 ou 40 m.
Diâmetro médio do tronco da seringueira na
altura do peito para os 3 espaçamentos do café
em relação aos Renques (2007).
50
DAP (cm)
40
30
20
38
36
34
20
30
40
10
0
Espaçamento entre renques (m)
Observação: a sangria das plantas ainda não foi realizada.
Diagrama da área experimental
Posições
1 2 3
4
5 6 7
Os clones estão plantados em linhas perpendiculares aos renques. As setas indicam as
posições nas quais foram avaliadas a produtividade separadamente. Em cada uma das
posições (1, 2, 3, 5, 6 e 7) foi avaliada a produtividade média de três plantas. Logo, avaliouse a produtividade à medida que se afastava dos renques em 1,5 m, 4,5 e 7,5 m, além de
uma avaliação exatamente no meio do renque (posição 4).
Produtividade média dos clones de café conilon, safra
2007, em função da posição relativa das plantas dentro
dos renques de seringueira espaçados de 20, 30 ou 40 m.
Posição dos
Produtividade (sacas / ha) em cada espaçamento
cafeeiros*
média
1
27,0
48,7
31,6
35,7
2
38,5
55,1
33,7
42,4
3
45,3
61,1
37,6
48,0
4
43,8
60,1
38,1
47,3
5
42,6
55,6
41,9
46,7
6
52,0
59,9
41,9
51,2
7
41,0
61,1
45,2
49,1
Média
41,5
57,4
38,6
45,8
Fotos da Área Experimental Jan 2008.
Contatos
Eng. Agr. M.Sc. José Altino Machado Filho
Pesquisador Fisiologia da Produção e Pós-colheita
Lotação: CRDR Nordeste
Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural – Incaper
Endereço: Rodovia BR-101 Norte, Km 151, bairro Bebedouro, Caixa Postal 62.
Linhares - ES - 29.915-140
Homepage: www.incaper.es.gov.br
E-mail: altino@incaper.es.gov.br
Celular: (27) 8132 1118
Fone: (27) 3371 1210 / 5159
Download

Jose_Altino_Machado_Filho_