OCORRÊNCIA DE SALVINIA AURICULATA Aubl. (SALVINIACEAE) EM DOIS
PONTOS DA BAIA DO MALHEIROS, PANTANAL DE CÁCERES-MT, BRASIL.
Martins¹, R. M. S.; Ikeda¹, A. K.; Lourenço¹, M. H.; Santos¹, L. C.; Silva¹, E. A.;
Rocha¹, N. M. (1Acadêmicas do Curso de Ciências Biológicas da UNEMAT-Cáceres,MT.). E-mail:
[email protected]
O Pantanal é um dos mais importantes biomas do mundo, considerado patrimônio da
humanidade. A Salvinia auriculada Aubl., conhecida popularmente como orelha de
onça, abundante no Pantanal, é uma erva aquática flutuante, anual ou perene, com pêlos
unidos nas extremidades em forma de pá de batedeira. Útil para purificação e
oxigenação da água, mas sua decomposição diminui o oxigênio dissolvido. O presente
trabalho tem como objetivo verificar a ocorrência de Salvinia auriculada Aubl., em
diferentes pontos da baia do Malheiros, Pantanal de Cáceres/MT, onde um dos pontos é
predominantemente seco e afetado pela ação antrópica. O acesso ao local foi de barco e
as coletas feitas nas margens da baia do Malheiros. O estudo foi realizado em dois
pontos da baia, no período de seca no Pantanal. Para coleta, utilizou-se um transecto de
15m e quadrante de PVC de 1m² lançados 5 vezes a cada 3m, do leito para a margem da
baia. A descrição e análise dos dados apresentados, correspondem à pesquisa realizada
em dois pontos do Pantanal de Cáceres/MT. No ponto em que a ação antrópica é pouco
dominante e a margem mais cheia, Salvinia auriculata foram encontradas dispersas no
quadrante num total de 246 indivíduos. No entanto, no ponto predominado pela ação
antrópica e a margem mais seca, a espécie totalizou-se em 566 indivíduos, sendo
encontradas agrupadas dentro do quadrante. Com este estudo, conclui-se que a
movimentação das águas do rio causada pelos barcos, faz com que Salvinia auriculatas
se acumule na margem e se desenvolva melhor devido ao acúmulo de matéria orgânica
dissolvida. Assim, a espécie estudada varia na quantidade em relação à ação antrópica,
como também, em relação às mudanças em função do processo de sucessão natural.
Palavras-chave: ação antrópica, bioma, margem, Pantanal.
Download

OCORRÊNCIA DE SALVINIA AURICULATA Aubl. (SALVINIACEAE