ATENDIMENTO ELÉTRICO AO
ESTADO DO ESPÍRITO SANTO
1
Apresentando a área
2
3
4
FRONTEIRA FURNAS-ESCELSA-CEMIG
5
Situação Operativa Atual
6
CONTINGÊNCIAS CRÍTICAS:
PERDA DUPLA:
•LT Adrianópolis – Macaé e LT Macaé – Venda das Pedras
•LT Campos – Vitória e LT Campos – Viana
•LT Campos – Vitória e LT Viana – Vitória
•LT Macaé – Campos C2 e C3 ou LT Macaé – Campos C1 e C3
OURO
PRETO 2
ADRIANÓPOLIS
V.PEDRAS
MACAÉ
P.FIALHO
VITÓRIA
CAMPOS
VIANA
ESPÍRITO SANTO
7
LT Adrianópolis – Macaé e LT Macaé – Venda das Pedras
Consequência:
sobrecarga na SE Campos e no sistema em
138 kV da Ampla e Furnas
Ação:
corte de carga
OURO
PRETO 2
ADRIANÓPOLIS
V.PEDRAS
MACAÉ
P.FIALHO
VITÓRIA
CAMPOS
VIANA
ESPÍRITO SANTO
8
LT Campos – Vitória e LT Campos – Viana
Consequência:
sobrecarga na SE Campos e na LI Campos –
Cacheiro do Itapemirim
Ação:
corte de carga
OURO
PRETO 2
ADRIANÓPOLIS
V.PEDRAS
MACAÉ
P.FIALHO
VITÓRIA
CAMPOS
VIANA
ESPÍRITO SANTO
9
LT Campos – Vitória e LT Viana – Vitória
Consequência:
sobrecarga na SE Viana e no sistema de
138 kV da Escelsa
Ação:
corte de carga
OURO
PRETO 2
ADRIANÓPOLIS
V.PEDRAS
MACAÉ
P.FIALHO
VITÓRIA
CAMPOS
VIANA
ESPÍRITO SANTO
10
LT Macaé – Campos (perda dupla)
Consequência:
sobrecarga do circuito remanescente
Ação:
redução de geração nas UTE Norte
Fluminense e UTE Mario Lago;
corte de carga
OURO
PRETO 2
ADRIANÓPOLIS
V.PEDRAS
MACAÉ
P.FIALHO
VITÓRIA
CAMPOS
VIANA
ESPÍRITO SANTO
11
ECE PERDA DUPLA:
•
Finalidade
Manter a integridade do suprimento à área Espírito Santo durante a ocorrência de perda
dupla no tronco de 345 kV
•
Atuação
Entre as SE Adrianópolis e SE Campos – corte de carga na ESCELSA e AMPLA
Entre as SE Campos e SE Vitória – corte de carga na ESCELSA
ESTÁGIOS
TEMPO (S)
EMPRESA
ATUAÇÃO DO ECE
(Corte e Carga)
VALE III e IV
1°
0,2
ESCELSA
Itabira
ArcelorMittal Cariacica – 138 kV
2°
0,2
AMPLA
ITALVA – 138 kV
12
ECE DE SOBRECARGA NO TRONCO 345 kV:
•
Finalidade
Eliminar sobrecargas resultantes de emergências no tronco 345 kV Adrianópolis /
Venda
das Pedras / Macaé Merchant / Campos, que resultem em sobrecarga no circuito
remanescente, com o objetivo de reduzir o carregamento do circuito remanescente
•
Atuação
1º estágio – redução de geração nas UTE Mário Lago e UTE Norte Fluminense
2º estágio – corte de carga na Ampla e na Escelsa
13
ECE DE SOBRECARGA NO TRONCO 345 kV:
ATUAÇÃO DO ECE
ESTÁGIOS
TEMPO (s)
EMPRESA
(Redução de Geração
ou Corte e Carga)
Redução de Geração em uma unidade
geradora, pré-selecionada (170 MW),
no caso do barramento da SE Campos
estar fechado.
-
UTE Norte Fluminense
Redução de Geração de todas as
unidades geradoras, no caso do
barramento da SE Campos estar
aberto.
1°
PETROBRAS
(UTE Mário Lago)
Redução de Geração de todas as
unidades geradoras
VALE III e IV
215,2
ESCELSA
Itabira
2°
ArcelorMittal Cariacica – 138 kV
215,2
AMPLA
ITALVA – 138 kV
3°
223,5
AMPLA
UTEC – 69 kV (Outeiros e Guarus)
4°
227,0
ESCELSA
CACHOEIRO 69, 34,5 e 11,4 kV
(TRAFOS 5TR1, 5TR2 E 7TR1)
14
ECC da SE CAMPOS – Esquema de Conservação de Carga:
•
Finalidade
Evitar a perda dos autotransformadores por sobrecarga
•
Atuação
Primeiro estágio
Abertura da LT Campos - Cachoeiro de Itapemirim circuito 1
Segundo estágio Abertura da LT Campos - Cachoeiro de Itapemirim circuito 2
Terceiro estágio
Abertura da LT Campos - Rocha Leão
Quarto estágio
Abertura da LT Italva - Usina de Campos C1 e C2
Quinto estágio
Desligamento, após 20 segundos, dos autotransformadores 1, 2 e 3
15
Ampliações e Reforços
16
CONFIGURAÇÃO ATUAL:
OURO
PRETO 2
VITÓRIA
P.FIALHO
CAMPOS
VIANA
CACHOEIRO
IBES
GUARAPARI
B.FERREIRA
PITANGA
A.LAGE
SAMARCO
CEASA
CARAPINA
SUIÇA
CARIACICA
ITARANA
J.NEIVA
CIVIT
BOAPABA
MASCARENHAS
B.MINEIRA
TUBARAO1
TUBARAO2
TUBARAO3
SGABRIEL
N.VENECIA
CST
PRAIA
LINHARES
ARCEL
17
MESQUITA
CONFIGURAÇÃO FUTURA:
VIANA 2
OURO
PRETO 2
B.BRANCO
VITÓRIA
P.FIALHO
CAMPOS
VIANA
CACHOEIRO
IBES
GUARAPARI
B.FERREIRA
PITANGA
A.LAGE
SAMARCO
CEASA
CARAPINA
SUIÇA
CARIACICA
ITARANA
J.NEIVA
CIVIT
BOAPABA
MASCARENHAS
B.MINEIRA
TUBARAO1
TUBARAO2
TUBARAO3
SGABRIEL
N.VENECIA
CST
PRAIA
LINHARES
ARCEL
LINHARES 2
18
Benefícios:
LT 500 KV MESQUITA – VIANA 2:
•
Importante recurso para controle do perfil de tensão no tronco de 345 kV
•
Variações de tensão na região bem inferiores decorrente de contingências
•
Redução no carregamento dos equipamentos do tronco em 345 kV decorrente de contingências
•
Desativação do esquema de corte de carga para algumas contingências dupla
LT 230 KV MASCARENHAS – LINHARES 2:
•
Melhoria do perfil de tensão da região norte do estado
•
Aumento de confiabilidade do suprimento para esta mesma região
19
Ramon Carvalho
ramonr@furnas.com.br
Gerência de Operação do Sistema – GOP.O
20
Download

CLIQUE AQUI para ver - CREA-ES